29 de nov de 2012

Rhevan - One More Last Attempt (CD)


Shinigami Records - Nacional
Nota 10

Por Marcos Garcia

A história metálica do Centro-Oeste brasileiro, que compreende Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e o Distrito Federal, onde fica Brasília, é recheada de boas bandas, sempre com contribuições muito boas e relevantes ao país. Pouca gente lembra, mas foi de lá vieram bandas como ALTA TENSÃO, PxUxSx, VOLKANAS, MIASTHENIA, VIOLATOR, VALHALLA, entre outros nomes fortes, e agora, desta mesma região, mais especificamente de campo Grande, no estado do Mato Grosso do Sul, vem o RHEVAN, que chega com seu mais novo trabalho, o ótimo Full Length 'One More Last Attempt', que a Shinigami Records, uma das gravadoras de maior coragem no Brasil, pôs nas prateleiras das lojas.

O quinteto executa um Metal Sinfônico e com fortes doses de melodia e harmonias muitíssimo bem cuidadas, soando belo e encorpado, mas sem deixar de ter bastante peso nos arranjos, com uma música bastante dinâmica e intensa. Os vocais são ótimos e bem postados, alternando entre o melodioso e forte canto de Dani com as vozes rasgadas de Thiago, riffs de guitarra fortes e pesados, solos melodiosos, baixo e bateria, além de entrosados, esbanjam peso e boa técnica. Uma fórmula que pode não ser muito nova, mas que o quinteto fez soar atual e com personalidade na garra.

Produção, mixagem e masterização ficaram nas mãos de Aldo Carmine, no Anubis Studio, e ficou ao mesmo tempo pesada, intensa e bastante límpida, mantendo cada instrumento em seu devido lugar e com o volume necessário, sem se embolarem, permitindo que a música da banda flua de forma bastante natural e clara. A produção visual é de saltar os olhos de tão profissional e esmerada, e mesmo utilizando tons mais escuros, em momento nenhum transmite um clima deprê.

Quando o CD rola, aí a coisa fica séria!

O trabalho musical do RHEVAN se destaca pelo nivelamento pomposo e muito vigoroso, mas pesado como poucas vezes o estilo oferece, com doses homeopáticas de peso e energia. Óbvio que podemos destacar algumas faixas como a empolgante e pesada 'Brute Instinct', onde teclados bem postados, coros e vocais contrastam de maneira forte e bela; a ótima 'Disguised', empolgante, com belas passagens de teclados e bumbos duplos, e contrastes entre vocais macios e guturais, e crescendos lindos próximos ao refrão; a ótima 'One More Last Attempt', onde o baixo debulha em belos arranjos, e a bateria dá um show bem particular; a instigante 'Mistake Number Five'; a macia e mais acessível 'Couldn't Read Your Lips', que esbanja elegância e belos arranjos de cordas e teclados; 'Drunk With The Blood Of Saints', outra com belos arranjos de coros e ótimos riffs, bem como teclados dando um clima denso e grandioso; 'Lady Of The Forest', onde a banda mostra um pouquinho mais de complexidade nos arranjos, com boas variações de andamentos; a mais empolgante e cheia de energia 'The Dungeon'; e a longa e cheia de variações de andamento 'Gothic Love Affair', onde, ao longo de seus 13 minutos, a banda mostra, com belas nuances vocais, corais bem compostos, teclados que se alternam com arranjos de piano, a guitarra explorando versos e fraseados que vão do agressivo ao melodioso sem problemas, baixo debulhando e bateria mostrando-se pesada e técnica nas alternâncias de andamentos.

É um disco ótimo, que extermina os mi-mi-mi's que falam mal da cena Metal nacional, que que todo bom banger vai pedir de Natal aos pais, namorados (as), amigos ocultos ou sejam lá a quem pedirem, pois este CD é bom demais!

E parabéns à banda por um belíssimo trabalho! A nota é justa, com direito a louvor com méritos!

Drunk With the Blood of Saints


Tracklist:

01. Brute Instinct
02. Disguised
03. One More Last Attempt
04. Dark Sunrise
05. Mistake Number Five
06. Couldn't Read Your Lips
07. Drunk With the Blood of Saints
08. Lady of the Forest
09. Sleep, Sleep Quietly
10. The Dungeon
11. Rainland
12. You Parasite
13. Gothic Love Affair


Formação:

Danielle Navarro - Vocal
Thiago Azevedo - Guitarra e vocais
Gleydson Keyler - Guitarra
Aldo Carmine - Baixo
Matheus Mattos - Bateria



Contatos:


Suffocation of Soul: Nova série de shows agendados para dezembro



- - -


A partir do dia 01/12 a banda baiana de Thrash Metal SUFFOCATION OF SOUL iniciará uma série de shows para divulgar seu último e elogiado trabalho, o EP “The Last Way of Madness”, que conta com as faixas “Prelude to a Nuclear War”, “The Last Way of Madness”, “No Escape for Slaughter” e “Demoniac Empire – Remixed”. Formada em 2006, o SUFFOCATION OF SOUL conta hoje com André Costa (baixo/vocal), Tarcísio Correia e Mauricio Sousa (guitarras) e Márlon Pacheco (bateria), e busca através de um hibrido entre o Thrash e o Metal tradicional sua sonoridade ideal, muito bem representada nas músicas que compõem o EP.


Confira as datas dos shows:

01/12 - Capim Grosso (BA)
15/12 - Jequié (BA)
22/12 - Ipiau (BA)

Já no mês de fevereiro a banda anuncia que tocará na cidade de Penedo (AL), com as bandas Black Verses e Leprosy (Death Cover). Maiores informações serão divulgadas em breve.

Neste sábado, o SUFFOCATION OF SOUL dividirá o palco com as bandas Assassination, Crematoryum e Maggica, no evento “Extreme Metal III”, na “Mansão da Seresta”, localizada na Av. Senhor do Bonfim, centro da cidade baiana de Capim Grosso. Os ingressos custam R$ 12,00 e o evento tem previsão de inicio para as 19h.


Contatos:

Assessoria e Shows: contato@wargodspress.com


- - -