14 de mar de 2013

Distraught - The Human Negligence Is Repugnant (CD)


Voice Music - Nacional
Nota 9,5

Por Marcos Garcia

Este disco nem precisa de um parágrafo introdutório, mas de uma única palavra: ANIQUILADOR!!!!

Os veteranos gaúchos do DISTRAUGHT (com mais de 20 anos de estrada) mostram um pique invejável e um carnivorismo absurdo neste CD, 'The Human Negligence Is Repugnant', que desfila um Thrash Metal intenso, pesado, rápido e bruto de doer os dentes. É um autêntico coice de mula muito bem dado.

Obviamente, o Thrash Metal da banda é híbrido, com algumas nuances de Death Metal aqui e ali, e se vocês procuram algo brutal, encontram especialistas nisso, pois o grupo apresenta vocais rasgados extremos, riffs de guitarra agressivos e técnicos, como solos fortes e com boas doses de melodia, baixo e bateria compactando uma massa sonora absurdamente intensa, mas sem deixar de ter ótima técnica. Resultado: uma sonoridade poderosa, cheia de energia e empolgante até para o mais exigente fã. Só cuidado para não tomar um cartão vermelho dos pais ou companheiros (as) pelo volume excessivo.

A produção foi feita Por André Meyer (vocalista e único membro restante da formação original) e Ricardo Silveira (guitarrista), gravado nos Estúdios Navarros, em Canoas (RS) e a qualidade sonora não só favorece a brutalidade do grupo, mas ao mesmo tempo, vemos uma gravação esmerada, limpa e capaz de deixar os instrumentos soando coesos, mas que podem ser ouvidos individualmente. Já a arte gráfica, feita por Marcelo Vasco, é algo de hipnótica e lindamente bem feita.

E quando o CD começa a tocar, temos a impressão que as paredes da casa vão cair, de tão intenso e bruto o CD é em termos de composição, mas sem perder nunca a técnica, e os destaques em um CD tão homogêneo são a destruidora 'Borderline', que alterna bastante os andamentos, com excelentes vocalizações, grandes guitarras e cozinha mais que afiada (que bumbos insanos são esses????); a abusiva 'Psycho Terror Class', bruta, mas com ótimos solos e momentos qubrados ótimos; 'Justice Done by Betrayers', faixa de trabalho, e uma autêntica fissão nuclear em termos de energia e agressividade, mas com riffs empolgantes, ótimo refrão (entremeado por guitarras ótimas) e belo trabalho da cozinha; a ríspida 'The Human Negligence is Repugnant', bruta e veloz, que causa rodas de pogo sem dificuldade alguma; a alternada entre velocidade e momentos focados no paso 'My God is My War', que mostra coesão e peso, além de bumbos insanos e guitarras roubando a cena; a quebra-pescoços 'Insane Corporation'; a empolgante 'Infect', com uma levada moderada e vocais insanos que empolgam o ouvinte; e 'Silent Face', poisjá que após alguns sons de violão, entra um dos maiores hinos do Metal: 'Overkill', do MOTORHEAD, em uma ótima versão de encher os olhos de lágrimas.

Estão esperando mais o que para conseguirem suas cópias?
Comprem logo, antes que fiquem sem uma!


Justice Done by Betrayers


Tracklist:

01. Borderline
02. Psycho Terror Class
03. Justice Done by Betrayers
04. The Human Negligence is Repugnant
05. My God is My War
06. Gates of Freedom
07. Insane Corporation
08. Infect  
09. Raise Your Flags
10. Lords of Corruption
11. Silent Face 


Formação:


André Meyer - Vocais
Marcos Machado - Guitarras
Ricardo S. Silveira - Guitarras
Nelson Casagrande - Baixo
Dio - Bateria



Contatos:


The Ultimate Music PR (13/03/2013): Shadowside, Paul Di'Anno



========

Shadowside segue longa turnê europeia ao lado de Helloween e Gamma Ray


Banda brasileira é reconhecida como um dos grandes destaques no atual cenário internacional do heavy metal
Grupo durante grande aprsentação em Pratteln, Suiça

Depois de arrancar muitos aplausos e despertar muita emoção no público grego em duas performances devastadoras, a banda brasileira SHADOWSIDE segue firme e forte em sua mais nova turnê pela Europa. O grupo é uma das atrações da longa “Hellish Rock Tour: Part II” ao lado de Helloween e Gamma Ray.

A excursão que tem 37 datas confirmadas também já passou, nas duas últimas semanas, por Espanha, Suíça e Itália. Os próximos destinos são Turquia, Bulgária, Romênia, Eslovênia, Hungria, Eslováquia, República Tcheca, Polônia, Finlândia, Noruega, Suécia, França, Bélgica, Inglaterra e término no próximo dia 21 de abril, na Alemanha.

Durante todo este tempo na estrada, Dani Nolden (vocal), Raphael Mattos (guitarrista), Fabio Carito (baixo) e Fabio Buitvidas (bateria) estão provando porquê são reconhecidos como um dos nomes mais respeitados no atual cenário da música internacional. O repertório das exibições é fundamentado principalmente no aclamado novo álbum “Inner Monster Out”. um dos principais nomes do Heavy Metal brasileiro

Praticamente todos os dias, os músicos estão postando imagens que revelam os bastidores da turnê e diversas curiosidades em http://wikimetal.com.br/site/?s=Shadowside. Este diário justamente foi criado para que os fãs possam acompanhar a vida da banda na estrada e também serve como um teaser para o show do próximo dia 26 de maio, na Via Marquês, em São Paulo. Mais informações sobre este evento podem ser obtidas em http://www.facebook.com/shadowsideband.

Produtores interessados em contratar o espetáculo devem entrar em contato através do e-mail contato@furiamusic.com.br.

Links relacionados:


===



Paul Di´Anno em SP: Children of the Beast confirmada na abertura do evento



Paul Di'Anno, primeiro vocalista do IRON MAIDEN, responsável pelas vozes nos dois primeiros álbuns da Donzela de Ferro, recentemente confirmou apresentação, no próximo dia 7 de abril, no Carioca Club, em São Paulo. Este show faz parte da derradeira turnê mundial antes do artista abandonar os palcos.

A Rádio & TV Corsário, produtora responsável pelo evento na capital paulista, anuncia que o evento agora também terá a participação especial da CHILDREN OF THE BEAST, principal banda cover da Donzela de Ferro no Brasil. O grupo deverá executar os clássicos da fase com Bruce Dickinson e Blaze Bayley. Já Paul Di’Anno deve cantar clássicos da banda inglesa e de sua carreira solo acompanhado pelo grupo gaúcho Scelerata.

Os ingressos para a performance na capital paulista já estão à venda na Galeria do Rock (Die Hard) e pela internet, no site da Ticket Brasil. Os bilhetes custam R$ 50,00 (pista meia – 1° lote) e R$ 120,00 (camarote promo – 1° lote). Mis informações no serviço abaixo.

Paul Di’Anno gravou os álbuns "Iron Maiden" e "Killers" e pertenceu à formação original do grupo registrando estes dois full-length que impulsionaram a carreira desta que é tida por muitos como a maior banda de heavy metal da história da música.

Até o momento, a “The Last tour” tem as seguintes datas confirmadas:
29/03 (sexta): Urussanga (SC)
30/03 (sábado): Joaçaba (SC)
07/04 (domingo): São Paulo (SP)
11/04 (quinta-feira): Goiânia (GO)
12/04 (sexta-feira): Brasília (DF)
19/04 (sexta-feira): Porto Alegre (RS)

Veja abaixo um vídeo de Di'Anno convocando os fãs para prestigiar o prelúdio de sua aposentadoria:




Sites relacionados:
www.abstratti.com.br/pauldianno
www.facebook.com/thelasttour
www.pauldianno.com

Serviço São Paulo


Rádio Corsário apresenta Paul Di'Anno
Data: 07 de abril
Local: Carioca Club
End: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros
Hora: 18h (abertura da casa) | 19h (show time)
Banda convidada: Scelerata
Valores:
Pista Meia: R$ 50,00 (1º lote) |R$ 60,00 (2º lote)
Pista Inteira Promocional: R$ 60,00 (1º Lote) |R$ 70,00 (2º lote)
Camarote Meia: R$ 120,00 (1º lote) | R$ 130,00 (2º lote)
Camarote Inteira Promocional: R$ 140,00 (1º lote) | R$ 150,00 (2º lote)
Ponto de venda: Die Hard (Galeria do Rock)
Informações: www.radiocorsario.com.br
Imprensa: (13) 9161.6267 – press@theultimatemusic.com




========

Fonte: The Ultimate Music – PR 
for Sepultura, Krisiun, Shadowside, Confronto, Kiara Rocks, Pleiades, Hugin Munin and international concerts
A/C Costábile Salzano Jr
13 9161.6267

Sua terça-feira agora com muito mais música no happy hour do Matriz Live Sessions!



