12 de abr de 2013

Anneke Van Giersbergen - Everything is Changing (CD)

Die Hard Records/Overload/Shinigami Records - Nacional
Nota 9

Por Marcos Garcia

Há músicos que, quando saem de trabalhos já bem estabelecidos, na maioria das vezes, se recusa a sair do cenário musical e buscam dar continuidade em novos projetos, bandas ou mesmo carreira solo. A lista é imensa, e ainda há as situações onde o novo projeto vive à sombra do antigo, e exemplos disso não faltam, como BRUCE DICKINSON em sua carreira solo. Há exemplos, no entanto, de trabalhos muito bons de músicos que se consagraram em suas bandas e conseguem dar prosseguimento à carreiras ótimas, e que tendem a crescer muito, como é o caso de SARAH JEZEBEL DIVA (seu segundo CD, '', é fantástico), e a maravilhosa ANNEKE VAN GIERSBERGEN, ex-vocalista do THE GATHERING, que chega até nós com seu novo trabalho, o ótimo 'Everything is Changing', que tem versão nacional, graças à parceria entre a Shinigami Records, Die Hard Records e Overload Records.

Primeiro de tudo: obviamente, Anneke prefere fazer um trabalho musical que segue, em poucas partes, o que ela fazia em sua antiga banda, e no geral, 'Everything is Changing' é um disco em que temos um Pop mais experimental, mas ao mesmo tempo, o bom gosto, requinte e elegância com que as faixas foram concebidas é extremamente audível, pois podem faltar guitarras distorcidas e bateria ultra-pesada, mas não falta em momento algum bom gosto e elaboração. Guitarras limpas (embora existam músicas e momentos com guitarras distorcidas), certa ênfase nos teclados e efeitos de sintetizadores (mas muito bem usados e enriquecedores), baixo e bateria bem casados e segurando bem os ritmos, fora a voz exuberante e bem postada de Anneke em cada música, mostrando que ele é, sem sombra de dúvidas, uma das vozes femininas mais talentosas do Rock como um todo.

A produção sonora em si, feita por Daniel Cardoso (o português multi-instrumentista que toca teclados no ANATHEMA, e co-escreve as músicas desse CD com Anneke), é de uma limpeza absurda, translúcida e que evidencia cada detalhe mínimo das músicas, sem deixar de dar um toque de elegância às músicas. A parte visual do trabalho, é feita toda com fotos de Anneke, valorizando sua beleza, mas sem cair em banalidades.

Musicalmente, o disco tem uma orientação Pop/Alternative muito evidente, mas mesmo assim, o trabalho é precioso e bem lapidado, como um belo diamante, com destaques óbvios em 'Feel Alive',  uma belíssima canção, um Pop requintado e muito gostoso de se ouvir, que empolga o ouvinte; 'You Want to Be Free', com seu jeito Pop deprê e elegante; a linda 'Everything is Changing'; o clima mais 'para cima' de Take Me Home', com belos efeitos eletrônicos e grandes vocalizações; a sentimental e bela 'Circles', valorizada por pianos, teclados, orquestrações (violinos se fazem presentes) e vocais macios, que nos conduzem por todo a passagem da música; a Pop 'My Boy', com um requinte muito evidente; 'Stay', onde as guitarras mostram distorção, mas é uma faixa elaborada e mais Alternative, lembrando um pouco os últimos tempos de Anneke no THE GATHERING; a envolvente 'Hope, Pray, Dance, Play'; e a intensa 'Too Late', com presença de guitarras rugindo cheias de "distortion".

Um disco que, apesar de ser de 2012 e só agora chegar com versão nacional, é imprescindível.



Tracklist:

01. Feel Alive
02. You Want to Be Free
03. Everything is Changing
04. Take Me Home
05. Wake Up
06. Circles
07. My Boy
08. Stay
09. Hope, Pray, Dance, Play
10. Slow Me Down
11. Too Late
12. 1000 Miles Away from You


Formação:

Anneke Van Giersbergen - Vocais
Daniel Cardoso - Teclados, baixo e guitarras
Ruud Jolie - Guitarras (Faixas 1, 2, 4, 7, 12)
Ferry Duijsens - Guitarras (Faixas 9)
Joost van Haaren - Baixo (Faixa 2)
Rob Snijders - Bateria
Dennis Leeflang - Bateria (Faixas 5, 9, 11)
René Markelbach - Teclados (Faixa 9), piano (Faixa 6)
Camilla van der Kooij - Violinos (Faixa 6)


Contatos:

Germán Pascual: video clipe de 'Seek the Truth' será lançado sábado 13 de abril



===


O vocalista uruguaio Germán Pascual (Narnia, Divinefire, Mind's Eye) que atualmente reside na Suécia, continua em plena promoção de seu Debut álbum em carreira solo, o CD "A New Beginning".

Germán lançará este sábado o segundo video clipe do álbum e a música escolhida é a faixa que abre o disco, chamada "Seek the truth", que teve a edição a cargo de Torbjörn Weinesjö.

O video clipe estreia este sábado no canal do Youtube da gravadora americana Nightmare Records, e poderá ser assistido no link à seguir:


Germán Pascual também enviou recentemente um video com um recado aos fãs brasileiros.



===

Fonte: Furia Music

Disco ao vivo do UGANGA gravado na Europa será lançado neste sábado



========

"Eurocaos Ao Vivo" terá versões em Cd físico no Brasil e Europa mas também será disponibilizado para download gratuito

"Eurocaos Ao Vivo", o primeiro disco ao vivo do UGANGA, será lançado oficialmente neste sábado, dia 13 de Abril, durante show da banda no Rerigueri Festival em Araguari no Triângulo Mineiro. O evento acontece a partir das 15h na Praça Getúlio Vargas com entrada franca. O UGANGA toca as 18h. 


Gravado na Alemanha e Portugal, "Eurocaos Ao Vivo" vai reunir as faixas "Kali-Yuga", "Asas Negras", "3XC", "Meus Velhos Olhos de Enxergar o Mal", "Sua Lei, Minha Lei", "Zona Árida", "Fronteiras da Tolerância", "Troops Of Doom" (cover do Sepultura) e "Nightmare" do Sarcófago com Manu Joker na bateria. 

Entre o material bônus também estarão duas gravações inéditas. A primeira música é uma versão que a banda fez para "Desespero" do grupo baiano de punk rock Pastel de Miolos. A segunda é uma gravação de "Não Desista" da clássica banda de metal paraense Stress que fará parte do "Tributo ao Stress" a ser lançado pela gravadora Metal Soldiers Records de Portugal.  

O CD ainda traz faixa multimídia com o documentário da turnê européia realizada pela banda em 2010.

"Eurocaos Ao Vivo" sai aqui no Brasil em CD físico pela gravadora Sapólio Rádio. O lançamento na Europa será simultâneo através da Metal Soldiers.  

Entretanto, o álbum também estará disponível para download gratuito já a partir de amanhã no site Tenho Mais Discos Que Amigos - http://tenhomaisdiscosqueamigos.virgula.uol.com.br/

Paralelamente ao lançamento do novo disco ao vivo, o UGANGA já trabalha em seu quarto álbum de estúdio, "Opressor".

As gravações já foram concluídas no estúdio Rock Lab em Goiânia com produção de Gustavo Vazquez (Black Drawning Chalks, Macaco Bong, Krow, Attero) e vai reunir 10 faixas inéditas, além de uma regravação para um clássico do metal brasileiro que em breve será revelado.


Opressor ainda não tem data definida de lançamento, mas deve chegar às lojas no início do segundo semestre.

Mais informações:


========

Fonte: Som do Darma
Management, Shows e Informações para a Imprensa
A/C Eliton Tomasi
(15) 3211-1621
Crédito Fotos:  
ByMySide.pl (Uganga - Live In Poland) 

METAL MEDIA (12/04/2013): Chemical, Lothlöryen, Deadly Curse



========

Chemical: Banda disponibiliza música e letra de novo álbum


Após apresentar a capa de seu disco, o CHEMICAL disponibiliza um vídeo com uma música finalizada que estará presente no trabalho.

Trata-se da faixa que dá nome ao álbum "New Dimension". "Apesar de a temática do álbum em geral ser de protesto, apenas New Dimension  e Cursed Harvest estão fora do tema, por isso a primeira foi escolhida para o título do álbum", comenta o baixista Daniel Corvo, que completa: "A música aborda um tema espiritual e sobre tomadas de atitude pela vida e a possibilidade de outras vidas em outras dimensões".



O vídeo com a letra pode ser conferido abaixo:



Assim como a capa, a finalização de 'New Dimension' ficou a cargo do vocalista e guitarrista Alex Spike.

O lançamento de 'New Dimension' está previsto para este semestre. O grupo continua em negociação com selos e distros, caso haja interesse no lançamento do trabalho, entre em contato pelo e-mail: chemicalthrash@gmail.com

Contatos para shows e merchandise: chemicalthrash@gmail.com

Sites relacionados:


===

Lothlöryen: Regravação do segundo álbum com participações especiais


Depois de anunciar que está regravando seu segundo disco, 'Some Ways Back No More', o LOTHLÖRYEN nos conta sobre as participações especiais que figurarão nesta nova versão do disco.

Estarão presentes na nova gravação os vocalistas: Bill Hudson (Hellish War), Eduardo Custódio (Vetor), Aníbal Pontes (Ex-Rygel) e Rafael Augusto Lopes (Fanttasma, ex-Torture Squad) nos vocais guturais.


A ideia, já antiga, de regravar 'Someways Back No More', retornou com força total depois do convite feito pela gravadora alemã Power Prog, feliz com os resultados do lançamento do mais recente trabalho 'Raving Souls Society' pela Europa.

Mais alguns detalhes estão sendo acertados para a regravação de 'Some Ways Back No More' agora com os vocais de Daniel Felipe, atual cantor do grupo.

Ouça uma música do último álbum da banda "Raving Souls Society":


Contato para shows e merchandise: lothloryen.oficial@gmail.com

Sites Relacionados:


===

Deadly Curse: Novo single, 'Labirynth', está disponível!

Foto: Hugo Oliveira

Após deixar os fãs ansiosos com o teaser de seu novo EP, 'Synthetic Humanization', o DEADLY CURSE apresente o primeiro single retirado do trabalho.

Trata-se da música 'Labyrinth' gavada Home Studio do DEADLY CURSE e no estúdio Olemix (antigo Zero DB) com mixagem e masterização a cargo de Francisco Arnozan.



O lançamento do EP completo também tem data marcada para o lançamento: dia 25 de maio no bandcamp oficial do grupo.

Vale lembrar que o vocalista do DEADLY CURSE, Thiago Andrade, recentemente cantou no disco de estreia da banda FANTTASMA, do ex Torture Squad e produtor Rafael Augusto Lopes. No trabalho o vocalista usou técnicas diferentes do acostumado no grupo goiano, gerando curiosidade nos fãs, em como soaria as novas músicas do DEADLY CURSE. As dúvidas começam a ser sanadas agora:


Em breve mais detalhes sobre o EP 'Synthetic Humanization'.

Contato para shows e merchandise: deadlycurse@gmail.com

Sites Relacionados:


========

Demon Hunter envia mensagem aos fãs de SP e RJ




========

Prestes a desembarcar no Brasil, a banda americana DEMON HUNTER enviou uma mensagem aos fãs brasileiros através de um vídeo publicado no YouTube. O grupo formado por Ryan Clark (vocal), Patrick Judge (guitarra), Jeremiah Scott (guitarra), Jon Dunn (baixo) e Timothy "Yogi" Watts (bateria) evidenciou grande expectativa para os shows em São Paulo (27/04 – Inferno Club) e Rio de Janeiro (28/04 – Teatro Odisséia). Esta será a primeira apresentação no país. Os ingressos para ambas as apresentações continuam à venda (mais informações no serviço abaixo).

DEMON HUNTER surgiu em 2000 e tem influencia de bandas como Sepultura, Pantera, Machine Head e, nas partes melódicas, Killswitch Engage. No início de 2010, a banda vendeu mais de meio milhão de discos.

Confira o vídeo aos fãs de SP:



Já ao público fluminense pode ver aqui:




O videoclipe da música "My Destiny" está disponível abaixo:



Links relacionados:


Serviço São Paulo


Dark Dimensions apresenta Demon Hunter
Data: 27 de abril de 2013 - sábado
Local: Inferno Club
Endereço: Rua Augusta, 501 - Centro (próximo ao Metrô Consolação)
Hora: 20h | Abertura da casa: 18h
Ponto de venda: Lady Snake – Galeria do Rock (somente dinheiro)
Valor: R$ 70,00 (Pista Promocional Antecipada) e R$ 100,00 (pista no dia)
Censura: 15 anos
Proibida a entrada de câmeras profissionais


Serviço Rio de Janeiro


Data: 28 de abril de 2013 - domingo
Local: Teatro Odisséia
Endereço: Rua Riachuelo, 20 - Centro
Hora: 20h30 | Abertura da casa: 18h
Valor: R$ 70,00 (Pista promocional antecipada e estudante) | R$ 140,00 (pista no dia conforme disponibilidade)
Censura: 15 anos
Proibida a entrada de câmeras profissionais


========

for Sepultura, Krisiun, Shadowside, Confronto, Kiara Rocks, Pleiades, Hugin Munin and international concerts
A/C Costábile Salzano Jr
13 9161.6267



Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC - PR:
20/04 – Cradle of Filth – Carioca Club – SP/SP
27/04 – Demon Hunter – Inferno Club – SP/SP
28/04 – Demon Hunter – Teatro Odisséia – RJ/RJ
28/04 – Texas Hippie Coalition – Manifesto Bar – SP/SP
11/05 – UFO – Carioca Club – SP/SP
15/05 – Anthrax e Testament – HSBC Brasil – SP/SP
26/05 – Shadowside – Via Marquês – SP/SP
31/05 – André Matos – Teatro Municipal – Santos/SP
01/06 – Ensiferum – Carioca Club – SP/SP
14/06 – Blitzkrieg e Avenger – TBA – Santos/SP
16/06 – Blitzkrieg e Avenger – Blackmore Rock Bar – São Paulo/SP
02/07 – CJ Ramone – TBA – Santos/SP
European tour: Helloween + Gamma Ray + Shadowside – 28/02 - 21/04

BARROSELAS METALFEST XVI | 24-27 APRIL 2013 | BARROSELAS | PORTUGAL




Death metal founders POSSESSED are to be one of the most respected acts ever on the first stage of SWR barroselas metalfest XVI. Jeff Becerra and his fellows are presenting a unique show, revisiting some of the most influential tunes in metal.



Doom metal veterans PENTAGRAM are also among the greatest attractions in the current edition of this renowned extreme music festival. Tempestuous black death worshipers BELPHEGOR, heavy metal veterans MANILLA ROAD, mysterious AGALLOCH, dark horde SECRETS OF THE MOON, brutal death metallers DECREPIT BIRTH and UK thrashers ONSLOAUGHT are some more highlights in a festival that welcomes more than fifty acts from all over the world.

SWR Barroselas metalfest features two indoor stages and an outside food&drinks area featuring loads of free entrance shows. A forest campsite with toilets and hot shower facilities opens for free usage during the entire festival. 

Feel free to also find out more about SWR barroselas metalfest by watching some video reports on the latest edition of the Iberian foremost extreme music festival [ #0 / #1 / #2 / #3 / #4 / #5 ].

SWR BARROSELAS METALFEST XVI
24-27 APRIL 2013 | BARROSELAS | PORTUGAL

DAY 0 - wednesday 24 april - 19:00 - free entrance
STRONG INTENTION | USA | www.facebook.com/ STRONGINTENTION
DEPARTMENT OF CORRECTION | France | www.facebook.com/ departmentofcorrection
W:O:A METAL BATTLE PORTUGAL 2012 | NATIONAL FINAL
BESTA | Portugal | www.facebook.com/ bestahardcore
SKINNING | Portugal | www.myspace.com/ skinningband
UTOPIUM | Portugal | www.facebook.com/ utopiumgrind
WASTE | Portugal | www.facebook.com/ WASTE.BAND.VC

DAY 1 - thursday 25 april - 16:00 - 35€
CRYPTOPSY | Canada | www.cryptopsy.ca
AGALLOCH | USA | www.agalloch.org
DECREPIT BIRTH | USA | www.facebook.com/ decrepitbirth
CATTLE DECAPITATION | USA | www.cattledecapitation.com
MISS LAVA | Portugal | www.facebook.com/misslavaofficial
AKPHAEZYA | France | www.akphaezya.com
VULVECTOMY | Italy | www.facebook.com/vulvectomyslam
PNEUMA | Costa Rica | http://pneumametal.com/
THE LAST SHOT OF WAR | Belgium | www.facebook.com/thelastshotofwarofficial
THE WAY OF PURITY | Italy | www.facebook.com/thewayofpurity
HEIRS | Australia | www.facebook.com/heirsaustralia
KILLIMANJARO | Portugal | www.facebook.com/Killimanjar0
A TREE OF SIGNS | Portugal | www.facebook.com/ATreeOfSigns
ASCETIC | Australia | www.facebook.com/asceticascetic

DAY 2 - friday 26 april - 16:00 - 35€
PENTAGRAM | USA | www.pentagramusa.com
BELPHEGOR | Austria | www.belphegor.at
ONSLAUGHT | UK | www.facebook.com/onslaughtuk
JIG-AI | Czech Republic | www.facebook.com/jigaigore
URFAUST | Holland | www.facebook.com/urfaustofficial
PERSEFONE | Andorra | www.persefone.com
HEADHUNTER DC | Brazil | www.facebook.com/headhunterdeathcult
UNFATHOMABLE RUINATION | UK | www.facebook.com/Unfathomable.Ruination.Official
BENEATH | Iceland | www.beneath.is
LUCTUS | Lithuania | www.facebook.com/luctuslt
THE RANSACK | Portugal | www.facebook.com/theransackofficial
LARKIN | Portugal | www.facebook.com/larkinmusic
THE 1969 REVOLUTIONARY ORGY | Portugal | www.facebook.com/the1969ro
HELLCHARGE | Portugal | www.facebook.com/Hellcharge
DEMENTIA 13 | Portugal | www.facebook.com/bavalives

DAY 3 - saturday 27 april - 16:00 - 38€
POSSESSED | USA | www.facebook.com/666possessed
MANILLA ROAD | USA | www.manillaroad.net
SECRETS OF THE MOON | Germany | www.secretsofthemoon.org
SCD | France | www.facebook.com/scdmusic
INTERNAL SUFFERING | Colombia | www.facebook.com/InternalSuffering
MALIGNANT TUMOUR | Czech Republic | www.malignanttumour.com
BLACK BOMBAIM | Portugal | www.facebook.com/blackbombaim
HEAVENWOOD | Portugal | www.facebook.com/HeavenwoodOfficial
DEAD BEYOND BURIED | UK | www.deadbeyondburied.com
ZOMBIEFICATION | Mexico | www.facebook.com/zombiefication666
ULTIMO MONDO CANNIBALE | Italy | www.ultimomondocannibale.it
SCIENCE OF DEMISE | Sweden | www.facebook.com/Scienceofdemise
AGGRENATION | Sweden | www.facebook.com/aggrenation
AZAGATEL | Portugal | www.azagatel.com
MR MIYAGI | Portugal | www.facebook.com/mrmiyagivc

location: SWR barroselas metalfest | Barroselas | Av. São Paulo da Cruz | GPS 41.643836; -8.686147

ORG: SWR inc. - www.swr-inc.net




SWR inc. PROMOTIONS
SWR XVI | TICKETS
€65,00
Be welcome to the metal village of Barroselas wherein the Iberian foremost extreme music festival is set to take place!
SWR XVI | QUINTA DE MALTA
€240,00
This exclusive hostel features double rooms available at only 5min from the fest!
SWR XVI | QUINTA S. SEBASTIÃO
€335,00
Quinta de S. Sebastião is a unique hostel rebuilt from an old rural farm featuring quadruple rooms 2min from the fest!
SWR BUS | LISBOA / PORTO / VIGO / VIANA DO CASTELO
from
€15,00
Low cost buslines available from Lisboa, Porto and Vigo! Order your trip&ticket bundle now and make the most of our pre-sale promotions!


========

"Supporting the Underground... above Ground"
Phone :  +351 918 770 596

Um Original não se desoriginaliza e nem desoriginalizará jamais




Por Vincent Morrison

E lá vamos nós de novo na velha questão do original…O trava-língua acima é o “X” desta questão.

A Die Hard nunca teve uma curva descendente desde sua inauguração, há mais de dezesseis anos, excetuando-se, claro, o fator sazonalidade. E isto quer dizer muita coisa, mas a principal delas é que tem (bastante) gente comprando CDs (DVDs, etc…) originais. Nem a descaracterização da Galeria do Rock, pra quem está em São Paulo, e nem a pirataria generalizada desestimularam o comprador do produto original.

A música digital está aí, como a fita K7 no passado, e o rádio sempre esteve. Ótimo pra divulgar, mas ninguém “coleciona” isso. A internet veio democratizar a música (entre outras informações), e nem vamos tocar no assunto da pirataria digital aqui, longo, complexo e extenso que merece um texto exclusivo, mas, assim como democratizou a música, elitizou o produto, pois muita gente não se interessa em ter o produto físico e, quase sempre nem o oficial, ainda que digital.

Esta questão do original também vale para outros produtos, não só os musicais, como livros, filmes, etc. A opção de baixar ou de comprar o pirata, talvez, tenha a ver menos com a condição financeira, é mais com a questão cultural mesmo. Quem faz questão do original pode até se dar ao luxo de baixar algumas coisas, mas quando conheceu e gostou, dá preferência ao produto original no suporte físico pela qualidade, pelo investimento, pois se por acaso for se desfazer sabe que venderá mais caro do que o preço que pagou, e pela consciência, é uma ligação que se tem com o músico que gosta, alguns centavos seus foram parar no bolso do músico, do autor, da estrutura que viabilizou a música desde sua composição no caderninho ou no tablet do músico até chegar em mãos… Esta viagem da distribuição do dinheiro também poderia ter um texto exclusivo : )

A compra de um CD original não se dá apenas com as bandas mais clássicas como muita gente pensa, bandas novas têm seus CDs esgotados pela qualidade, um exemplo que posso falar com tranqüilidade pela intimidade com o caso, pois é um lançamento da Die Hard Records, o álbum Unpuzzle da banda Maestrick. Composições de qualidade, conceito original, arte da capa inovadora, o CD se esgotou em pouco tempo, com a mesma quantidade prensada de muitas bandas gringas e a maioria delas muito mais antigas, que ainda estão em processo de distribuição, ou seja, conclui-se que a qualidade é ainda o fator decisivo na hora da compra, e isto é bom.


Em se tratando de coleção, não se coleciona xerox de livros, pode-se ter alguns até em casa, mas daí a chamar de coleção… Não se coleciona cópia de nada, a coleção tem por princípio a originalidade… Também não tem sentido uma cópia de um CD numa coleção, principalmente numa época em que a tecnologia parece caminhar mais pro streaming do que pro download. Cópia física pra que?

E mesmo não se tratando de coleção, o prazer de se ter um original, seja do que for, é indescritível. Walter Benjamim dizia que a obra de arte original tem uma “aura”. É claro que tem, não fosse isso as filas para exposições como a do CCBB aqui em São Paulo, sobre os impressionistas, por exemplo, não teriam o menor sentido, pois todas aquelas obras foram reproduzidas à exaustão, todo mundo as conhece, mas sentir o que se sente ao estar em frente a um Van Gogh não tem explicação. De fato é uma questão de opção, mais do que de investimento financeiro. Reforçando, uma questão cultural…

Penso estarmos vivendo numa época de transição, aliás a indústria está sempre impondo isto, efeito colateral do sistema de consumo, insistimos em colecionar o que a indústria insiste em descartar. Do velho vinil em 78 rpm até o CD, em constante transformação, não só de formatos e tecnologia dos equipamentos, mas também de conceito. E um conceito do qual nos apegamos e que será muito difícil descartar é o conceito de álbum. Desde Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band dos Beatles, passando pelo Freak Out, de Frank Zappa e bandas inteiras como Led Zeppelin, Pink Foyd, Dream Theater, etc comprovam isto. Não tem sentido uma música existir isolada de suas companheiras de álbum. Estes discos foram feitos pra se ouvir uma música após a outra, na ordem. O CD, mesmo tirando a pausa (inclusive física) entre os lados A e B do vinil, manteve a ordem das músicas, e a arte da capa, mesmo tendo diminuído bastante, contém todas as informações artísticas, gráficas, fotográficas, técnicas… Estão todas lá.

Já divagando, cabe lembrar que um filme de cinema foi feito para ser visto no cinema, com aquele ambiente escuro, e (quase) sempre quieto e calmo, naquele tamanho de tela, e sem interrupções. Vê-los na TV ou em vídeo ou baixados está cada vez mais comum, mas a experiência é outra no cinema, sem contar que downloads, principalmente os ilegais, ou mesmo no youtube há erros crassos, créditos errados ou simplesmente ausentes, cortes, falta de qualidade… Nos produtos originais, DVD destes filmes por exemplo, a ocorrência destas aberrações que intrometem no resultado artístico é quase nula.

Marcos Garcia e Vincent Morrison na Die Hard
Há alguns dias li um texto da Fernanda Torres na Folha de São Paulo onde ela dizia que a nova geração não respeita direitos autorais, que só conhece algumas obras pelos equipamentos portáteis como smartfones ou tablets, entendo que pode ser a maioria dos muito jovens, ou os mais próximos a ela, o que vejo são clientes de todas as idades fazendo questão dos CDs originais, e, sabendo que não comercializamos piratas nem usados saem (ou recebem seus produtos pelos Correios) ainda mais satisfeitos. Este desrespeito pelos direitos autorais, definitivamente, não é um comportamento generalizado “de geração”.

Estamos focando na cultura, mas basta um passeio pelas ruas pra ver pirata de tudo: tênis, cigarro, roupas, equipamentos, tem até um país inteiro se especializando nisso. E isto não significa que devamos seguir a turba, ainda que “o único desejo que sobrevive na massa deriva do medo de não fazer parte dela.” Márcia Tiburi . As vantagens em se comprar originais são inumeráveis, da qualidade à certeza de sua contribuição aos artistas e responsáveis pela viabilização do produto. Quanto aos piratas, só há desvantagens, da falta de qualidade à contribuição com a máfia, o poder paralelo. Se com o poder oficial as coisas estão como estão, imagine então os interesses claros e específicos dos ”paralelos”. Em outra frase, de John Ruskin, este pensamento está resumido: “Não há nada no mundo que alguém não possa fazer pior, e mais barato. Quem considera somente o preço acaba sendo a merecida vítima”.

Estamos nos acostumando a escolher os formatos que nos interessam, a TV não matou o cinema, o rádio não matou o jornal, o CD não matou o vinil e a internet não vai matar nada. O consumo de produtos culturais originais com qualidade é uma conquista, e tem sim muito a ver com a cultura, pra finalizar, e os objetivos da pessoa que quer para si o que proporciona para o outro, e geralmente quer respeito e honestidade.

Concluindo com mais uma frase:

“Uma sociedade sem cultura, é claro, torna-se selvagem” – Andrei Tarkovski.


Vincent Morrison é editor do Zine O Grito e das publicações nas redes sociais da Die Hard, selo independente e loja física (lj 312) da Galeria do Rock. Fone (11) 3331-3978. http://www.diehard.com.br

Black Communion - Imperial Palace of Darkness (Demo CD -Classic)

Independente - Nacional
Nota 10

Por Marcos Garcia

Não é de hoje que o Black Metal nacional dá extremo orgulho aos seus fãs, uma vez que o crescimento do gênero em nosso país no final da década de 90 gerou nomes fortes, e alguns ainda se encontram na atividade. Mas mesmo assim, muitos ficaram ocultos, já que as bandas acabaram por um motivo ou outro, sem muitas vezes deixar um registro que fosse de sua existência. Quando muito, um Demo CD, e logo desapareciam, mesmo sendo talentos promissores. E um excelente exemplo disso é o ótimo quinteto carioca BLACK COMMUNION, que deixou sua excelente música registrada em um Demo CD em 2000, o lendário 'Imperial Palace of Darkness'.

O quinteto usava e abusava de um som soturno, mórbido, agressivo, que priorizava mais as faixas em si do que algum virtuosismo individual, mas mesmo assim, estava longe de fazer um som simplista ou desprovido de técnica. Vocais rasgados furiosos (e uma curiosidade: dizem que Ahrenius estava resfriado na época da gravação), riffs de guitarra geniais e pesados, baixo e bateria coesos e formando uma muralha sonora absurdamente compacta, e teclados climáticos muito bons. Resultado: uma sonoridade cheia de vitalidade e energia, além de abusivamente mórbida e pesada.

A gravação do CD foi feito no Fast Foward Studios, na Ilha do Governador (RJ), que soube deixar os instrumentos soando separados, mas sem deixar quel aura suja vital ao estilo de fora. A arte, feita por Marcelo Vasco, é muito boa, enfocando tudo o que a banda tinha a dizer.

E acreditem: esses rapazes sabiam falar grosso quando tocavam, pois seu som é de levantar defuntos e abrir as portas do Hades com facilidade!

São 4 faixas poderosas, e que vão deixar muitos se perguntando 'por que diabos a banda acabou?', pois o trabalho deles é fantástico.

Após uma introdução com teclados soturnos e bateria em forma de marcha de guerra, começa o riff certeiro de 'Glorify Satanas', que logo vira uma faixa bem variada, riffs pesados, andamento moderado, mas capaz de prender a atenção do ouvinte do início ao fim; 'Fuck Jesus Christ' é rápida e avassaladora, com guitarras agressivas e esbanjando agressividade, fora os vocais gritados mostrando trabalho; 'Lorena Sacrifice', por sua vez mostra um trabalho pesado e bem diferente, com a base rítmica dando um autêntico show de peso e condução perfeita dos andamentos, fora alguns 'inserts' mais calmos que dão um toque de classe à faixa; e o massacre de 'Winds of Fury', que é introduzida por teclado e vocal, antes de virar uma música veloz e rica em mudanças de andamento, com ótimos riffs e momentos climáticos com piano ótimos.

Infelizmente, a banda, que era tida como uma promessa, teve um fim prematuro em 2002, quando estavam se preparando para gravar seu primeiro CD Full Length. Mas a boa notícia é que o BLACK COMMUNION está retornando à ativa, e se eles mantiverem esta pegada e a música que ouvimos nesse Demo, preparem-se, pois irão tomar a cena brasileira de assalto.

E para que todos possam conhecer bem seu trabalho, a banda disponibilizou o Demo CD gratuitamente aqui.



Tracklist:

1.  Glorify Satanas
2.  Fuck Jesus Christ
3.  Lorena Sacrifice
4.  Winds of Fury


Formação:

Ahrenius  - Vocais
Behemoth  - Guitarras
Thamuz - Baixo
Blisargon - Teclados
Baalzephon - Bateria




Contatos: