29 de jul de 2014

29/07/2014: Sinnerator, No Remorse, Alkanza, Charlar, Ut Opia



Sinnerator: Show nesta sexta em Urussanga/SC



Seguindo as gravações do primeiro álbum, o SINNERATOR da uma pequena pausa para realizar mais uma celebração ao Rock N’ Roll, desta vez tocando no “Mirage Metal Fest” no tradicional Ventuno Pub.

O show será nesta sexta-feira (01/08) que também contará com as bandas Eletromotriz e Lottors (que estará fazendo o lançamento de seu disco “Mirage”).

Ingressos custando R$5 até às 23h, após custando R$10.

Confirme sua presença no evento e borá bater cabeça com as melhors bandas da cena catarinense!



Links Relacionados:




No Remorse: Participando da votação do “Breakout Brasil”


É isso mesmo, os thrashers mais insanos do underground carioca estão participando da votação para o “Breakout” Brasil” do canal da Sony.

Onde a banda vencedora terá um contrato com a gravadora Sony, e segundo promessa do NO REMORSE se forem os vencedores regarão a cerveja seus fãs!

Então não perde tempo e borá votar, é rápido, pratico e você estará ajudando um grande nome do underground nacional a ganhar o mundo e mostrar sua destruição sonora!



Links Relacionados:



Alkanza: “Destroyed The System” causando impacto após seu lançamento


O ALKANZA não mede esforços para mostrar seu Thrash Metal ríspido e agressivo, com muito trabalho e dedicação lançaram este ano seu EP de estreia o poderoso “Destroyed The System”.

Que vai além do esperado, pois desde a produção sonora, parte gráfica e composições temos um material caprichado e que irá agradar em cheio os thrashers de plantão.

Gravação, mixagem e masterização ficou por conta do experiente produtor Jose Roberto Chapolim, Já a capa do material foi concebida por um dos artistas mais requisitados da atualidade, o mestre Getulio Farias.

Mas nada adiantaria se as composições não fossem de alto nível, mas nesse ponto o ALKANZA passa com sobras no teste e nos brinda com quatro composições ganchudas e prontas para destruir seu pescoço.

Se você ainda duvida aproveite e faça o download de “Destroyed The System” agora mesmo: http://bit.ly/1npFHKl



Tracklist:

01 This Is Violence
02 Destroyer
03 Demolition
04 Psycho Terror


Links Relacionados:



Charlar: Homenagem ousada de fã


É amigo, a CHARLAR vai conquistando cada vez mais seguidores por onde passa, e quem se depara com o trabalho desses quatro lunáticos está sujeito a viciar e se tornar mais um fã enlouquecido.


























Mas nenhum será mais louco ou ousado que o fã Felipe Cardoso de Oliveira, que além de acompanhar a banda em quase todas suas apresentações, marcou em sua pele toda sua admiração pela CHARLAR, onde tatuou o símbolo da banda.

Segundo os músicos: “Isso que o Felipe fez foi algo fora de série, pois nos deu ainda mais força para continuar. Ele é um grande cara e sempre está acompanhando a Charlar, um fã especial e que ficará eternamente na história da banda.”


Links Relacionados:



Ut Opia: lançamento de webclipe adiado para sexta-feira


E o lançamento do webclipe da música "Salvação" foi adiado para sexta-feira, como todos sabem não é fácil conciliar as coisas no underground, e o UT OPIA vem trabalhando arduamente na edição do mesmo, que ainda precisa de alguns retoques até chegar no saldo satisfatório da banda.

Segundo o baixista Raoni: "Como o webclipe de "Salvação" foi feito pelos fãs, temos imagens de diversos ângulos, e para deixar tudo em sintonia e com bom resultado, resolvemos adiar o lançamento, para lança-lo com a maior qualidade possível. Mas de sexta não passa o resultado final está ficando fantástico, a espera valerá a pena!"

Então já sabe sexta-feira 21h o tão aguardo clipe de "Salvação" estará nas redes, se eu fosse você não perderia!


Links Relacionados:

Twitter: @UtOpiarockbr



Tradição Mineira de Peso – Entrevista com ANEUROSE



Por Marcos “Big Daddy” Garcia

O ANEUROSE, banda de Death/Thrash Metal de Lavras (MG) é um exemplo da tradição do Metal extremo mineiro, não só em termos sonoros, mas daquelas que aceitam os desafios e partem para a luta sem medo das dificuldades. E após o lançamento de “From Hell”, seu CD de estréia, em 2013, a banda continua uma luta árdua em busca de seu espaço. Mas sem esmorecer.

E aproveitando o momento, fomos lá bater um papo com a banda.


BD: Antes de qualquer coisa, agradecemos demais pela entrevista. E já que é nosso primeiro bate-papo, que tal nos contar um pouco da história da banda? Como foi que se reuniram e chegaram ao estilo sonoro, e como foi a luta até chegarem a “From Hell”?

Wall: Hey Big Daddy! Nós que agradecemos, é um prazer! A ANEUROSE aconteceu por força do Deus do Rock cara. Eu havia me mudado do Rio de Janeiro pra Lavras-MG e estava à procura de uma banda pra cantar, encontrei um batera num show de rock e ele me disse: “-Você é vocalista? Tenho uma banda pronta, só falta vocal” (Risos). Na semana seguinte começamos os ensaios e desde o princípio focamos no som autoral, os caras já tinham algumas bases, o que facilitou muito. A partir daí compomos várias músicas e fizemos muitos shows, até que em 2009 tivemos que dar uma pausa nas atividades. Retornamos em 2011 com nova formação, reciclamos algumas músicas antigas e compomos outras. Nos planejamos e em 2013 fomos ao Rio de Janeiro para gravar o "From Hell".


BD: E uma pergunta sobre o nome ANEUROSE: de onde ele veio, e qual o significado para o trabalho de vocês? Enxergam que ele, de certa forma, permeia e dá corpo à sonoridade intensa e “neurótica” do grupo?

Wall: Estávamos em meio a um “Brainstorm” discutindo sobre um nome para a banda, até que o Caita, que na época era nosso baixista, sugeriu ANEUROSE. Buscamos no dicionário e a palavra não existia, então inventamos o significado pra ela. A(prefixo de não) + Neurose = Sem Neurose (Risos), um protesto contra o excesso de cobranças e preocupações do dia-a-dia. Hoje sinto que o nome agrega mais significado que naquela época, e concordo com você, ele dá corpo ao som da banda.


BD: Entre a fundação da banda e o lançamento de “From Hell”, existe um intervalo de tempo de 10 anos. O que os fez levar tanto tempo para gravar seu primeiro álbum? Se bem que vocês surgiram quase no início da febre dos downloads ilegais pela internet, então, teria sido isso de certa forma um fator a ser levado em conta?

Wall: Na realidade não foi por isso a demora. O que aconteceu é que nós éramos moleques demais pra pensar em algo tão profissional. Alguns tinham apenas 14 anos na formação original da banda, eu era o mais velho e tinha 18. O lance naquela época era compor pra tocar ao vivo, não havia maturidade ou qualquer planejamento. Acredito que fizemos bem em esperar.


BD: Bem, não sei se é o caso, mas “From Hell” costuma denotar referência à uma célebre carta da Jack, o Estripador, mas não parece ser o caso do disco de vocês. Logo, de onde veio esse “Do Inferno”? Alguma inspiração mais específica que possam nos contar? E não vale dizer que vem da ressaca da cachaça mineira (risos).

Wall: (Gargalhadas). A boa cachaça mineira não dá essa ressaca não, hein (risos). Na realidade quando apresentamos este trabalho ao Gus ele disse: “-Cara, isso é FROM HELL” (Risos), e complementou dizendo que “lá fora” era uma gíria utilizada para algo de impacto, como “Animal! ou Brutal!”. A faixa 6 do álbum ajudou a tomar esta decisão também.


BD: Ainda falando de “From Hell”, como foi trabalhar com Gus Monsanto na produção? Aliás, como chegaram até ele, já que apesar da agressividade, a produção ficou de alto nível? E como chegaram à capa do disco? Sim, a pergunta é porque em uma brincadeira bem popular, costumamos dizer que “tudo para mineiro é trem”. Mas não se preocupem, pois sei que “todo carioca”, como eu, “tem mania de malandro” nos outros estados (gargalhadas).

Wall: Cara, você acaba de dar novo significado a essa capa (gargalhadas). A arte da capa foi concebida pelo talentosíssimo Marco Carvalho, ele também fez nossa logo e indicou o Gus para produzir do disco. Mas não dá pra falar desta produção sem citar o Marcelo Oliveira. Essa dupla basicamente capturou o queríamos, deram polimento, brilho e passaram pro CD. Gravamos na semana do carnaval de 2013, foram 6 dias com no mínimo 12 horas trabalhadas em cada um deles. Foi uma honra trabalhar com caras desse gabarito, aprendemos muita coisa boa como eles.


BD: De “From Hell”, vocês extraíram como primeiro Video Single “Hunting Knife”. Por que justamente esta faixa foi escolhida? Como foi que surgiu a parceria com a Escapada Produções para a realização do vídeo? E a resposta do público ao vídeo, foi o que esperavam? 

Wall: "Hunting Knife" é uma das músicas compostas na primeira fase da banda, nós pegamos o riff principal e a construímos novamente. Ela concorreu com outras faixas para o clipe, como "Square in Flames", "Drink Like a Man" e "Black Widow", mas foi a escolhida devido o seu significado especial pra ANEUROSE e sua dinâmica. A Escadas Produções foi indicada pelo Bruno Maia (Tuatha de Dannan, Braia e Kernunna), no mesmo ano a produtora gravou os shows do Roça’n’Roll e produziu o documentário do evento. As gravações ocorreram em Cambuquira-MG, cidade natal dos caras do Escadas, e tivemos como locação as ruínas de um famoso hotel da cidade. Todos foram muito legais com a gente, sempre de bom humor, eles são pessoas sensacionais. 


BD: Já que falamos de “Hunting Knife”, apesar das dificuldades de nosso país, não existe uma idéia ou vontade de fazer mais um vídeo de divulgação? Um lyric vídeo poderia ser uma idéia viável e bem explorada...

Wall: Temos mais um clipe a caminho, em breve daremos mais informações sobre a música e data de lançamento.


BD: “From Hell” está quase completando um ano de vida, logo, vem aquela boa e velha pergunta: já existe um sucessor para ele? Se sim, tem uma data prevista para quando o novo play seja lançado?

Wall: Calma, bro (Risos). Devido à ótima repercussão do "From Hell", ele será relançado pela Eternal Hatred Records em setembro deste ano, com direito a uma faixa bônus. Teremos uma super distribuição a nível nacional, os CDs estarão disponível nas lojas especializadas de todo país e em MegaStores como Saraiva, Americanas, FNAC, Submarino, etc. De qualquer forma, nunca paramos de compor então, não demora muito para sair um segundo disco.


BD: E como tem sido a recepção de “From Hell” por público e crítica? Esperamos que bem.

Wall: Estamos muito felizes com a receptividade do disco! Seja pelo público ou via crítica especializada só tivemos retornos positivos, ele inclusive figurou na Roadie Crew e em alguns sites como um dos maiores lançamentos de 2013. Temos um orgulho danado disso!


BD: Lá encima, falamos da problemática dos MP3 compartilhados ilegalmente, e o problema é bem mais geral do que pensamos. Europa, EUA e outros cantos também sofrem com isso. Qual a opinião de vocês sobre o assunto, especialmente sendo uma banda que lançou seu primeiro disco há pouco tempo? Acham que este compartilhamento é benéfico ou prejudicial em algum ponto?

Wall: Cara, como tudo na vida, existem os aspectos positivos e negativos. Claro que o compartilhamento é importante, principalmente para as bandas independentes que não conseguem atingir o público via grandes mídias, como rádio ou televisão. Acho mesmo é que a galera tem que compartilhar nosso CD, escutar as músicas no celular (com fone por favor) ou no MP3 player. Porém, um músico precisa vender seu trabalho para continuar compondo, tocando e gravando, sendo assim, é muito importante que mesmo tendo o arquivo digital, as pessoas comprem o disco, até porque, nele vão encontrar as músicas em qualidade superior, informações exclusivas e imagens que só quem adquire o álbum irá ter. 


BD: E em termos de shows? Como tem sido a divulgação do CD? E já existem planos para tocar em outros estados, como RJ, SP, RS e mesmo uma visita às regiões Norte e Nordeste?

Wall: Sim! (Risos). A Tour From Hell está a todo vapor. O Trem da ANEUROSE passou no Rio Grande Sul em fevereiro, foram três shows animais pelo estado. Acabamos de retornar de São Paulo onde subimos aos palcos em Jandira e Santo André, e provavelmente voltaremos em outubro. Estaremos no Rio de Janeiro em agosto! Serão duas apresentações na capital, uma em Cascadura e outra em Bonsucesso. Queremos ir para o Norte/Nordeste este ano ainda! Vamos ver como as coisas desenrolam.


BD: Agradecemos muito sua paciência, e deixamos o espaço para suas considerações finais. 

Wall: Paciência?! Big Daddy, foi muito legal responder a todas as perguntas, muito obrigado! Agradecemos também toda galera que curte e apoia a banda, sem vocês nada seria possível! Um recado pra quem ainda não conhece nosso som: Queremos te surpreender! Ouça ANEUROSE! Rock on!

Contatos:
www.aneurose.com


Exodus em SP: 3º e último lote à venda



Banda retorna ao país trazendo o vocalista Steve “Zetro” Souza – foto: divulgação

Considerado um dos nomes mais importantes do thrash metal mundial, o EXODUS não para de arrebatar uma legião de fãs por onde passa. O grupo norte-americano recentemente voltou à estrada com clássica formação, tem feito poderosas exibições noite após noite e o público brasileiro está acompanhando tudo bem “de perto” através das redes sociais.

A expectativa para a apresentação de Steve “Zetro” Souza (vocal), Gary Holt (guitarra, Slayer), Lee Altus (guitarra), Jack Gibson (baixo) e Tom Hunting (bateria) em São Paulo é tão grande, que, apesar de ainda faltar mais de dois meses para o show, os fãs já dão indícios de que não querem perder esta performance.

A produtora 8X8 Live informa que os ingressos de 2º lote estão esgotados e que já disponibilizou as entradas de 3º lote. A exibição do quinteto está confirmada para o dia 4 de outubro, no Carioca Club. Mais informações no serviço abaixo.

A nova passagem do Exodus pelo Brasil consiste nas seguintes datas:

01/10 – Botequim – Belém
02/10 – Minas Brasília Tênis Club – Brasília
04/10 – Carioca Club – São Paulo
05/10 – Circo Voador – Rio de Janeiro

Recentemente, o vocalista Steve “Zetro” Souza enviou recado super descontraído convidando o público a prestigiar a tão aguardada exibição em São Paulo. Confira o video em https://www.youtube.com/watch?v=mFOfJ5pxTBc.

Neste momento, a banda está trabalhando no sucessor do aclamado "Exhibit B: The Human Condition", de 2010. Existe a possibilidade de que Kirk Hammett, guitarrista do Metallica e que inclusive já fez parte da banda, grave uma participação neste próximo disco já batizado de “Blood In, Blood Out”.

Links relacionados:


Serviço São Paulo
8X8 Live orgulhosamente apresenta Exodus


Data: 04/10/2014
Local: Carioca Club – www.cariocaclub.com.br
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde 2899, Pinheiros – próximo ao Metrô Faria Lima
Abertura da casa: 18h
Inicio show Exodus: 20h
Classificação etária: a partir de 16 anos

Promoção especial “Metal do bem” todos aqueles que levarem um kilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar) no dia do evento terão direito a adquirir seus ingressos na promoção “Metal do bem” com 50% de desconto sobre o valor do ingresso inteiro. Assim você se diverte e ainda ajuda quem precisa. Doação de alimentos: www.caminhando.org

Ingressos online
www.ticketbrasil.com.br (em até 12 vezes no cartão)
www.clubedoingresso.com (em até 6 vezes no cartão)

Ingressos

1º Lote = ESGOTADO
2º Lote = ESGOTADO

3º Lote
Pista Meia entrada = R$ 100,00
Pista Metal do bem = R$ 100,00
Pista Inteira = R$ 200,00
Camarote Meia entrada = R$ 140,00
Camarote Metal do bem = R$ 140,00
Camarote Inteira = R$ 280,00

Na porta
Pista Meia entrada = R$ 115,00
Pista Metal do bem = R$ 115,00
Pista Inteira = R$ 230,00
Camarote Meia entrada = R$ 160,00
Camarote Metal do bem = R$ 160,00
Camarote Inteira = R$ 320,00

Pontos de venda em São Paulo:

Bilheterias do Carioca Club (SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA)
Rua Cardeal Arcoverde, 2899
Horário: Segunda à sábado das 9hrs às 20hrs.
Pinheiros, São Paulo – SP Tel: 3813-8598
Formas de pagamento: Somente dinheiro.

Hole - Galeria do Rock*
Av. São João, 439 - 1º andar loja 275 - São Paulo - SP
Horário: Segunda à sábado das 10h às 19h.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American,Express, Diners Club International, Elo.

CadaQual*
Rua Augusta, 2171 - Jardim Paulista - São Paulo - SP
Horário: Segunda à sábado das 11h às 20h.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American
Express, Diners Club International, Elo.

Metal Music - Santo André*
Rua Dona Elisa Fláquer, 184 - Centro - Santo André - SP
Horário: Segunda à sexta das 10h às 18h30, sábado das 10h às 17h30.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American

Age Of Dreams - São Bernardo*
Av. Marechal Deodoro, 1754 - 2º Andar loja 33/36 - Centro - São Bernardo do Campo - SP
Horário: Segunda à sábado das 9h às 19h.
Formas de pagamento: Somente dinheiro

Shopping Oriente 500*
Rua Oriente, 500 2º andar - Brás - São Paulo - SP
Horário: Segunda à sexta das 9h às 17h, sábados das 9h às 13h30.
Formas de pagamento: Dinheiro, Débito e Crédito à vista nos cartões Visa, MasterCard, American, Express, Diners Club International, Elo.

*Ponto de venda sujeito a taxa de conveniência

Capacidade: 1.500 pessoas
Acesso para portadores de necessidades especiais
Ar condicionado
Estacionamentos na região: de R$ 20,00 a R$ 30,00 o período
Chapelaria no local: R$ 5,00

Informações:
Ticket Brasil: 4901.1165 – contato@ticketbrasil.com.br
Carioca Club: 3813.4524 – reservas@cariocaclub.com.br


Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC – PR:
20/08 – The Mission – Carioca Club – SP/SP
26/08 - 07/09 – CJ Ramone (ex-baixista dos Ramones)
07/09 – DEATH: DTA – Via Marquês - SP/SP
13/09 – Peter Murphy e Wayne Hussey – Carioca Club – SP/SP
17-28/09 – Dave Evans (1º vocalista do AC/DC)
27/09 – Angra – Plaza Hall – Sorocaba/SP
28/09 – Gloria + Strike – Plaza Hall – Sorocaba/SP
04/10 – Exodus – Carioca Club – SP/SP
05/10 – Toxic Holocaust – Clash Club – SP/SP
08/11 – Behemoth – Carioca Club – SP/SP
Mais infos sobre os shows acima, acesse https://www.facebook.com/UltimateMusicPR.



A/C Costábile Salzano Jr
11 4241.7227 | 11 9 6419.7206

29/07/2014: Morfolk, King Bird, Gasoline Special



Morfolk: Primeiro teaser do novo álbum


Pra dar um gostinho do que está por vir, o MORFOLK disponibilizou um teaser do vindouro álbum ‘…Until Death’.


‘…Until Death’, será lançado pelo selo Violent Records. O selo é propriedade do lendário vocalista da banda Vulcano, Luiz Carlos Louzada, e tem entre seus lançamentos trabalhos de bandas como Predatory, Brutal Morticínio, Chemical Disaster, entre outros. Confira mais em: www.violentrecs.yolasite.com


O novo CD tem a produção do músico e produtor Leandro Queiroz e está sendo gravado em seu estúdio na cidade natal da banda, São José dos Campos/SP. Já a capa ficou por conta do baterista Daniel Sanchez, que também é artista gráfico e designer profissional. Daniel já tinha sido responsável pela capa do EP ‘Prelude…’.

Em 2012 a banda lançou também o EP ‘Prelude…’ que pode ser baixado gratuitamente pelo link:


Contato para shows e merchandise:

Sites Relacionados:



King Bird: Confira vídeos do show de estreia de Ton Cremon


Alguns vídeos da apresentação do KING BIRD no SESC Belenzinho foram disponibilizados na internet. Este foi o primeiro show com Ton Cremon como frontman da banda.

Agradecimentos especiais aos canais Rosangela Romao (www.youtube.com/user/lolitaromao) e Bolivia Rock (www.youtube.com/user/Bolivia57). Confira:




O KING BIRD continua em estúdio com o produtor Henrique Baboom finalizando o novo disco. Mais detalhes e uma data de lançamento em breve serão anunciados.

Lembrando que o KING BIRD disponibilizou uma música nova – ainda em pré-mix –, ‘Daybreak’, já com Ton Cremon nos vocais:



Sites Relacionados:



Gasoline Special: Show ao lado do Inocentes é cancelado


O festival Jundiaí Rock, evento gratuito que contaria com DR SIN e INOCENTES como headliners e tinha como uma das bandas de abertura o GASOLINE SPECIAL foi cancelado.

A organização do evento comunicou que a Secretaria da Cultura de Jundiaí adiou a data. Uma nova data ainda não foi anunciada.

O GASOLINE SPECIAL continua sua turnê promovendo seu álbum ‘Rck’n’Rll’ e se apresentará nos dias 23 de agosto e 12 de setembro no Aldeia Bar, em sua cidade natal. Novas datas serão anunciadas em breve!


Lembrando que o GASOLINE SPECIAL disponibilizou de forma gratuita a audição e o download do álbum ‘Rck’n’Rll’ em seu site oficial.

Para baixar o álbum e todo o encarte, visite:


Para quem preferir ouvir o disco em streaming, é só visitar:


O álbum foi produzido por Bruno Fornazza no Bimini Studio (Dharma 101, Felipe Andreoli) e conta com nove faixas. Já a capa ficou por conta do artista curitibano Butcher Billy, conhecido pelo seu estilo extremamente característico (www.behance.net/ButcherBilly).

Aos que preferirem o álbum em formato físico, assim como todo o merchandise oficial da GASOLINE SPECIAL, pode ser comprado diretamente com a banda pelo e-mail:contato@gasolinespecial.com


Sites Relacionados:



High Quality Extreme Music
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Brazil
Telefone: 55 19 98271-4968

KroW: Confirmado em três ‘Open Air’ na Europa!




Cartaz1: 
Cartaz2: 
Cartaz3: 
EPK: http://www.metalmedia.com.br/krow/

E o KROW novamente comprova sua crescente força na Europa. Depois de anunciar que estaria no cast do festival inglês Bloodstock Open Air, o grupo anuncia a presença em mais outros dois ‘Open Air’.

O primeiro é o festival eslovaco Gothoom Open Air Fest, que acontece entre os dias 13 e 16 de agosto e tem como bandas principais nomes como Hypocrisy, Belphegor e Fleshgod Apocalypse. Confira mais pelo site: www.gothoom.com



O segundo é na Alemanha, o festival se chama Barther Metal Open Air. O evento acontece entre os dias 15 e 16 de agosto e conta com Lord Belial e Hellsaw com algumas das atrações. Saiba mais: www.barther-metal-openair.de


Se não bastassem os três ‘Open Air’, o KROW também foi confirmado em um festival ‘Indoor’, na Bélgica. O 13 Times Fest acontece nos dias 19 e 20 de setembro e conta com bandas como Agathocles, Fubar, entre outras.



Ouça o novo EP da banda, ‘Relentless Disease’, acesse:


Contato para shows e merchandise: krow@krowmetalzone.com

Sites Relacionados:



Fonte: Metal Media

Tellus Terror: Anunciadas as distribuidoras do álbum no Brasil e no exterior




Apesar de o lançamento do debut ‘EZ Life DV8’ ser feito de forma independente, o TELLUS TERROR não perdeu tempo e já fechou a distribuição com dois grandes nomes do underground nacional.

Assim como na produção do disco, a banda se cercou com nomes do mais alto gabarito para a distribuição do material: Shinigami Records e Thrash S/A.

A Thrash S/A, apesar do nome jovem, tem por trás toda a experiência e credibilidade da Encore Records, selo que lançou alguns dos maiores nomes do Metal nacional para o mundo. A Thrash S/A distribuirá o disco por todo o território nacional.

A Shinigami Records é conhecida por seu apoio ao Metal nacional e pelos lançamentos de grandes nomes da música pesada internacional no território brasileiro. A Shinigami distribuirá o ‘EZ Life DV8’, além do Brasil, em países como Rússia, Canadá, México e Argentina.



‘EZ Life DV8’ já está sendo fabricado e em muito pouco tempo será lançado. Toda a gravação do CD foi feita no Brasil, nos estúdios Visom Digital Brazil e AM Studio, ambos no Rio de janeiro. A produção deste lado do oceano ficou por conta de Felipe Borges, TELLUS TERROR e Fernando Campos.

Já na Europa, os suecos Fredrik Nordström e Henrik Udd (Dimmu Borgir, In Flames, Arch Enemy, Opeth), cuidaram da mixagem e masterização de ‘EZ Life DV8’. Pat Power – baterista do Dream Evil e engenheiro de som do Dimmu Borgir, entre outros – cuidou dos ‘click corrections’ da bateria.

A capa e todo o encarte ficaram por conta do grego Seth Siro Anton que já trabalhou com nomes como Nile, Paradise Lost, Moonspell, Kamelot, Soilwork, Exodus, Rotting Christ, entre outros.

Confira os dois lyric vídeos retirados do trabalho:




Sites relacionados:



Fonte: Metal Media

Psychotic Eyes: banda anuncia saída de Alexandre Tamarossi e procura novo baterista



Formada em 1999, grupo é considerado expoente do progressive death metal no Brasil


Formada na Grande São Paulo em 1999, o PSYCHOTIC EYES não é uma banda comum de death metal. Sua música é uma experiência profunda que se desenvolve a partir de diferentes referências musicais. A complexidade do rock progressivo, a técnica do jazz, o ritmo da música brasileira, todos esses elementos se juntam num caldeirão death/thrash metal.    

Até aqui o PSYCHOTIC EYES já lançou diversas demos e dois álbuns oficiais, o debute autointitulado de 2007 e o super elogiado "I Only Smile Behind The Mask", indicado para três categorias entre os "Melhores de 2011" na votação realizada entre os leitores da revista Roadie Crew. 

Depois da turnê bem sucedida de divulgação a "I Only Smile Behind The Mask", que incluiu uma memorável apresentação no Carioca Club em São Paulo ao lado de Korzus e Torture Squad, o PSYCHOTIC EYES concentrava-se na pré-produção de seu novo disco de estúdio quando um problema recorrente assombrou o grupo: as crises de bursite do baterista Alexandre Tamarossi. O problema, infelizmente, acabou ocasionando no desligamento do músico.


Emocionado, o vocalista e guitarrista Dimitri Brandi explica a saída do companheiro de banda.

"Nunca pensei que esse dia iria chegar, mas é hora de anunciar que o PSYCHOTIC EYES perdeu seu baterista, meu amigo e fundador da banda, Alexandre Tamarossi. Ele com certeza é o melhor baterista com quem já toquei na vida, tenho muito orgulho de ter dividido o palco com esse músico extraordinário durante tantos anos. Todas as dificuldades que passamos juntos para trazer o PSYCHOTIC EYES até aqui jamais serão esquecidas. Gravamos juntos duas demos, dois videoclipes e dois CDs, sendo que sempre fomos uma banda 100% independente, nunca tivemos apoio de gravadora ou empresário, carregamos o Psychotic Eyes sempre juntos, com o apoio dos demais amigos que passaram pelas diversas formações da banda, principalmente nosso atual baixista Douglas Gatuso. O Alexandre tem bursite diagnosticada já há alguns anos, algo que o atrapalhava bastante, pois a bateria é um instrumento que exige muito fisicamente. Ele reinventou sua maneira de tocar por causa da doença, abaixando a altura das peças da bateria, para conseguir fazer as viradas absurdamente rápidas que sempre foram a característica do estilo. Ocorre que isso exige muito preparo e condicionamento, ele precisava treinar durante muitas horas por dia. Nos últimos anos os compromissos familiares e profissionais estavam exigindo demais dele e diminuindo o tempo livre para ele treinar. Ele conversou com sinceridade conosco e expôs que não poderia continuar, não queria atrapalhar os nossos planos de gravação do terceiro álbum, o qual temos certeza será o melhor trabalho da carreira da banda. A situação toda nos deixou muito tristes, até porque estamos todos muito empolgados com as novas composições. Como amigo, tenho certeza que ele tomou a decisão certa, de cuidar da saúde e da família, até porque, infelizmente, Death Metal não enche o bolso de ninguém no Brasil, tudo o que fizemos sempre foi por prazer e amor à música. Mas fico muito triste porque o PSYCHOTIC EYES perdeu um baterista simplesmente genial."

Mesmo abalados com a saída de um membro fundador, os músicos remanescentes seguem com força total a procura de um novo baterista que chegará com a responsabilidade de gravar o novo disco do grupo que mais uma vez será produzido pelo renomado produtor canadense Jean François Dagenais, também guitarrista do Kataklysm.

Interessados em ocupar a vaga de novo baterista do PSYCHOTIC EYES devem gravar um vídeo tocando uma das músicas do disco "I Only Smile Behind The Mask" e enviar link para o email psychoticeyes@somdodarma.com.br

Mais Informações:  



Fonte: Som do Darma
Informações para Imprensa
A/C Eliton Tomasi
(15) 3211-1621   

Crédito Foto: Eidolon Grupo Fotográfico