========

O Matriz Live Sessions foi criado com o objetivo de fazer um Rock'n'Roll acessível e divertido nas terças-feiras, um dia que geralmente o povo ficaria em casa assistindo novela.


Pra abrir a temporada com muito Rock'n'Roll  o Matriz Live Sessions recebe a banda JASON.


Formada por Vital (voz), FF (baixo), de Souza (bateria) e Rodrigo Picolli (guitarra), o JASON tem mais 15 anos de carreira, quatro discos, dois EPs, incontáveis lançamentos em várias partes do mundo, três turnês na Europa, e centenas de shows em todas as regiões do Brasil. A banda apresenta o seu mais recente trabalho, o EP 'OBTUSO' no dia 26 de março no Matriz Live Sessions.

Serviço: 


A partir das 21h 
R$10,00 na lista amiga 
R$15,00 sem lista

Local: Casa da Matriz - Rua Henrique de Novaes, 107 - Botafogo/RJ


========

A/C Sylvia Von Sussekind
Site: http://www.audioblast.net/
Blog: http://audioblastnews.blogspot.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Audio-Blast/392376174189683

Makinária Rock - Cidade Rock (CD)


Independente - Nacional
Nota 8

Por Marcos Garcia

Exstem trabalhos que, por serem mais voltados às raízes de estilos musicais antigos, conseguem dar um gás novo em fórmulas que o tempo já erodiu. E o Rock, com suas mais de 5 décadas de vida, recebe vez por outra, de braços abertos, trabalhos mais voltados à sua simplicidade inicial, à sua voracidade musical despojada e forte, e o MAKINÁRIA ROCK, de São Paulo, consegue se sair bem com seu Full Length 'Cidade Rock'.

Obviamente, o título é uma homenagem a São Paulo, a cidade com cena Rock mais forte, mas sem desprezar outras cidades e cenas nacionais (por favor, não se apeguem a bairrismos vazios), e a proposta sonora do grupo é fazer um Rock'n'Roll pesado e cheio de energia, resgatando as letras em nossa língua nativa (e assim, se tornando acessível ao grande público nacional que o estilo tem), e este Power Trio se saiu bem, com guitarras apresentando bons riffs bem crus e solos cheios de energia, baixo vibrante e pesado, bateria com peso e trabalho não muito complexo, além de vocais competentes. A banda prima por fazer um trabalho homogêneo, privilegiando a música e não egotrips musicais desnecessárias que apenas tornariam o trabalho musical insoso.

A produção, feita pelas mãos de Renan Lemos, Leandro Oliveira e do próprio grupo deixou a produção bem gordurosa e abafada, privilegiando bastante o clima artesanal que o trabalho transpira, ou seja, temos aquela produção sonora crua e essencial ao estilo. A parte visual do trabalho é bastante simples, em consonância com o que a música do grupo transpira.

E falando em música, 'Cidade Rock' é um disco que vicia logo nas primeiras audições, e como um todo, o CD é extremamente agradável, tendo como destaques a ótima 'Mákinária Rock', um Rock'n'Roll bem pesado, cru e pegajoso, com ótimo refrão e bons vocais; 'Cidade Rock' segue a mesma linha da primeira, só que com bons arranjos de guitarras e bateria; a mais rápida 'Magrela', com muita energia e novamente o baixo se sobressai; a mais acessível 'Interessa', com um andamento mais moderado e vocais bem legais; a forte 'Hora do Pico', mais cadenciada e bem visceral; e a versão de 'Pão com Cerveja', dos veteranos mais sacanas do Rock nacional, VELHAS VIRGENS, que ficou em uma versão bem personalizada do trio, sem desrespeitar a original.

Bom é apelido para este CD...



Tracklist:

01. Acorda (intro)
02. Makinária Rock
03. Cidade Rock
04. Rock'n'Roll
05. Magrela
06. Interessa
07. Hora do Pico
08. Rotina
09. Pão com Cerveja (Velhas Virgens)


Formação:

Carlos Digger- Vocais e bateria
Renato Skyfuncker - Baixo
Luis Takeo - Guitarras




Contatos:





Rotting Christ: gregos se apresentam amanhã no ABC Paulista!




========

Banda toca amanhã, em sua primeira vez na região

Este show, inicialmente aconteceria no Central Rock Bar, mas devido ao seu fechamento, o show foi transferido para o Rock Club, que fica em São Bernardo do Campo. O novo local possui excelente estrutura e já recebeu shows de Velhas Virgens, Marcelo Nova, Nasi e muitos outros grandes nomes do rock nacional.


