26 de fev de 2014

Rainha do Heavy Metal está prestes a desembarcar no Brasil




Doro Pesch faz show em SP no Dia Internacional da Mulher – foto: divulgação

Doro Pesch, considerada a Rainha do Heavy Metal, retorna ao Brasil, na próxima semana, dando continuidade a turnê comemorativa "Doro: 30 Years Strong & Proud" e divulga seu 12° álbum solo, ''Raise Your Fist'. Este disco inclusive traz homenagem ao finado frontman Ronnie James Dio na canção "Hero".

A carismática vocalista alemã se apresenta, no sábado (08/03), no Carioca Club, em São Paulo. Esta performance será muito especial para a artista e os fãs brasileiros, pois o show será gravado na integra  para o documentário “DORO - The History of the Metal Queen” e para um provável DVD oficial, “DORO - Live in Brazil”.

Recentemente, a Metal Queen enviou recado especialmente dedicado aos fãs sul-americanos. Confira a mensagem:


Os ingressos de 3º lote para a exibição na capital paulista seguem à venda pelos sites da Ticket Brasil e Clube do Ingresso, e custam de R$ 100,00 (pista/meia entrada) à R$ 300,00 (camarote inteira). Mais informações no serviço abaixo.

As entradas da promoção “Metal do bem” serão vendidas antecipadamente em todos os pontos de vendas físicos e pela internet. Os fãs que comprarem os ingressos da Promoção “Metal do Bem” antecipados ou no dia do evento devem levar 1 (um) kilo de alimento não-perecível (exceto sal e açúcar) para doação na entrada do evento. Os alimentos serão doados à instituição Caminhando, que realiza um trabalho de inclusão social de jovens e adolescentes com deficiência física e intelectual.

Doro Pesch fez parte da banda Warlock e, nos anos 80, era uma das poucas mulheres inserida no cenário da musica pesada mundial. Doro é um verdadeiro exemplo para diversas artistas como Tarja Turunnen (ex-Nightwish), Angela Gossow (Arch Enemy), Cristina Scabbia (Lacuna Coil), Anneke van Giersbergen (Agua de Annique), Amy Lee (Evasnescence), entre outras.

No dia 16 de agosto de 1986, ela se tornou a primeira mulher a liderar uma banda de metal, no festival Monsters of Rock, em Donington UK), evento de rock mais importante daquela época. Em 2009, ela compôs a música "Wacken Anthem" para o 20º aniversário do festival Wacken Open Air (ALE), maior festival de heavy metal do mundo.

Doro Pesch já esteve no Brasil duas vezes: em outubro de 2006 no festival Live n´Louder e em abril de 2011, ambas as performances ocorreram em São Paulo.

Links relacionados:


Serviço São Paulo
DORO – 30 Years Strong and Proud
Data: 08/03/2014
Local: Carioca Club
End: Rua Cardeal Arcoverde 2899, Pinheiros
Abertura da casa: 19h
Inicio show: 20h
Classificação etária: a partir de 18 anos

Promoção especial “Metal do bem” todos aqueles que levarem um kilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar) no dia do evento terão direito a adquirir seus ingressos na promoção “Metal do bem” com 50% de desconto sobre o valor do ingresso inteiro. Assim você se diverte e ainda ajuda quem precisa.

Ingressos online
www.ticketbrasil.com.br (em até 12 vezes no cartão)

Ingressos
1º Lote - ESGOTADO
2º Lote - ESGOTADO

3º Lote
Pista Meia entrada = R$ 100,00
Pista Metal do bem = R$ 100,00
Pista Inteira = R$ 200,00
Camarote Meia entrada = R$ 150,00
Camarote Metal do bem = R$ 150,00
Camarote Inteira = R$ 300,00

Na porta
Pista Meia entrada = R$ 110,00
Pista Metal do bem = R$ 110,00
Pista Inteira = R$ 220,00
Camarote Meia entrada = R$ 160,00
Camarote Metal do bem = R$ 160,00
Camarote Inteira = R$ 320,00

Pontos de venda em São Paulo:
Bilheterias do Carioca Club (SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA)
Rua Cardeal Arcoverde, 2899
Horário: Segunda à sábado das 9h às 20h.
Pinheiros, São Paulo – SP Tel: 3813-8598
Formas de pagamento: Somente dinheiro.

Hole - Galeria do Rock*
Av. São João, 439 - 1º andar loja 275 - São Paulo - SP
Horário: Segunda à sábado das 10h às 19h.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American,Express, Diners Club International, Elo.

CadaQual*
Rua Augusta, 2171 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Horário: Segunda à sábado das 11h às 20h.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American
Express, Diners Club International, Elo.

Metal Music - Santo André*
Rua Dona Elisa Fláquer, 184 - Centro - Santo André - SP
Horário: Segunda à sexta das 10h às 18h30, sábado das 10h às 17h30.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American

Age Of Dreams - São Bernardo*
Av. Marechal Deodoro, 1754 - 2º Andar loja 33/36 - Centro - São Bernardo do Campo - SP
Horário: Segunda à sábado das 9h às 19h.
Formas de pagamento: Somente dinheiro

Shopping Oriente 500*
Rua Oriente, 500 2º andar - Brás - São Paulo - SP
Horário: Segunda à sexta das 9h às 17h, sábados das 9h às 13h30.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American, Express, Diners Club International, Elo.
*Ponto de venda sujeito a taxa de conveniência

Capacidade: 1.500 pessoas
Acesso para portadores de necessidades especiais
Ar condicionado
Estacionamentos na região: de R$ 20,00 a R$ 30,00 o período
Chapelaria no local: R$ 5,00

Informações:
8X8 Live - Email: contato@8x8live.com
Ticket Brasil – 4901-1165 - Email: contato@ticketbrasil.com.br
Carioca Club – 3813-4524 - Email: reservas@cariocaclub.com.br

Apoio:
Nuclear Blast: www.nuclearblast.com/en
JagerMeister: www.jagerbrasil.com.br
Doação de alimentos: www.caminhando.org
Imprensa: press@theultimatemusic.com | 11 9 6419.7206


Próximas divulgações da The Ultimate Music – PR:
08/03 – Doro Pesch – Carioca Club – SP/SP
11/03 – Confronto + Brujeria – Teatro Odisseia – RJ/RJ
14/03 – P.O.D. – Carioca Club – SP/SP
19/03 – Sonata Arctica – Carioca Club – SP/SP
23/03 – Iced Earth – Carioca Club – SP/SP
30/03 – HIM – HSBC Brasil – SP/SP
21/04 – Hypocrisy – Carioca Club – SP/SP
25/04 – Kataklysm – Hangar 110 – São Paulo/SP
27/04 – Misfits – Espaço Victory – SP/SP
30/04 – Voivod – Hangar 110 – SP/SP
04/05 – Megadeth – Espaço das Américas – São Paulo/SP
18/05 – Therion – Via Marquês – São Paulo/SP
Mais infos sobre os shows acima, acesse https://www.facebook.com/UltimateMusicPR.


A/C Costábile Salzano Jr
11 4241.7227 | 11 9 6419.7206 |

Spreading Hate - Hatecomming (CD)

Nota 10/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia

O Death Metal melódico tem fincado bem profundamente suas garras no cenário nacional, já que vários nomes andam aparecendo por aqui com trabalhos muito bons, saindo do marasmo e fazendo bonito. São nomes como VULTURE e, agora, o quarteto SPREADING HATE, banda de São Paulo que chega com seu primeiro álbum, o ótimo "Hatecomming".

A banda já mostrara em "Nightfall", seu EP de estréia, um enorme potencial, e em seu primeiro disco, mostram que sabem usar bem de melodias interessantes em suas guitarras, mas sem perder a pegada bruta do Death Metal. E a adrenalina da banda está em níveis bem elevados, já que o trabalho deles é bem empolgante. Vocais urrados no melhor estilo, uma dupla de guitarras com riffs muito bons e solos capichados (é justamente onde residem as melodias do grupo), baixo e bateria muito bem entrosados, sabendo aliar técnica e peso na mesma medida. Resultado: uma música vibrante, cheia de energia e personalidade.

A banda produziu o trabalho, que teve ainda mixagem e masterização de Chrystian Szankowsky, e a sonoridade do disco ficou muito boa, limpa e audível, mas ao mesmo tempo intensa, deixando a banda pesada e exposta aos nossos ouvidos, sem que nada fique escondido. E os timbres escolhidos estão excelentes. O trabalho de Fernando Laruccia (da Flama Design), ficou muito bom, e a capa já diz tudo: a música da banda é como um trem desgovernado, e coitado de quem ficar na frente.

Spreading Hate
Em termos musicais, as composições se mostram bastante dinâmicas, sendo bem diferentes umas das outras, em um trabalho lapidado com esmero, onde cada música tem seu próprio valor, mas que quando unidas, vemos a coerência musical do quarteto.

Apesar de ser um disco bem homogêneo, as melhores faixas são a mais bruta "Lighted" (com um andamento mediano e belos contrastes entre vocais guturais), a fabulosa "Hollowdead" (andamento bem envolvente, belo trabalhos das guitarras e ótimas vocalizações), a marreta bem melodiosa e agressiva de "Infernal Nightmare" (bateria perfeita, e com o baixo dando um suporte rítmico incrível), a mais técnica e com certo feeling Thrasher "Cold and Pale", a intensa "Anesthesia" (que começa lenta e dura, e depois ganha mais velocidade e dinâmica, mais uma vez com as guitarras roubando a cena), a moderna e caótica "Hatecomming" (uma faixa bem diversificada em termos de andamentos, assim, mostrando que baixo e bateria estão muito bem entrosados), e a pá de terra "Subterranean Palace" (outra faixa extremamente dinâmica, com alguns toque de Thrash Metal, vocalizações muito boas e guitarras rugindo com força). E para este autor, que teve a oportunidade de conhecer a banda no EP e resenhá-lo (podem ler o artigo aqui), é um prazer enorme ver o quanto amadureceram. É gratificante.

Chega a ser um disco que comove o ouvinte, de tão bem feito. E vale o CD oficial, óbvio. MP3 is for sissies!

Vai para o Top 10 de 2014, sem mais!



Tracklist:

01. Lighted
02. Hollowdead
03. Infernal Nightmare
04. Cold and Pale
05. Infection
06. Anesthesia
07. Rise
08. Hatecomming
09. Subterranean Palace


Banda:

Renan Brito - Guitarras, vocais
Jeff Hita - Guitarras
Edu Ayres - Baixo e backing vocals
Lucas Cassero - Bateria


Contatos:

MX: banda é atração do Showlivre nesta quinta






O MX se apresentará nos estúdios do Showlivre nesta quinta-feira (27/02), à partir das 16h,  e você pode acompanhar tudo pelo canal do programa:


A banda está se preparando para o lançamento de seu novo álbum, “Re-Lapse”, que teve o tracklist escolhido pelos fãs e será lançado pela Substancial Music, entre Março e Abril.

Alexandre Cunha (batera e vocal), Alexandre “Morto” Favoretto (baixo, guitarra e vocal), Décio Jr. (guitarra) e Alexandre “Dumbo” Gonsalves (guitarra e baixo), prepararam um set especial para o programa, com músicas que estarão em “Re-Lapse”, ou seja, os clássicos do MX, dos tempos dos álbuns “Simoniacal”(88) e “Mental Slavery”(89). 

Veja uma prévia do novo trabalho do MX,  com o vídeo de "Dark Dream":





Siga a banda nas redes sociais:

www.facebook.com/pages/MX-Brasil/640424862656712
www.twitter.com/BANDA_MX
www.bandamx.com.br


Hirax - Immortal Legacy (CD)

Nota 7,0/10

Por Leandro Nogueira Coppi
(colaborador da Roadie Crew, e autor do site Brasil Metal História)


A história do HIRAX na música pesada mundial é curiosa. A banda fez parte da primeira geração do Thrash Metal americano, tendo lançado apenas dois álbuns, os respeitados "Raging Violence" (1985) e "Hate, Fear And Power" (1986), mas nunca alcançou o status necessário para figurar a lista de preferências da maioria dos headbangers. Porém, de uns anos para cá, o carismático vocalista Katon W. de Pena e sua trupe lançaram outros dois álbuns (além de alguns outros lançamentos) e vem ganhando bastante notoriedade, principalmente entre os fãs sul-americanos, especificamente no Brasil. Daqui, inclusive, algumas bandas dividiram Splits com o HIRAX, como o Violator, Devil On Earth, Bomb Threat etc. Mantendo a garra, fúria e vibração dos dois álbuns anteriores, "Immortal Legacy" despeja uma verdadeira aula de Thrash Metal. 

Hirax
Se você esperava algo de inédito nas novas composições, esqueça. Não há nada diferente do que o ouvinte não esteja acostumado no grupo: velocidade, riffs característicos do Thrash californiano, bateria martelando a todo instante e o vocal singular de Katon.
Precisa mais? 

"Black Smoke" dá início com um riff bem interessante, seguido de um solo ensandecido. Na seqüência, talvez a melhor do álbum (junto de "Deceiver"): "Hellion Rising" - recém lançada em um split com o Sodom -, que tem um refrão bem marcante. No início de "Thunder Roar", "The Conquest", "La Boca De La Bestia", as guitarras gêmeas do estreante Mike Guerrero e Lance Harrison, lembram Judas Priest. A arte da capa do álbum é muito similar a de "Hard Attack" do saudoso Dust. "Immortal Legacy" não mudará a história do Thrash Metal, mas o mantém vivo e bem. Assim seja. 



Tracklist:

01. Black Smoke
02. Hellion Rising
03. Victims of the Dead
04. Thunder Roar, The Conquest, La Boca de la Bestia - The Mouth of the Beast
05. Earthshaker
06. Tied to the Gallows Pole
07. Deceiver  
08. Immortal Legacy
09. S.O.W.
10. Violence of Action
11. Atlantis (Journey to Atlantis)
12. The World Will Burn


Banda:

Katon W. de Pena - Vocais
Mike Guerrero - Guitarra solo
Lance Harrison - Guitarras
Steve Harrison - Baixo
Jorge Iacobellis - Bateria


Contatos:

Hellmotz: Assista ao vídeo das gravações da bateria




Seguindo nos preparativos finais para o lançamento do seu primeiro álbum, o HELLMOTZ libera um vídeo com as gravações da bateria. Confira:


As gravações e produção estão sendo feitas no estúdio Anúbis Homestudio com o produtor Aldo Carmine, que também já produziu RHEVAN, SHADOWS LEGACY, entre outros.

Para quem ainda não conhece o HELLMOTZ, em seu som podemos sentir influências do Thrash e Death Metal, que se misturam com música sulista americana, Country e mesmo da cultura regional de seu estado, o Mato Grosso do Sul.


Contato para shows e merchandise: hellmotzsouthernmetal@gmail.com

Sites relacionados:

HellLight: Entrevista para a Roadie Crew




O HELLLIGHT concedeu uma entrevista para a revista Roadie Crew, onde os músicos falaram sobre a história da banda, o novo álbum, a amizade com a banda Therion e os planos para 2014.

Para conferir a entrevista na íntegra, adquira a revista Roadie Crew de fevereiro de 2014, edição 193.


Citado como “um dos grandes nomes mundiais no estilo” (Ilha do Metal), novamente o HELLLIGHT trouxe um álbum com músicas densas, sombrias e extremamente longas, algo que não assustou a mídia que confirma “mais uma vez é um grande, grande álbum” (Lords of Metal, Holanda).

Confira mais um pouco do que é falado pela mídia especializada:

“Definitivamente a melhor banda do estilo em nosso país” – Acervo Clave

“Belo, melancólico, triste, enquanto diabolicamente escuro e poderoso” – Surnuaed (Estônia)

“Um dos estilos mais belos e obscuros do Metal” – Whiplash

“Mais uma vez nos brindam com um disco de alto nível” – Metal Samsara

“Nenhum deus acima ou demônio abaixo. Apenas a Helllight na Terra” – Som Extremo

“Faz com maestria” – Arte Metal

“Momentos verdadeiramente inesquecíveis” – IYE Zine (Itália)

“Um dos principais nomes do cenário nacional” – Brasil Metal História

‘No God Above, No Devil Below’ já está à venda pelo mundo inteiro, no Brasil apenas pouquíssimas unidades foram recebidas. Quem se interessar em comprar, pode entrar em contato pelo e-mail: fabio_helllight@hotmail.com

Ouça uma música:


Sites Relacionados:


Fonte: Metal Media

Panzer: Leia segundo capítulo da história da banda





Há algumas semanas o PANZER iniciou a publicação da história de seus 23 anos de existência em seu site oficial. Agora a banda libera o que podemos chamar de ‘segundo capítulo’ do texto.

Confira um trecho desta segunda parte:

“No final do show tentamos receber a quantia que havia nos sido prometida, mas o tal ‘empresário” resolveu nos dar um balão, a solução foi “enquadrá-lo” em uma pequena sala e exigir ao menos o mínimo da gasolina, e conseguimos…

a trilha das roubadas começava ali…”

Para acompanhar todo o capítulo, visite o link:

O primeiro capítulo pode ser lido aqui:

O novo álbum do PANZER, “Honor”, lançado pela Shinigami Records, foi considerado “um retorno triunfal” pelo site Arte Metal, e também recebeu elogios como “o melhor álbum da carreira” (Brasil Metal História), “um dos melhores CDs nacionais de 2013? (Metal Samsara), “criaram um dos grandes discos de thrash metal de 2013? (Whiplash!), “trabalho muito bem elaborado” (Roadie Crew), entre outros. O álbum também figura em algumas listas de melhores do ano.

O material, que foi produzido por Henrique Baboom, sucede diretamente o aclamado ‘The Strongest’, lançado no ano de 2001 e que corroborou com o status do PANZER de um dos principais nomes do Metal brasileiro.

Em breve a banda anunciará as novidades para 2014.

Um teaser do álbum foi disponibilizado:


‘Honor’ já está disponível para venda diretamente com a banda, nas melhores lojas especializadas e na loja online da Shinigami Records pelo link: http://goo.gl/ZGY3Ao

Contato para shows e merchandise: info@panzermetal.com.br

Sites Relacionados:


Fonte: Metal Media

Hibria: Atração da coletânea ‘O Brado Retumbante’




O HIBRIA é atração na compilação organizada pela página do Facebook Metaleiro Patriota, a banda aparece com a faixa-título de seu mais recente álbum, ‘Silent Revenge’.

A coletânea é resultado das votações dos melhores de 2013 na fan page, onde foram escolhidas 16 bandas que lançaram trabalho no ano citado.


O download é gratuito e pode ser feito abaixo:


Quando o HIBRIA declarou que 2013 tinha sido um ano de extrema importância para sua história, não estava de brincadeira. Mais uma prova disso é a enorme quantidade de citações e votações que o grupo e seu disco ‘Silent Revenge’ recebeu.

“2013 foi um ano espetacular e isso tem nos motivado muito a trabalhar cada vez mais forte. Tudo que aconteceu, shows, premiações e parcerias que fechamos, é mérito TOTAL DOS NOSSOS FÃS. São eles que levam o nome do HIBRIA através do boca a boca para amigos, promotores de shows e mídias sociais. Temos muito orgulho desse apoio e isso nos motiva cada vez mais na busca pelos nossos sonhos. Dedicamos toda esta excelente repercussão que o HIBRIA vem tendo ao nossos fãs em todos os cantos deste país. E preparem-se, pois em breve muitas novidades virão.”

Este é o HIBRIA, uma banda que mesmo crescendo, nunca esqueceu de suas raízes no underground, daqueles que apoiam a banda desde seus primeiros anos.

E apoio foi o que não faltou este ano, tanto a banda, quanto seus músicos e o álbum ‘Silent Revenge’ foram citados por sites especializados como um dos principais nomes do ano. O mesmo aconteceu pelas votações populares que colocaram sempre o nome do HIBRIA entre os principais, ou o principal nome, como no caso da votação no site Whiplash, página sobre Rock/Metal mais acessada do Brasil (confira: http://goo.gl/wyhVKD).

Mas esse reconhecimento não se limitou as nossas fronteiras. Muitos sites estrangeiros citaram o mais recente trabalho do quinteto como um dos principais lançamentos mundo afora. Um dos destaques, sem dúvidas, foi a votação vencida pelo grupo no site colombiano Factor Metal que, via votação popular, elegeu ‘Silent Revenge’ o melhor disco de Metal Latino (confira:http://goo.gl/qmiHwR).

Mas a citações e votações foram muitas, confira um compilado de algumas:

Melhor banda e entre os melhores discos e músicos em votação no Whiplash
Entre os melhores discos, bandas, shows e músicos em votação na Roadie Crew
Entre as melhores bandas por Rafael Tavares/Whiplash
Entre os melhores álbuns em votação no Road to Metal
‘Silent Revenge’ entre os melhores de 2013 pelo Metal Samsara
Entre os melhores de 2013 por Costábile Salzano Jr./The Ultimate Press
Entre os melhores de 2013 pelo Arte Metal
Entre os melhores álbuns por Junior Frascá/Whiplash
Entre os melhores discos pelo site All That Metal
Entre os melhores álbuns pelo site Combate Rock/Uol
Entre os melhores álbuns pelo site Heavy Metal Brasil
Álbum, show e música do ano pelo Blog dos Feras
Entre os melhores de 2013 por Maicon Leite/Wargods Press & Roadie Crew
Entre os melhores discos do ano por Thiago Rahal Mauro/Roadie Crew
Entre os melhores de 2013 em votação no site HeavynRoll
Entre os melhores clipes no site A Ilha do Metal
Entre os melhores álbuns por Michelle DuPont/Dark Radiio & PinUp Crazy
Melhor lançamento latino em votação no site Factor Metal (Colômbia)
Entre os melhores álbuns pelo Rock & Roll Magazine (Argentina)
Entre os melhores álbuns pelo Headbangers Latinoamerica (Chile)

E isso só motiva o HIBRIA a continuar trabalhando cada vez mais pesado para honrar toda essa confiança e apoio dado pela mídia e pelos fãs. E fiquem preparados, muitas novidades para este ano!

Assista aos dois videoclipes do álbum “Silent Revenge”:




Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

Daydream XI: Confira vídeo de apresentação no cruzeiro Progressive Nation at Sea




O DAYDREAM XI já está de volta ao Brasil depois de se apresentar no palco New Millenium no principal evento do Prog Rock/Metal do ano, o cruzeiro Progressive Nation at Sea.

O festival/cruzeiro aconteceu entre os dias 18 e 22 de fevereiro saindo e retornando de Miami, EUA. Entre as atrações principais, nomes como: Transatlantic, Portnoy, Sheehan, MacAlpine, Sherinian, Jon Anderson, Devin Townsend Project, King’s X, Spock’s Beard, The Flower Kings, Pain of Salvation, Anathema, Anneke van Giersbergen, entre outros.


O vocalista e guitarrista Tiago Masseti não esconde a felicidade e divide conosco um pouco do que foi a experiência:

“A experiência de estar durante quatro dias em um navio pelas Bahamas, cercado de pessoas com interesses musicais muito parecidos com os nossos e acompanhados de grandes artistas foi algo inexplicável. Conhecemos alguns de nossos ídolos e recebemos um ótimo feedback de nossa apresentação. Muitos dos headliners estavam presentes em nosso show como os caras do Pain Of Salvation, do Periphery, do Safety Fire, do Animals as Leaders, do Dear Hunter, além do Bumblefoot, o Tony MacAlpine, entre outros. Foram quatro dias em que fizemos grandes amizades, novos fãs e criamos uma rede de contatos que nenhum outro evento poderia nos oferecer. Com certeza esse foi o melhor ponto de partida que poderíamos ter para o nosso debut album e temos certeza que o Progressive Nation at Sea ficará marcado para sempre na carreira do Daydream XI. Só temos a agradecer ao Mike Portnoy e a Sixthman pela oportunidade.”


Agora o DAYDREAM XI volta a focar totalmente em seu debut álbum, ‘The Grand Disguise’, que está nas mãos do produtor sueco Jens Bogren, profissional que já trabalhou com artistas do naipe de Soilwork, Katatonia, Opeth, Symphony X, Pain of Salvation, James LaBrie, entre outros.

Contato para shows e merchandise: contact@daydreamxi.com

Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

South Legion: Assista videoclipe de ‘La Pampa’




Próximo ao lançamento de seu debut, ‘From The Spilled Blood’, o SOUTH LEGION disponibiliza o primeiro videoclipe oficial da carreira.

Retirada do álbum, a canção escolhida foi ‘La Pampa’ e, assim como as demais músicas do grupo, está recheada de citações a cultura gaúcha. O trabalho foi produzido pela empresa Trunkshot Studios, de Curitiba/PR e dirigido e editado por Andre Albuquerque.


O SOUTH LEGION tem como principal característica a habilidade de misturar Metal Extremo (leia-se Death e Black Metal) à música regional dos pampas, isso se inclui a parte lírica, formando algo inusitado e único.

Recentemente, um lyric video para outra música do álbum, foi liberado:


‘From The Spilled Blood’ tem previsão de ser lançado muito em breve. Mais informações e detalhes serão anunciados.

Contato para shows e merchandise: southlegion.contact@gmail.com

Sites relacionados:
Fonte: Metal Media

Noturnall - Noturnall (CD)

Independente
Nota 10/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia

Bem, o NOTURNALL dispensa longas apresentações, já que os membros do grupo já possuem nomes bem conhecidos no cenário nacional, pois estão aqui pessoas calejadas, que passaram por nomes como KARMA, SHAMAN, HANGAR, ANGRA, ALMAH, TEMPESTT e outros, logo, se esperaria de "Noturnall" fosse um ótimo disco. E ele supera qualquer expectativa, verdade seja dita.

O grupo segue uma linha mais voltada ao Prog Metal, só que extremamente pesada, algo que realmente surpreende pela agressividade e modernidade sonoras. O trabalho está com uma pegada tão agressiva que realmente não lembra em nada os trabalhos anteriores de seus membros. E isso ficou ótimo, um disco fantástico, com excelentes vocais (que vão de timbres agudos aos graves, de tons suaves aos mais agressivos, com extrema facilidade, mostrando uma versatilidade vocal assustadora), riffs e solos de guitarra perfeitos (a força dos riffs é assombrosa, bem tocados e envolventes, ao passo que os solos esbanjam melodias bem feitas), baixo com boa técnica e pegada, uma bateria fantástica, com peso e técnica muito bem equilibrados, e teclados que se aglutinam para somar, sem ficarem escondidos ou apenas fazendo pano de fundo. E a soma disso tudo, meus caros, é um dos grandes álbuns de 2014.

Noturnall
A produção do CD é maravilhosa, um trabalho ótimo de Russel Allen (vocalista do SYMPHONY X), que teve ainda as mãos de Fernando Quesada e Thiago Bianchi, com co-produção de Juninho Carelli, Léo Mancini e Aquiles Priester. O o equilíbrio de limpeza e intensidade, aliado à uma timbragem perfeita, deu um brilho espetacular às canções, fugindo do Prog Metal tradicional e dando ênfase à música, e não à técnica. A arte é maravilhosa, um trabalho perfeito de Carlos Fides (da Artside Visual Studio).

Em termos de música, apesar de ser uma banda bem jovem (foi formada em 2013), o nível de composição é bem alto, as música muito bem feitas (o minimalismo é incrível em todo o disco) e o trabalho realmente contagia o ouvinte do início ao fim, ainda mais abrilhantado pelas participações especiais do próprio Russel Allen (que faz um dueto com Thiago em "Nocturnal Human Side"), Guga Machado (que toca percussão também em "Nocturnal Human Side") e Luiz Fernando Venturelli (que toca celo em "Last Wish").

Os grandes momentos: a bruta e pesada "No Turn at All" (bem contagiante, ótimo refrão, e que técnica nos riffs e na bateria), a igualmente pesada, mas com um pouco de "groove" "Nocturnal Human Side" (ótimo trabalho da percussão e o dueto de Russel e Thiago é fantástico), "Zombies" (outra excelente canção, com Thiago se mostrando bem versátil, além de baixo e bateria mostrarem um peso absurdo), a azeda e ríspida "St. Trigger", a maravilhosa e ganchuda "Sugar Pill" (excelente refrão, e os riffs dão um certo toque de Hard'n'Roll à música), a linda "Last Wish" (os arranjos de celo e teclados estão perfeitos, deixando que o clima ameno se instale por completo), a ríspida "Fake Healer" (o baixo de Fernando se destaca muito aqui), e a intensa e cheia de feeling "The Blame Game".

Um disco absurdamente bom, que merece ser ouvido, comprado e guardado com todo carinho.





Tracklist:

01. No Turn at All
02. Nocturnal Human Side
03. Zombies
04. Master of Deception
05. St. Trigger
06. Sugar Pill
07. Last Wish
08. Hate
09. Fake Healer
10. The Blame Game


Banda:

Thiago Bianchi - Vocais
Léo Mancini - Guitarras
Juninho Carelli - Teclados
Fernando Quesada - Baixo
Aquiles Priester - Bateria


Contatos: