25 de ago de 2014

25/08/2014: Skinlepsy, HellArise, Amazarak, Panzer Fest, Oligarquia



Skinlepsy: Pocket show nesta quinta-feira


O SKINLEPSY fará um pocket show neta quinta-feira, dia 28 de agosto, ao lado da banda Macchina. O evento acontecerá no Estúdio Som (antigo Produssom) às 21h.

No repertório, a banda trará as músicas do álbum “Condemning The Empty Souls”, além de apresentar ao público paulistano a sua nova formação como quarteto. Os ingressos poderão ser adquiridos no local a R$ 10,00. O evento

O Estúdio Som dia localizado na rua Teodoro Sampaio, 512 – Pinheiros – São Paulo.


Recentemente a banda anunciou a distribuição do “Condemning The Empty Souls” também em formato digital e streaming.

‘Condemning The Empty Souls’ pode ser considerado facilmente como um dos trabalhos iniciais mais bem aceitos da história do Metal tupiniquim.

Mesmo com o grupo formado por músicos experientes da cena que fazem ou fizeram parte de lendárias bandas de nossa cena (leia-se: Siegrid Ingrid, NervoChaos, Anthares, Skullkrusher, Pentacrostic e Opera), ‘Condemning The empty Souls’ continua sendo o primeiro trabalho oficial sob o nome de SKINLEPSY.

E o reconhecimento foi amplo, de notas máximas e citações com um dos melhores discos do ano – não só no Brasil – a banda conseguiu pavimentar fortemente seu nome na cena.

A distribuição do material digital está sendo feita em parceria com Metal Media Digital Music. O álbum pode ser comprado nas principais lojas de venda digital ou diretamente pelo link: http://goo.gl/OUGOET. O álbum também está disponível para streaming no Spotify, Deezer, entre outros.

‘Condemning The Empty Souls’ foi lançado no Brasil, em CD, pela Shinigami Records. O material conta com as participações especiais de Luiz Carlos Louzada (Vulcano, Hierarchical Punishment, Chemical Disaster), Fernanda Lira (Nervosa) e Thiago Schulze (Divine Uncertainty).

Contato para shows e merchandise: skinlepsy@hotmail.com

Sites relacionados:



HellArise: Anunciando novo guitarrista


Ainda colhendo os frutos do EP “Functional Disorder”, o HELLARISE anuncia mais um membro na banda.

O grupo passa agora a contar com uma dupla nas seis cordas, entra o músico Daniel Crivello para acompanhar Mirella Max nas guitarras, o músico fez parte da Escola de Música e Tecnologia.

“Nos demos muito bem, tanto musicalmente quanto pessoalmente, e acredito que a sua técnica e visão musical tenha apenas a somar daqui pra frente”, comenta a guitarrista Mirella Max.

O HELLARISE disponibilizou recentemente o EP ‘Functional Disorder’ para audição gratuita no canal oficial do grupo no YouTube. Confira:


‘Functional Disorder’ foi lançado em 2013 de forma virtual e colheu grandes resultados para a banda, como menções de melhor EP do ano, melhor vocalista e novamente colocou a HELLARISE como revelações do cenário nacional.

Já o trabalho físico foi lançado com o apoio do público que doou quantias para que o projeto no site Catarse fosse aprovado. Mais uma prova do valor dado à banda pelo público headbanger.

‘Functional Disorder’ foi gravado no estúdio Pedrada e a capa foi desenvolvida pela artista Vivian Mota da Rabiscorama (www.facebook.com/rabiscorama).

Contato para shows e merchandise: contact@hellarise.com

Sites Relacionados:



Amazarak: Iniciada pré-venda do vinil de ‘Ascenção do Anticristo’


Recentemente foi anunciada a versão em vinil do álbum de estreia do AMAZARAK: ‘Ascenção do Anticristo’.

O trabalho a ser lançado pela Mafer Records já está em pré-venda por um preço especial e pode ser comprado pelo e-mail: dansilmafer@uol.com.br. A entrega está prevista para entre os dias 5 e 15 de setembro.


Recentemente o AMAZARAK anunciou uma mini-tour conjunta com o NervoChaos: ‘The Art Of Blasphemy Tour’. a turnê passará pelos os estados de São Paulo e Espírito Santo nos meses de setembro e outubro.

Pra este fim de semana, o grupo toca em São Paulo ao lado do Enthroned e do Ocultan. O show acontece no sábado dia 30 na casa de shows HANGAR 110.

