28 de out de 2014

Belphegor: líderes do Black Metal austríaco no Rio de Janeiro





No dia 06/12, sábado, a banda austríaca BELPHEGOR dará sequência em sua nova turnê pelo Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, a partir das 17h no Espaço Acústica (Praça Tiradentes, nº 2 – Centro). A “Conjuring the Dead World Tour” divulga o disco “Conjuring the Dead”, lançado em agosto deste ano pela Nuclear Blast Records, mantendo sua sonoridade Death/Black Metal intacta, garantindo o posto de líderes do estilo em seu país. Com a produção da Territory Productions, em parceria com a Dark Dimensions, o evento contará ainda com as bandas TELLUS TERROR e DEMOLISHMENT, ambas divulgando seus mais recentes lançamentos, o elogiado CD “EZ Life DV8”, e o EP “Our Fury Is Unleashed”, respectivamente.

Tellus Terror

Demolishment

BELPHEGOR – Novo disco comprova a excelente fase

Quem conhece a fundo a carreira do BELPHEGOR provavelmente sabe um pouco da história de seu líder, o guitarrista e vocalista Hel “Helmuth” Lehner, e sua passagem pela banda de Heavy Metal Speed Limit, onde gravou o EP “Prophecy” em 1988 e apareceu em alguns vídeo clipes, dentre eles, para a música “Lady” (http://youtu.be/JA0nV6QsbHI). Anos depois, integrou a banda de Thrash/Death Metal Betrayer, gravando uma única demo, em 1991, intitulada “Kruzifixion”. Estava plantada aí a semente da extremidade, que viria com o surgimento do BELPHEGOR, em 1993. Após o lançamento do debut“The Last Supper”, em 1995, a banda se viu diante de várias mudanças de formação, culminando com a presença fixa de Helmuth ao lado de Serpenth (baixo) desde o álbum “Bondage Goat Zombie”, de 2008. Com a alternância de membros contratados durante as gravações e shows, hoje o BELPHEGOR conta com a presença provisória de Marthyn (bateria) e Schoft (guitarra).


Seu décimo álbum, “Conjuring the Dead”, tem sido elogiado pela imprensa especializada em todo o mundo, ganhando notas altas e excelentes comentários. Frank Malerba, do site Cryptic Rock, dos Estados Unidos, diz que o BELPHEGOR “É uma força ameaçadora na cena do Metal extremo, lançando um dos mais pesados e brutais álbuns dos últimos vinte anos”. O time responsável pelo resultado final é com certeza um dos fatores para tal registro ser considerado tão intimidador. Gravado por Erik Rutan (ex-Morbid Angel, Hate Eternal) no Mana Recording Studios nos EUA, “Conjuring the Dead” teve ainda a colaboração do artista gráfico Seth Siro Anton (baixista do Septic Flesh) na confecção da belíssima capa e a direção de Walter Fanninger no clipe para a faixa-título do CD.

Assista aqui: 



Evento no Facebook com todas as informações:



Contatos:

Territory Productions:





Assessoria de Imprensa

Taurus: Lança merchandising com novas camisas!



Após grande apresentação no lançamento oficial do DVD/CD do Super Peso Brasil, a banda Taurus anuncia lançamento de novas camisas e itens de merchandising

A banda TAURUS depois de se apresentar no Super Peso Brasil ao lado das bandas Centurias, Salário Mínimo e Metalmorphose lança novo merchandising e anuncia novos shows.

Além de disponibilizar os álbum “Trapped In Lies” em vinil, “Pornography” e “Fissura” em CD, a banda acaba de lançar dois novos modelos de camisas. Confira os valores abaixo:

Camisas: R$35,00 + postagem.
CDs "Pornography" e "Fissura": R$ 25,00 + postagem.
DVD e CD Super Peso Brasil R$ 45,00 + postagem.
LPs "Tapped in Lies": R$ 100,00 + postagem.

Os fãs interessados em comprar os itens do merchandising podem acessar a página da banda no Facebook (https://www.facebook.com/TaurusThrashMetal), ou pelo e-mail: taurusofficial@gmail.com

Além do Super Peso Brasil, o TAURUS recentemente participou do CD Tributo da banda STRESS, interpretando a música “O Viciado” que pode ser escutada no Soundcloud pelo link:





O TAURUS no momento se encontra em fase de preparação de novo trabalho que deve ser lançado já em 2015.

Agenda de shows:
10.10.2014 – Super Peso Brasil (Com Metalmorphose, Centúrias e Salário Mínimo)
15.02.2015 – Belo Horizonte (Com Atomica, Metalmorphose)

Contatos:
Assessoria de Imprensa/Shows
A/C Andre Smirnoff 
41. 3319-1600 (NETFONE) 
41. 9600-5985 (TIM)

Próximas divulgações da X-PressON!: 
- Dynazty – Brazilian Tour (27-30 de Novembro)
- Within Temptation – Brazilian Tour (28-30 de Novembro)
- Extreme Metal Fest – São Paulo (Audio Club - 7 de Dezembro)
- Destruction – Rio de Janeiro ( Teatro Odisséia - 10 de Dezembro)
- Slash – Curitiba (Curitiba Master Hall (19 de Março de 2015)
- Paul Di’Anno – Brazilian Tour (Abril de 2015)

Mais informações acessem: www.X-PressON.com



Fonte: X-PressON!
Assessoria de Imprensa
A/C Andre Smirnoff
X-PressON! - Assessoria de Imprensa @ www.X-PressON.com
Mundo Cultura Excursões @ www.MundoCultura.com
41. 3319-1600 (NETFONE)
41. 9600-5985 (TIM)

Pop Javali: “Dois Minutinhos”, nova série de vídeos para baixistas




“Em ‘Dois Minutinhos’, sua nova série de aulas para contrabaixo, Marcelo Frizzo ensina de forma objetiva e pratica”

Depois das várias aulas de “It’s Bass Time”, Marcelo Frizzo, do POP JAVALI, resolveu criar uma nova série, ainda mais objetiva e pratica; “Dois Minutinhs”, onde ele apresenta a cada semana, uma dica e forma de “riff” para contrabaixo, num vídeo com 2 minutos de duração, no intuito de ajudar a você a criar seus temas e grooves.

O primeiro vídeo da série está disponível na página do YouTube do músico e pode ser vista, aqui:




Siga o canal do músico no YouTube:




O POP JAVALI, banda a qual Marcelo faz parte, acaba de ter seu segundo álbum, “The Game Of Fate”, disponível no Spotify:


Além disso, “The Game Of Fate” terá distribuição pela Tratore, uma das maiores disitribuidoras do país, e poderá ser encontrado em lojas como Fnac e Cultura, na web – além das lojas físicas.

Assista o vídeo de “Enjoy Your Life”, música que o Pop Javali registrou nos estúdios Oversonic:



Acompanhe o Pop Javali nas redes sociais:




​A/C Luciano Piantonni - Director

Resenha: Destruction - Thrash Anthems (CD)

Nota 10,0/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


O Thrash Metal sempre teve muitos medalhões. Isso é ser repetitivo, já que o "Big Four" americano é bem conhecido de todos, assim como o chamado "Big Teutonic Four". A diferença está na nacionalidade, já que em termos de anos 80, o Thrash Metal era dividido em duas escolas: a Norte-Americana, onde melodia e técnica eram bem evidentes, e a Alemã, que preferia muito mais a força bruta em suas músicas, mas onde a técnica também esteve presente. Nomes não precisam ser ditos nesse sentido, mas a primeira banda alemã do gênero a ter estilo consolidado foi o trio DESTRUCTION, que desde sua estréia em disco sempre teve aquela pegada pesada, brutal, agressiva, mas bem trabalhada. E brindando os fãs, finalmente temos uma versão nacional para "Thrash Anthems", uma explêndida compilação.

Antes de tudo, é bom frisar que todo material presente no CD é quase totalmente regravado. Sim, todas as faixas foram regravadas, dando uma roupagem nova aos velhos hinos que estão em seu setlist há tantos anos. O bom é que assim, cada faixa ganha peso novo, e em sua devida medida, uma atualização e uma merecida bateria mais técnica (que me perdoem os saudosistas dos anos 80, mas o batera Tommy era bem fraquinho em termos técnicos). Logo, não espere ouvir os clássicos com uma camada de mofo por cima, longe disso: o DESTRUCTION sabe o que faz. Os vocais de Schmier estão próximos a um timbre mais agressivo e quase Hardcore em sua voz, ao mesmo tempo em que seu baixo pulsa firme e com boa técnica (é um dos poucos baixistas/vocalistas do mundo que consegue cantar e tocar em alto nível aoa vivo); Mike continua um dos melhores guitarristas do Thrash Metal mundial, pois tanto seus riffs quanto seus solos são pesados e técnicos ( com forte noção melódica nos últimos), e Mark Reign se mostrou uma excelente escolha, já que sua pegada pesada e sua técnica de bumbos e caixa se encaixa perfeitamente ao som da banda. Resultado: TOTAL DESTRUCTION!!!!!!!!!!!!

Tendo o próprio trio na produção, mais a mão de Jacob Hansen na mixagem e masterização, podemos dizer que em "Thrash Anthems", finalmente os grandes clássicos do grupo ganharam uma sonoridade mais seca e bruta, digna delas, chegando próximo da força que o grupo toca ao vivo. Mas ao mesm tempo nenhuma nota ou arranjo das músicas desaparece, pelo contrário: agora se ouve cada um separadamente, com a clareza e peso que o grupo merece. 

A arte é um capítulo à parte: o trabalho de Marco Schirmer é perfeito. Desde a capa com o Butcher com cartas de baralho onde surgem as velhas capas do grupo, até o encarte, onde a capa de cada disco da banda de sua era clássica (vamos definir como aquilo que vai do EP "Sentence of Death" até o LP "Cracked Brain", já que é o último disco da banda de Thrash Metal antes da volta de Schmier em 1999), fotos da época e depoimentos dos músicos da banda e mesmo de seus ex-membros (no caso, o baterista Oliver "Olly" Kaiser e o guitarrista Harry Wilkens). Existem alguns bem impagáveis, como Schmier e Mike falando sobre o EP "Sentence of Death" e o álbum "Infernal Overkill". Vale a pena ler.

Musicalmente: NÃO HÁ O QUE DIZER! Em nome de tudo de bom que já foi feito no Metal, o que dizer desses clássicos, meus sais??? Não haveria Thrash Metal brasileiro sem esses caras, e não estou brincando! Nos anos 80, era uma das bandas mais respeitadas de grandes músicos daqui, inclusive do SEPULTURA e outros. Se não me engano, a banda até tocou "Curse the Gods" pouco após a entrada de Andreas nas guitarras. 

Vale citar a presença de Ramona Götz, André Grieder (que cantou o "Cracked Brains" no lugar do Schmier, que havia saído da banda, Frank Winkelmann e V.O. Pulver nos backing vocals (sendo que este ainda fez o solo de guitarra em "Unconscious Ruins"), além de Jacob Hansen nos solos em "Invincible Force" e "Death Trap", e do ex-guitarrista Harry Wilkens em ""Release from Agony" e "Cracked Brain", mostrando que "Thrash Anthems" é uma homenagem da banda a si, aos seus ex-membros e aos seus fãs.

Destruction
Falando primeiramente de "Profanity" e "Deposition (Your Heads Will Roll)", que são duas faixas inéditas. Ambas são excelentes, sendo que "Profanity" possui riffs bem cortantes e excelentes vocalizações, e com belas variações de tempos; já "Deposition (Your Heads Will Roll)" é introduzida por acordes mais calmos e belíssimo trabalho de bateria, enquanto a voz de Schmier em tom mais fantasmagórico aclimata o ouvinte, quase uma semi-balada, para virar uma tijolada direta no nariz de puro Teutonic Thrash Metal sem dó, em uma faixa mais cadenciada e com Mark mostrando tudo que sabe de bateria.

Agora, torno a dizer: falar de músicas como "Bestial Invasion", "Mad Butcher" (que ficou mais agressiva que a versão do EP original e do EP "Mad Butcher", onde, na época, já aparecia com a bateria mais técnica. Mas como os vocais e guitarras ganharam mais "punch"), "Total Desaster" (a introdução com a voz demoníaca foi trazida de volta, mas sem o solo original. Nem mesmo a sessão de gritos de Schmier que precedem o solo da versão original está presente. Mas nem me atrevo a falar mal dessa canção. É a primeira deles que o Pai Marcão aqui ouviu, e foi amor à primeira ouvida), "Invincible Force", ou "Curse the Gods"? 

Não há o que ser dito, além de que as mesmas ganharam muito com a técnica de Mark na bateria, ao passo que a música "Cracked Brain" (única do álbum), mostrando que a música sempre pediu a voz de Schmier (e pelos detalhes no encarte, vemos que ele ajudou no processo de composição, logo fica claro o porque a voz dele encaixou tão bem). 

Ainda bem que chegou este lançamento ao nosso alcance, logo, comprem, ouça e se deleitem!


Tracklist:

01. Bestial Invasion
02. Profanity
03. Release from Agony
04. Mad Butcher
05. Reject Emotions
06. Death Trap
07. Cracked Brain
08. Life Without Sense
09. Total Desaster
10. Deposition (Your Heads Will Roll)
11. Invincible Force
12. Sign of Fear
13. Tormentor
14. Unconscious Ruins
15. Curse the Gods


Banda:

Schmier - Vocais, baixo
Mike - Guitarras
Marc "Speedy" Reign - Bateria, backing vocals


Contatos:

Voice Music (Selo Brasileiro)
Metal Media (Assessoria de Imprensa da Voice Music)

Novo álbum do Cavalera Conspiracy será lançado no Brasil pela Voice







A Voice Music orgulhosamente anuncia que o novo álbum do Cavalera Conspiracy, ‘Pandemonium’, será lançado no Brasil pelo selo.

O lançamento será feito em parceria com o selo Red Star Records. A versão brasileira contará com duas bônus exclusivas e será em formato Digipack!

Este é o terceiro trabalho dos irmãos Max e Iggor Cavalera desde que se reuniram após suas saídas do Sepultura. Mais uma vez a dupla busca um som visceral misturando todas as suas influências trazendo músicas diretamente da velha escola extrema com o groove característico, marca registrada dos irmãos.


Uma música do álbum foi apresentada:


Um videoclipe para a música ‘Babylonian Pandemonium’ com imagens gravadas no Brasil foi também disponibilizado:


‘Pandemonium’ estará disponível no Brasil no final de novembro.

Este e outros lançamentos da VOICE MUSIC podem ser comprados nas melhores lojas especializadas do Brasil. Lojistas podem entrar em contato com a Voice Music pelo e-mail: vendas@voicemusic.com.br



Fonte: Metal Media
Minds That Rock

Metal All Stars: Gus G convoca os fãs para única apresentação no Brasil





A agência Top Entretenimento apresentará no dia 22 de novembro no Espaço das Américas em São Paulo um grande evento que contará com a apresentação exclusiva do badalado projeto METAL ALLSTARS, composto por várias estrelas da cena do Hard Rock e do Metal mundial juntos dividindo o mesmo palco para uma única apresentação no Brasil.

Os ingressos estão á venda nos canais oficiais da Ticket360 e também na Galeria do rock sem taxa de conveniência.

Confira o recado que o guitarrista Gus G enviou aos fãs brasileiros:



Serviço – Metal All Stars com Zakk Wylde, Joey Belladona, Max Cavalera, David Ellefson, Blasko, Vinnie Appice, Cronos, Chuck Billy entre outros.

Banda convidada: Korzus – Show de lançamento do novo álbum Legion em SP

Abertura: Project46 e Capadocia 

Local: Espaço das Américas
Endereço: R. Tagipuru, 795, Barra Funda - São Paulo, 01156-000
Data: 22/11/2014 – Sábado 
Horário de início dos shows: 21h30
Abertura da casa: 20h00

Informações e compra de ingressos:

Bilheteria:

Pista comum: R$70,00 estudante - R$ 140,00 inteira 

Pista Premium: R$ 150,00 estudante - R$ 300,00 inteira 

Mesanino: R$250,00 estudante - R$500,00 inteira 




Marketing artístico/entretenimento
A/C Damaris Hoffman
Nextel ID: 55*966*13116

Panzer Fest: evento acontecerá nesse fim de semana




Faltando menos de uma semana para a quarta edição do PANZER FEST, confira todas as informações sobre o evento.

Além do próprio PANZER, as bandas do evento serão Genocídio, Salário Mínimo, Blasthrash, Ancesttral e Circle of Infinity. Também haverá jams especiais com as bandas Hellarise e Woslom. Para a abertura do evento foi convidada a banda Sinaya. O festival contará também com a apresentação de Vinicius Neves.

O evento acontecerá no dia primeiro de novembro, próximo sábado, e volta ao local da primeira edição, o Cine Joia.

O PANZER FEST contará com uma adição de peso: o backline será fomentado pela empresa Randall Amplifiers.

A Randall é uma das marcas multinacionais líder no mercado de amplificadores e efeitos de primeira linha, representada por músicos de bandas como Metallica, Anthrax, Dimmu Borgir, entre outros.

Conheça mais do trabalho da empresa no Brasil: http://www.sunsetmusic.com.br/linhas.aspx?Cd=11


Quanto custa?
Antecipado: R$25,00 e concorre a um super kit do Panzer.
Na porta do evento: R$25,00.
Para comprar os ingressos antecipados:
Na Galeria do Rock, loja Rock Land, primeiro andar, loja: 262
Na Teodoro Sampaio, Pinheiros -SP – 825- com Rafael.
No estudio Dual Noise, Rua Alves Guimarães -538- Pinheiros –SP


Entrada de menor de idade:
Menores de 18 anos, mas acima de 16, entram apenas com autorização assinada pelo pai ou mãe, reconhecida em cartório, acompanhado de maior de 18 anos. Baixe a autorização no link:


Como chegar:
De metrô: desça no metrô Liberdade, atravesse a praça ao lado da estação do metrô e dirija-se à Praça Carlos Gomes, o Cine Joia fica a 5 minutos a pé do metrô. O evento acabará antes da 1:00, podendo o usuário de metrô voltar para casa tranquilamente.
De carro: ao lado do Cine Jóia existem estacionamentos pagos particulares.


Horário do evento:
A casa abre às 18:00 e a primeira banda entra pontualmente às 18:30, chegue cedo, pois o evento começa cedo e NÃO AVANÇA pela madrugada.


Merchandising das bandas:
Haverá um ponto de venda de materiais das bandas no Panzer Fest.



Fonte: Metal Media
Minds That Rock

27/10/2014 - Blackning, Nando Moraes, Demolishment, Old Place




Blackning: mais informações sobre o debut ‘Order Of Chaos’



Com a mixagem e masterização do debut “Order of Chaos” finalizadas e o material indo para a fábrica, a BLACKNING nos apresenta o tracklist do álbum.

O disco terá dez músicas, incluindo um cover de Children Of War, gravado pela lendária banda mineira Overdose.

1. Thy Will Be Done
2. Terrorzone
3. Unleash Your Hell
4. Against All
5. Death Row
6. Silence Of The Defeat
7. Devouring The Weak
8. Censored Season
9. Killing Or Being Killed
10. Children Of War (cover do Overdose)

A BLACKNING também confirmou que o álbum sairá no Brasil pelo novo selo Vingança Music. A banda será o primeiro lançamento do novo selo especializado em Metal nacional.

A capa de ‘Order Of Chaos’ também foi recentemente exibida. A arte foi criada pelo artista Marcus Zerma, da Black Plague Design de Curitiba/PR.

A banda aproveita para anunciar que também já iniciou as gravações de um videoclipe e trará mais informações em breve.


Sites relacionados:



Nando Moraes: confira como foram as gravações das guitarras


Mais um passo foi dado para o lançamento do primeiro álbum solo do guitarrista NANDO MORAES, suas guitarras estão devidamente registradas.

“Finalizamos no dia 20/10 as gravações de guitarras para o novo álbum! O que posso dizer é que certamente é a minha melhor performance até aqui como músico e, o que mais importa, as composições com seus arranjos finais têm se mostrado realmente empolgantes e formando um todo bem coeso!

Estamos muito empolgados com os resultados. Agora estamos gravando os teclados e muito ansiosos para começar as mixagens semana que vem. Esperamos que gostem tanto deste álbum quanto nós estamos gostando de fazê-lo!” – comenta NANDO MORAES.

Agora, NANDO e sua banda partem para as últimas etapas da gravação, onde serão registrados os teclados de Bruno Santos.

As gravações estão acontecendo no estúdio Mixmusic, em Amparo, sob a produção de Fábio Ferreira (que além de produtor é guitarrista da banda Sangrena).

O time escolhido pelo guitarrista para lhe acompanhar é todo formado por professores da Adagio, escola de música da qual NANDO MORAES é proprietário – e professor.

NANDO MORAES, continua no estúdio Mixmusic gravando o novo álbum, e tenta com seu trabalho derrubar o paradigma de que Rock Instrumental é algo apenas de músicos para músicos, e mostrar que existe como balancear técnica e música em um álbum deste estilo.


Sites relacionados:



Demolishment: confirmado na abertura do Belphegor no Rio de Janeiro


O DEMOLISHMENT orgulhosamente anuncia que está confirmado como uma das bandas de abertura da apresentação da banda BELPHEGOR no Rio de Janeiro.

O BELPHEGOR é atualmente um dos principais nomes do Metal Extremo mundial se apresentará em dezembro na Cidade Maravilhosa. O evento acontece no dia seis de dezembro, um sábado, na casa de shows Espaço Acústica com início marcado para as 17h. Os ingressos já estão à venda.


O grupo austríaco vem ao Brasil divulgar seu mais recente álbum ‘Conjuring The Dead’, lançado mundialmente pela gravadora Nuclear Blast.

Já o DEMOLISHMENT, além de se preparar para o grande show, também finaliza as gravações de seu primeiro álbum.

A produção do disco ficará toda a cargo de Juan Carlos, todas as guitarras, baixo e vocais serão gravados no KBrito Studio. A gravação de bateria, mixagem e masterização será toda feita no Estúdio AM no Rio de Janeiro, o engenheiro de som e vocalista da banda Unearthly, Felipe Eregion, será o responsável por fazer essa parte do trabalho.

O DEMOLISHMENT disponibilizou seu mais recente EP ‘Our Fury Is Unleashed’ para audição gratuita. O EP, lançado oficialmente em 2013, foi gravado no estúdio Nicktup e produzido por Nicolas Martins e a própria banda. Para conferir as quatro músicas que compõem o trabalho visite:


Contato para shows e merchandise: contato@demolishment.com.br

Sites relacionados:



Old Place: EP está disponível, primeiros quinze dias serão gratuitos!


O primeiro EP da banda goiana OLD PLACE, ‘Breathing The Ashes’, está oficialmente lançado via o selo britânico Raptors Music.

Para comemorar o lançamento, banda e selo decidiram deixar o disco para download gratuito por quinze dias. Então até o dia 10 de novembro ele está disponível pelo link:


‘Breathing The Ashes’ foi gravado no Fantom Studios e conta com cinco músicas. A capa foi feita pelo artista Rogério Paulo Menezes da empresa Image Buzz (www.facebook.com/imagebuzz).

Um lyric video para a faixa-título também foi lançado. Vale lembrar que a música conta com a participação especial do vocalista Pedro Cipriano da banda Mugo, confira:


Após os quinze dias gratuitos, ‘Breathing The Ashes’ estará disponível para venda em todas as grandes lojas especializadas em música digital do mundo, tal como iTunes, Amazon, Cd Baby, entre outras.

Contato para shows e merchandise: oldplacerock@gmail.com

Sites Relacionados:



Fonte: Metal Media
Minds that Rock

DESTRUCTION FAZ SHOW NO CLASH CLUB DIA 28 DE NOVEMBRO




O Clash Club traz de volta ao país ​a lenda do heavy metal alemão, DESTRUCTION. O show, que acontece dia 28 de novembro, faz parte da "Brazilian Thrash Assault 2014", turnê exclusiva para o Brasil.

Formado no início dos anos 80, o DESTRUCTION é um dos principais grupos de sua geração e um dos principais responsáveis pela disseminação do thrash metal, influenciando até hoje várias bandas ao redor do mundo. Com o passar dos anos o trio se manteve fiel às raízes e pouco mudou seu som, o que se tornou um dos pontos de maior identificação com seu público. No ano passado os fãs brasileiros puderam conferir de perto a força do DESTRUCTION ao vivo, na apresentação antológica que fizeram no Rock in Rio.

Nesta nova turnê, Marcel Schmier (voz e baixo), Mike Sifringer (guitarra) e Tommy Sandmann (bateria) vão apresentar seus maiores clássicos, como "Curse the Gods", "Mad Butcher" e "Total Desaster", além de material mais recente, como "Spiritual Genocide", faixa-título do seu último álbum, lançado em 2012.

O show de abertura fica por conta da banda paulista Forka.


SERVIÇO
Show: Destruction

Abertura: Forka

Local: Clash Club - Rua Barra Funda, 969 - Barra Funda - São Paulo/SP
Data: 28 de novembro (sexta)
Horário: 18h
Ingressos​;
- Pista
1º lote R$70,00 (valor ​promocional)
2º lote R$80,00 (valor ​promocional)

Porta​

R$90,00
- Camarote 
1º lote R$140,00 (valor ​promocional)
2º lote R$180,00 (valor ​promocional)

Pontos de venda: 
Galeria do Rock - Rua 24 de Maio, 62 - Loja 255 - Centro - São Paulo/SP - Telefone (11) 3361 6951
Rock'n'Roll Burger - Rua Augusta, 538 - São Paulo/SP - Telefone (11) 3255 0351
Capacidade: 500 pessoas
Censura: 16 anos
Informações: http://www.clashclub.com.br/ / Tel: (11) 3661-1500
Estacionamento: R$20



SOBRE O CLASH CLUB:

Localizado na Barra Funda em um antigo galpão da década de 30, o Clash Club foi inaugurado em março de 2007 e, ao longo dos anos, se firmou como uma das principais casas noturnas de São Paulo, com espaço para shows dos mais variados estilos de grandes artistas nacionais e internacionais. Já passaram pelo clube mais de 1.500 artistas, tocando para mais de 1 milhão de pessoas nas festas e shows realizados. Recém reformado, o Clash ganhou ar de reinauguração, desde a remodelação da entrada e saída, do mezanino, novos sistema de ar condicionado, camarotes com banheiros exclusivos e outros bares internos.



Assessoria de Imprensa
A/Marcus Cesar
Batucada Comunicação - Assessoria de Imprensa

Destruction Brasil 2014: Show no Rio de Janeiro chega ao segundo lote!






A Blog n Roll acaba de anunciar que o show da banda DESTRUCTION, umas das grandes bandas oitentistas do cenário Thrash/Death Metal Alemão, que se apresenta no dia 10 de Dezembro no Teatro Odisseia, no Rio de Janeiro acaba de entrar no segundo lote.

Ao lado de nomes como Kreator, Sodom e Tankard, o DESTRUCTION é considerado umas das bandas do "The Big Teutonic Four", bandas precursoras do estilo Death Metal.

O DESTRUCTION foi influenciado por grandes nomes do HM mundial como Iron Maiden, Mercyful Fate, Motörhead e Venom, mas sua música ganhou grande destaque pela agressividade, crueza e velocidade, fora dos padrões melódicos do inicio da década de 80.


Sobre o DESTRUCTION:


A primeira aparição do DESTRUCTION foi com a demo “Bestial Invasion of Hell” que seria seguido no mesmo ano de 1984 pelo primeiro grande lançamento do EP “Sentence of Death”, aqui no Brasil lançado em forma de split álbum ao lado dos conterrâneos do Sodom.

A banda seguiu sua história com grandes álbuns como “Infernal Overkill” (1985), “Eternal Devastation” (1986). Em 1987 o DESTRUCTION deixa de ser um Power Trio e tem a entrada de Harry Wilkens na segunda guitarra, e com ele a banda lança o EP “Mad Butcher” e o sensacional álbum “Release from Agony” (1988), e o álbum ao vivo “Live Without Sense”.

No próximo, em 1989, Schimier se afasta da banda e o DESTRUCTION assume o nome Neo Destruction e lança o álbum “Cracked Brain” com André Grieder nos vocais.

Como único membro remanescente do DESTRUCTION, Mike Sifringer seguiu com a banda com diferentes músicos até a volta de Schimier em 1999 quando a banda retoma seu nome e volta a ser um power trio.

Atualmente o DESTRUCTION continua na divulgação do álbum “Spiritual Genocide” lançado em 2012 pelo selo Nuclear Blast. Abaixo pode ser visto o vídeo de “Carnivore” que mostra bem que a banda continua com seu estilo inconfundível que marcou um estilo:





DESTRUCTION NO RIO DE JANEIRO


Data: 10 de dezembro 2014 (Quarta-feira)
Local: Teatro Odisseia
Endereço: Av. Mem de Sá, 66 – Lapa

Abertura da casa: 19:00 
Destruction: 21:00

Classificação etária: 18 Anos 
Menores entre 16 e 17 somente acompanhados do responsável legal. 
Menores de 16 anos: entrada proibida.

INGRESSOS:
1º lote: R$ 80,00 (meia-entrada)* ESGOTADO
2º lote: R$ 90,00 (meia entrada)* 
Portas: R$ 100,00 (meia entrada)**
Portas: R$ 200,00 (inteira)

*Estudantes, menores de 21 anos, idosos, professores da rede pública, deficientes físicos e qualquer pessoa que adquirir o ingresso antecipadamente.

** Apenas para garantias previstas em Lei: estudantes, menores de 21 anos, idosos, professores da rede pública e deficientes físicos.

É proibida a entrada na casa portando câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

A produção do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

* Na internet (com taxa de conveniência) em até 12X sem juros.

Pontos de venda (sem taxa de conveniência):

TIJUCA
Scheherazade
Rua Conde de Bonfim, 346, loja 209 
Próximo ao metrô Saens Peña
Tel. 2569-1250
Somente em dinheiro

DUQUE DE CAXIAS
Rock For You 
Shopping Estação Fashion
Avenida Presidente Kennedy, 1910 loja D
TEl. 9 9420-8796
Dinheiro ou cartão em até 12 vezes sem juros

NITERÓI
Dark Age
Rua da Conceição, 101 S.L 47 – Centro
Próximo às barcas
Tel. 2620-7888
Somente em dinheiro.

Apoio:
Rock for You Caxias
Metal Samsara
HR Estudio
TV Undergarage
Maldita 3.0



Próximas divulgações da X-PressON!: 
- Dynazty – Brazilian Tour (27-30 de Novembro)
- Within Temptation – Brazilian Tour (28-30 de Novembro)
- Extreme Metal Fest – São Paulo (Audio Club - 7 de Dezembro)
- Destruction – Rio de Janeiro ( Teatro Odisséia - 10 de Dezembro)
- Slash – Curitiba (Curitiba Master Hall (19 de Março de 2015)
- Paul Di’Anno – Brazilian Tour (Abril de 2015)

Mais informações, acessem: www.X-PressON.com



Fonte: X-PressON!
Assessoria de Imprensa
A/C Andre Smirnoff
- X-PressON! - Assessoria de Imprensa @ www.X-PressON.com
- Mundo Cultura Excursões @ www.MundoCultura.com
Andre@X-PressON.com
41. 3319-1600 (NETFONE) 
41. 9600-5985 (TIM)

Uganga lança novo videoclipe com imagens da mais recente turnê européia




"Casa" é o segundo vídeo de "Opressor", novo álbum da banda que sai em Novembro (Foto: Eddie Shumway)

Agora falta pouco! "Opressor", o tão aguardado novo disco de estúdio do UGANGA, será oficialmente lançado no próximo dia 10 de Novembro. O lançamento acontecerá durante evento fechado para a imprensa numa casa noturna de São Paulo.

"Opressor" foi gravado no Rock Lab Studios em Goiânia/GO e produzido pelo experiente Gustavo Vazquez (Black Drawning Chalks, Macaco Bong, Hellbenders). 

Lançamento da Sapólio Rádio com distribuição da Hellion Records e Voice Music, "Opressor" reúne 13 faixas e conta com participações especiais de Juarez Tibanha (Scourge/ex-Cirrhosis), Murillo Leite (Genocídio) e Ralf Klein da lendária banda alemã Macbeth. 

Para promover o lançamento do álbum, o UGANGA vai lançar mais um videoclipe, dessa vez para a música "Casa". 

Com imagens coletadas durante a mais recente turnê européia da banda que passou por oito países, "Casa" foi mais uma vez dirigido por Eddie Shumway, com quem a banda já havia trabalhado em seus vídeos anteriores.

"Casa" deve estrear em breve na TV e também na internet. Assista o teaser: 



Mais informações:



Fonte: Som do Darma
Management, Shows e Informações para a Imprensa
A/C Eliton Tomasi
(15) 3211-1621

Resenha: Heia - Ritos Noturnos (CD)

Diabolic Records/Headbanger Force/Misantrophic Records/Impaled Records
Nota 8,5/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


Muitas vezes, ao escrever sobre Black Metal, este autor citou que o gênero tem duas vertentes bem distintas: uma onde melodias e orquestrações surgem, e outra mais ríspida. Ambas representam as visões de músicos e fãs sobre o estilo, mas é ótimo saber que isso não gera dicotomias. Ganhamos muito com ambas as linhas de pensamento. E é muito bom ouvir no Brasil bandas como o HEIA, vinda de Goiânia (Goiás) e que acaba de soltar seu segundo álbum, "Ritos Noturnos".

O trio prefere seguir uma linha mais tradicional do gênero, baseada na SWOBM (Second Wave of Black Metal, uma sigla que este escritor cunhou para economizar a escrita, mas que novamente não adiantou muito...), lembrando bastante o trabalho de MAYHEM e alguma coisa do AZAGHAL, e mesmo certos toques do lendário TORMENTOR da Hungria. A música da banda é simples e eficiente, indo de momentos velozes a outros mais cadenciados, com vocais rasgados bem colocados, riffs de guitarra bem compostos (uma criatividade baseada na simplicidade, digamos assim), baixo e bateria com técnica na medida certa e com muito peso, permitindo que a base rítmica seja diversificada da maneira correta e sólida. Pode não ser algo que veio para inovar, mas veio para somar.

A sonoridade do disco é suja e crua, na linha das bandas da SWOBM, mas não ao ponto de que não compreendamos o que o tio está tocando. Temos os instrumentos bem expostos, cada um sendo ouvido separadamente, mas com timbres agressivos e pesados. No fundo, em muitos trabalhos, este tipo de gravação é antenado com a proposta musical da banda em questão, logo, é válido.

Heia
A arte da capa é bem soturna, ao passo que noo encarte não existem letras (já que o grupo usa o idioma de nosso país em suas letras), cheio de fotos que farão aqueles mais chegados ao gênero ficarem pasmos. Muito eficiente e bem antenado com a proposta musical/lírica do grupo.

Como citado acima, se o grupo não chega a ser inovador, é bem criativo. O trio sabe explorar bem sua proposta com músicas arranjadas com simplicidade. Mas lembrem-se: ser simples não quer dizer que seja ruim ou sem sua dose de brilhantismo. E ainda temos a presença de convidados ilustres como Mághor da banda CHEOL nos vocais em "Elizabeth Bathory", e Escaravelho do ESCARAVELHO DO DIABO na bateria em "Sangue no Terreno dos Cristãos" e "Sangue no Pentagrama".

As nove faixas do CD mostram que a banda merece mais espaço e projeção dentro da cena nacional do gênero. A rápida "Sombras da Imensidão" (com seus riffs velozes e ganchudos à lá AZAGHAL), a diversificada "Maldades e sua Imponente Presença" (baixo e bateria mostrando um trabalho muito bom nas mudanças de ritmo), "Ritos Noturnos" com seu andamento a maio tempo (nem veloz e nem muito cadenciado, mostrando guitarras com riffs azedos), a cadenciada "Face do Mau" (a dinâmica de riffs e bateria é fantástica, além de alguns teclados muito bem colocados), e "Sangue no Pentagrama" (a bateria mostra uma boa técnica mais uma vez, se aliando a ótimos vocais) os credenciam a tanto. Mas não poderia deixar de comentar a linda versão para o hino "Elizabeth Bathory", do TORMENTOR, que mesmo sem os teclados da versão original, ficou excelente.

Bela banda, verdade seja dita.



Tracklist:

01. Sombras da Imensidão  
02. Maldade e sua Imponente Presença  
03. Ritos Noturnos  
04. Onde as Trevas Predominam  
05. Elizabeth Bathory (Cover)  
06. Negro Pandemonium de Almas Infernais  
07. Face do Mau  
08. Sangue no Terreno dos Cristãos  
09. Sangue no Pentagrama


Banda:

Místico - Guitarras, Vocais
Diabo - Baixo
Kali Mystery - Teclados


Contatos: