29 de set de 2016

SOILWORK - Death Resonance (CD compilação)




2016
Nacional

Nota: 10,0/10,0



Músicas:

1. Helsinki
2. Death Resonance
3. The End Begins Below the Surface
4. My Nerves, Your Everyday Tool
5. These Absent Eyes
6. Resisting the Current
7. When Sound Collides
8. Forever Lost in Vain
9. Sweet Demise
10. Sadistic Lullabye 2010
11. Overclocked (2016 Mix)
12. Martyr (2016 Mix)
13. Sovereign (2016 Mix)
14. Wherever Thorns May Grow (2016 Mix)
15. Killed by Ignition (2016 Mix)



Banda:


Björn "Speed" Strid - Vocais
Sven Karlsson - Teclados
Dirk Verbeuren - Bateria
Ola Frenning - Guitarras (músicas 11-15)
Sylvain Coudret - Guitarras (músicas 1-10)
David Andersson - Guitarras (músicas 1-8)
Peter Wichers - Guitarras (músicas 9, 10, 14, 15)
Daniel Antonsson - Guitarras (músicas 11-13)
Ola Flink - Baixo (músicas 4-15)


Contatos:



Texto: Marcos "Big Daddy" Garcia


Tem bandas que são referenciais dentro de estilos de Metal. E tem aquelas que são tão geniais que tudo que fazem é excelente. E para quem conhece o SOILWORK, um dos pioneiros do Death Metal melódico, até mesmo uma coletânea como "Death Resonance" acaba se mostrando algo de altíssimo nível. E a Shinigami Records, em parceria com a Nuclear Blast Brasil, nos possibilitou termos acesso ao disco por meio de uma versão nacional do mesmo.

Antes de tudo, é preciso deixar claro: você está bem longe de uma coletânea no formato "The Best of", pois o sexteto, assim como sua música, não é convencional em momento algum.

É preciso tirar o chapéu para a idéia de "Death Resonance": aqui temos uma coleção de músicas que foram "bonus tracks" em versões japonesas ("The End Begins Below the Surface" vem de "The Ride Majestic"; "Sweet Demises" é de "The Panic Broadcast"; "Sadistic Lulabye" também é de "The Panic Broadcast", mas por si só, já é uma versão nova da que se encontra em "Steelbath Suicide"), outras são remixadas exclusivamene para esta compilação (como "Overcloked", "Martyr" e "Sovereign", que originalmente estavam como extras na versão japonesa de "Sworn to a Great Divide"; e "Wherever Thorns May Grow" e "Killed by Ignition", que estão como faixas extras para aersão japonesa de "Stabbing the Drama"), algumas do EP "Beyond the Infinity", e duas canções inéditas. Algo diferente, e excelente!

Óbvio que em termos de sonoridade, existem algumas diferenças bem pequenas entre a sonoridade de uma faixa ou outra, conforme a proveniência da mesma (ou seja, de qual disco ela vem). Lembro-os que as mesmas ainda possuem períodos de tempos diferentes. Mas isso não deixou a sonoridade ruim, longe disso. São 10 produtores diferentes ao todo. 

Agora, a parte gráfica ficou de primeira.

A capa é simples, mas um trabalho interessante de Mircea Gabriel Eftemie, que deixou o visual bem soturno. E em termos de encarte, a arte gráfica ficou de primeira, pois mesmo usando apenas tons de preto, branco e cinza, mais letras em vermelho, temos fotos da banda, e depoimentos da banda sobre cada uma delas.

Musicalmente, o que podemos falar mais do SOILWORK que já não tenha sido dito antes?

Death Metal melódico com ótimos vocais que transitam entre as vozes limpas e timbres urrados ótimos, melodias bem encaixadas, uma cozinha rítmica de primeira (baixo e bateria são coesos e bem trabalhados), teclados muito bem pensados, e uma dupla de guitarras que sabe expor o necessário nos momentos mais brutos ou nos mais melodiosos. E adicionem a isso uma criatividade que parece não ter fim.

Primeiramente, falemos das inéditas:

"Helsinki" - Uma canção em que as melodias e agressividade características do grupo se acasalam muito bem, cheia de passagens introspectivas com vocais limpos, além de um refrão de primeira (outro traço marcante da personalidade musical do sexteto). Isso sem mencionar as belíssimas partes de guitarras (em especial os solos).

"Death Resonance" - Uma pouco mais cadenciada e com uma atmosfera densa e melancólica, mostra um trabalho técnico de bom nível, mas sem que a banda foque nisso. Há passagens melodiosas introspectivas onde vocais limpos e outros tons mais brutos se mesclam. E que belíssimo trabalho em termos de baixo e bateria, fora os teclados estarem muito bem.

O ponto interessante é que ambas as canções mostram um feeling mais "old" em termos de SOILWORK, algo quase sem os elementos de Metalcore presentes em "The Ride Majestic". Parece mostrar que o sexteto vai nos surpreender mais adiante uma vez mais, mas como falamos de uma banda em que evoluir é uma regra de vida, tudo é possível.

Agora, "My Nerves, Your Everyday Tool" com suas belas linhas melódicas de guitarras e acentuada agressividade (com outro trabalho ótimo de baixo e bateria), a atmosfera trabalhada e bem cuidada em termos estéticos de "Resisting the Current", as melancólicas partes das guitarras em "When Sound Collides", a linda e azeda "Sweet Demise" (com baixo e bateria mostram sua força uma vez mais. E sem falar nos teclados bem encaixados nos momentos mais lentos), a velocidade ríspida e insinuante de Sadistic Lullabye (com mais uma aula de riffs de primeira linha), as melodias de teclados bem delineadas na sinuosa e melancólica "Martyr", e a criativa "Wherever Thorns May Grow" (com suas linhas de voz maravilhosas) são provas claras de quanto o SOILWORK é uma banda que soube evoluir e fugir do ponto comum.

Uma das melhores bandas da atualidade, e "Death Resonance" vem coroar o ótimo momento da banda.

Ouça sem moderação alguma!



SEMBLANT: confirmada como abertura para o Sabaton em Curitiba



O grupo sueco Sabaton está com nova turnê agendada para o Brasil. Após o sucesso em 2014, a banda estará de volta a Curitiba no dia 03 de Novembro, no Music Hall. E a Mosh Productions anuncia o SEMBLANT, banda do cast da gravadora americana EMP Label Group, como banda que fará o show de abertura da noite.

O SEMBLANT, oriundo de Curitiba, está na estrada há mais de uma década, e a cada dia que passa vem colhendo os frutos de uma carreira de muito profissionalismo. Com contrato assinado com o selo liderado pelo baixista do Megadeth, David Ellefson, a banda viu o lançamento de seu álbum Lunar Manifesto ser feito em solo americano, em formato convencional e também em vinil. O show especial ao lado do Sabaton, que divulga seu último disco, o recém lançado "The Last Stand", já está com ingressos disponíveis. Devido a grande procura, os convites já estão no segundo lote.


Confira abaixo o serviço completo do show.


Mosh Productions apresenta:​

Curitiba/PR - Sabaton
Abertura: Semblant
Data: 03 de novembro de 2016
Local: Music Hall
Endereço: Rua Engenheiros Rebouças, 1645 - Rebouças
Inicio: 18h30

Ingressos:

2º lote - R$ 100 (meia), R$ 200 (inteira)


Pontos de venda:

- Dr. Rock: Rua Emiliano Perneta, 297 – Centro (41) 9828-8500 (sem taxa de conveniência)
- Let’s Rock: Praça Tiradentes, nº 106 / Lojas 03 e 04 – Centro (41) 3324-2676
- Monstros do Rock: Rua Emiliano Perneta , 30 / Loja 26 – Centro (41) 3022-7786
- Túnel do Rock: Rua XV, nº74 – Centro (41) 3322-4077
- Hand & Made: Shopping Palladium (41) 3212-3223
- Memphis Shop: Al. Carlos de Carvalho, 580 - (41) 3222-8213


Apoio: Hand & Made, Fanzine Mosh e X-PressON!
Promoção: Rádio Mundo Livre FM
Realização: Produtora Abstratti
Co-produção: Mosh Productions

Links Relacionados: www.sabaton.net


Fonte: X-PressON!
Assessoria de Imprensa
A/C André Smirnoff

28 de set de 2016

TROPA DE SHOCK: confirmados novos integrantes da veterana banda paulista


A veterana banda paulista TROPA DE SHOCK, recentemente anunciou a entrada do segundo guitarrista Ricardo Kingerski, que ao lado do também guitarrista Leandro Ligocki e do baixista Alexandre Forcellini, fecham assim a sua nova line up

Os novos membros do grupo já estão integrados ao processo de gravação de seu décimo álbum de estúdio, ainda sem título definido e que será novamente lançado pelaMS Metal Records no Brasil em 2017.

Para mais informações sobre as atividades da banda TROPA DE SHOCK e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através doe-mail contato@msmetalagencybrasil.com.


DUST COMMANDO: primeiro lyric video lançado


Recentemente o DUST COMMANDO liberou para audição gratuita seu mais novo EP “Between Chaos and Grace”, e para massificar ainda mais o poder sonoro apresentado do mesmo, a fã e amiga da banda, Ketlin Espinoza, presenteou os gaúchos com o lyric video da faixa “No Grudge”, um dos grandes destaques do novo lançamento.

Ouça e veja o lyric video de “No Grudge” agora mesmo:



Aproveite também e ouça o “Between Chaos and Grace” no link a seguir:



Links Relacionados:



EDEN SEED: “Definitivamente não vendemos a morte, como muitas bandas fazem”


A parte lírica de uma banda é tão importante quanto sua estrutura musical, que onde coligadas trazem um belo resultado, pois transcender o que sua sonoridade passa nem sempre é fácil, e muitas vezes soa até abstrato.

O EDEN SEED caminha na contramão e traz temas variados, mas tendo uma ligação entre eles, onde mesclam o sofrimento humano com poesias, mas sempre trazendo uma possível solução, nunca deixando que o fundo do poço chegue, mas sim trazendo ótimas reflexões de vida, como a guitarrista Gisele Marie explica:

“Definitivamente não vendemos a morte, como muitas bandas fazem. E definitivamente não limitamos a nossa capacidade criadora com um só tipo de tema. Mesmo quando somos críticos em relação a algum assunto, procuramos sempre lidar de uma forma atual e inesperada com este tema, e sempre dar uma visão positiva sobre o mesmo como uma alternativa, uma saída.”

E nestes temas variados Gisele comenta um pouco da temática de algumas composições:

“Temos por exemplo uma música que se chama MAPINGUARI. Na letra, alguém está fugindo do ataque do Mapinguari no meio da floresta, mas a letra mostra que o monstro não é o Mapinguari, e sim o ser humano, destruidor, poluidor, ganancioso e arrogante. Mas isto não nos impede de muitas vezes falar sobre temas mais leves e poéticos como é o caso de PEACE BE WITH YOU, ou de uma noite de festa como é o caso de ROCKIN' ALL NIGHT LONG, ou de temas muito pesados e ácidos como uma letra nova que eu estou escrevendo que se chama GOD WANT ME TO HATE e escancara a paranoia atual do fanatismo e fundamentalismo vido de todas as direções em nossa sociedade erroneamente radical e preconceituosa.”

Atualmente o EDEN SEED finalizou as gravações de seu primeiro videoclipe, assim como as gravações do dois primeiros Singles que irão divulgar antes do Debut. Fiquem ligados conosco e não percam as novidades sobre uma das revelações do Metal nacional!


Links Relacionados:



MAYHEM: quinteto traz a tour do polêmico “De Mysteriis Dom Sathanas” para a cidade do Rio de Janeiro na próxima semana

Banda comemora os 22 anos de um dos discos mais malditos da história no metal


Uma das bandas mais emblemáticas do black metal mundial retorna ao Brasil na semana que vem, e a cidade do Rio de Janeiro está incluída na turnê, onde tocam no dia 08/10, no Teatro Odisséia (veja serviço abaixo!). E o show será mais que especial, já que os noruegueses vão tocar na íntegra o polêmico “De Mysteriis Dom Sathanas”, lançado há 22 anos atrás.

“De Mysteriis Dom Sathanas” pode ser considerado um divisor no termo black metal, já que após ele – que possui toda uma mística com um enredo bizarro envolvendo os integrantes – o gênero nunca mais foi o mesmo. No disco, constam em seu line up, os integrantes, Euronymous (Øystein Aarseth, guitarra) e Count Grishnackh, hoje em dia, mais conhecido como Varg Vikernes (Kristian Vikernes, baixo, Burzum) . Euronymous foi simplesmente assassinado por Varg, gerando uma das histórias mais bizarras do underground metálico. Tudo isso, antes mesmo de ““De Mysteriis Dom Sathanas” ter sido lançado... Dessa época doentia, estão na banda, atualmente, Hellhammer (Jan Axel Blomberg, bateria) e Attila Csihar (vocal).

E as polêmicas envolvendo “De Mysteriis Dom Sathanas”, começaram antes mesmo desse “assassinato”, com o suicido do vocalista Dead (Per Ohlin), em 1991 – ele é o responsável por algumas das letras das músicas desse disco. Dead cortou os pulsos e garganta e então atirou contra a própria cabeça, usando uma espingarda. Ele deixou uma carta de suicídio, na qual “se desculpava por ter usado a arma dentro de casa”, finalizando com "Desculpe pelo sangue". Seu corpo foi encontrado por Euronymous. Antes de chamar a polícia, ele foi até uma loja, comprou uma câmera com a qual fotografou o corpo. Uma dessas fotos foi posteriormente usada como capa do bootleg ao vivo “Dawn of the Black Hearts”. Dead tinha o hábito de enterrar suas roupas de shows, para ficar com cheiro de “morto” nas apresentações. Dizem por aí que Hellhammer pegou um dos pedaços do crânio do amigo – que se espalharam pelo quarto – e fez um colar...

Ou seja, difícil acreditar que haja disco mais “black metal” que “De Mysteriis Dom Sathanas”!

A formação atual, traz além do vocalista Attila e do baterista Hellhammer, Necrobutcher (Jørn Stubberud, baixo, e um dos fundadores da banda, que esteve fora apenas do “De Mysteriis...”), Teloch (Morten Bergeton Iversen, guitarra) e Charles Hedger (guitarra)

Veja um pequeno teaser dessa tour, que terá pouquíssimos shows:



O último álbum de estúdio se chama “Esoteric Warfare” e foi lançado em 2014.




SERVIÇO:


A lenda do Black Metal MAYHEN de volta ao Rio de Janeiro e desta vez tocando seu clássico disco "Dem Mysteriis dom Satanas" na íntegra.


Dia 08/10/2016 (Sábado)
Local: Teatro Odisséia - Avenida Mem de Sá, 66 - Lapa
Cidade: Rio de Janeiro/RJ
Horário: 18h

Preços dos ingressos:

90 Reais (Antecipado / promocional)
130 reais (no dia/hora/local)

Pontos de venda: (também estão à venda os ingressos do Rotting Christ no RJ)

Blizzard Records:
Stand 8 Rua Pedro Lessa, Centro / RJ.
Contato: 98693-6051 (Marcio Alexandre)

Sempre Música (Catete): 2323-6121

Hard n Heavy (Flamengo): 2552-2449

Headbanger (Tijuca): 2284-1034

Underground Rock Wear (Bangu):

Av.Santa Cruz 4396 (perto da estação de Bangu)

Alley (Madureira): 2450-4611


Ingressos online pela: Sympla



MENOR DE 18 ANOS SÓ ENTRA ACOMPANHADO DE UM RESPONSÁVEL!


Produção: Be Magic Produções (https://www.facebook.com/bemagicprod/)

Assessoria de Imprensa: Lanciare Comunicação (lpiantonni@lanciare.com.br)

Páginas relacionadas:



AWAKING: confirmado no festival Sotero Rock em Salvador


A banda soteropolitana AWAKING foi confirmada na nova edição do festival Sotero Rock, neste dia 30 de setembro (sexta-feira), para mais um importante show na sua cidade natal, Salvador.

O evento, que terá ingressos fixados em R$10,00, acontecerá no The Other Place, às 20h00, e contará com as participações especiais das bandas Not Names, Dr. Hanibal e Duda Spínola .

A AWAKING é a mais nova força do Metal da Bahia, que agora faz parte do seleto cast de artistas da MS Metal Agency Brasil, juntamente com outros grandes nomes da cena brasileira e internacional.

Para mais informações sobre as atividades da banda AWAKING e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.


LOSNA: confirmada na quarta edição de festival em Caxias do Sul


A LOSNA é uma das atrações do festival Restos da Carne, que já está em sua quarta edição.

Nesta edição, além do trio, as bandas Khrophus, Infected Sphere, Rotten Penetration, Inheritours e Bomb Shelves formam o lineup do evento. O festival acontece no dia 8 de outubro no Porão do Rock da cidade de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul. O Festival Restos da Carne é idealizado e promovido por Luís Tomasini.


Lembrando que novo clipe do trio está disponível. O clipe é para a música ‘Back To The Grotto’, retirada do mais recente trabalho ‘Another Ophidian Extravaganza’. A produção do clipe está nas mãos da produtora Chama Vídeo Independente.


‘Another Ophidian Extravaganza’ foi lançado no final do ano passado em parceria com a UGK Discos. O álbum foi gravado no Estúdio 1000, com produção de Fabio Lentino (Nephasth e The Ordher) e arte da capa novamente ficou por conta do artista Tiago Medeiros.

Contando com a acidez de sempre, uma gravação de alto nível e Thrash Metal da melhor qualidade, o terceiro disco do grupo vem sendo reconhecido não apenas como o melhor disco de sua carreira até o momento, mas também um dos grandes lançamentos brasileiros de 2015.


Sites Relacionados:


Fonte: Metal Media

ABRASION: guitarrista lança canal do YouTube


O carismático guitarrista, vocalista, baixista, produtor, designer e sabe-se lá até onde seu talento vai, Aldo Carmine, da banda paulista ABRASION, acaba de lançar seu canal oficial no YouTube.

O canal foi batizado de Guitarmine e o próprio Aldo comenta mais sobre ele:

“Há algum tempo tenho pensado em criar um canal no YouTube no qual eu pudesse postar periodicamente algo que eu realmente curtisse muito fazer e que fosse bem simples. Como eu tenho publicado no Facebook alguns vídeos tocando guitarra, achei que seria legal também criar o canal só com os vídeos tocando guitarra, violão e quem sabe alguma outra coisa. Então criei o GUITARMINE. Vai ser algo bem aleatório e informal, bem de boa mesmo… Espero que curtam e caso queiram acompanhar, é só se inscreverem. Aceito sugestões ?? Abraços!”


Para conhecer o canal e se inscrever, visite: https://goo.gl/YkvtCi


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

SCELERATA: Francis Cassol fala sobre o futuro da banda em entrevista


Aproveitando o momento, o site The Metal World entrevistou o baterista do SCELERATA, Francis Cassol, que falou do atual momento, dos 15 anos da banda e um pouco do que podemos esperar para o futuro do quinteto.

O talentoso baterista não escondeu nada na entrevista e chegou até a assumir que já tinha desistido de levar o SCELERATA adiante: “Eu havia praticamente desistido da banda. Eu e o Jonathas Pozo (vocal) estávamos por montar uma banda nova, iniciar do zero, mesmo.”

Mas felizmente o destino foi generoso e temos novamente um dos principais nomes do Power Metal de volta. Para saber todos os detalhes deste grande retorno e do que vem por aí, leia a entrevista completa pelo link:


Lembrando que para quem ainda não teve a oportunidade de ouvir ou assistir a performance do novo lineup do SCELERATA, o grupo acaba de disponibilizar um vídeo registrando sua primeira performance ao vivo.

Gravado durante a apresentação na Openstage Music Store em Porto Alegre no último dia 2 deste mês, o vídeo conta com uma incrível interpretação de um dos clássicos do grupo, ‘Spirits Looking For…’, retirado do debut ‘Darkness & Light’. Assista:



Sites relacionados:


Fonte: Metal Media