7 de set de 2015

Frozen Frost - From Here to Eternity (CD)


2015 - Independente - Nacional

Nota 8,5/10

Texto: Marcos "Big Daddy" Garcia


É incrível como, cada vez mais, o Nordeste do Brasil está produzindo bandas de qualidade.

Sim, a região, que era conhecida por seu orgulho de sonoridades extremas ou old school, parece estar sofrendo mutações e gerando bandas diferenciada. Já temos de lá ótimos nomes como o SYMPHERIUM, e o FROZEN FROST, que chega com seu primeiro trabalho, "From Here to Eternity".

Vindos de Olinda (PE), vemos que a banda tem um trabalho musical que é meio difícil de rotular além de "Metal experimental", pois é cadenciado, intenso e climático, mas usa também aspectos Death Metal mais sinfônico, mais experimentalismos, passagens limpas bem colocadas e muita personalidade, o grupo mostra a que vem. Se permitem a este autor, vemos uma banda que junta tantas influências que poderíamos dizer que é como se um ANATHEMA mais pesado e agressivo se encontrasse com CELTIC FROST da época mais experimental do "Into the Pandemonium" (mas sem ser tão eclético como este último). E meus caros, isso é algo a ser recebido de braços e ouvidos abertos.

Frozen Frost
A sonoridade do CD é boa, mas poderia ser melhor. Óbvio que todos os instrumentos estão claros e bem audíveis, com boa dose de peso, mas a qualidade como um todo não está à altura da música que executam. Alguns timbres instrumentais poderiam ter sido mais bem escolhidos, mas nada que tire o brilho do trabalho do grupo. E o lado gráfico é simples, mas muito bem planejado.

Bons arranjos, músicas que realmente fogem de padrões estéticos já bolorentos, muita criatividade, e inclusive uso de flautas... Sinceramente, é quase que uma honra poder resenhar um disco assim, tão versátil dentro do Metal.

Embora o disco seja todo muito bom, é preciso ressaltar o trabalho da banda em canções como a brutal "Lake of Fools" (introduzida por belos teclados, mas que logo ganha peso e agressividade, mesmo uma levada Thrash Metal muito interessante. E reparem bem no uso dinâmico de vocais), a bela e longa "From Here to Eternity" (aqui, surgem algumas influências de Doom Metal excelentes, com arranjos de guitarras limpos e lindos vocais femininos), a também mais climática e pesada "Desolate", a mais agressiva e ríspida "Frozen Feelings" (o instrumental é bem bruto, e os vocais femininos limpos quase beiram uma narrativa mórbida e soturna. Mas veja como os riffs são ótimos, e o solo é bem agressivo), e a linda e tétrica "Requiem to the Sun".

É de bandas assim que o Brasil e o mundo precisam: de quem queira quebrar as regras e iniciar novas. E vendo que o FROZEN FROST foi fundado ano passado nos deixa ainda mais pasmos, justamente pela maturidade musical que o grupo apresenta em tão pouco tempo!

Ponho fé, e creio que se tornarão um nome bem forte no cenário.


Músicas:

01. Lake of Fools 
02. Panic 
03. From Here to Eternity 
04. The End of the World 
05. Desolate 
06. Frozen Feelings 
07. Dangerous Minds 
08. Sadness and Loneliness 
09. Requiem to the Sun


Banda:

Anastácia Rodriguez - Vocais
Argemiro Júnior - Baixo, guitarra base, teclados, backing vocals
Paulo "Monster" Souza - Guitarras
Arnoldo Guimarães - Teclados 


Contatos: