3 de ago de 2017

THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA: announce European shows for fall/winter 2017!

Photo by Wayne Bregulla

After overwhelmingly positive response from both media and fans on their most recent album, “Amber Galactic”, Swedish classic/progressive rock supergroup THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA (featuring members of SOILWORK and ARCH ENEMY) have announced a bunch of European shows or fall/winter 2017.

"We are extremely excited to go out on our first real tour with THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA. The response has been massive and by public demand and with our throbbing classic rock hearts, we'll give you a real rock show, the way it was meant to be. Buckle up, we're taking off!" - Björn Strid

THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA live:

20.10. DK Copenhagen, High Voltage  TICKETS
21.10. SE Gothenburg, Sticky Fingers  TICKETS
13.12. NL Utrecht, De Helling  TICKETS
14.12. DE Mannheim, MS Connexion Complex  TICKETS
15.12. DE Cologne, Luxor  TICKETS
16.12. FR Paris, Nouveau Casino  TICKETS
19.12. DE Munich, Backstage Club  TICKETS
20.12. DE Berlin, Frannz Club  TICKETS


“Amber Galactic” was awarded as "album of the month" in various renowned European music magazines such as ROCK HARD (Germany), ROCK HARD (France), SWEDEN ROCK MAGAZINE (Sweden), POWERMETAL.DE (Germany), UNITED ROCK NATIONS (France).

The album also reached high soundcheck positions in other magazines:
METAL HAMMER (Germany): #2
DEAF FOREVER (Germany): #3
AARDSCHOK (Netherlands): #3

More on “Amber Galactic”:

Album trailer #1: https://youtu.be/gRtYJvO_m3E


Album trailer #2: https://youtu.be/9lONkhOA_Hw


A message from outer space: https://youtu.be/IEgbRcaGpQk




'Midnight Flyer' lyric video: https://youtu.be/JToNqBY0s-U


'Gemini' music video: https://youtu.be/QOcnKnNKv-A


'Sad State Of Affairs' visualizer: https://youtu.be/8uMmNx5xRXQ


'Domino' visualizer: https://youtu.be/73a2YZXkPGo


'Something Myterious' music video: https://youtu.be/puLWLR28LDg


“Amber Galactic” is available as limited edition digipak CD featuring an alternate cover art (see at bottom of this message), 2LP vinyl and as digital download and stream via all known platforms.

The album is available for purchase here: http://nblast.de/TNFOAmberGalacticNB

Standard cover for jewel case CD, vinyl and digital download/stream
alternate cover art for limited edition digipak CD

The tracklist for “Amber Galactic” reads as follows:

01. Midnight Flyer
02. Star Of Rio
03. Gemini
04. Sad State Of Affairs
05. Jennie
06. Domino
07. Josephine
08. Space Whisperer
09. Something Mysterious
10. Saturn In Velvet
11. Just Another Night BONUS TRACK (limited edition digipak, vinyl)
12. Fly Tonight (Never Rewind) BONUS TRACK (Japan only)




When asked about the direction of NFO within the realm of classic rock, Strid explains with a chuckle: "Most other classic rock bands sound like weed or LSD - we sound like cocaine."

“Amber Galactic” was recorded at Handsome Hard Studio in Lund, Sweden. The album follows THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA's two previous releases, 2012’s “Internal Affairs” and 2015’s “Skyline Whispers”.

THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA members:
Björn Strid - vocals
Sharlee D' Angelo - bass
David Andersson - guitars
Richard Larsson - keyboards
Jonas Källsbäck - drums
Sebastian Forslund - guitars, percussion


Source: Nuclear Blast

CÉU EM CHAMAS: em evento beneficente ‘Das Tripas Coração’



O CÉU EM CHAMAS vai até a cidade de Mogi Guaçu, interior de São Paulo, para se apresentar na sexta edição do festival Das Tripas Coração.

O evento alia a divulgação de bandas do cenário underground de todas as vertentes, abre espaço para outras formas de expressões artísticas, à uma causa social. Nossa causa nesta edição é unir forças para ajudar a Paola Eduarda a ter uma nova cadeira de rodas. Ela é uma adolescente de 16 anos, que teve paralisia cerebral durante o parto, ficou com sequelas, ela não anda, não fala e precisa da ajuda dos familiares para suprir suas necessidades básicas, por exemplo, para se alimentar, tomar banho, se vestir, etc.

Além do CÉU EM CHAMAS, as bandas Coice, Metânira e Diatribe também se apresentam. O festival acontece no dia 12 desse mês no Rota 25 Beer. Mais detalhes no link: https://goo.gl/56j2uz


O CÉU EM CHAMAS divulga o álbum ‘Infernal’. O disco foi liberado para audição gratuita. Para baixar o trabalho, visite um dos links:


‘Infernal’ foi gravado no Black Stone Studio e produzido por Bruno Cestari. A arte da capa feita pelo próprio guitarrista, Alemão Pompeu.

Um lyric video para a música ‘Sopro da Destruição’ foi lançado, assista:



Já a música ‘Portões do Inferno’ ganhou um videoclipe:




Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

AFFRONT: pertubador clipe para a música ‘Conflicts’ está disponível



Está lançado o novo clipe do AFFRONT, agora para a música ‘Conflicts’, retirado de seu debut ‘Angry Voices’.

Em parceria com a empresa Criatoriom Prods e o diretor Edu Nascimentto, a banda apresenta um clipe recheado de cenas perturbadoras e contestatórias em uma belíssima produção audiovisual, assista:



O videoclipe faz parte da divulgação do novo disco, ‘Angry Voices’, lançado no ano passado e que colocou o grupo entre as novas forças do cenário nacional, afinal de contas, mesmo o nome sendo novo, o grupo é formado por experientes músicos do lendário Unearthly.

‘Angry Voices’ foi gravado no Musicalico Studio no Rio de Janeiro e produzido por R.Rassan e M.Mictian. A Mixagem e masterização ficaram nas mãos de Daniel Escobar. A capa ficou nas mãos de Marcelo Vasco (Slayer, Machine Head).


Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

DARK AVENGER: rompendo barreiras com novo álbum



O DARK AVENGER sempre foi um trabalho em andamento, seus músicos nunca omitiram que “mais-do-mesmo” é algo que incomoda o grupo e sempre olharam para frente, sem nunca deixar de respeitar seu passado.

O mais novo trabalho, ‘The Beloved Bones: Hell’, é o ápice dessa proposta até o momento e conseguiu apresentar uma banda complexa em sua música e profunda em suas letras, ao mesmo tempo que o “sabor” do DARK AVENGER continua lá, sem descaracterizar-se.

Tal paixão e dedicação pela obra também refletiu nas críticas dos sites especializados que viajam junto com a banda pelo seu EU e estão aclamando-o como um dos principais lançamentos do ano. Confira algumas citações:

“Um dos grandes discos de 2017!” (10/10) – Metal Samsara
“Uma obra vigorosa e muito interessante, mantendo o Dark Avenger no topo do rock pesado nacional” – Combate Rock
“Poucas vezes me vi envolvido dessa forma por um álbum” – A Música Continua a Mesma
“Um passo à frente por parte do Dark Avenger” – Consultoria do Rock
“Amplamente recomendado” (10/10) – Mother Of Power Metal (México)
“Mas é também um disco que não basta apenas ouvir” (10/10) – Whiplash
“Vai mais além do que conhecemos do Dark Avenger” – Metal na Lata


Mas não foram só os críticos que abraçaram essa experiência oferecida pelo DARK AVENGER. O público tem apoiado a banda e mantém o disco entre os cinco mais vendidos da loja Die Hard, um dos principais varejistas especializados da América do Sul, por quase um mês.

O profundo conceito de ‘The Beloved Bones: Hell’ foi criado pelo vocalista Mário Linhares e as composições ficaram nas mãos do cantor e dos guitarristas Glauber Oliveira e Hugo Santiago.

Toda a produção do álbum, da gravação e mixagem, que foram realizadas no Asylum Studios, em Brasília/DF, pelo próprio guitarrista Glauber Oliveira. A masterização ficou a cargo do sueco Tony Lindgren. A capa é uma arte do francês Bernard Bitler.

O primeiro single, um lyric video para a faixa-título, está disponível:



Um show para celebrar o lançamento do álbum em São Paulo foi anunciado. O evento acontece no dia 30 de setembro, no Clash Club. Os ingressos antecipados já estão à venda, saiba mais pelo link: https://www.facebook.com/events/199980260527776/


Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

Aeon Prime: disco também está em todas as plataformas digitais do mundo



Além de estrear na principal plataforma do momento, Spotify, ‘Future Into Dust’ também está disponível em todos os serviços de música digital do mundo.

Nomes como iTunes, Amazon, Deezer e centenas de outros já tem disponível o álbum do AEON PRIME. Para ouvir/comprar/baixar, visite sua plataforma de preferência ou um dos links abaixo:


‘Future Into Dust’ é o primeiro álbum completo do AEON PRIME. O disco foi lançado no ano passado e a mistura de Heavy e Prog Metal do grupo foi recebida com entusiasmo pelos fãs e pela crítica especializada, chegando a ser citado nas listas de melhores lançamentos nacionais de 2016.


O disco foi gravado no estúdio Masterpiece, produzido, mixado e masterizado por Pedro Esteves (Liar Symphony) e contou com “coaching vocal” do vocalista Leandro Caçoilo (Seventh Seal, Pit Passarell). A arte da capa é uma obra do artista Ed Anderson.

Quem preferir o disco físico, ele e todo o merchandise oficial do AEON PRIME está disponível em sua loja virtual. Envio para todo o Brasil:



Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

ARMORED DAWN: com produção ‘hollywoodiana’ novo clipe está disponível



‘Sail Away’ acaba de ganhar um belíssimo videoclipe, primeiro retirado de ‘Barbarians In Black’, novo disco do ARMORED DAWN que será lançado ainda esse ano.

A produção, nas mãos da empresa Ideia House, trouxe ares ‘hollywoodianos’ para o clipe que contou com a participação de muitos profissionais e a paixão dos músicos do ARMORED DAWN que entraram no clima do clipe.



‘Barbarians In Black’, segundo álbum do grupo, está previsto para outubro/novembro deste ano. A produção ficou por conta de Bruno Agra (We are Harlot) e do americano Kato Kandwala (The Pretty Reckless, Papa Roach), além da masterização do também americano Ted Jensen. A capa é uma arte do brasileiro João Duarte.

O disco contará com dez faixas e está mais pesado que seu anterior, ‘Power Of Warrior’. A temática Viking estará presente em todas as músicas. Confira o tracklist:

1. Beware of The Dragon
2. Bloodstone
3. Men of Odin
4. Chance to Live Again
5. Unbreakable
6. Eyes Behind The Crow
7. Sail Away
8. Gods Of Metal
9. Survivor
10. Barbarians In Black


Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

MYRKGAND: projeto brasileiro reúne grandes nomes do Metal mundial


MYRKGAND é a one-man-band do talentoso músico multi-instrumentista pessoense Dmitry Luna e está lançando seu primeiro álbum, autointitulado.

Apesar de difícil rotulação, MYRKGAND pode ser tratado como um projeto de Death/Black/Folk Metal que baseia-se em fantasia, magia, lendas, sangue e batalhas épicas buscando sempre um diferencial em sua complexa criação.

Para enriquecer ainda mais o trabalho, o músico Dmitry Luna não poupou esforços e reuniu uma seleção mundial de grandes músicos para participarem do disco. Nomes de bandas como Symphony X, Novembers Doom, Korzus e Mystifier estão na lista, confira todas as participações:

Vito Marchese (Novembers Doom/The Kahless Clone)
Lord Vlad (Malefactor)
Rafael Cadena (Cangaço)
Mike LePond (Symphony X)
Antonio Araújo (Korzus/One Arm Away)
Andre Tulipano (Steel Warrior)
Jairo Neto (Cruor)
Alysson Drakkar (Luxúria de Lillith)
Jafet Amoêdo (Malefactor)

O álbum ‘Myrkgand’ foi gravado, mixado e masterizado no Darkside Studio, em Recife, com produção de Dmitry Luna. Já a capa ficou nas mãos do artista Emerson Maia, com colorização por Antonio Cesar.

O disco já está disponível em formato digital nas principais distribuidoras de música digital do mundo e em breve ganhará uma versão física pelo selo Nuktemeron Productions, cuja pré-venda já está acontecendo pelo Facebook oficial da banda.

Quem quiser conhecer o trabalho, um lyric video para a faixa ‘Mysterious Malediction’ com participação do baixista do Symphony X, Mike LePond, do guitarrista do Korzus, Antonio Araujo, do vocalista do Steel Warrior, Andre Tulipano, e de Jairo Neto do Cruor fazendo o coro “dos anões”:




Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

GUILHERME COSTA: “quero produzir novamente com o Gus Monsanto”



O guitarrista GUILHERME COSTA falou ao programa Liquidificador Metal da Mkk Web Radio sobre o lançamento e repercussão do EP de estreia “The King’s Last Speech” (2017), o trabalho com os produtores Gus Monsanto e Celo Oliveira, a riqueza de influências que utiliza na criação das músicas, novos projetos e muito mais!

Confira a entrevista completa e as músicas “Come on and Play”, “The King’s Last Speech” e “The Beginning of a Journey” aqui http://bit.ly/2vwPOHv


Acompanhe GUILHERME COSTA no Facebook: www.facebook.com/guilhermecostaguitar

Fonte: Dunna Records

ESCARNNIA: “Humanity Isolated” está disponível na loja da Sangue Frio Records


Agora ficou ainda mais fácil adquirir o bem recebido debut álbum da banda de Death Metal tocantinense ESCARNNIA.

Lançado em no início de 2017, via Classic Metal Records, “Humanity Isolated” não demorou a ganhar destaque, obtendo ótimas críticas em grandes veículos de imprensa do Brasil e exterior.

E para aumentar a sua visibilidade, o grupo disponibilizou o trabalho na loja oficial do selo SANGUE FRIO RECORDS, facilitando ainda mais a acessibilidade para seus seguidores na hora de adquiri-lo, veja: http://sanguefrioproducoes.com/loja/inicio/40-escarnnia-humanity-isolated-slipcase-com-relevo-adesivo.html


“Humanity Isolated” foi gravado e produzido pelo talentoso Thiago Hospede – guitarrista da banda Worst – no Estúdio Lamparina em São Paulo no ano de 2016. Agora, pós-lançamento bem-sucedido, o ESCARNNIA inicia a fecha de datas para shows em suporte a divulgação do álbum supracitado. Para mais informações sobre como reservar uma data para qualquer cidade do país, basta entrar em contato através dos e-mails contato@sanguefrioproducoes.com ou escarnnia@gmail.com.

Entre outras notícias, o grupo afirma que em breve estará lançando este material dentre as principais plataformas digitais, via SANGUE FRIO RECORDS. Mais informações sobre esse e outros lançamentos do selo escreva para sanguefriorecords@sanguefrioproducoes.com.

Contato para shows e assessoria: http://www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:

IMPÉRIA: novos projetos e lançamentos na Mkk Web Radio



Marcio Deliberalli, vocalista do IMPÉRIA, participou do programa E Aí, Vamos Falar de Rock, que vai ao ar pela Mkk Web Radio, e falou sobre mudança de planejamento com lançamento de singles, processo de composição da nova música “Liberte seus Instintos”, os conceitos filosóficos das letras e mais!

Confira entrevista completa e as músicas “Eu Sou o que Eu Sou”, “Dias de Paz” e “Liberte seus Instintos” aqui http://bit.ly/2f8Glix


Acompanhe IMPÉRIA no Facebook: www.facebook.com/bandaimperia

Fonte: Island Music

ATTRACTHA: tudo sobre álbum de estreia na Rock Meeting #94


Humberto Zambrin, baterista do ATTRACTHA, falou em entrevista a revista Rock Meeting #94 sobre o álbum “No Fear to Face what’s Buried Inside You” (2016), o trabalho de Edu Falaschi na produção, a excelente repercussão do disco perante público e mídia especializada, importância do material audiovisual com o lyric video “231” e videoclipe “Payback Time” e muito mais!

Leia online: www.rockmeeting.net

Acompanhe ATTRACTHA no Facebook: www.facebook.com/AttracthA

Fonte: Dunna Records

SKYMETAL: banda lança coletânea para ajudar antigo baixista


Mesmo estando fora de atividade, o nome do grupo mineiro de Death Metal SKYMETAL é novamente trazido a tona com o lançamento de sua primeira compilação, intitulada '20 Years Of Death Metal'.

Lançada através do selo Metal Survivor, além do apoio da Alerta Records; Metal Mission; Sepulcro Produções e Comunidade Manifesto, a coletânea abrangerá todas as fases da banda, trazendo faixas presentes desde a sua demo tape até o álbum (e último lançamento oficial da banda) "Devastação da Morte".

Vale salientar que este lançamento tem por objetivo principal angariar fundos para Lúcio Rodrigues, baixista por muitos anos na banda e que encontra-se acometido de um câncer agressivo. Todo o lucro obtido com a venda deste material será revestida para o tratamento de Lúcio.

Track list:

01 - Salário do Pecado
02 - Apocalipse
03 - Justiça
04 - Sepultura
05 - Ressurgir das Trevas
06 - Maldita Adoração
07 - Devastação da Morte
08 - Escravos Mundanos
09 - Dor pelo Pecado
10 - Julgamento
11 - Caos Mundano
12 - Condenação
13 - Sentença
14 - Esgotão
15 - Maldita Adoração
16 - Salário do Pecado

Faixas 01, 04, 06 e 08 presentes originalmente no álbum "Sepultura" (2002)
Faixas 02, 05 e 09 presentes originalmente no álbum "Apocalipse" (2002)
Faixas 03, 07 e 10 presentes originalmente no álbum "Devastação da Morte" (2007)
Faixas 11 e 12 presentes originalmente no EP "Condenação" (2001)
Faixas 13 e 14 presentes originalmente na Demo "Sentença" (1998)
Faixa 15 gravada ao vivo no Tribal Generation (2012)
Faixa 16 gravada ao vivo no Ajuntamento das Tribos (2012)

Para adquirir o material, acesse o link abaixo: http://www.metalsurvivor.net/SKYMETAL/prod-4940587/

Maiores informações no e-mail: heavensbanger@gmail.com

JOHN LAWTON - Aposentadoria? NUNCA!


Por Marcos “Big Daddy” Garcia

O nome de JOHN LAWTON está marcado na história do Rock ‘n’ Roll devido a seus muitos trabalhos como vocalista e compositor. Dono de uma voz poderosa e com trabalhos em bandas como LUCIFER’S FRIEND, URIAH HEEP e outros em seu currículo, ele está ativo como sempre. E ele gentilmente nos recebeu para esta entrevista, e aproveitamos para falar do passado, do presente e dos planos futuros dele.

John Lawton: Olá, Marcos… Obrigado por suas palavras gentis…


Antes de tudo, gostaria de agradecer muito a você por esta oportunidade, John. Vamos começar esta entrevista perguntando sobre suas raízes musicais: quando foi que começou o seu interesse no Rock ‘n’ Roll e quando começou a cantar?

John: acho que meu primeiro encontro com o Rock ‘n’ Roll começou quando ouvir ouvi pela primeira vez a canção “Diana” de Paul Anka (um pouco velho para alguns dos leitores). Acho que tinha 13 anos na época… OK, não é aquele Rock ‘n’ Roll, mas ela que deu o pontapé inicial no meu interesse por Elvis, Little Richard, Chuck Berry, etc... Então eu comecei a ouvir Blues com John Lee Hooker, Muddy Waters e caras assim que mudaram minha visão sobre música... Do Blues para o Rock é um passo bem pequeno 😊


Sobre o LUCIFER’S FRIEND: antes, a banda se chamava ASTERIX, e após o primeiro álbum, o nome foi trocado. Quais foram as razões da mudança? E porque LUCIFER’S FRIEND foi escolhido? Creio que deva ter causado grandes dores de cabeça com a mídia conservadora e os fãs na época.

John: Bem, o LUCIFER’S FRIEND como banda já existia ao mesmo tempo que o ASTERIX. Aquele album foi gravado como um projeto paralelo com um cantor chamado Tony Cavanagh. Eles buscavam um canto ingles para fazer os vocais do primeiro disco do LUCIFER’S FRIEND, chamado “Lucifer’s Friend”, e depois dos meus vocais no ASTERIX, eles chamaram. Não tive nada com a escolha do nome, os caras já haviam escolhido. O nome não foi um problema tão grande assim… Sim, houveram alguns comentários, mas a música superou de longe qualquer crítica...


BD: Nos anos 70, não existiam fronteiras para a visão musical criativa, então seus discos com o LUCIFER’S FRIEND mostram excelentes melodias e diferentes elementos, devido à doses de Rock Progressivo, e mesmo toques de Pop e Blues no som pesado e melodioso da banda. Você acredita que chutar todas as limitações musicais e mesmo os rótulos são uma parte importante de fazer um trabalho musical novo e diferente?

John: Naquela época, as gravadoras davam tempo para experimentar em estúdio, o que nós tínhamos. Eles nos davam tempo para criar aquilo que pensávamos ser nosso melhor trabalho. Atualmente, é diferente, por conta da tecnologia dos dias de hoje, um músico pode fazer um álbum em sua própria casa😊E sem precisar realmente de uma banda😊


Ouvindo hoje em dia “Lucifer’s Friend”, “Where the Groupies Killed the Blues”, “I’m Just a Rock & Roll Singer”, “Banquet” e “Mind Exploding”, você se arrepende de algo? E se pudesse voltar no tempo, você mudaria algo na música ou na forma que as coisas aconteciam na banda?

John: Musicalmente, não existe nada que eu mudaria. Tocamos e gravamos como nos sentíamos naquele tempo, e acho que fizemos bem. A única coisa que eu mudaria: teria aceitado a oferta Miles Copeland (o empresário do THE POLICE na época) para ser nosso empresário, que veio até a Alemanha nos fazer uma proposta. Infelizmente, nossa gravadora não quis entrar em uma discussão e estupidamente concordamos com eles… Em retrospectiva, nós deveríamos ter ido com ele…


Em 1976, você entrou no URIAH HEEP. Você saiu do LUCIFER’S FRIEND para entrar no URIAH HEEP, ou havia saído um pouco antes? E não sentiu a pressão por estar no lugar de David Byron, que era amado pelos fãs? E se lembra de como os fãs o receberam na época?

John: Naquele tempo, os caras (NR: do LUCIFER’S FRIEND), estavam todos fazendo projetos diferentes, Peter Hesslein e Peter Hecht estavam trabalhando com JAMES LAST ORCHESTRA, e eu estava no LES HUMPHRIES SINGERS. Todos tínhamos outras coisas acontecendo, e o Lucifer’s se tornou algo como um projeto paralelo, e quando o convite do URIAH HEEP, decidir ir com eles.

E claro, existiu pressão por eu vir depois de David no Heep, ele era o frontman de uma banda grande. No princípio, os fãs estavam um pouco apreensivos, mas após alguns shows e o lançamento do álbum “Firefly”, eles começaram a me aceitar...


Você gravou 3 discos com o URIAH HEEP, “Firefly” e “Innocent Victim” em 1977, e o clássico “Fallen Angel” em 1978 (sim, um de meus favoritos da banda). Quais são as suas boas recordações das gravações, tours e convivência com a banda? As más, deixemos de lado.

Ei, eu aprendi muito em meu tempo com o Heep, técnicas de estúdio/harmonias vocais e vi muito do mundo que eu provavelmente não veria...

Fizemos alguns concertos ótimos, e pude encontrar alguns músicos realmente grandes… Tivemos alguns momentos não tão bons, mas eles foram poucos e distantes uns dos outros


Após sair do URIAH HEEP, você só gravou dois álbuns nos anos 80: seu disco solo “Heartbeat” em 1980, e “Stargazer”, do REBEL, em 1982. Mas parece que você ficou quieto demais até os anos 90. Quais foram os motivos desse silêncio tão longo?

John: Sim, tirei algum tempo e fiz muitos trabalhos de estúdio para outros músicos. Também formei uma banda de finais de semana (GUNHILL) com alguns amigos e tocamos em clubes pequenos ao redor de Londres, tocando covers e material que realmente gostávamos como, por exemplo, WHITESNAKE, BAD COMPANY e apenas boas canções de bandas que gostamos. Foi divertido, e me diverti muito com esses shows sem pressão alguma...


Mas pelo visto, após estes anos sabáticos, você retornou a plano vapor, gravando com muitas bandas e fazendo muitas tours. Parece que você ainda tem algo a dizer. Ou o Rock ‘n’ Roll não é apenas seu trabalho, mas um vício? E se for, e é um ótimo vício! Todos somos viciados em Rock ‘n’ Roll!

John: Bem, tenho sido um músico na maior parte da minha vida, e sim, suponho que seja um vício. A banda depois mudou o nome para JOHN LAWTON BAND e trabalhei com músicos realmente ótimos. Gravei o album “Sting In The Tale” com esta banda, que acho um bom disco em minha opinião… E o album “Stepping It Up” com LAWTON/DUNNING PROJECT, logo, realmente é um vício😊


Lucifer's Friend

Pulando para anos mais recentes, você voltou com o LUCIFER’S FRIEND. Parece que a coletânea “Awakening” (com algumas músicas novas) e o disco ao vivo “Live at Sweden Rock” os despertaram de um longo torpor. E no ano passado, “Too Late to Hate” veio ao mundo. O que o fez voltar com a banda? E como foi a recepção do álbum? E sua você realmente é maravilhosa, me permita dizer.

John: Bem, obrigado… Um pouco mais velho, é verdade😊… Recebi um pedido de um promoter Norte Americano para trazer o LUCIFER’S FRIEND de volta à ativa, mas isso não deu em nada. Mas nos deu o ponto de partida para reformar a banda.

A recepção para os 3 álbums tem sido realmente positiva, especialmente para “Live at Sweden Rock” e “Too Late to Hate”… A resenhas tem sido muito boas, apesar de termos estado ausentes por tanto tempo…


“Too Late to Hate” é um album muito bom, pois as canções são excelentes e sua voz está ótima. Como foram as gravações, e como o disco foi composto? E agora que está vindo tocar no Brasil, como espera que seja o público durante os shows? 

John: Como sempre, Peter Hesslein faz a maior parte das músicas, e eu adiciono certas melodias e as letras… E por Peter ter a tecnologia para gravar a maior parte dos instrumentos na casa dele, isso faz tudo mais simples para mim. Gravei as linhas vocais aqui em Londres, e as linhas de bateria, baixo e teclados foram gravadas em Hamburgo. E pudemos mandar e-mails um para o outro com aquilo que estávamos gravando diariamente... Graças à Internet😊

Houveram algumas conversas sobre fazermos alguns shows no Brasil e na América do Sul, mas nada definido ainda. Gostaríamos muito de chegar no Brasil, pois sei que temos muitos fãs por aí... Vamos aguardar 😊


John, você está no Rock ‘n’ Roll cantando, compondo, excursionando e tudo mais por quase 50 anos. Como se sente ao olhar para o passado? Mudaria algo? Arrepende-se de alguma coisa? E espero que fique conosco por mais 50 anos de música! Óbvio, já que é um amigo de Lúcifer (risos)!

John: Oh, essa é bem difícil (risos)... Não creio que iria querer mudar algo musicalmente falando, consegui a maioria das coisas que queria quando comecei.

E terminamos a pouco de gravar um novo album do LUCIFER’S FRIEND, e aqui, uma exclusividade: ele se chamará “The Last Stand”… E não tenham idéias precipitadas por este título😊… 10 novas músicas com algumas surpresas... Podem aguardar...


Eu agradeço por sua gentileza e tempo. E por favor, deixe sua mensagem para nossos leitores e seus fãs.

John: Primeiramente, Marcos, obrigado pelo tempo e interesse, e a todos os nossos fãs (amigos) que estão aí, agradeço pelo apoio através dos anos, e talvez possamos  nos encontra pessoalmente...

Fiquem bem.

John.


Contatos:

Site Oficial de John Lawton: http://www.johnlawtonmusic.com/
Site Oficial do Lucifer's Friend: http://www.lucifersfriend.com/
Página oficial do Lucifer's Friend no Facebook: https://www.facebook.com/LucifersFriendOfficial/

O Metal Samsara gostaria de agradecer a Thiago Mauro Rahal da TRM Press por faze esta entrevista possível.

AZORRAGUE: banda confirmada em festival paranaense


O agora quarteto paranaense de Thrash/Death Metal AZORRAGUE é um dos nomes presentes no cast da primeira edição do festival Metal Storm.

O evento acontecerá na cidade de Curitiba, no Espaço Gólgota, que fica situado na Av. Visconde de Guarapuava, 2425 a partir das 16 horas do dia 19 de agosto. Juntamente com o AZORRAGUE irão se apresentar as bandas Hilquias, Bloodland, The Last Evenfall e Morning Storm. A entrada será 1 kg de alimento não perecível ou "pague o quanto puder".

Maiores informações no evento do Facebook: https://www.facebook.com/events/642116422658877

AZORRAGUE é :
Fernando (V/B)
Roney (G)
Allan (G)
Macarrão (D/V)

Adquirir a sua cópia do álbum 'Bringer Of Terror' aqui : http://www.metalsurvivor.net