E a blasfêmia não para! AMAZARAK se concentra na produção de seu novo disco. Em breve, mais detalhes serão anunciados.

Ouça uma música:



Sites relacionados: 




Panzer Fest: Chamada para a edição de Campo Grande



Já próximo da data de realização do PANZER FEST Edição Campo Grande/MS, a produção do evento libera um vídeo convocando para o festival. Assista:


A edição campo-grandense do festival acontecerá no dia 6 de setembro no Ultra Clube, e contará, além do PANZER, com as bandas HELLMOTZ, Shadows Legacy, Butehererow, Revenged, Death Soldier, Diabolical Hate

O evento está sendo produzido em uma parceria entre o PANZER e a Paulera Produções Pesadas. Esta é a terceira edição do PANZER FEST, primeira fora de São Paulo.

Para mais informações acesse:




Oligarquia: Atração do festival Releases in Death Fest em Minas Gerais


A agenda de shows do OLIGARQUIA não para! A banda acaba de confirmar a participação no festival Releases in Death Fest, que acontecerá em Juiz de Fora, Minas Gerais.

O evento, que acontecerá no dia 6 de setembro, contará ainda com as bandas Superius, Divine Death e Veneral Sickness.


Paralelamente aos shows, a banda se prepara para a pré-produção do novo álbum, que ainda não teve nenhuma informação divulgada.

Recentemente a banda liberou para audição o álbum ‘Distilling Hatred’, além de lançarem um novo site completo com várias informações destes 25 anos de banda.

Para ouvir o disco por completo, visite:


Para conhecer o site, acesse:


Contato para shows e merchandise: oligarquia@oligarquiadeath.com.br

Sites Relacionados:



Fonte: Metal Media
Minds That Rock!
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Brazil
Telefone: 55 19 98271-4968

Immortal Guardian: "super metal" dos EUA tem frontman brasileiro




Músicos jovens, muito peso, virtuose e um currículo individual invejável, fazem do IMMORTAL GUARDIAN um dos principais representantes da nova cena Heavy Metal nos EUA. Gabriel Guardian, por exemplo, foi sensação no YouTube ao demonstrar a habilidade com que toca guitarra e teclado ao mesmo tempo, ganhando a atenção e o patrocínio da Fender. Já a virtuosidade do guitarrista Jyro Alejo, conquistou o respeito de mestres como Michael Angelo Batio e Steve Vai, o que dispensa comentários. E o que falar de um vocalista que remete às melhores virtudes de Axl Rose e Rob Halford no ápice de suas carreiras?

Indo na contramão do Metalcore, atualmente a maior vertente de exportação do "Metal Made In USA", o IMMORTAL GUARDIAN faz uma mescla de Metal tradicional, Power, Prog e Thrash numa roupagem mais moderna, batizado pelos seus fãs americanos como "Super Metal". Essa riqueza de influências na música do grupo, o permitiu que tocasse para públicos totalmente distintos, ao lado de nomes como Metal Church, Soilwork e HeadCrusher, com ótima aceitação. E o currículo ainda inclui shows e festivais ao lado do Slayer, Symphony X, Tenancious D, Turisas, Nevermore e muitos outros expoentes do Metal mundial.

No entanto, o vocalista do grupo de Metal mais emergente dos EUA é um brasileiro, mais precisamente da cidade de Goiânia (Goiás), berço da música sertaneja. Carlos Zema, ou simplesmente Zema, chegou a fazer parte de bandas importantes do underground brasileiro, como seus conterrâneos do Heaven's Guardian e os brasilienses do Vougan, com quem lançou seus primeiros trabalhos oficiais, ganhando destaque no Brasil e Japão. Em 2007, Zema se mudou para os EUA em busca de sua carreira, e em pouco tempo se integrou ao Outworld, sua primeira grande vitrine para o mundo. De lá pra cá, conquistou respeito e o convite para participar de projetos ao lado de músicos de bandas como Symphony X, Halford, Testament, Yngwie Malmsteen, James LaBrie, Ark, Circle II Circle, Manowar, Sebastian Bach e outros da nata do Metal americano. 

Hoje, no IMMORTAL GUARDIAN, Zema é provavelmente o vocal brasileiro de maior prestígio nos EUA. "Não foi nada fácil chegar até aqui, mas graças a Deus estou colhendo frutos. Tenho orgulho de dizer que já gravei trabalhos com caras que eu tinha como ídolos, e hoje frequentam minha casa, como Metal Mike, Roy Z, David Shankle e Vernon Neilly", diz o vocalista brasileiro que atualmente vive em Austin (Texas), base do Immortal Guardian. "Acabamos de lançar o nosso segundo EP, 'Revolution Part I', que serve como aquecimento para nosso CD full, 'Revolution Part II', que já está todo composto, escrito e pré-produzido. Iremos gravá-lo em muito breve e também será produzido pelo Roy Z. Esses álbuns reúnem o melhor material que já fiz na minha carreira, e uma banda realmente incrível. Vamos iniciar nossa turnê em Setembro e faremos questão de passar pelo Brasil. Mal vejo a hora de tocar 'em casa' novamente com o IMMORTAL GUARDIAN e apresentar esse capítulo completo da 'revolução' para os bangers brasileiros!", finaliza Carlos Zema. 

Confiram o 1° teaser de "Revolution Part I":



Sites relacionados:


Resenha: Republica - Point of No Return (CD)

Wikimetal Music
Nota 9,5/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


Ser não convencional, de vez em quando, se mostra ser uma opção bem arriscada, e conforme as pessoas no leme da coisa, pode render mais problemas do que um "feedback" positivo. É preciso saber ter cuidado, pois por melhor que uma ideia seja, se mal administrada, não atinge seu objetivo. Mas quando bandas mais experientes metem a mão no vespeiro da não-convencionalidade, quase sempre surgem ótimos trabalhos. E como o REPUBLICA é bem conhecido por ser ousado e saber o que faz, não é de se estranhar que "Point of No Return" seja um discão de primeira.

Primeiro de tudo, a banda transita com muita sabedoria e bom gosto uma mistura muito boa de Hard Rock, uns toques de Southern Music aqui e ali, muito peso, melodias e mesmo um requintado toque bluesy e muito groove em diversos momentos. Falando, parece uma fórmula já vista/ouvida antes, mas não. O REPUBLICA é muito não convencional para cair nesse tipo de armadilha. Vocais agressivos em tons normais de voz (lembrando um pouco Phil Anselmo em vários momentos), guitarras em riffs cheios de energia e solos inspirados (sem nada de 1000 notas por segundo), baixo e bateria muito bem entrosados, sabendo guiar os andamentos da banda com peso e boa técnica. E isso tudo, somado, cria uma música cheia de vida, forte, pesada e muito envolvente, de extrema fácil assimilação.

Republica
Luiz Paulo Serafim cuidou da produção e mixagem de "Point of No Return" no Estúdio Electra (em SP), enquanto a masterização foi feita Stephan MarcussenLouie Teran (nos EUA), e verdade seja dita, eles acertaram a mão, pois a qualidade sonora do disco é de alto nível, algo raro de se ver por estas bandas, mas ao mesmo tempo que temos uma ótima qualidade sonora (cada instrumento e nuance do trabalho está extremamente clara aos ouvidos), temos um peso muito acentuado. Óbvio que a presença de Thiago Bianchi na produção dos vocais mostra que o quinteto teve toda uma preocupação em dar um acabamento perfeccionista ao trabalho. Já a arte, um trabalho muito bom, evoca os manifestos populares de 2013 no país, um tema que permeia bastante o trabalho lírico do grupo de forma bem subjetiva (basta pôr a mente para funcionar e as letras ganham clareza), e em um Digipack muito bonito e luxuoso. Ponto para a banda e para a gravadora.

Falar dos pontos fortes do álbum é obrigatoriamente falar dos arranjos bem esmerados, já que o grupo capricha demais nesse aspecto, pois as músicas estão muito bem preenchidas, sem espaços vazios ou um acorde ou detalhe que seja supérfluo. Nada disso, o encaixe é preciso e sem folga. E ainda temos a presença de Roy Z na guitarra solo de "Goodbye Asshole". Mas o Pai Marcão aqui deixa claro que o REPUBLICA se sai otimamente bem em canções mais duras e pesadas, ou em momentos mais tranquilos e intimistas.

"Time to Pay" é uma música azeda e pesada, com um andamento mais lento e denso (lembrando um pouquinho o SOUNDGARDEN devido à técnica da banda), com belos riffs (solo bem bluesy) e vocais muito bons (belos backing vocals, que se fique anotado). Um pouco mais energética e acessível é "Why?", com a presença marcante do baixo e da bateria. Em "Life Goes On", outra faixa bem pesada e de andamento mais mediano (que também é a música escolhida para o vídeo de divulgação do disco), surgem riffs à lá METALLICA da era do "Metallica" (o famoso "Black Album"), se destacando bastante os vocais um pouco mais agressivos e os solos carregados de wah-wah. Já "Change My Way" também tem um toque mais acessível, mas em uma faixa um pouco mais intimista e com feeling voltado ao Hard'n'Roll. Mais dura e carregada no peso é "Goodbye Asshole", também bem intimista e sinistra em vários aspectos, até ganhar um pouco mais de gás e agressividade com ótimos solos (mas como é Roy Z um dos solistas, não é de se estranhar, pois ele debulha!), e retornar ao mesmo clima de seu início. Um início ameno introduz "The Land of the King", que logo vira uma música bem agressiva e andamento ganchudo, evidenciando bastante o trabalho dos vocais e da base rítmica. A densa e também mais intimista "No Mercy" mescla momentos mais ríspidos e com belas melodias nas vozes, algo de muito bom gosto. Um belo Metal Rock é o que "Dark Road" nos trás, com um andamento bem variado entre momentos mais velozes e outros nem tanto, mantendo um clima bem empolgante e ganchudo, mas ao mesmo tempo, com boa acessibilidade comercial (mas sempre mantendo peso), outro desempenho ótimo da base rítmica. Outra bem Hard'n'Rol é "Fuck Liars", com ótimo refrão e guitarras em riffs ganchudos. E fechando, a ótima "El Diablo", essa a mais Rock'n'Roll de todas, capaz de balançar esqueletos e múmias, mas mantendo muito boa dose de peso e energia.

Um excelente disco de um nome que já participou de grandes festivais de nosso país, mostrando que não foi algo aleatório.

Parabéns ao REPUBLICA pelo ótimo trabalho!



Tracklist:

01. Time to Pay
02. Why?
03. Life Goes On
04. Change My Way
05. Goodbye Asshole
06. The Land of The King
07. No Mercy
08. Dark Road
09. Fuck Liars
10. El Diablo


Banda:

Leo Belling - Vocais
Jorge Marinhas - Guitarras
Luiz Fernando Vieira - Guitarras
Marco Vieira - Baixo
Gabriel Triani - Bateria


Contatos:

Twitter
Som do Darma (Assessoria de Imprensa)

Randy Rhoads Remembered: Duas datas confirmadas no Brasil em Outubro




Chega ao Brasil em Outubro o “Randy Rhoads Remembered” tributo ao guitarrista que influenciou os melhores guitarristas do mundo. Duas apresentações estão confirmadas para os dias 10 em São Paulo no Hsbc Brasil e 12 no Rio de Janeiro - Vivo Rio.

O guitarrista participou dos dois primeiros álbuns da banda: Quiet Riot I e Quiet Riot II e os dois primeiros discos de Ozzy, Blizzard of Ozz de 1980 e Diary of a Madman de 1981 e grande parte de sua contribuição musical estará no setlist desta homenagem.

Rhoads esteve em muitas capas de revistas e influenciou muitos guitarristas ao redor do planeta, incluindo Yngwie Malmsteen, Dimebag Darrell, Frank Hannon, Doug Aldrich, John 5, Steve Vai, Jake E. Lee, Zakk Wylde, Kirk Hammett, Michael Romeo, John Petrucci, John Frusciante, Tom Morello, Joe Holmes, Neal Grusky (Takara), Michael Angelo Batio, Brad Gillis, George Lynch, Synyster Gates, Alexi Laiho, Mick Thomson, Paul Gilbert e Buckethead.

O ex-baixista das bandas Quiet Riot e Ozzy, Rudy Sarzo, amigo pessoal e fã escreveu um livro sobre Randy Rhoads que se chama "Off The Rails" e conta entre outras coisas a relação entre os dois e a vida pessoal de Rhoads.

Confira abaixo a lista de celebridades do rock mundial que farão parte do line up desta grande homenagem.

Informações detalhadas sobre cada apresentação serão divulgadas nesta terça feira 26 de agosto nas páginas oficiais da Top Link Music.

www.toplinkmusic.com



Marketing artístico/entretenimento
Cel: +5511-987916446
Cel: +5511-77912363
Nextel ID: 55*966*13116

CJ Ramone: “usar camiseta dos Ramones por causa da moda é estudipez”




Prestes a desembarcar no Brasil pelo terceiro ano consecutivo, CJ Ramone, ex-baixista dos Ramones, declarou, em entrevista exclusiva à Folha de São Paulo, surpresa ao saber que as camisetas do lendário grupo de punk rock viraram artigo de moda e são vendidas em uma grande rede de lojas.

“Sou contra uma pessoa que não conhece Ramones comprar uma camiseta no shopping e sair por ai falando que gosta da banda. (…) É uma estupidez usar algo que não gosta, apenas porque é da moda. Respeitem o legado, por favor”, criticou o artista.


Cj Ramone inicia longa turnê pelo Brasil, nesta terça-feira (26/08), no Hangar 110, em São Paulo. Os ingressos continuam à venda. Mais informações abaixo.

O músico norte-americano vai passar pelos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiânia, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. São 12 apresentações pelo país.

O repertório será recheado por diversos clássicos dos Ramones, além das excelentes composições de seu álbum solo “Reconquista”. Também está confirmada a possibilidade de que canções de seu novo disco integrem o set list.

A turnê do músico consiste nas seguintes datas:

26/08 – Hangar 110 – São Paulo/SP
27/08 – NoCanto Bar – Nova Odessa/SP
28/08 – Bolshoi Pub – Goiânia/GO
29/08 – Tribal Club – Santos/SP
30/08 – London Pub – Uberlândia/MG
31/08 – Festival Porão do Rock – Brasília/DF
02/09 – Teatro Odisseia – Rio de Janeiro/RJ
03/09 – Espaço Cult – Curitiba /PR
04/09 – John Bull Lagoa – Florianópolis/SC
05/09 – Rock Show – Novo Hamburgo/RS
06/09 – Cond Show Bar – Caxias/RS
07/09 – Opinião – Porto Alegre/RS

Christopher Joseph Ward foi escolhido para substituir Dee Dee, o lendário baixista dos Ramones, em 1989, e ficou até o fim da banda em 1996. Com o grupo, e já usando nome de CJ Ramone, lançou os álbuns Loco Live (1991), Mondo Bizarro (1992), Acid Eaters (1994) e Adios Amigos (1995). Depois disso, o artista montou outros projetos como o Los Gusanos e Bad Chopper, e inclusive chegou a receber um convite para tocar no Metallica, mas recusou a oferta para cuidar do filho, que havia sido diagnosticado com autismo.

São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Brasília (DF), Curitiba (PR), Santos (SP), Florianópolis (SC), Palmas (TO), Taguatinga (DF), Maringá (PR), Bragança Paulista (SP), Fortaleza (CE), Estância Velha (RS) e Betim (MG) já receberam o ilustre músico.


Serviço São Paulo
CP Management & Hangar 110 orgulhosamente reapresentam CJ Ramone


Data: 26 de Agosto de 2014 (terça-feira)
Local: Hangar 110
End: R. Rodolfo Miranda, 110 – Metrô Armênia
Abertura da Casa: 19h
Bandas de Convidadas: Corazones Muertos – 20h15 | Garotos Podres – 20h45
CJ Ramone: 22h

Ingressos:
Pista: R$ 80,00 (1° lote promo/estudante)| R$ 90,00 (2º lote promo/estudante)
Mezanino: R$100,00 (apenas 50 pessoas)
*valor promocional/estudante mediante apresentação de 1kg de alimento não-perecível ou carteirinha de estudante do ano vigente no dia do show.

Pontos de venda:
Galeria Presidente: London Calling – R. 24 de Maio, 116 – (11) 3223.5300
Galeria do Rock: Consulado do Rock – (11) 3221.7933 | Loja 255 (11) 3361.6951
Galeria Ouro Velho: Atrox Casual Club – Rua Augusta, 1371 – Sobeloja 18 – (11) 3213.4343
Santo André:
Metal CDs – R. Dona Flaquer, 184 – (11) 4994.7565
Ratus Skateshop – R. Dona Flaquer, 286 – (11) 4990.5163
Venda online: Ticket Brasil: http://www.ticketbrasil.com.br
Infos: (11) 3229.7442
Imprensa: (11) 96419.7206 – press@theultimatemusic.com


Serviço Rio de Janeiro
CP Management orgulhosamente reapresenta CJ Ramone


Data: 2 de setembro de 2014 – Terça Feira
Local: Teatro Odisseia
End: Avenida Mem de Sá, 66 – Centro
Abertura da Casa: 20h
Bandas de Convidadas: Dillinger (Uberlândia/MG) e Antenna (Rio de Janeiro/RJ)
CJ Ramone: 22h30

Ingressos:
1º Lote: R$80,00 (estudante/promocional) | 2º Lote: R$90,00 (estudante/promocional)


Ponto de venda:
- Rio Sul (14h – 22h) – Av. Lauro Sodré, 445, 4º piso
- Ipanema (12h-20h) – Rua Visconde de Pirajá, 423
- Via Parque (10h-22h) – Av. Ayrton Senna, 3000
- Nova América (10h-22h) – Av. Pastor Martin Luther King Jr, 126, 1º piso, Expansão
- Plaza Niterói (10h-22h) – Rua Quinze de Novembro, 04, loja 202/2, Centro
- E-Moviment Barra Square –(10h-22h segunda à sábado)Av. das Américas 3555, Bl02 Lj211
- Multimarcas Exclusiva (10H-20H) – Av Nossa Senhora de Copacabana 723b
- SNC Tijuca – (9h-20h segunda a sexta – sábados de 9h às 15h) Rua Conde de Bonfim 232
- MicMic Downtown Barra
- MicMic Shopping Vertical Centro
- Carnificina Tattoo Ipanema (11-20h) – Rua Visconde de Pirajá 180 loja E
- Duque de Caxias: Rock For You – Shop Estação Fashion – Av. Presidente Kennedy, 1910

Infos: 21 2558.2213
Imprensa: (11) 96419.7206 – press@theultimatemusic.com


Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC – PR:
26/08 – CJ Ramone – Hangar 110 – SP/SP
07/09 – DEATH: DTA – Via Marquês – SP/SP
11/09 – Cavalera Conspiracy + Krisiun + Confronto – Circo Voador – RJ/RJ
13/09 – Raimundos – Plaza Hall – Sorocaba/SP
13/09 – Peter Murphy e Wayne Hussey – Carioca Club – SP/SP
27/09 – Dave Evans (1º vocalista do AC/DC) – Gillan’s Inn Rock Bar – SP/SP
27/09 – Angra – Plaza Hall – Sorocaba/SP
28/09 – Gloria + Strike – Plaza Hall – Sorocaba/SP
04/10 – Exodus – Carioca Club – SP/SP
12/10 – Toxic Holocaust – Clash Club – SP/SP
08/11 – Behemoth – Carioca Club – SP/SP
20/11 – Kansas – Vivo Rio – RJ/RJ
21/11 – Kansas – HSBC Brasil – SP/SP
02/11 – Rosa de Saron – Clube Ítalo Brasileiro – Limeira/SP
07/12 – O Teatro Mágico – Clube Ítalo Brasileiro – Limeira/SP
13/12 – O Teatro Mágico – Plaza Hall – Sorocaba/SP
14/12 – Rosa de Saron – Plaza Hall – Sorocaba/SP
Mais infos sobre os shows acima, acesse https://www.facebook.com/UltimateMusicPR.



Blodhemn to Support Mayhem





Since it's inception in 2004, BLODHMEN has been working tirelessly to further the sound of Black Metal, and after the EP "Brenn Alle Bruer" and debut album "Holmengraa", both critically acclaimed, the Norwegian one-man band is now preparing to unleash their yet untitled sophomore effort on Indie Recordings.

In support of the record due out in November 2014 they are proud to confirm their first ever European tour as direct support to the legendary Norwegian black metal band, Mayhem!

As a live band BLODHEMN sports a four-piece lineup delivering a blend of no nonsense Thrash and high octane Heavy Metal with its traditional old-school blackness. BLODHEMN's coming record is as aggressive as ever, yet on a grander scale. It is simply more epic as the grim assault of fast, blasting riffs are contrasted with longer, melancholy melodies sounding like the ocean after a storm, beautiful but ravaged and hurting. The result is a collection of true Norwegian grandeur and raw, salted wounds, daring you to behold it and reward those that do.

Check out the debut album "Holmengraa" on digital services iTunes, Spotify, WiMP, Amazon, or buy the physical album on Platekompaniet, CDON or on the Indie Recordings Web Shop.


Links: