20 de jun de 2013

Pop Javali - 05.07.13 - SESC - São José dos Campos - SP



========


Atrações/Bandas: Pop Javali
Data do evento: 05.07.13
Início: 19:30
Local do evento: Sesc São José dos Campos
Endereço: Rua Adhemar de Barros, n° 999 - São José dos Campos/SP. 

Ingressos/valores: ENTRADA FRANCA 

Realização/informações: SESC São José dos Campos

Serviço/informações adicionais
A banda Pop Javali estará neste show divulgando canções de seu último trabalho em estúdio, o álbum "No Reason To Be Lonely" e novas canções do futuro álbum da banda que está sendo gravado e com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2013.

Links relacionados

Pop Javali - contato para shows/entrevistas/merchandise: rivendellradio@live.com


========


Nervosa: anunciada nova baterista. Veja vídeo


É com muita satisfação que a banda NERVOSA anuncia oficialmente sua nova e definitiva baterista.

Após um período de transições para escolha de quem estaria no comando das baquetas da banda, Pitchu Ferraz é a nova integrante do trio paulistano de Thrash Metal.

Com cerca de 20 anos de carreira baterística, Pitchu já tocou em diversas bandas da cena da música pesada, dentre elas Ajna, Blenda, dentre outras.

No vídeo abaixo, você poderá conferir a baterista tocando trechos de músicas da NERVOSA.

O vídeo foi gravado na Sala A do Estúdio Produssom, em São Paulo, onde as meninas já realizaram alguns pocket shows e foi produzido, filmado e editado por Marianne Senna (Mi Senna), que já havia realizado outros vídeos com Pitchu previamente, e é a mais nova parceira de produções audiovisuais da banda.

Para conferir o vídeo na íntegra basta conferir no vídeo abaixo.


Ou acessar as páginas da NERVOSA:

Flyleaf cancela show no Brasil




========



A Dark Dimensions, produtora responsável pela vinda de diversos artistas importantes como Sebastian Bach, Rob Halford, Skid Row, Apocalyptica ao Brasil, infelizmente, comunica o cancelamento da única apresentação da banda norte-americana FLYLEAF no país, devido a problemas que não estão sob controle da produção do evento ou do artista. O show estava agendado para o próximo dia 7 de julho, no Carioca Club, em São Paulo. Esta seria a primeira vez que o grupo viria ao país. Ainda não há uma nova data confirmada.

Por medida de segurança, a Dark Dimensions fará o reembolso do valor dos ingressos (pista e camarote) por meio de crédito na conta corrente (para clientes que efetuaram a compra via depósito bancário) e via PagSeguro (devolvendo o valor na conta do cliente no próprio PagSeguro). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail darkdimensionsbrazil@gmail.com.

Kristen May (vocal), Sameer Bhattacharya (guitarra), Jared Hartmann (guitarra), Pat Seals (baixo) e James Culpepper (bateria) recentemente anunciaram uma longa turnê pelos EUA ao lado do P.O.D.. Neste momento, eles estão promovendo o álbum “New Horizons”. Este trabalho foi produzido pelo renomado produtor Howard Benson (Bon Jovi, My Chemical Romance), em Los Angeles. Apenas nos EUA, este disco vendeu mais de 20 mil copias logo na primeira semana de lançamento e, consequentemente, alcançou a 16° posição no The Billboard 200 chart.

Formada em 2000, na cidade de Belton (TX), o Flyleaf vendeu em seus dois primeiros álbuns ("Memento Mori" e FLYLEAF) mais de 1,6 milhão de cópias nos EUA, conquistando o importante certificado de platina.

Links relacionados:


========

A/C Costábile Salzano Jr
11 4241.7227
13 9161.6267

Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC - PR:
23/06 – Confronto – Teatro Odisséia – RJ/RJ
29/06 – Confronto|Xtreme Noise Fest – Inferno Club – SP/SP
02/07 – CJ Ramone – Fenix Club – Santos/SP
05/07 – CJ Ramone – Hangar 110 – SP/SP
27/07 – Shadowside|Ruari Fest – Centro de Eventos Municipal – Limeira/SP
04/08 – Extreme Hate Festival – Carioca Club – SP/SP
22/09 – Sebastian Bach – Carioca Club – SP/SP

Focus - X (CD)

Die Hard Records- Nacional
Nota 9

Por Marcos Garcia

Entre o final da década de 60 e o início dos anos 70, surge um dos movimentos musicais de mais forte influência em nosso país, e mesmo no exterior: o Rock Progressivo.

Este é, até os dias de hoje, fonte de inspiração para muitos músicos em várias vertentes do Rock, inclusive o Metal, onde músicos reconhecidos já fizeram referências mil à JETHRO TULL, PINK FLOYD, ELP, ELOY e tantos outros mais e menos conhecidos do grande público. E mesmo sob a avalanche de bons nomes, o quarteto holandês FOCUS chamava bastante a atenção por sua música refinada, muito bem trabalhada e com grande diversidade, já que incursões de Jazz, Fusion e mesmo de Hard Rock em sua música são bem claras. E a Die Hard Records, sempre erguendo a bandeira da arte pela música, bancou o desafio e pôs no mercado a versão nacional de 'X', o CD mais recente do grupo.

O FOCUS faz um trabalho extremamente agradável aos ouvidos e coração, pois sua música mostra uma estética minimalista, visceral e parnasiana (ou seja, a música pela música), mas sem perder sua elegância e capacidade de fascinar a todos. Ou seja, guitarras, baixo e bateria se unem ao velho Hammond, flautas e vocoder, e mais alguns vocais bem postados (com alguns convidados ilustres), para nos brindar com músicas de alto nível, mas lembramos que 60% desse CD é instrumental, ou seja, aquele tipo de música que é excelente para deixar a mente com seus horizontes ampliados.

As mãos de Bobby Jacobs (baixista do grupo) produziram o trabalho, deixando a gravação extremamente limpa e esmerada, mas aquele climão de anos 70 permeia todas as músicas, ou seja, requinte e qualidade sem deixar as raízes sonoras do grupo. Já o trabalho gráfico é do mais alto nível, e mais uma vez, vemos uma releitura perfeita do parnasianismo artístico da década de 70, bem feita e com tons de cores agradáveis aos sentidos.

Falar na música que estes caras fazem é algo desnecessário para quem conhece o quarteto, pois o disco é nivelado por cima em termos de qualidade e bom gosto, gerando jóias que realmente chegam ao coração do ouvinte sem esforço.

'Father Bacchus' é uma ótima e vigorosa instrumental, com aquele clima etéreo dos anos 70, com belíssimas passagens, especialmente por momentos brilhantes de baixo e flauta, e isso quando o Hammond de Thijs não nos deixa boquiabertos. Já 'Focus 10', que é outra instrumental, é mais intimista e amena, com um trabalho lindo de guitarras e teclados, e em 'Victoria', temos essencialmente uma faixa com os mesmos elementos (mas não se confunda, não é uma cópia da anterior), que ganha um pouco mais de gás próxima ao final. Quando se ouve 'Amok In Kindergarten', ouvimos uma forte veia jazzística aparecer em meio à arranjos minimalistas de baixoe incursões de pianos. 'All Hens On Deck' já é uma faixa mais cheia de vigor e vibração, com baixo e bateria mostrando um dinamismo forte nos andamentos, para que os teclados e guitarras possam surgir de forma apoteótica. Em 'Birds Come Fly Over (Le Tango)', primeira faixa cantada do disco, temos novamente aquele clima mais intimista do Jazz até o meio da canção, que logo ganha mais dinamisno, mas retoma a ambientação mais amena do início, sendo que seus vocais são de Ivan Lins, pianista e cantor brasileiro de MPB muito conhecido nos 70 e 80. Já 'Hoeratio' é mais climática e densa, com um belíssimo solo de guitarra de deixar muitos "fritadores" atuais de boca aberta. Um pouco mais voltada ao Folk tradicional europeu é 'Talk of the Clown', conduzida muito bem pela bateria e flauta, que funciona como uma intro para a bela 'Message Magique', que emociona o ouvinte por sua simplicidade e elegância. Fechando, temos 'Crossroads', que apesar do nome um pouco manjado, é uma faixa bem mais forte e com levada mais técnica e acelerada, onde surge um ótimo solo de bateria e com incursões do baixo bem técnicas.

Enfim, um ótimo CD, feito com muito carinho, e sente-se pulsar nas músicas a espontaneidade de seus compositores. E que serve como forma de os mais jovens conhecerem um pouco mais da história do FOCUS e do próprio Rock Progressivo. 


Tracklist:

01. Father Bacchus
02. Focus 10
03. Victoria
04. Amok In Kindergarten
05. All Hens On Deck
06. Birds Come Fly Over (Le Tango)
07. Hoeratio
08. Talk of the Clown
09. Message Magique
10. Crossroads


Formação:

Thijs van Leer – Teclados, Hammond, flautas, vocais
Pierre van der Linden – Bateria
Menno Gootjes – Guitarras, vocais
Bobby Jacobs – Baixo
Ivan Lins – Vocais em 'Birds Come Fly Over (Le Tango)'
Berenice van Leer – vocais em 'Crossroads'



Contatos: