14 de nov de 2016

EMERALD ISLE - Lost Empire (Álbum)



2016
Independente
Importado


Tracklist:

1. Fire in Your Chest
2. City of Gold
3. Mirrors
4. Lights Brighter Than
5. Blast
6. Sweet Talkers
7. Deathgrip


Banda:


Dylan Neuman – Vocais 
Zach Couch – Guitarras 
Lev Lewis – Teclados, efeitos
Rhandy DeGarmo – Baixo
Blayr Lignoski – Bateria 


Contatos:



Nota:

Originalidade: 9
Composição: 9
Produção: 8

9/10


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


Quando falamos do Metal, podemos dizer que ele tem algumas propriedades interessantes enquanto estilo: 

1. Ele se prepara e se renova para os novos tempos, para poder abraçar as novas gerações;

2. Ele é uma herança muitas vezes, pois passa dos pais para os filhos, e assim por diante.

Sabendo disso, podemos abordar a loucura moderna e arrasadora do EMERALD ISLE, quinteto Norte Americano de Tempe (Arizona), que chega com seu primeiro trabalho, o ótimo “Lost Empire”.

A banda mixa influências bem agressivas e brutas do Metalcore e New Metal com melodias fantásticas, tudo sob uma estética instrumental de primeira. Sabiamente, a banda capricha em cada refrão, busca ser diferente das bandas já existentes, e tem identidade musical mais que suficiente para causar reações apaixonadas dos fãs. Aliás, a banda tem tudo para conquistar fãs que nem mesmo gostem desses estilos, pois seu espectro de influências é tão bom que lhes permite ser criativos de uma forma poucas vezes vista. É furioso, melodioso e bem feito, e tudo ao mesmo tempo!

A produção de “Lost Empire” é feita pelo próprio quinteto, tendo consigo a ajuda de Augustus Cryns na co-produção, com masterização de Cameron Mizzel, e eles fizeram um bom trabalho, já que soar firme e pesado como eles soam, mas unindo a isso limpeza e conseguindo associar à massa sonora do grupo teclados e efeitos é um desafio. Mas eles conseguiram, e muito bem, já que tudo pode ser compreendido sem esforços.

A capa e arte gráfica do disco ficaram a cargo de Dylan Neuman (vocalista do grupo), que conseguiu criar algo simples e funcional, bem encaixado na proposta musical do quinteto.

O EMERALD ISLE é um representante da nova safra do Metal dos EUA, e honra suas raízes e o estilo escolhido, criando algo moderno e bem arranjado em termos musicais, mas ao mesmo tempo, existe qualidade e modernidade aliadas de uma forma magistral no meio do caos bem trabalhado que eles impõe. Ouviu, ou vai amar ou odiar, sem meios termos. Mas a maior probabilidade é ficar grudado na banda!

O disco é todo excelente em suas sete faixas.

“Fire in Your Chest” já abre queimando nossos ouvidos com o ótimo contraste entre vocais limpos e outros com timbres mais agressivos, além do ótimo e melodioso refrão (onde alguns arranjos de teclados dão um toque de classe delicioso); outro memorável é ouvido em “City of Gold”, que nos apresentam linhas melódicas formidáveis, feitas por um ótimo trabalho de guitarras. Um pouco mais técnica e cheia de efeitos, mas sem que a acessibilidade musical seja perdida é “Mirrors”, com corais ótimos e um peso absurdo no baixo e na bateria (além de variações de tempo muito boas). Em “Lights Brighter Than” temos uma instrumental climática, baseada em efeitos eletrônicos que vão preparando o ouvinte para o murro de agressividade que é “Blast”, com algumas levadas que beiram o Groove/Thrash Metal insano que o SEPULTURA evoca em álbuns como “Roots”, mas existem momentos melodiosos, mas mesmo assim, os vocais ficam mesmo transitando entre o limpo agressivo e outros timbres mais ásperos. Igualmente equilibrada entre partes agressivas e outras mais melodiosas é “Sweet Talkers”, que cheia de aspectos técnicos interessantes (os teclados e uso de efeitos está no auge nesta canção). Fechando, temos “Deathgrip”, o apelo melodioso e acessível é bem perceptível, e nos embala devido ao trabalho da banda como um todo.

O EMERALD ISLE ainda tem muito caminho a percorrer, verdade seja dita. Mas “Lost Empire” nos permite antever que o futuro deles tende a ser grandioso.

Ah, o motivo de eu dizer que o Metal é uma herança nessa resenha? É simples: um dos membros do EMERALD ISLE é filho de um dos músicos do insano ST. MADNESS, logo, podemos ver que o gosto pelo Metal é hereditário.





LEGACY OF KAIN - Greta (EP)



2016
Independente
Nacional


Tracklist:

1. Não Justifica 
2. Tudo a Perder 
3. Epiphania 


Banda:



Jason Ribeiro - Vocais
Angelo Torquetto - Guitarras, backing vocals
Karim Serri - Guitarras
Leandro Paiva - Baixo
Tiago Rodrigues - Bateria


Contatos: 



Nota:

Originalidade: 9
Composição: 9 
Produção: 8

9/10


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


E após uma espera ansiosa, enfim o quinteto LEGACY OF KAIN chega com seu primeiro trabalho, o EP “Greta”, que já chega como uma voadora nos dentes de tão abrasivo e agressivo.

Na banda, está a dupla Angelo Torquetto e Karim Serri, dois guitarristas bem experientes no Metal nacional, e extremamente conhecidos por seus trabalhos em bandas como CROSSKILL, DEVIL TOURTURER, DESERTOR, MESSIANIC CRY, SEVEN ANGELS e DOOMSDAY HYMN, fora Leandro Paiva (baixista, ex-ÉFRATA). E tudo isso resulta em um misto entre o Thrash Metal agressivo e cheio de groove com uma sonoridade modernizada. É duro, bruto e extremamente cheio de energia, mas bem trabalhado, com um enfoque social ótimo em suas letras azedas que são murros no sistema.

Com tudo feito no estúdio Silent Music, com gravação, mixagem e masterização feitas por Karim Serri, que soube fazer a sonoridade ficar pesada e densa, com aquele reforço dado na escolha dos timbres instrumentais. Mas ao mesmo tempo, a música que flui de “Greta” é compreensível para nossos ouvidos, logo, sabe-se que houve preocupação de soar claro.

A arte gráfica é bem feita, e tem um enfoque mais simples, mas bem antenada com o que o quinteto destila em suas composições no EP.

Se a banda é jovem, podemos dizer que o LEGACY OF KAIN usa e abusa de uma energia crua e absurda, mas sempre bem mostrando arranjos ótimos (como as partes mais limpas em “Não Justifica”), sendo que os instrumentos e os vocais são compatíveis (algo que muitas vezes não acontece). E a técnica é de alto nível, sem que se perca a espontaneidade.

“Não Justifica” é um coice de pura brutalidade, com aquela sonoridade moderna gordurosa, graças aos timbres bem sacados, e o trabalho das guitarras chega a ser abusivo de tão bom (mas nos momentos mais limpos, o baixo mostra sua força e técnica). “Tudo a Perder” já mostra um trabalho em que se percebe boas mudanças de ritmo, e o azedume é intenso, o que nos permite ver como baixo e bateria foram uma base sólida e coesa para a banda. E “Epiphania” tem um dueto de guitarras com excelentes melodias, a bateria mostrando técnica nos bumbos, o baixo bem pesado, mas como as mudanças rítmicas são ótimas, percebe a força dos vocais, e que apesar do uso da língua portuguesa, a métrica vocal não é perdida.

“Greta” veio para dividir opiniões de muitos, mas ao mesmo tempo, veio revelar que o LEGACY OF KAIN é uma banda de primeira.

E o EP pode ser baixado de graça aqui: http://www.insomniamusic.com.br/lok

COLDNESS: veja o clipe para "The Turnaround Motion"


A banda de Heavy Metal COLDNESS: lançou um novo clipe para a faixa The Turnaround Motion”, presente no disco "Intervention". O lançamento oficial foi feito no programa "Se Liga VM" da TV Verdes Mares(TV Globo), que foi ao ar sábado dia 12 de novembro ás 14 horas.


A banda agradece a produção do "Se Liga VM" pela oportunidade de ter exibido seu clipe no programa e por ter aberto as portas para o Metal cearense na TV.

Veja aqui o clipe aqui:


Recentemente a banda anuncio a parceria Imperative Music Agency, que fará um trabalho de "International Management" para o Japão, Estados Unidos e Europa.


Redes Sociais:
Assessoria de imprensa: www.mothdivision.net

CARPATUS: confira primeira música retirada de seu novo álbum



Faltando pouco para o lançamento do novo, e ansiosamente aguardado, álbum do duo brasileiro CARPATUS, está disponível para audição a primeira música retirada de ‘Malus Ascendant’.

Sob o nome de ‘Rites of Fire and Blood’, o single está sendo lançado em formato de lyric video e pode ser conferido pelos links:



O lyric video foi produzido por Alan Costa da Arte Master Productions.


‘Malus Ascendant’ será lançado mundialmente ainda este ano pelo selo sueco Black Lion Records (www.blacklion.nu), empresa que vem crescendo de importância no mundo e que desde o anúncio do novo álbum vem apoiando a nova empreitada do CARPATUS. A versão digital – para todo o mundo, inclusive o Brasil – deve ser lançada junto com a versão física.

No Brasil, ainda não foi anunciado o lançamento físico, então nos resta esperar por novidades concretas em breve.

A gravação do disco ficou nas mãos do talentoso produtor brasileiro Marcos Cerutti (www.facebook.com/marcoscerutti), que gerenciou os processos de gravação e mixagem.

Para a masterização, uma lenda do underground mundial: o sueco Dan Swanö, que já trabalhou com nomes como Opeth, Bloodbath, Dark Funeral, Edge of Sanity, os brasileiros do Justabeli e muitos outros grandes nomes.

Já a capa ficou nas mãos do brasileiro Marcelo Vasco (Slayer, Dark Funeral, Borknagar), um dos principais artistas da atualidade no mundo.


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

METALMORPHOSE: assista a entrevista em vídeo para o “E aí, cara?”



Paralelamente aos trabalhos de produção do novo álbum, o METALMORPHOSE segue cumprindo sua agenda de shows e entrevistas.

Desta vez a entrevista foi para o canal “E aí cara?”, do Youtube, visa entrevistas bem humoradas, voltado para assuntos do cotidiano, buscando conhecer melhor o grandes nomes da cena metal mineira, do Brasil e do Mundo. Assista ao programa com o METALMORPHOSE:


O novo álbum, que novamente conta com a produção do talentoso Gustavo Andriewiski, é o sucessor de ‘Fúria dos Elementos’, lançado no ano passado, e citado em várias das famosas lista de melhores do ano. Mais informações serão liberadas em breve.

Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

WEAKLESS MACHINE: assista ao novo videoclipe



Seguindo nos preparativos para o lançamento do debut álbum, os gaúchos do WEAKLESS MACHINE lançam a primeira amostra do novo material, um videoclipe para a faixa “Tarred with the Same Brush”. Assista:


O vídeo foi gravado no Estúdio Black, filmado e editado po Orbit Global Art.

O álbum da banda, cujo título ainda não foi anunciado, terá a previsão de lançamento e mais informações anunciadas breve.


Links relacionados:


Fonte: Metal Media

WOSLOM: novo videoclipe está disponível, assista!



‘Underworld Of Aggression’ uma das favoritas do público no novo álbum do WOSLOM, ‘A Near Life Experience’, acaba de ganhar um videoclipe!

O clipe foi gravado durante a última tour do grupo na Europa e as cenas foram registradas na Alemanha, Rússia e Suíça. Algumas cenas do Maximus Fest também entraram. A direção e edição ficou nas mãos de Diogo Alvino. Assista:


‘A Near Life Experience’ foi gravado no Acustica Studios e masterizado na Absolute Master. A capa ficou por conta do artista Mario Lopez. O disco foi lançado pela Shinigami Records e no resto do mundo pela gravadora italiana Punishment 18.


Confira também a loja oficial do WOSLOM: nela, são encontrados todos os materiais oficiais disponíveis para venda: CDs, camisetas, DVDs… Além de promoções exclusivas. Tudo com um preço justo, várias formas de pagamento, segurança total e diretamente com os membros da banda. Confira no link:



Sites Relacionados:


Fonte: Metal Media

LAVAGE: banda é confirmada em coletânea cearense de Hardcore


Ainda desfrutando dos resultados do bem recebido “Zombie Walk”, a banda LAVAGE foi confirmada na coletânea “Hardcore Ceará”. O álbum está em fase final de produção e é uma realização financiada pelos próprios grupos envolvidos. 

Ao todo, o CD reunirá 24 faixas de doze bandas locais, e a LAVAGE entrará com as canções “Viver No Brasil” e “Desintegração Da Morte”, ambas listadas no full-length de 2016. 

A ilustração da coletânea foi desenvolvida pelo desenhista Carlos Henrique Guabiras, o mesmo artista que criou a capa de “Zombie Walk”, cujo os traços e cores apontam para muitas semelhanças.


Após o lançamento da compilação, que tem previsão para o primeiro semestre de 2017, os participantes deverão fazer shows no propósito de divulgar esse material e seus trabalhos. “É sempre bom participar desse tipo de iniciativa que ajuda a integrar e fortalecer a cena underground, conferindo maior visibilidade à produção das bandas”, disse Bruno Andrade (vocalista).

A LAVAGE abre caminho pelo underground com sua música satírica, ácida e realista. Promovendo seu sexto álbum, “Zombie Walk”, seguem uma receita fomentada no Punk Rock, Rockabilly e Indie. Além dos compromissos marcados na agenda, mais datas estão abertas a novos shows pelo Brasil.

Contato: (85) 3295.5524 / 98602.1716

Sites relacionados:



Fonte: Roadie Metal

LACERATED AND CARBONIZED: lançado o lyric video para "NARCOHELL". Assista!


A banda carioca LACERATED AND CARBONIZED acaba de liberar o primeiro vídeo para divulgação de "NARCOHELL".

A faixa escolhida é a própria faixa-título.

Assista:


"NARCOHELL", que já vem recebendo boas críticas da mídia especializada no Brasil e exterior, será lançado dia 22 de Novembro, via Vingança Music (no Brasil), Mulligore Records (nos EUA e Canadá), e No Class Records (na Europa).


"NARCOHELL" foi mixado e masterizado por Andy Classen no Stage-One Studios, na Alemanha, e tem as participações de Mike Hrubovcak (MONSTROSITY) e Marcus D'Angelo (CLAUSTROFOBIA).


Fonte: Lacerated and Carbonized

STONED BULLS: lançado documentário sobre a banda e sua história


Um fato muito importante na carreira da banda STONED BULLS acaba de ser disponibilizado, o documentário sobre a história da banda, a importância do grupo para sua cidade, São João da Boa Vista/SP, o cuidado na criação e composição de todas as músicas do primeiro álbum lançado, “Good For Shit”.

“Documentário sobre STONED BULLS, uma banda Sanjoanense” foi produzida em 2016 para fins de trabalho acadêmico, a direção ficou a cargo de Renan Bezan e Gabriela Sodré que também foram responsáveis pelas imagens, locuções e edição, toda a entrevista foi concedido pelo vocalista, Gabriel Bonilha.

A banda STONED BULLS, ressalta no documentário a importância da união entra a cena e a força que os headbangers possuem sendo unidos, além de conhecer mais a fundo a história da banda, é possível saber as principais influências do grupo, que mescla em seu som, Stoner, Groove, Thrash, Heavy e muita liberdade para variar e criar.

Assista: “Documentário sobre STONED BULLS, Uma banda Sanjoanense”:



Formação: 

Gabriel Bonilha: Vocais
Victor Pacheco: Bateria
Eduardo Mourão: Baixo
André Guimarães: Guitarra


Links Relacionados:

THYMUS BOOGIE: banda é citada em lista de sensações do stoner rock



A THYMUS BOOGIE foi citada em uma interessante lista de bandas nacionais de stoner rock produzida pelo blog As Super Listas (https://assuperlistas.wordpress.com). A matéria contextualiza a proliferação do estilo no Brasil, encabeçado, segundo o jornalista do blog, pela já extinta - mas eternamente memorável - MGQ, de Goiânia. 

Ao lado de Hammehead Blues, Muñoz, Overfuzz, Hellbenders e outras, a THYMUS BOOGIE é apontada como o que há de melhor no cenário nacional quando o assunto é música feita com certeiros riffs de guitarras, geralmente com timbres sujos, envolvidos numa sonoridade que aproxima desde o rock psicodélico, ao rock anos 80 e 90, algo consagrado pelo Kyuss e repaginado pelo Queens of The Stone Age. 

Todas as bandas mencionadas e os respectivos vídeos escolhidos para a matéria estão em assuperlistas.wordpress.com/2015/02/26/melhores-bandas-nacionais-de-stoner-rock

O aguardado single - com duas músicas - da THYMUS BOOGIE recebe os últimos ajustes para ser lançado no início de 2017. A música de trabalho, "Personal Devil", terá todos os elementos que justificarão a menção à banda na matéria do blog As Super Listas com um stoner fundindo ao blues e ao heavy metal. 

Confira a apresentação do THYMUS BOOGIE em 2015 no estúdio Espaço Som, em São Paulo, em que a banda tocou repertório de músicas autorais e versões de clássicos do rock que servem de influência ao quarteto. Assista em: www.youtube.com/watch?v=2tHoz68_ZJg

THYMUS BOOGIE na internet



A/C Erick Tedesco (Assessoria de Imprensa)
(19) 99616-2999