29 de dez de 2012

Goatlove - The Goats are not What They Seem


Independente - Nacional
Nota 10

Por Marcos Garcia

Na história do Metal e do próprio Rock'n'Roll como um todo, muitos dos discos que foram burilados até a exaustão foram verdadeiros fracassos musicais (nem citaremos o aspecto comercial), ao passo que alguns feitos de forma mais despojada e descompromissada obtiveram resultados singulares, sendo verdadeiras referências. São discos assim que marcam época, que fazem o fã vibrar e que ficam eternizados. E um sério candidato brazuca  a entrar neste time é, sem sombra de dúvidas, o GOATLOVE, que chegam com seu excelente 'The Goats are not What They Seem', que saiu no apagar das luzes de 2012.

A banda não quer saber de ser inovadora, de salvar o Rock, de serem Rockstars, e é justamente sendo despojados que sua música ganha forma e vitalidade, em um Metal/Rock extremamente empolgante e grudento, em uma linha lembrando o Hard de bandas como THE CULT e AC/DC com o ranço de Punk Rock e do próprio Rock'n'Roll, ou seja, muita melodia e pegada, em um disco repleto de hits instantâneos, que você ouve e sai cantarolando. Ótimos vocais, bem despojados, mas mostrando um trabalho bem legal, guitarras faiscando em bases e solos pesados e ganchudos, cozinha baixo-bateria mostrando muito peso e boa técnica. E quando funde-se tudo isso, temos uma banda coesa e firme, executando seu Goat'n'Roll com maestria.

A produção musical do trabalho ficou nas mãos de Marco Nunes, guitarrista da banda, que soube deixar o trabalho soando com energia e bem espontâneo, forte e com vitalidade incrível, mas sem deixar de ser limpo e bastante claro aos ouvidos. Já a capa, em um belíssimo trabalho da fotógrafa Priscilla Zamarioni, tendo a modelo Li Borges na capa. Uma referência explícita à capa do primeiro disco do BLACK SABBATH, só que ao invés de uma velha senhora, temos uma bela jovem, mostrando que estes sacanas não tem nada de bobos.

Quando o CD começa a rolar, é melhor aumentar bastante o volume, pois é um remédio ótimo contra o estresse, bem como vai deixar seus vizinhos fãs de pagode, funk e axé com raiva, pois este Bode tem chifres bem grandes e que fazem a inveja alheia aparecer.

É injusto querer destacar uma música em meio de 11 odes ao bom e velho 'Rock'n'Roll Way of Life', já que o trabalho se nivela por cima, e é muito homogêneo. Se quiserem um referencial, ouçam logo a raivosa 'Brand New Horse', uma paulada bem pesada e cheia de energia, onde a bateria mostra sua categoria; o hit 'Beautiful Bomb', com vocais e guitarras ótimas, e um refrão absolutamente ganchudo; a boggie 'Here She Comes (Hot Stuff)', com solos carregados no "wah-wah" e uma participação de vocais femininos bem legal; 'Desperate Passion', com um jeitão um pouquinho mais Gothic Rock, e assim, o baixo aparece bastante; a despojada 'Automatic Fire'; a grudenta e empolgante 'St. Pity', com ótimo refrão, vocais muito bem postados, guitarras faíscantes, baixo e bateria fortes e entrosados; e a longa e ótima 'Devil Sun'. E não, nenhuma das faixas não citadas é ruim em relação a estas, não confundam as coisas, por favor. O CD é irrepreensível.

Já que no país andam instituindo tanta 'bolsa-sei-lá-o-que', que tal instituírem a bolsa-GOATLOVE?

Essa faz bem e educa as crianças no bom caminho!


Tracklist:

01. Brand New Horse
02. Beautiful Bomb
03. Here She Comes (Hot Stuff)
04. Blade Of Love
05. Desperate Passion
06. Kill Somebody
07. Ultramarine Dog
08. Automatic Fire
09. I Don’t Believe
10. St. Pity
11. Devil Sun


Formação:

Roger Lombardi – Vocal
Marco Nunes – Guitarra
Fábio Gusmão – Guitarra
Frank Gasparotto – Guitarra
Renato Canonico – Baixo
Alexandre Watt – Bateria


Contatos:

www.goatloveweb.com
https://www.facebook.com/goatloveweb
http://metalmedia.com.br/goatlove
http://www.myspace.com/goatloveweb
www.tramavirtual.com.br/goatlove
https://twitter.com/goatloveweb
http://www.youtube.com/goatloveweb
http://soundcloud.com/goatlove
http://reverbnation.com/goatlove

Os melhores de 2012 segundo Ben Ami Scopinho



Um dos nomes mais fortes da imprensa especializada no Brasil é o de Ben Ami Scopinho, graças ao seu trabalho reconhecido no Whiplash. Foi lendo suas resenhas que este que vos escreve aprendeu muita coisa.

Sem mais delongas, vamos ver a opinião de Ben sobre os melhores de 2012.

Onde Trabalha na Imprensa, e com o que: www.whiplash.net / colaborador (resenhas e entrevistas)

Melhores 5 Discos Internacionais:

BORKNAGAR - Urd
LITTLE CAESAR - American Dream
CRIPPLED BLACK PHOENIX - (Mankind) The Crafty Ape
MOONSPELL - Alpha Noir / Omega White
RICHIE SAMBORA - Aftermath Of The Lowdown



Melhores 5 Discos Nacionais:

HEADHUNTER D. C. - ...In Unholy Mourning...
SILENT CELL - The Absence Of Hope
HEPTAH - Master Of Delusion
RYGEL - Imminent
TORQVEREM - Vber Crvciatvs

Melhor DVD: Saxon - Heavy Metal Thunder Live - Eagles Over Wacken

Melhor Show nacional (Banda /Local): Rinoceronte no Psicodália (Rio Negrinho, SC)

Melhor Show internacional (Banda/Local): Crucified Barbara (Florianópolis, SC)

Revelação: Silent Cell

Decepção de 2012: 'A Different Kind Of Truth', do VAN HALEN