30 de dez de 2012

NervoChaos - To The Death (CD)



Cogumelo Discos - Nacional
Nota 10

Por Marcos Garcia

O NERVOCHAOS já é uma instituição dentro do Metal extremo nacional, pois estão na ativa desde 1996, destilando um Death Metal bruto, cheio de energia e visceral até os dentes, mantendo a pegada insana, e ele retornam com 'To The Death', seu quinto disco de estúdio, um autêntico massacre sonoro como raramente é visto em terras brasileiras.

O que você encontrará em 'To The Death'?

Vocais guturais urrados com extrema competência, riffs e solos de guitarras completamente insanos (sendo que nos solos, temos várias participações especiais), baixo firme e pesado no acompanhamento e uma bateria que consegue ser pesada, extreme e técnica na medida certa. E isso tudo coeso e pesado, como uma banda veterana deve ser.


O CD foi gravado nos Flames Studios, no RJ, com produção do próprio quarteto em conjunto com os engenheiros de som Igor & Victor "Gala", e mixagem e masterização feitas nos Alpha Omega Studios, em Milão, na Itália, pelas mãos de Alex Azzali,  conhecido por seus trabalhos com ANCIENT, BEHEMOTH, DISMEMBER, GRAVE, SEPTC FLESH, ROTTING CHRIST, CRO MAGS, MARDUK, HATE, VADER e outros, ou seja, por mãos mais que experientes em termos de som agressivo, logo, a sonoridade do CD une com maestria a rispidez e brutalidade necessárias à banda com a limpeza e transparência requeridas em um CD desse porte. A arte, por sua da capa, por sua vez, foi feita por Joe Petagno, conhecido pelos trabalhos gráficos de bandas como LED ZEPPELIN, NAZARETH, MOTORHEAD, PINK FLOYD, MARDUK, entre tantas outras, e ficou muito boa, com uma apresentação bem agressiva, embora extremamente refinada. O que mostra o que iremos encontrar no conteúdo musical.

Musicalmente, este é o CD mais maduro do NERVOCHAOS, onde uma sonoridade mais polida e clara se une a um trabalho musical brutal e agressivo, como é da tradição do quarteto, e esta fusão rende frutos ótimos, pois as faixas estão bem niveladas por cima, mantendo o CD homogêneo do início ao fim, com destaque para a brutal e rápida 'Mark of The Beast', com riffs maciços e ótimo trabalho da cozinha rítmica, com a participação especial de Antônio (do KORZUS) no solo; a peso-mamute e empolgante 'Sheep Among Wolves', com um andamento bem ganchudo, ótimos vocais e a participação de Jão (do RxDxP) no solo; igualmente empolgante é 'Your World's Trend', com um ótimo refrão, e as guitarras mostram uma diversidade sonora ótima, mesmo sob tanto peso e brutalidade; a excelente 'The Gospel of Judas', onde os andamentos se alternam entre a velocidade moderada e outros momentos mais cadenciados, com ótima diversidade instrumental, com solo feito por Cherry (do HELLSAKURA); a mais variada e arrasadora de tímpanos 'The Exile', onde o baixo aparece bastante, e pelo andamento ser um pouco mais complexo em suas alternâncias, é digno de menção, fora as vocalizações perfeitas, e mais um convidado especial: Ralph Santolla (do OBITUARY e DEICIDE) no solo; 'To the Death', outra onde o baixo aparece bastante, e é uma cacetada bem dada, rápida e agressiva de doer; as trampadas 'Hate' e 'Delusions and Lies'; e a matadora 'Wolves Curse', onde o veterano Zhema, do VULCANO, dá as caras no solo. As outras faixas não citadas são indispensáveis, pois o CD é, como dito antes, bem homogêneo e de alto nível.

The Exile

Tracklist:

01. Mark of the Beast
02. Sheep Among Wolves
03. Your World's Trend
04. Gospel Of Judas
05. The Exile
06. To The Death
07. Hate
08. Smoking Mortal Remains
09. Mind Under Siege
10. Delusions and Lies
11. Destroyer Of Worlds
12. Warlords Unbound
13. Wolves Curse


Formação:

Guiller - Vocais, guitarras
Quinho - Guitarras
Felipe Freitas - Baixo
Edu Lane - Bateria


Contatos: