1 de ago de 2014

ROADIE CREW Ed. #187 (agosto, 2014)




Ed. #187 (agosto, 2014) - entrevistas:

ACCEPT (Wolf Hoffmann) - capa
ALICE COOPER
NITA STRAUSS (Alice Cooper, Iron Maidens, Femme Fatale)
HIRAX
RAGE
THERION
ESPECIAL FOLK METAL
MARTIN WALKYIER (ex-Skyclad)
TÝR
ELVENKING
VINTERSORG
ELUVEITIE
FALCONER

Seções:
Cenário: Toxic Holocaust, Symphony Draconis, Sabbath Assembly, Jackdevil, Necrophobic, Sangrena
Eternal Idols: Fergie Frederiksen
Blind Ear: Nuno Monteiro (Liar Symphony)
ClassiCover: All The Young Dudes (Mott The Hoople / Bruce Dickinson)
Collection: Marillion
Playlist: Sergio Facci (V Project, ex-Vodu, Viper e Volkana)
Hidden Tracks: Skid Row (IRL)
ClassiCrew 74: It's Only Rock'n'Roll (Rolling Stones)
ClassiCrew 84: W.A.S.P. (W.A.S.P.)
ClassiCrew 94: Still Climbing (Cinderella)
Profile: Leko Soares (Lothlöryen)
Live Evil: Sweden Rock Festival, Hellfest (FRA)
Pôster: Turisas

Mais informações em http://www.roadiecrew.com/
Para adquirir pelo site acesse - http://www.roadiecrew.com/anteriores.php ou
entre em contato pelo telefone (11) 5058-0447

Nas bancas entre os dias 6 e 7 de agosto.



Fonte: Roadie Crew

Metal All Stars: Produtora confirma Joey Belladona no line up que virá ao Brasil




A agência Top Entretenimento produtora que anunciou recentemente única apresentação no Brasil do altamente badalado projeto METAL ALLSTARS, composto por várias estrelas da cena do Hard Rock e do Metal mundial divulgou em sua página oficial o nome de Joey Belladona na lista dos ícones do rock que retornam ao Brasil para este grande evento.

O projeto é composto por nomes de peso do Heavy Metal mundial e juntos eles formam uma super banda que homenageia os grandes clássicos do estilo. 

O repertório apresentado nesta performance legendária conta com músicas das bandas de cada um dos membros, além de Ozzy, Pantera, Iron Maiden, Black Sabbath, Slayer entre outros.

O Line up completo será divulgado nos próximos dias na página oficial do show no brasil e já conta com nomes como Zakk Wylde e Chuck Billy dentre outros.

O evento acontece em São Paulo no dia 22 de novembro no Espaço das Américas e os ingressos começam a ser vendidos em breve.

Para mais informações acompanhe a página oficial do evento.


Informações para imprensa: info@hoffmanobrian.com.br



A/C Damaris Hoffman
Marketing artístico/entretenimento
Cel: +5511-987916446
Cel: +5511-77912363
Nextel ID: 55*966*13116

Resenha: Bruto - Mundo Destruído (CD)

Independente
Nota 8,5/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


Fazer Death Metal no Brasil nunca é simples, pois parece ser um estilo extremamente adaptado ao país. Sim, digo isso baseado no expressivo número de bandas do estilo presentes em nossas terras, que é enorme e existe em todos os estados. E é bem legal ver que ao mesmo tempo, existe diversidade, indo do Melodic Death Metal aàs formas mais tradicionais. E o BRUTO, quinteto de Brasília, mostra uma força absurda em "Mundo Destruído", seu disco de estréia após o Demo CD "Fita".

O quinteto segue uma linha mais tradicional, próxima ao Death Metal feito na Flórida no início dos anos 90, cantando sempre em português. Aparentemente, suas maiores influências sonoras sejam CANNIBAL CORPSE e um pouco de MORBID ANGEL aqui e ali, ou seja, é brutal, explosivo, e bem agressivo, sabendo alternar momentos mais velozes e outros mais cadenciados. E se por um lado a banda nada faz de inovador, por outro a mistura de vocais extremados (bem na linha de George "Corpsegrinder" Fisher), riffs bem distorcidos e pesados aliados à solos doentios, base baixo-bateria firme na marcação, mas sem deixar de ter uma técnica muito boa (especialmente o baixo), mostra um potencial enorme. E sua música realmente envolve.

Bruto
O próprio quinteto chamou para si a responsabilidade de gravar e produzir o CD, e acertou a mão, fazendo da sonoridade do álbum algo bruto e agressivo, mas aliada à uma qualidade sonora de bom nível, sem que os instrumentos fiquem se embolando mutuamente e com bons timbres. Já a arte, um trabalho bem legal da Cadiesart Design e com a capa ilustrada por Diogo Mascardini é bem legal,antenada com a proposta lírica e musical do grupo.

Já as músicas mostram que o grupo nunca teve a intenção de ser inovador, mas apenas de fazer sua música à sua maneira e deixar nossos ouvidos apitando por horas se o abuso sonoro for grande. Mas mesmo assim, longe de soar simplório, o grupo mostra que sabe muito bem criar arranjos bem dinâmicos.

Destaques: a opressiva e arrasa-tímpanos "Mundo Destruído" (reparem bem na força dos vocais e nos riffs das guitarras),  a empolgante e variada "Igrejas" (reparem como a bateria mostra um trabalho muito legal, aliado à força das guitarras), a variada "Paraíso Quitado" (os andamentos mudam bastante, evidenciando a coesão da base rítmica, e o baixo a mostrar alguns arranjos não convencionais), a icônica "Vai Se Fuder" (uma bela golfada de agressividade ríspida na cara dos conformistas, mais uma vez com os vocais se destacando e novamente o baixo mostrando que sabe sair da marcação sem problemas), e a mais refreada "Cidade Adormecida". E como se não fosse muito, ainda temos a faixa bônus "Brutality" e o vídeo para "Mundo Destruído".

Um bom disco, que merece o investimento e nos prepara para o DVD do grupo, mas cuidado com os ouvidos!



Tracklist:

01. Intro
02. Mundo Destruído
03. Igrejas
04. Paraíso Quitado
05. Vai Se Fuder
06. Obscuro
07. Porrada
08. Ilustração
09. Cidade Adormecida
10. PQP Que Porra é Essa!
11. Brutality
12. Mundo Destruído (vídeo oficial)


Banda:

Kbça - Vocais
Rodrigo - Guitarras
Léo - Guitarras
Henrique - Baixo
Sávio Américo - Bateria


Contatos:

Resenha: Maquinários - Seis Milhas para o Inferno (EP)

Independente
Nota 8,5/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


É muito interessante acompanhar as novas gerações do Rock'n'Roll brasileiro, pois muitos bons nomes andam surgindo aqui e ali, sempre com bons trabalhos. E nessa leva atual, um nome muito interessante e que tende a dar muitos bons frutos é o da banda MAQUINARIOS, um trio de Santa Catarina, e que com seu EP "Seis Milhas para o Inferno" mostra-se uma grande promessa da cena em termos de Brasil.

Primeiro de tudo, o trabalhado da banda é cantado em português, forte, nervoso e pesado, mas com um forte ranço de MOTORHEAD, AC/DC e outros da gangue aqui e ali, só que boas melodias e alguns toques bem leves (bem leves, por favor) de Pop aqui e ali, tornando o EP de audição e assimilação bem fácil. Belos vocais com boas noções de melodia e métrica (e que evitam tons muito agudos e outros mais incômodos aos nossos ouvidos), riffs de guitarra muito ganchudos, solos em nada pretensiosos, baixo e bateria buscando formar uma base coesa e pesada (mas sem ser muito simplista). Resultado: doses de muito Rock'n'Roll visceral e cheio de vida, vazando energia do disco.

Gravado no Mr. Som, em São Paulo, sob os cuidados de Heros Trench e Marcello Pompeu, que mostram o porque são tão respeitados: em "Seis Milhas para o Inferno", a sonoridade ficou gordurosa e bem suja, mas sem que se percam as noções de limpeza e qualidade. É sujo, mas com qualidade inegável.

Maquinarios
As composições do trio são muito boas, buscando fugir do muitas vezes pretensioso "vou fazer algo diferente" e aposta no uso de arranjos simples, mas nem por isso significa que o trio não sabe o que faz na hora de compor suas músicas, e o injusto é que o EP só tenha quatro faixas, pois é altamente viciante. O gostinho de "quero mais" ao final é evidente.

"Seis Milhas para o Inferno" já abre o EP de forma espontânea e raçuda, apostando em tempos não tão velozes e grandes riffs à lá SABBATH, enquanto "Além da Estrada" mostra tempos mais lentos e empolgantes, com um refrão ótimo e que conquista o coração facilmente. Em "Sentido Contramão", temos uma música mais rápida e ganchuda, mostrando uma base rítmica bem entrosada e com peso. E "Cinza Espúrio", que fecha o EP, é outra faixa de andamento mais lento e azedo, onde a banda capricha nos arranjos.

Simples, direto, funcional e envolvente. Será que é necessário mais que isso para fazer a felicidade de um ouvinte?

Não sai do CD player tão cedo...




Tracklist:

01. Seis Milhas para o Inferno
02. Além da Estrada
03. Sentido Contramão
04. Cinza Espúrio


Banda:

Watson Silva – Vocais, guitarra
Matheus Andrighi – Baixo
Cézar Fernandes – Bateria


Contatos:

Resenha: Jugger - Born from the Ashes (EP)

Independente
Nota 8,0/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


As bandas de Prog Metal, em geral, são muito afeitas a experimentalismos musicais, fugindo um pouco de padrões internacionais já bem estabelecidos, buscando se diferenciar de medalhões como DREAM THEATER e SYMPHONY X, e assim, muitas vezes, são extremamente atraentes aos nossos ouvidos, mesmo quando buscam fórmulas não tão inovadoras. E o JUGGER, quinteto de São Paulo, capricha e faz de seu EP "Born from the Ashes" algo mais tradicional em termos do estilo.

Sem buscar ser muito inovador, mas sabendo fazer um trabalho muito caprichado, já que mesmo com um nível técnico muito bom, a banda procura ter uma pegada mais pesada e agressiva, beirando em vários momentos o Metal tradicional, mas sempre agradável. A mistura de vocais bem postados e que usam bem os timbres (sem exagerar em tons mais altos), grande trabalho de guitarras (bases e solos muito bem construídos), base rítmica sólida e bem diversificada, e teclados que sabem se impor, sem no entanto ser apenas "pano de fundo" ou se sobreporem aos outros insntrumentos. E isso tudo misturado gera uma música forte e vigorosa, bem trabalhada, mas com peso e melodia nas devidas medidas.

Jugger
Produzido pelo próprio quinteto, gravado nos Lumen Studios, e tendo mixagem e masterização de Caio Schmid, a qualidade do EP está em um bom nível, com todos os instrumentos em seus devidos lugares, soando com peso e timbres certos, mas com um bom nível de clareza necessária necessária à compreensão do trabalho não trivial do grupo.

A grosso modo, temos quatro faixas muito bem arranjadas ("Rise" é uma instrumental de teclados que introduz o trabalho, tendo a participação especial de José Cardillo), todas elas bem longas, mas sem cansar os ouvintes.

A ótima "Dark Angel" já mostra-se uma canção bem variada, cheia de mudanças de ritmos e incursões jazzísticas, com excelente trabalho dos vocais e guitarras; em "Blessed Garden", a mais longa, o baixo se mostra bastante presente, com belo solo de guitarra; a variada e quase progressiva "Purgatory" mostra uma enorme beleza, com um trabalho muito bom de bateria. Fechando, "Nothing At All", com alguns vocais mais ríspidos, com grandes doses de Metal tradicional moderno, onde os teclados fazem um belo trabalho.

Enfim, uma ótima banda e um boa promessa para o futuro, mas que no atual momento, já se mostra ótima.



Tracklist:

01. Rise
02. Dark Angel
03. Blessed Garden
04. Purgatory
05. Nothing at All

Banda:

Lucas Povinha - Vocalista
Rafael Savone - Guitarras
Lucas Cardoso - Teclados
Eduardo Crescenzi - Baixo
Lucas Prado - Bateria


Contatos:

01/08/2014: Aneurose, Mad Roulette, Muqueta na Oreia, Torqverem, Silver Mammoth, Lottors, In Absenthia, Pagan Throne, Suicidevotion



SILVER MAMMOTH: confira entrevista em vídeo com o grupo


A banda paulista SILVER MAMMOTH foi protagonista de uma elucidativa entrevista, disponibilizada no canal do grupo no YouTube, que teve como enfoque a sua história e, principalmente, o lançamento do seu novo álbum “Pride Price”.


Em paralelo, o SILVER MAMMOTH continua o agendamento das novas datas pelo Brasil em suporte ao seu novo álbum. Para mais informações sobre como reservar uma data para qualquer cidade do país, basta entrar em contato através do e-mail contato@msmetalpress.com.


Links Relacionados:



MUQUETA NA OREIA: grupo confirmado no Araraquara Rock


A banda paulista MUQUETA NA OREIA é mais uma das confirmadas no line up do festival Araraquara Rock, um dos mais tradicionais do interior de São Paulo em sua décima terceira edição.

Dividirão o palco com o MUQUETA NA OREIA, bandas do calibre do Ratos de Porão, Sepultura, Krisiun, Cachorro Grande, Autoramas, Inocentes, Garotos Podres, Claustrofobia, Matanza, Nação Zumbi, Raimundos, entre outras. "É uma honra para nós tocar com os nossos ídolos, Sepultura e Ratos de Porão, vamos quebrar tudo!”, afirmou o baixista Cris. “Quem nos conhece, ou já viu um show da banda, sabe que damos 110% no palco, pois tocamos com o coração e, dessa vez, não será diferente”, acrescenta. “Acredito que esse vai ser o show de nossas vidas, temos que conter a empolgação... Araraquara, estamos chegando!", finaliza enfático.

O Araraquara Rock 2014 vai ser realizado entre os dias 4 e 15 de agosto, com palestras, exposições, cinema, e várias atividades. A banda MUQUETA NA OREIA, apresentando o seu novo álbum “Blatta”, foi confirmada para o próximo dia 10 de agosto.

Para mais informações sobre o evento, basta contactar a assessoria do grupo através do e-mail contato@msmetalpress.com.

Em paralelo, o MUQUETA NA OREIA está atualmente desenvolvendo o conceito e a arte do seu novo videoclipe para a música "Hardware,Software e Tupperware". A referida canção está no segundo disco do quarteto, intitulado “Blatta”, lançado no Brasil através da parceria dos selos Alternative Music e Muqueta Records.


Links Relacionados:



MAD ROULETTE: confirmado show na cidade de Belford Roxo/RJ


A banda carioca MAD ROULETTE confirmou para o próximo dia 02 de agosto, mais um importante show em sua atual turnê de suporte ao seu EP homônimo.

O evento acontecerá em Belford Roxo, Rio de Janeiro, no Espaço Terra Média, às 23h00, e contará com a participação especial da banda Ninfo. 

Para mais informações sobre o evento, basta contactar a assessoria do grupo através do e-mail contato@msmetalpress.com.

Em paralelo, o EP “Mad Roulette” contém três faixas e estará disponível em breve nas principais lojas online de álbuns digitais, através de distribuição da CD-Baby.


Links Relacionados:



IN ABSENTHIA: disponibilizado track list do seu novo EP


A banda sulista IN ABSENTHIA disponibilizou recentemente o track list do seu novo trabalho, o EP “A Subtle Teardrop – pt 1 – Lonely Sinking”. 

Track List:

Everlasting Cycle of Consciousness
My Eerie Affair
A Lament (Unveiled by the Moonlight)

“A Subtle Teardrop – pt 1 – Lonely Sinking”, que está sendo registrado no A Vapor Studio, será lançado no segundo semestre de 2014, e contará com distribuição digital conduzida pela CD-Baby, uma das principais empresas do mundo no setor.


Links Relacionados:



LOTTORS: grande show marcará o lançamento do debut álbum


A banda catarinense LOTTORS confirmou para o dia 01 de agosto, o show de lançamento do seu debut álbum “Mirage”, na cidade de Urussanga, Santa Catarina.

O evento acontecerá no Ventuno Pub, às 22h00, com ingressos fixados em R$5,00 e R$10,00. Além da LOTTORS, participarão da referida festa de lançamento, as bandas Sinnerator e Eletromotriz.

Para mais informações sobre o evento, basta entrar em contato com a assessoria do grupo, através do e-mail contato@msmetalpress.com.

“Mirage” foi lançado de forma independente, e terá distribuição através da MS Metal Records no Brasil. No primeiro semestre de 2015, está programada uma nova tiragem do material, que será lançado através da MS Metal Records, sendo novamente distribuído no país e, desta feita, também na Europa.


Links Relacionados:



PAGAN THRONE: confirmado início da produção do novo álbum


A banda carioca PAGAN THRONE, um dos principais representantes do Pagan Metal no Brasil, confirmou que iniciou recentemente, o processo de gravação do seu novo álbum.

O material, que ainda não possui título definido tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2015, através da Eternal Hatred Records no Brasil, com distribuição física confirmada para os mercados brasileiro e europeu.

A distribuição digital do referido material se dará através da empresa CD-Baby, garantindo o produto nas melhores lojas online do mercado mundial.


Links Relacionados:



SUICIDEVOTION: confirmado título do primeiro EP da banda


A banda sulista SUICIDEVOTION confirmou o título do seu EP de estreia. O material se chamará “Inner Hate” e será lançado no seu formato virtual ainda no corrente mês de julho.

“Inner Hate” contará com a distribuição da CD-Baby, uma das principais parceiras da MS Metal Press no Brasil, para as principais lojas online do mundo.

Em paralelo, o SUICIDEVOTION iniciou o agendamento das novas datas pelo Brasil em suporte ao seu supracitado EP. Para mais informações sobre como reservar uma data para qualquer cidade do país, basta entrar em contato através do e-mail contato@msmetalpress.com.


Links Relacionados:



TORQVEREM: disponibilizadas informações sobre show de Belo Horizonte


A banda paulista TORQVEREM, um dos principais representantes do Black Metal nacional, confirmou todas as informações do show de Belo Horizonte, segundo compromisso da sua turnê brasileira, ao lado da banda Pátria, no próximo dia 02 de agosto.

O evento acontecerá no Matriz, às 19h30, com ingressos fixados aos preços de R$25,00 e R$30,00. Para mais informações sobre o evento, que contará com as participações das bandas Vulturine, Defacer e Vultos Vociferos, basta contactar a produção através do e-mail necrovisceral@live.com.

Batizado de Profana Aliança Tour, o giro passará, inicialmente, pelas cidades de Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

Profana Aliança Tour:

01/08 Fofinho Rock Bar – São Paulo/SP
02/08 Matriz – Belo Horizonte/MG
08/08 Hangar Music Hall – Curitiba/PR
09/08 Planet Music – Rio de Janeiro/RJ

Em paralelo, a TORQVEREM está em processo avançado de composição do seu novo álbum, ainda sem título definido, e que será mais uma vez lançado pela Eternal Hatred Records no Brasil.


Links Relacionados:



ANEUROSE: debut álbum será relançado no Brasil pela MS Metal Records


O primeiro álbum da banda mineira ANEUROSE, intitulado “From Hell”, será relançado no Brasil pela MS Metal Records, após constatada grande aceitação do público brasileiro.

O material contará com uma bônus track inédita intitulada “Bastard!”, que foi registrada já com a nova formação do grupo.

O álbum “From Hell” está confirmado para ser relançado no próximo mês de setembro, através da MS Metal Records, com distribuição física pela Voice Music para as principais lojas especializadas e MegaStores do país.

Em paralelo, o ANEUROSE continua o agendamento das novas datas pelo Brasil em suporte ao seu debut álbum. Para mais informações sobre como reservar uma data para qualquer cidade do país, basta entrar em contato através do e-mail contato@msmetalpress.com.


Links Relacionados:



Para mais informações sobre as atividades da bandas acima e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalpress.com.