21 de jun de 2017

FINAL DISASTER: banda grava o videoclipe da música “Beware The Children”


No último final de semana o FINAL DISASTER realizou a gravação do primeiro videoclipe de seu novo EP, “The Darkest Path”. A música escolhida, foi “Beware The Children”. A direção do clipe é de Roberta Fabruzzi 

O vocalista Kito Vallim falou sobre o trabalho:

"As gravações superaram nossas expectativas. Nossa intenção sempre foi de gerar um impacto diferente, e acho que conseguiremos mostrar um pouco mais dos nossos demônios internos para os que tiverem coragem de assistir".

A previsão de estreia é para o final de julho.


Recentemente o FINAL DISASTER inaugurou sua loja virtual, que está dentro da plataforma da ZN Store.

Lá têm 9 modelos de camisetas (entre masculino e feminino), 3 modelos de moletons, bermuda, bottons, chaveiros, canecas, e em breve terão outros produtos – e novos modelos de camisetas

Para acessar, clique no link abaixo:


Para adquirir o EP “The Darkest Path”, basta entrar em contato com a banda em suas redes sociais, listadas abaixo.

Para ouvir “The Darkest Path”, acesse:


A formação do FINAL DISASTER traz Kito Vallim (vocal), Laura Giorgi (vocal), Daniel Crivello (guitarra), Rodrigo Alves (guitarra), Felipe KBÇA (baixo) e Bruno Garcia (bateria).

Acompanhe o FINAL DISASTER em seus canais oficiais:


HELLLIGHT - XX Years of Doom (Coletânea)


2016
Independente
Nacional

Nota: 9,6/10,0

Tracklist:

1. Winter’s Theatre
2. Deep Sideral Silence
4. Nexus Alma
5. The Light That Brought Us Darkness
6. No God Above, No Devil Below
7. Shades of Black
8. Dive in the Dark
9. Time
10. Distant Light That Fades


Banda:


Fabio de Paula - Vocais, guitarras
Alexandre Vida - Baixo
Rafael Sade - Teclado


Contatos:

Site Oficial:
Twitter:
Instagram:
Bandcamp:
Assessoria: http://www.metalmedia.com.br/helllight/ (Metal Media)


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


Quando o tema de uma conversa entre headbangers é o famoso Doom Metal, muitas vezes a maioria não compreende que o estilo é, por sua vez, subdividido e repleto de nomes importantes. Mesmo o Brasil possui representantes importantes dentro do gênero, entre eles o HELLLIGHT, veterano trio de São Paulo que já tem seu nome gravado no coração dos fãs de Funeral Doom Metal do país. E pelos 20 anos de existência e lutas completados ano passado, o grupo não se furtou de disponibilizar gratuitamente um presente para seus fãs: a coletânea “XX Years of Doom”, que tem 10 faixas que varrem toda sua carreira.

Nesta coletânea, um dos pontos mais legais que se pode reparar é a evolução do HELLLIGHT nesses 20 anos. Mesmo fiel a sua sonoridade azeda, crua e lenta, percebem-se sutilezas elegantes que tornam sua música ainda mais cativante, sinuosa e com uma dinâmica ótima. E antes de tudo: é pesado como chumbo e abrasivo como ferro quente, mas de requintado e elegante.

Isso, meus caros, se chama HELLLIGHT, um nome que já representa qualidade.

Óbvio que se percebe que a evolução da qualidade sonora vai melhorando do início até o fim do CD, pois as faixas varrem do primeiro ao último álbum da banda. Mas sempre é claro que o grupo primou por uma qualidade sonora limpa e que torna sua música compreensível, mas mantendo-a pesada e bruta como o estilo pede.

Dinâmico em termos de arranjos, com base rítmica sólida e pesada, teclados fúnebres e elegantes, riffs de guitarra bem variados e cativantes, e vocais que usando muito de timbres guturais que se alternam com sussurros e outros mais limpos. A fórmula, descrita em palavras, não é inovadora, mas em termos musicais, mostra o quanto esse trio tem personalidade!

Óbvio que alguns dirão que tem-se poucas canções. Mas quem conhece o trabalho dessa banda, sabe que suas canções facilmente ultrapassam os 10 minutos de duração. Mas poder ouvir mais uma vez a causticante “Winter’s Theatre” (de “In Memory of the Old Spirits”, primeiro álbum da banda, de 2004); as amargas, magistrais e atmosféricas “Deep Sideral Silence” e “Nexus Alma” (ambas de “Funeral Doom”, de 2008); a beleza brutal e opressiva de “The Light That Brought Us Darkness” (que está tanto no álbum “…And then, the Light of Consciousness Became Hell…” como no EP gratuito para download “The Light That Brought Darkness”, ambos de 2011); nas intensas e esporrentas (embora arrastadas e elegantes) “No God Above, No Devil Below” e “Shades of Black” (presentes no álbum de 2013, “No God Above, No Devil Below”), e no trio de ferro de “Dive in the Dark”, “Time” e “Distant Light That Fades” (essas três de “Journey Through Endless Storms”, último disco da banda, de 2015) é algo de maravilhoso, que empolga e nos dá a certeza que o grupo merece não só ser valorizado, mas aplaudido de pé.

O aniversário é do HELLLIGHT, mas o presente é nosso e pode ser baixado de graça aqui: http://bit.ly/2f19EBA

Ouça bem alto, se divirtam e aproveitem esse trabalho maravilhoso.



ANTHARES: lendário Henrique “Poço” convoca fãs para o show de 30 anos



O Anthares comemora 30 anos de seu clássico debut, “No Limite da Força” em 2017. E a comemoração não poderia ser melhor; No dia 15/07 (sábado), eles vão apresentar a obra ao vivo, em sua totalidade, na Clash Club (R. Barra Funda, 969, São Paulo – Próximo ao metrô Barra Funda), com direto a presença de membros da formação original. Também se apresentam na festa, as bandas Vulcano (que também tocará o clássico “Bloody Vengeance”, na integra!), Warsickness e DER.

O lendário ex vocalista, Henrique “Poço”, é um dos que estará nesta noite histórica. Assista o vídeo onde ele convoca os fãs:



Formado em 1983, em São Paulo, por Henrique “Poço” (vocal), Cristian (guitarra), Zé Aranha (guitarra), Pardal (baixo) e Evandro Jr. (bateria), a banda lançou em 1987, aquele que se tornaria um dos maiores clássicos do Speed/Thrash Metal, “No Limite da Força”.

Depois de um período em “hibernação”, a banda retornou, e em 2015, lançou seu segundo álbum, “O Caos da Razão”, que recebeu excelentes críticas, por manter as características e o ‘feeling’ do material antigo. A formação atua traz Diego Nogueira (vocal), Eduardo Toppeman (guitarra), Mauricio (guitarra), além dos fundadores, Pardal e Evandro Jr.

O Vulcano é outra banda brasileira, que carrega o status de “lenda”. A banda é uma das percussoras do Black Metal/Death Metal – sendo referência para inúmeras bandas da Escandinávia. Na ocasião irão apresentar na integra o seu primeiro álbum de estúdio, “Bloody Vengeance”, de 1986. A banda está divulgando seu décimo álbum, “XIV”.

O Warsickness é da nova geração do Thrash Metal, e vem de Itapevi/SP. Eles estão divulgando seu álbum de estreia, “Stay Drunk In Hell” (2015).

Já o D.E.R. é uma banda paulista de Grindcore formada em 1997, sendo considerada uma das mais brutais do gênero, no país. Eles estão divulgando o EP "Rancor" (2017)


Siga a página do evento no Facebook:



SERVIÇO:

Clash Club Apresenta:
ANTHARES – 30 ANOS NO LÍMITE DA FORÇA
Bandas convidadas: Vulcano (tocando “Bloody Vengeance” na íntegra!), Warsickness e D.E.R.

Dia: 15/07 (Sábado)
Local: Clash Club (Rua Barra Funda, 969, São Paulo – próximo ao metrô Barra funda)

Ingressos/valores:
1º lote: R$ 25,00
2º lote: R$ 30,00
Bilheteria: R$ 35,00
Camarote: R$50

Ponto de venda:

Mutilation Records (Galeria do Rock Rua 24 De Maio, 62 - 2º Andar - Loja 370 - São Paulo)

Ingressos online:


Páginas relacionadas:

HEAVENLESS: Metal potiguar de volta à São Paulo neste fim de semana

Trio vem para fazer mais dois shows no estado em menos de dois meses e dessa vez serão atração de importante festival na capital (Foto: Berg Pereira).


O tom sombrio da contemporaneidade, caracterizado pela polarização de ideias, sugestiona a dificuldade do homem em viver entre e respeitar diferenças. Em essência, isso poderia significar que haveria entre nós certa resistência a aceitar e lidar com singularidades, inclusive a nossa própria, de forma que tendemos, quase irresistivelmente, a nos agrupar entre semelhantes, nos rebanhar. Submeter-se e não emancipar-se.

Em seu “Além do Bem e do Mal”, Nietzsche criticou o homem de rebanho e sua presunção de igualdade baseada na moral cristã, afirmando que a independência “é algo para bem poucos: é prerrogativa dos fortes”. Isso foi no século XIX, período no qual nem o sonho mais atrevido ousaria discutir temas como diversidade sexual, liberação da maconha, legalização do aborto ou outros contemporâneos com tendência a polarização.

Viveria então o homem moderno numa espécie de liberdade imaginária quando, hipoteticamente livre de antigos conceitos, passa a criar e idealizar novos rebanhos e sai em sua defesa numa justificativa pela sua adicção à submissão?

A não submissão tem na coragem o seu preço! Formado na “Terra da Liberdade”, o grupo HEAVENLESS nasceu herdeiro de uma fortuna de intrepidez. Mossoró, capital cultural do Rio Grande do Norte, é marcada pelo Motim das Mulheres, pelo primeiro voto feminino do país, por ter libertado seus escravos cinco anos antes da Lei Áurea, sem falar da resistência histórica ao bando de Lampião. 

Kalyl Lamarck (vocal/baixo, ex-Monster Coyote), Vicente “Mad Butcher” Andrade (bateria) e Vinícius Martins (guitarra) tem tanta força no respeito às diferenças e singularidades, quanto à sua própria, defendida com um tom, para muitos, ácido: “Fuck Religion”. Respeito por singularidades não pressupõe o mesmo aos rebanhos (nocivos).

Essa mesma singularidade na ideologia o HEAVENLESS busca em sua sonoridade. Seu disco de estreia, sugestivamente intitulado “whocantbenamed”, traz um Death/Hardcore com sotaque Doom numa grande disponibilização para o inexplorado.

Produzido e mixado por Cassio Zambotto, “whocantbenamed” foi lançado em Janeiro pela Rising Records e reúne nove faixas, entre elas “The Reclaim” que ganhou videoclipe: https://www.youtube.com/watch?v=_LrEOqkUizY


A boa recepção do disco de estreia pela crítica especializada vem proporcionando ao HEAVENLESS ótimas oportunidades de shows e turnês. Depois de realizar oito shows pelo sudeste em abril, o grupo volta neste fim de semana para mais duas apresentações, uma em Sorocaba, no interior de São Paulo, e outra na capital paulista como uma das atrações do Black Embers Fest IV.


A primeira apresentação do HEAVENLESS em Sorocaba acontece nessa sexta-feira dia 23/06 no Oficina Rock Bar (Av. Itavuvu, 1960), localizado na zona norte da cidade. Além do trio potiguar, também se apresenta na mesma noite o grupo Siege Of Hate (S.O.H.) de Fortaleza/CE. Os shows estão programados para terem início às 20:00 e os ingressos serão vendidos no local na hora do show por R$ 10,00. A noitada metal ainda contará com discotecagem do DJ Birth nos intervalos.


Já no sábado dia 24/04 o HEAVENLESS pega a rodovia Castelo Branco rumo à capital paulista onde será uma das atrações do Black Embers Fest IV que está programado para acontecer a partir das 17:00 no Trackers (Rua Dom José de Barros, 337), localizado próximo ao Metrô República. Na mesma noite também se apresentam outras 13 bandas de São Paulo (capital e interior), Ceará, Bahia, Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul. Muito Sludge, Doom, Grindcore, Death Metal, Hardcore, Shoegaze e Synthrock para promover a diversidade na música underground. Os ingressos serão vendidos no local na hora do show por R$ 20,00.

Mais Informações:


Fonte: Som do Darma
Press Release e Gestão Cultural
A/C Eliton Tomasi

TORTURE SQUAD: novo álbum está recheado de participações especiais



O álbum ‘Far Beyond Existence’ do TORTURE SQUAD marca um momento muito especial do grupo nessa nova era que vive e para coroar essa grande fase, ele virá com participações especiais de grandes nomes do Metal nacional e mundial!

Confira a lista de participações:

– David Ingram (Benediction, Bolt Thrower, Ursinne, Down Among The Dead Men, Echelon, Hail of Bullets, Just Before Dawn), vocal em ‘Hate’;

– Edu Lane (NervoChaos), narração em ‘Cursed by Disease’;

– Luiz Louzada (Vulcano, Chemical Desaster), vocal em ‘You Must Proclaim’;

– Alex Camargo (Krisiun), vocal em ‘Just Got Paid’ (ZZ Top tributo);

– Marcelo Schevano (Carro Bomba, Golpe de Estado, Casa das Máquinas), Hammond em ‘Torture in Progress’.

O baterista Amilcar Christófaro comenta sobre as participações no novo álbum:

“A gente sempre gostou de chamar amigos, heróis que nos influenciaram e pessoas queridas pra participar dos nossos discos, como já tivemos o Marcão do Claustrofobia, o João Gordo do RDP, Dino Verdade, Paulinho Sorriso, etc…

“Esse álbum conta com participações mais que especiais pra gente. O Dave Ingram foi a gravadora quem fez o contato e ficamos felizes que deu tudo certo. Ele já conhecia a banda e curtiu participar. O Edu e o Luiz Louzada são amigos de longa data e que são a cara da nossa cena. O Alex desde sempre foi um amigo e grande herói, e essa participação dele nessa versão do ZZ Top é uma coisa inesquecível.

“No lançamento europeu do álbum terá também a Fernanda (Nervosa) cantando ‘Divine Step’ do Coroner, que é uma versão que fizemos e gravamos na sessão de gravação do ‘Esquadrão de Tortura’ e que vamos divulgar somente agora. O Marcello Schevano tocando Hammond numa das músicas mais arrastadas e pesadas que já compomos, também foi muito especial. O álbum está recheado de energia e de bons amigos e nos sentimos bem com isso.”


‘Far Beyond Existence’ é o oitavo álbum do TORTURE SQUAD, com o lançamento marcado para o dia 13 de julho no Brasil, Europa e Estados Unidos pelo selo britânico SECRET SERVICE RECORDS. O material está sendo gravado e produzido em São Paulo, por Wagner Meirinho, Tiago Assolini (Loud Factory) e pela própria banda. A capa é mais um trabalho do artista brasileiro Rafael Tavares, já conhecido do público não só no Brasil, mas mundo afora.

A primeira música retirada do vindouro álbum acaba de ser disponibilizada! Trata-se de um lyric video para a música ‘Cursed By Disease’, o vídeo foi desenvolvido por Rene Simionato, assista:



Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

GESTOS GROSSEIRO: na primeira edição da compilação ‘Cova de Sangue’



O GESTOS GROSSEIRO está participando do primeiro volume da compilação ‘Cova de Sangue’, da webradio Cangaço Rock.

A banda está presenta com a faixa ‘The Ambition’ do novo álbum ‘World’s Hypocrisy’. Na compilação participam também bandas como NervoChaos, As Dramatic Homage, Yekun, Dysnomia, Lacerated And Carbonized e muitos outros nomes.


O download é gratuito e pode ser feito pelo link:

O grupo está na Europa onde excursiona para divulgar o novo álbum. A banda passa por países como França, Holanda, Alemanha, Polônia e República Tcheca em aproximadamente 15 datas.

‘World’s Hypocrisy’ está disponível para venda e pode ser comprado diretamente com a banda por e-mail e Facebook. O disco foi mixado no UpTracks Studio e masterizado na Absolute Master. A arte da capa ficou nas mãos do artista Tiago Medeiros.

Do álbum foi retirado um lyric video. A música escolhida é ‘In The Name Of God’. Assista:




Sites Relacionados:

Fonte: Metal Media

HELLLIGHT: entre as dez melhores bandas de Doom do mundo segundo site


O site Mosaico Rock montou uma matéria sobre as dez melhores bandas de Doom Metal do mundo e colocou os brasileiros do HELLLIGHT entre os nomes.

E não foi uma lista qualquer, entre as bandas citadas estão gigantes como Candlemass, Novembers Doom e Anathema. “Pra nós é uma honra enorme estar no meio de nomes tão importantes e que muitas vezes nos influenciaram,” celebra o vocalista Fabio de Paula. Confira a lista completa:


Formado em 1996, com influências de bandas como Black Sabbath, Danzig e Bathory, o HELLLIGHT vem sempre em uma crescente, atingindo cada vez um número maior de pessoas pelo mundo com sua música complexa, melancólica, pesada, com intuito de transmitir os sentimentos e emoções mais profundos da humanidade.

Hoje o grupo conta com uma discografia de cinco álbuns de estúdio e alguns EPs, incluindo o famigerado ‘The Light That Brought Darkness’ que contou com versões incríveis de músicas de nomes como Pink Floyd, Queen, Bathory e outras lendas da música universal.

No ano passado, celebrando 20 anos de carreira, o HELLLIGHT disponibilizou uma coletânea para download gratuito. ‘XX Years Of Doom’ pode ser baixado pelo link: http://bit.ly/2f19EBA

A banda acaba de anunciar que será uma das das atrações do festival Doom Over SP. O evento acontece no dia 22 de julho no Espaço Som, com início às 20h. Ainda se apresentam as catarinenses Lacrima Mortis e Agony Voices. O espaço é limitado e os ingressos serão vendidos apenas na porta. Informações pelo link: https://goo.gl/vkRycD


Sites Relacionados:

Fonte: Metal Media

REVOLTED: capa, título e tracklist do novo EP são apresentados


Um dos nomes mais fortes a nascer no estado de Goiás nos últimos anos, o REVOLTED, está pronto para apresentar seu novo trabalho.

Será um EP que leva o título de ‘Revolta, Sangue e Ódio – Parte I’. O trabalho contará com quatro músicas e é o primeiro de uma sequência de três EPs que serão lançados pela banda, formando o conceito do título.

A novidade dos próximos trabalhos é que as letras serão todas em português. O EP será o primeiro com a nova formação que conta com o estreante Breno na bateria.

O lançamento de ‘Revolta, Sangue e Ódio – Parte I’ será no início do mês de julho deste ano, e será somente em formato virtual.


A arte ficou por conta de Raphael Rodrigues, responsável por trabalhos de várias bandas, entre elas, a banda Periphery. Confira o tracklist do EP:

1. O Gosto do Veneno
2. Devoções
3. Viver… Lutar…
4. Em Nome do Ódio

Formado em 2010 na cidade de Anápolis, Goiás, o REVOLTED chegou ao seu ápice com o lançamento do álbum ‘Revolutionary Order’ de 2014, que foi extremamente bem-recebido e colocou o grupo entre as revelações e um dos melhores discos do ano.


Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

CÉU EM CHAMAS: levando os Portões do Inferno para Mogi Mirim


O CÉU EM CHAMAS segue colhendo os frutos de seu recém-lançado disco de estreia, ‘Infernal’, e vai levar um pouco do seu Metal Desgraceira para a cidade paulista de Mogi Mirim.

O grupo se apresenta no festival do Coletivo Insurgência Ativa nesta sexta-feira, 23, ao lado das bandas Frieza e Síndrome do Caos. O evento acontece no Bar do Juca e ainda contará com bancas de merchandise, discotecagem em vinil e comida vegan.


Lembrando que o álbum ‘Infernal’ foi liberado para audição gratuita. Para baixar o trabalho, visite um dos links:


O disco foi gravado no Black Stone Studio e produzido por Bruno Cestari. A arte da capa feita pelo próprio guitarrista, Alemão Pompeu.

Um lyric video para a música ‘Sopro da Destruição’ foi lançado, assista:



Já a música ‘Portões do Inferno’ ganhou um videoclipe. O vídeo foi dirigido por Luís Galaverna e produzido pela Black Horse Filmes e Fixar Imagens:



Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

RICARDO CONFESSORI & BANDA: tocam em São Bernardo no dia 02/07 com participações especiais

Será o primeiro show na região com as participações de
Rafael Bittencourt, Luís Mariutti e Bruno Sutter.

No dia 02/07 (Domingo), RICARDO CONFESSORI & BANDA fazem show especial no bar Rock Club (R. José Bonifácio, 90, São Bernardo do Campo), com as participações especialíssimas de seus ex-parceiros de Angra, Rafael Bittencourt e Luís Mariutti (ex-Angra e ex-Shaman) e Bruno Sutter (o Detonator da banda Massacration). Será a primeira vez na região, com esse time de músicos.

O repertório do show será formado pelos clássicos do Angra e Shaman. A abertura ficará por conta da banda Metal Invaders, tocando todos os clássicos do Helloween.


Siga a página do evento no Facebook:


Acompanham Ricardo Confessori, um time de músicos experientes do cenário nacional, como, Fabio Carito (baixo, Warrel Dane, ex-Shadowside), Thiago Oliveira (guitarra, Warrel Dane, Seventh Seal), Affonso Jr (guitarra, Revenge, Hardwood) e Alax Willian (vocal, Hardwood)

A responsável pelos shows da Confessori Band é a TC7 Produções. Para levar esse show para a sua cidade, entre em contato pelo e-mail: tc7producoes@gmail.com

Atualmente, os integrantes contam com o apoio das empresas: Yamaha, Zildjian, Roland, Hiwatt, Vic Firth, Eden, Sgt, Tom Tone, Lost Dog, La Bella, Fire Custom Shop, Positive Grid, Santo Angelo, Jam Cases e Rafive.


SERVIÇO:

RICARDO CONFESSORI & BANDA apresentando os clássicos do Angra e do Shaman.

Participações especiais de Rafael Bittencourt (Angra), Luis Mariutti (ex Angra e Shaman) e Bruno Sutter (Massacration).

Abertura: Helloween Cover com a banda Metal Invaders

Dia: 02/07 (Domingo)
Loca: Rock Club
Endereço: R. José Bonifácio, 90, São Bernardo do Campo
Horário: 19h

Antecipado apenas venda online: (R$30)


Na porta: R$40
Abertura da casa: 19hs
Início dos Shows: 20hs

Obs.: Para esse dia não haverá promoção de entrada free.

Mais informações:
(11) 9-9194-0111

Páginas relacionadas:


Khrophus: Banda é confirmada na nova edição do “River Rock Festival”


Um dos maiores festivais de Rock/Metal do Sul do Brasil está de volta! Trata-se do saudoso “River Rock Festival”, que junto ao seu retorno, iniciou as confirmações para esta nova edição.

Dentre os grupos já divulgados pela produção do evento, que acontecerá nos dias 8, 9 e 10 de setembro na cidade de Indaial/SC, está o catarinense KHROPHUS, onde mais uma vez mostrará a força da “Spreading The Madness Tour 2017” se apresentando ao lado de bandas como Rhestus, Vulcano e muito mais. 


Link do evento no Facebook para mais informações: https://www.facebook.com/events/827653150716488/

Em paralelo, o KHROPHUS segue em processo de agendamento de datas em suporte a referida turnê. Produtores interessados podem escrever para contato@sanguefrioproducoes.com ou khrophus@hotmail.com e solicitar um orçamento.

Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:

MONSTRATH: banda anuncia parceria com a Sangue Frio Produções



Visando alcançar ainda mais visibilidade no cenário nacional e internacional, a banda paulista de Death Metal MONSTRATH acaba de anunciar mais uma grande novidade para 2017. O grupo assinou com a Sangue Frio Produções, para que esta cuide de seus assuntos referentes à assessoria de imprensa, marketing, divulgação em massa, relações-públicas, venda de shows, manutenção de agenda e muito mais.

A banda ganhou destaque neste ano após lançar um ótimo single intitulado “Child Of God”, pelo selo europeu Downfall Records, a música também ganhou um videoclipe extremamente bem produzido, veja:



Em outras notícias, o MONSTRATH está em processo de agendamento de datas para maior divulgação do single supracitado. Para mais informações sobre como reservar uma data para qualquer cidade do país, basta entrar em contato através dos e-mails contato@sanguefrioproducoes.com ou monstrath@gmail.com.

Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:

BODY COUNT: divulgado videoclipe de “Here I Go Again”



O BODY COUNT, banda liderada pelo vocalista e ator Ice T, acaba de lançar o videoclipe de “Here I Go Again”, faixa de seu último álbum de estúdio “Bloodlust” e que será lançado no Brasil pela Hellion Records.

Bloodlust teve a produção de Will Putney e conta com participações de Max Cavalera (Soulfly), Dave Mustaine (Megadeth) e Randy Blythe (Lamb Of God). O álbum tem um medley das músicas “Postmortem” e “Raining Blood” do Slayer.

Confira o videoclipe de “Here I Go Again”: https://youtu.be/sbWmx3IGCJA


Tracklisting:

“Civil War” (featuring Dave Mustaine)
“The Ski Mask Way”
“This Is Why We Ride”
“All Love Is Lost” (featuring Max Cavalera)
“Raining Blood” / “Postmortem” (Slayer medley)
“God, Please Believe Me”
“Walk With Me…” (featuring Randy Blythe)
“Here I Go Again”
“No Lives Matter”
“Bloodlust”
“Black Hoodie”

Mais informações:

Fonte: TRM Press

NEUROSIS: pela primeira vez no Brasil em dezembro

Pioneiros do heavy metal farão apresentação única no Clash Club, em São Paulo

A espera de 30 anos chega ao fim em dezembro: os fãs da América do Sul terão finalmente a oportunidade de conferir a intensa apresentação do grupo pioneiro de heavy metal NEUROSIS. A banda trará pela primeira vez sua catártica experiência ao vivo ao continente para três shows no Brasil, Argentina e Chile.

Em três décadas, o NEUROSIS já produziu onze discos de estúdio e se apresentou nos principais palcos e festivais ao redor do mundo - cada álbum, cada música, cada show e cada experiência em estúdio impulsionando a banda um passo adiante no longo caminho da experimentação sônica e espiritual.

Pela primeira vez na América do Sul, o público local poderá sentir o poderoso transe dos riffs massivos emanados do NEUROSIS, criados com esmero ao longo de três décadas em conjunto. A banda fará apenas uma apresentação no Brasil, no dia 8 de dezembro em São Paulo, com realização da produtora Abraxas em parceria com a Xaninho Discos e a Alpha Omega Management.



SERVIÇO

NEUROSIS em São Paulo

8 de de dezembro no Clash Club (rua Barra Funda, 969)
Abertura da casa: 18 horas

18h30: Saturndust
19h30: Deaf Kids
20h30: Neurosis


1º lote antecipado promocional: R$ 100 (os primeiros 200 ou até o dia 20/07)
2º lote antecipado promocional: R$ 120 (até a véspera do show)
Na hora: R$ 140 meia / R$ 280 inteira.

Pontos de venda (a partir de 22 de junho)
Yoga Punx (rua Doutor Cândido Espinheira, 156 – Perdizes)
(11) 94314-7955

Volcom (rua Augusta, 2490 - apenas em dinheiro)
(11) 3082-0213

Loja 255 na Galeria do Rock
(11) 3361-6951

Ratus Skate Shop (rua Doná Elisa Fláquer, 286, Centro, em Santo André)
(11) 4990-5163

Arte do cartaz: Ars Moriendee (www.facebook.com/Arsmoriendee)

Links relacionados:


A/C Erick Tedesco (Assessor de imprensa/Abraxas Produtora)

VZYADOQ MOE: álbuns seminais ganham relançamento digital


Pós-punk, rock industrial e música brasileira se encontram nos clássicos e cultuados “O Ápice” e “Hard Macumba”, dois primeiros álbuns da banda sorocabana VZYADOQ MOE. Lançados respectivamente nos anos de 1988 e 1991, os trabalhos anteciparam e influenciaram futuras vertentes do rock nacional, como o mangue beat de Chico Science e Nação Zumbi. Agora, novos públicos podem conhecer com os relançamentos nas plataformas de música digital, através do selo Believe Digital.

Prestes a completar 30 anos de idade, “O Ápice” abre as comemorações e oferece para um novo público a oportunidade de se impressionar com a mistura de diversas vertentes do rock oitentista com o samba de raiz, junto de influências da literatura simbolista, histórias em quadrinhos e do cinema expressionista alemão.

A banda retomou o contato com essas músicas em 2010, quando se apresentou no Usina Festival, em Sorocaba. Em seguida, passou meses ensaiando e o resultado foi uma releitura de algumas faixas, colocando teclados e criando novos arranjos. Embora não haja definições para futuros shows, a VZYADOQ MOE considera a possibilidade de subir novamente aos palcos, celebrando os 30 anos de um disco tão atual como “O Ápice”.


A primeira formação da banda, com os músicos ainda na adolescência, contava com Marcelo Raymundo (guitarra), Marcos “Peroba” Stefani (bateria) e Marcelo “Fausto” Marthe (vocal e letras). Algumas semanas depois dos primeiros ensaios, Jaksan Moreira (guitarra) se juntou ao time. A formação clássica se completaria logo em seguida, com a chegada de Edgard “Degas” Steffen (baixo). O original nome da banda foi criado no quarto de Marthe, por meio de um sorteio dadaísta levemente adulterado para que o resultado repleto de consoantes ficasse menos impronunciável. 

A invenção estava também no som. Na bateria, havia um kit de percussão composto de latas velhas e caixas de papelão – uma versão com jeitinho brasileiro para emular o som dos alemães do Einstürzende Neubaten. O repertório da época nasceu do amálgama produzido pela mistura de suas batidas com o baixo cheio de efeitos de Degas, mais as guitarras da dupla Marcelo Raymundo e Jaksan, que mesclavam distorção e riffs melódicos. O frescor e a sensação de redescoberta presentes no som da banda abrem a porta para novas surpresas e planos para o futuro.

“Para o ano que vem, estamos planejando também lançar uma versão estendida do disco ‘O Ápice’, com versões ao vivo e completamente remasterizado”, revela Raymundo. 

Ouça os álbuns:

Google Play: https://goo.gl/qEhc9X

AZORRAGUE: banda anuncia mudança na formação


Em sua apresentação no Golgota Fest 2017, acontecido no dia 11 de junho em Curitiba, a banda de Death/Thrash Metal AZORRAGUE aproveitou para mostrar ao público a sua nova formação que, além de ter Fernando Frogel (Vocal/Baixo), Macarrão (Bateria/Vocal) e Roney Lopes (Guitarra) agora também conta com o auxílio de Allan Pavani (Efrata, ex Hawthorn e Doomsday Hymn) na guitarra.

Conforme dito pelo vocalista Fernando Frogel na ocasião, em virtude das composições do novo álbum estarem mais dinâmicas, foi notada a necessidade de mais uma guitarra para chegar na sonoridade almejada durante as apresentações e com isso, o convite feito a Allan se fez necessário.

Atualmente a banda está dando alguns retoques no material gravado em seu show comemorativo de 10 anos e que servirá de base para o DVD "Alive With Us", ainda sem previsão de lançamento.

AZORRAGUE é :
Fernando (V/B)
Macarrão (D/V)
Roney (G)
Allan (G)

Adquirir a sua cópia do álbum 'Bringer Of Terror' aqui :


KING DIAMOND: artista de sua banda fará exposição de arte gratuita na Central Panelaço

Mulher que interpreta a “Grandma” nos shows
do vocalista dinamarquês fará exposição de arte em São Paulo

Aproveitando a passagem do King Diamond e sua banda pelo Brasil, a artista norte-americana, Jodi Cachia fará uma exposição (GRATUÍTA!) de sua arte, na sede da Central Panelaço (Rua Conselheiro Carrão, 451 - Bixiga - São Paulo), entre os dias 24/06 e 01/07.

Jodi interpreta a “Grandma” nos shows do vocalista dinamarquês – além de outras performances no decorrer do show. Para quem ainda não conhece, ela é designer e uma grande artista, tendo participado de diversas feiras de arte pelos EUA.


Venha a partir deste sábado, 24 de Junho – um dia antes do grande show que o King Diamond realizará no Espaço das Américas – e nos ajudar a dar as boas vindas à “Grandma”, conferir a exposição, e em um dos dias ter a oportunidade de encontrá-la e adquirir uma de suas obras.

Mais da arte de Jodi Cachia pode ser conferida em seus canais oficiais: www.facebook.com/jodicachia / www.jodicachia.com

Para mais informação sobre a exposição, siga a página do evento:


A Central Panelaço é de propriedade do vocalista do Ratos de Porão, João Gordo, e é uma loja que reúne produtos veganos, discos de vinil, CD’s, camisetas, quadros, pôsteres, cervejas artesanais, etc, além de local para workshops e exposições.



SERVIÇO:

“Welcome Grandma – Exposição da mulher por trás da máscara”

A arte de Jodi Cachia

Local: Central Panelaço - Rua Conselheiro Carrão, 451 - Bixiga - São Paulo/SP
Início: Sábado dia 24 de Junho às 18hs.
Término: Dia 01 de Julho.

Organização: Abigail Records & Central Panelaço


ENTRADA GRATUÍTA!

Links relacionados:


MELANIE KLAIN: divulgadas imagens do novo clipe de “Lavagem Cerebral”


Os músicos da banda MELANIE KLAIN divulgaram algumas imagens do que será o novo vídeo clipe oficial do grupo, a música “Lavagem Cerebral” apresenta uma crítica ferrenha ao mundo de alienação que o Homem sofre pela mídia brasileira.

A música foi retirada do primeiro disco da carreira do grupo, “Análise do Caos”, o mesmo vem recebendo ate os dias de hoje forte aceitação da mídia especialista, críticas positivas e destacando o álbum como um dos grandes lançamentos do ano de 2016.





"Lavagem Cerebral" é uma composição do vocalista Duzinho que analisa de forma fria o contexto criado pela imprensa e entretenimentos oferecidos pelas grandes mídias brasileiras, visando alienar e lucrar com imediatismo a população,as programações das TVs criam uma maquina de alienados controlados pelo que poderia ser a libertação da grande massa, a televisão brasileira.

A banda informa que a edição das imagens do clipe está sendo finalizado e em breve será divulgado nas principais plataformas do grupo, tanto pelo Facebook, quanto pelo YouTube.



Mais informações:


Formação:

Duzinho - Vocais
Violla - Guitarras
Chapolim - Guitarras, vocais
Vic Escudero - Baixo
Pedro Bertti - Bateria