Depois de destruir o Hangar 110, sábado passado, com um impecável, os gregos prometem a mesma empolgação no show dessa sexta.

O ROTTING CHRIST está divulgando seu novo álbum, 'Kata Ton Daimona Eaytoy', lançado neste mês – disco que vem recebendo excelentes criticas, muitas delas, dizendo que a banda conseguiu criar uma identidade própria, mesclando música grega ao seu já tradicional mix de Death e Black Metal.



As bandas de Santo André, Midnightmare e Depressed são encarregadas de aquecer o público antes da atração principal.

O primeiro lote dos ingressos está esgotado, restando apenas os de segundo lote em diante.

Serviço:


ROTTING CHRIST em São Bernardo do Campo.
Abertura: Midnightmare e Depressed 
Dia 15-03- sexta feira a partir das 22 hrs
Rock Club- Rua José Bonifácio, 90 Centro- São Bernardo do Campo-SP
Ingressos Antecipados:
Estudante/1º lote- $50,00 (esgotado!)
2ºlote- $60,00
3ºlote-$70,00
Porta-Inteira-$100,00

Pontos de Venda:

Santo André - Metal CDs - (011)4994-7565
São Paulo - Galeria do Rock - Loja Mutilation - (011)3222-8253


Informações - (011)99653-9014 - sevenstarsmanag@ig.com.br



========

Fonte: LP Metal Press
A/C Luciano Piantonni

11 98427 2573


Chaos Synopsis - The Art of Killing (CD)


Psycho Records - Nacional
Nota 9

Por Marcos Garcia

Os assassinos em série (ou "serial killers", como são referenciados na Cultura Pop de hoje) sempre inspiraram o inconsciente coletivo por todo mundo, muitas vezes como vilões insanos, outras como algum tipo de anti-herói, mas ninguém pode negar que influência de tais pessoas nas artes é imensa, especialmente na literatura e na música. Sim, na música também, pois o tema é recorrente em vários trabalhos, e num momento de pura criatividade, o uqarteto paulista de Death Metal CHAOS SYNOPSIS resolveu usar deviersos serial killers como referência lírica de seu novo trabalho, 'The Art of Killing', seu segundo Full Length, que tem apoio da Lab Six.

O quarteto foca seu trabalho em um Death Metal brutal e muito intenso, mas ao mesmo tempo vemos aqui e ali uns toques evidentes de Thrash nos andamentos, uma técnica muito boa (especialmente nas guitarras e bateria), e alguns estruturas harmônicas com boa dose de toques pessoais dos músicos. Ou seja, o amálgama de vocais ora guturais, ora ais urrados, riffs de guitarra brutais e climáticos, solos abusivamente distorcidos (mas mesmo assim, surgem alguns momentos onde a regência melódica é bem clara), baixo e bateria coesos e dando peso, mas sem deixar de lançar a mão de boa técnica e uma diversificação muito boas, resulta em algo bruto, técnco, intenso e capaz de deixar o ouvinte viciado no som da banda.

A produção sonora de Vagner Alba (com a co-produção de Friggi Mad Beats), bem como as mãos experientes de Andy Classen na masterização nos Stage One Studios (alemanha) deixaram o disco (que foi gravado no Oversonic Estudio, entre agosto e outubro de 2012) com uma sonoridade potente e agressiva, com uma massa sonora bem compacta, mas ao mesmo tempo, é bem limpa para que se ouça cada instrumento com a devida clareza, e diga-se de passagem, em trabalhos de Death Metal, isso não é um trabalho lá extremamente simples. A parte gráfica, concebida por Jairo (baixista e vocalista da banda) e feita por Rafael Tavares, é extremamente bem trabalhada e bonita, com um Slipcase branco envolvendo o CD, enquanto que a arte do CD em si é antenada com o conteúdo lírico, inclusive com informações sobre cada um dos serial killers mencionados.

O CD em si abre com a ótima e pesada 'Son of Light', uma saraivada de riffs agressivos e bumbos velozes, esbanjando técnica e com belos inserts em português (uma vez que o serial killer mencionado é brasileiro), seguida pela arrasadora de pescoços 'Vampire of Hanover', com um andamento um pouco mais puxado para o Thrash Metal e com riffs de guitarra ora mais brutos, ora mais climáticos.  'Rostov Ripper' ainda apresenta andamentos com doses de Thrash, embora a bateria e baixo puxem as bases para o Death Metal mais bruto, em uma faixa bem diversificada. Já 'Bay Harbor Butcher' começa com uma pegada mais cadenciada e voltada ao peso, embora momentos mais velozes apareçam mais adante, em um belo trabalho das guitarras e vocais. A curta 'Demon Midwife' é mais rápida e fustigante em riffs fortes e pesados (embora alguns dedilhados se façam presentes). A explosiva 'Red Spider' é outra faixa com andamento mais moderado e toques velozes aqui e ali, bastante empolgante e peso absurdos, com a bateria mostrando um trabalho bem diversificado. Em 'Zodiac',uma faixa não tão rápida, há ótimas participações do baixo, e a faixa realmente é capaz de grudar no ouvinte de uma forma absurda devido aos toques Thrashers. Com guitarras ótimas, 'B. T. K. (Bind, Torture, Kill)' é outra faixa de alto nível, com bateria bem trabalhada e refrão forte. Mais uma vez, o baixo aparece bastante no início cadenciado de 'Monster of the Andes', antes de virar uma pedrada intensa nos tímpanos. Fechando, a ótima instrumental 'The Art of Killing', com momentos climáticos muito belos e bem feitos, evidenciando baixo e bateria, e quando ganha peso, mostra serviço, isso sem falar nas participações de guitarras acústicas e violino.

Um ótimo CD, merece elogios pela empreitada e que deve estar em vários 'top 10' ao final de 2013.

Rostov Ripper


Tracklist:

01. Son of Light
02. Vampire of Hanover
03. Rostov Ripper
04. Bay Harbor Butcher
05. Demon Midwife
06. Red Spider
07. Zodiac
08. B.T.K. (Bind, Torture, Kill)
09. Monster of the Andes
10. Art of Killing


Formação:

Jairo - Baixo, vocais
JP - Guitarra solo, e guitarras acústicas (acoustic), baixo e violino (em 'Art of Killing')
Marloni Santos - Guitarras
Friggi MadBeats - Bateria


Contatos:

Metal Media (14/03/2013): Chaos Synopsis, Rhestus



===

Chaos Synopsis: Anunciada apresentação no Paraguai


O CHAOS SYNOPSIS está pronto para levar seus assassinos seriais para todos os cantos do mundo.

Depois de iniciar a divulgação de seu novo álbum, ‘Art Of Killing’, pelo território nacional, agora o grupo se prepara para promover seu trabalho nos quatro cantos do mundo. A primeira parada será no país vizinho, Paraguai.


O grupo desembarca na capital paraguaia, Asunción, dia 30 de março para uma apresentação na casa de shows Kop Town.

‘Art Of Killing’, lançado no Brasil pela Lab 6 e na Europa pela Psycho Records, é o mais novo lançamento do CHAOS SYNOPSIS, sucessor de ‘Kvlt Ov Dementia’. Neste novo trabalho o quarteto mergulhou em uma pesquisa sobre serial killers de várias partes do mundo.

Um ‘lyric video’ para a faixa ‘Rostov Ripper’ que conta sobre a vida do ucraniano Andrei Romanovich Chikatilo foi lançado recentemente. A produção do vídeo foi feita pela renomada CS Music Videos.



Contatos para shows e merchandise: jairochaos@yahoo.com.br

Sites relacionados:


===

Rhestus: Confira capa e título de vindouro DVD

Foto: Mákila Crowley

No ano em que celebra vinte anos de carreira, o RHESTUS não para de trabalhar. Depois de lançar o novo EP ‘Heavy Metal’, agora prepara seu primeiro DVD.

Sob o título de ‘Games At War’ o trabalho contará como atração principal o show no festival River Rock de 2010. Além dele o DVD conta com o videoclipe de ‘Games Of Joy… Games of War!’, trechos do show de Florianópolis em 2012, trechos do show de abertura do Sodom em Curitiba/PR, do programa RockTime, biografia e discografia. Como bônus cenas de backstage do show do River Rock.


A arte do trabalho ficou a cargo de Jobert de Mello, que confeccionou o álbum “Games of Joy…” e fotos por Makila Crowley, parceiro antigo da banda. O DVD foi editado por Diego Dambrowsky (responsável também pelo clipe da banda) e o áudio foi mixado e masterizado por Deny Bonfante.

Em breve a banda disponibilizará mais informações sobre o trabalho e data de lançamento.

Ouça uma música:



Contato para shows e merchandise: rhestus@yahoo.com.br

Sites Relacionados: