6 de abr de 2015

06/04/2015: Metal Media Management



Life In Black: banda pronta para gravar o primeiro trabalho completo


O paulista LIFE IN BLACK já tem data para entrar em estúdio e gravar seu primeiro álbum de inéditas: dia 18 de abril.

O estúdio escolhido será o mesmo que foi gravado a Demo ‘Deviations Of Human Mind’, Sign of Sanity em São Paulo. Estúdio este capitaneado pelo músico q produtor Marco Alexandre, que, além de tocar com o LIFE IN BLACK e produzir, também comanda as guitarras e vocais do Poseidon.


O vocalista Daniel Monfil comenta sobre a produção: “Ficamos bem satisfeitos com o resultado final da produção, algumas músicas surpreenderam, outras músicas acabaram soando bem pesadas. Tenho certeza que será um CD de estreia muito bem feito e pesado.“

Para conhecer a banda, o LIFE IN BLACK disponibilizou a Demo ‘Deviations of Human Mind’, que conta com duas músicas ‘Solitary’ e ‘Useless Gold’, para audição e download gratuito.

Para ouvir, visite:



Sites relacionados:



Syren: confira tracklist de ‘Motordevil’


Contando os dias para o lançamento de um dos trabalhos mais aguardados do Metal nacional neste ano, o SYREN apresenta o tracklist de ‘Motordevil’.


1. All aboard
2. Rebellion
3. Fighter
4. The Power of Something
5. Eyes of Anger
6. Stitched
7. Motordevil
8. Long Road
9. My Shadow, My Dear Friend
10. You’re Gonna Die
11. The Prophecy of Marduk

E a campanha de promoção de ‘Motordevil’ não poderia ter começado melhor. O renomado site Metal Samsara teve acesso antecipado ao disco e foi categórico: nota 10!

O website declara já em suas primeiras linhas: “E eis que a máquina mortífera do Metal carioca volta, detonando tudo e todos que tentarem ficar em sua frente, desembestada como uma carruagem de peso que desce morro abaixo!”

O editor Marcos Garcia foi enfático em sua conclusão e declara que ‘Motordevil’ é uma “aula de Metal tradicional em todos os sentidos, um dos melhores lançamentos do ano, e que todo bom Headbanger que se preza precisa ouvir e adquirir.”

Mas a análise não se resume a estas frases, confira a resenha completa, pelo link:


‘Motordevil’ já está em pré-venda na loja virtual da gravadora do SYREN, Shinigami Records. Previsto para ser enviado no início de abril, quem comprar agora receberá 20% de desconto e, claro, receberá antes. Para comprar:


‘Motordevil’ foi gravado por Bruno Coe, Guilherme de Siervi e Julio Martins. A mixagem e masterização ficaram nas mãos de Bruno Coe. A arte da capa foi feita pelo artista Antonio Cesar da Not A Pipe Studio.

O SYREN acaba de disponibilizar uma primeira música retirada de ‘Motordevil’, ‘My Shadow, My Dear Friend’, e que foi lançada em formato de lyric video, confira:



Sites relacionados:



Lothlöryen: últimos dias para ajudar a banda!


Os Bardos Brasileiros não poderiam estar mais contentes com todo o apoio que estão recebendo durante esta campanha de financiamento coletivo, mas ainda falta um pouco para atingir a meta e poucos dias para isso!

A campanha acaba nesta semana e o LOTHLÖRYEN convida todos os fãs e amigos que puderem ajudar a entrar nessa!

Independente do pacote que você escolher, assim que a doação é efetuada todos que estão ajudando terão acesso aos teasers exclusivos do novo material, sendo um por semana até o lançamento digital oficial.

Confira todas as opções e AJUDE a banda:


Dúvidas se o investimento vale a pena? Confira estes teasers do vindouro trabalho:





Sites Relacionados:



Sistema Sangria: confirmado no festival Máquina Profana


O Hardcore impiedoso do SISTEMA SANGRIA será uma das atrações da sétima edição do já tradicional festival Máquina Profana em sua sétima edição.

Organizado pelo site que leva o mesmo nome, o Máquina Profana Fest 7 acontece no dia 18 de abril no Formigueiro Rock, no bairro de São Matheus, com entrada por míseros R$3,00 para homens, mulheres têm entrada free.

Além do SISTEMA SANGRIA, completam o lineup do festival as bandas Cerberus Attack , Cranial Crusher , Mørgårøth e Febre do Rato.


O SISTEMA SANGRIA promove seu álbum de estreia, ‘Sistema Sangria’, que foi confirmado seu lançamento em formato CD. O álbum, produzido por Marcello Pompeu e Heros Trench, será relançado pelo(S) selo(S) NOMES DOS SELOS com uma nova arte de capa.

Para este relançamento, além do álbum, o CD contará com as músicas do 4-Way-Split, a música do tributo ao Ratos de Porão e a música do tributo ao Nitrominds. O trabalho contará com 29 faixas e previsão de lançamento para março.

No ano passado foi lançado um lyric video para a música ‘Maicon do Sertão’:



Sites relacionados:



Nuestro Odio: versão física de ‘Terra de Santa Cruz’ disponível para venda


O primeiro álbum do NUESTRO ODIO, uma das grandes novidades da música pesada neste ano, está agora também disponível em formato físico.

Lançado primeiramente de forma gratuita o álbum ‘Terra de Santa Cruz’ é o primeiro full length do grupo paulista. O disco foi gravado no Lau Estúdio (Conspiração Records) com produção de Lau Andrade. A polêmica capa ficou nas mãos do artista Raphael Armando com arte e edição final por conta do vocalista, Leonardo Ronqui.


A banda convida a todos com interesse em comprar o disco no formato físico a curtirem antes e conhecer a verdadeira ‘Terra de Santa Cruz’ pelo site oficial:


O álbum também pode ser ouvido na íntegra pelo Youtube, onde também há as letras das músicas ativando as legendas dos vídeos:


Para comprar o álbum e todo o merchandise do NUESTRO ODIO entre em contato com a banda por e-mail ou Facebook.

Não deixe também de conferir o single/clipe com a música ‘Alma Corrompida’ (não recomendado para menores de idade).



Sites relacionados:



Fonte: Metal Media

Oligarquia: ‘Distilling Hatred’ será relançado no Brasil e Chile




O mais recente álbum do OLIGARQUIA, ‘Distilling Hatred’, já está esgotado há algum tempo, o que mudará em breve. O trabalho será relançado no Brasil e também ganhará uma versão chilena.

No Chile, o trabalho será lançado pelo selo Australis Records. Já em nosso país o lançamento será feito em uma parceria entre os selos Poluição Sonora e Black Legion, ressaltando que desta vez o disco ganhará encarte e a tradicional caixinha acrílica, diferentemente da versão em SMD da primeira tiragem.


Lançado em julho de 2011, ‘Distilling Hatred’ mostrou um OLIGARQUIA renovado, mesmo que calcado em seu característico Death Metal Old School, pudemos ver a instituição do Death Metal nacional mergulhando em sonoridades mais técnicas e abrangentes.


Sites Relacionados:



Fonte: Metal Media

CJ Ramone agendando nova turnê pela América do Sul



Baixista durante a última apresentação no lendário Hangar 110, em São Paulo – foto: Denis Ono

CJ Ramone, ex-baixista dos Ramones, é um verdadeiro apaixonado pelo Brasil e seus ensandecidos fãs. Tal paixão se traduz na quantidade de bem-sucedidas turnês que o músico já realizou pelo país.

Considerado um dos artistas mais carismáticos da música mundial, o ex-integrante da histórica banda americana de punk rock está, neste momento, promovendo o seu segundo álbum de inéditas, “Last Chance to Dance”.

Em setembro do ano passado, CJ Ramone comemorou 25 anos de sua entrada na “família real” do punk rock mundial. Para celebrar este marco, a gravadora Fat Wreck Records lançou o single “Understand Me?” em vinil 7’’. A música está disponível para audição em https://soundcloud.com/fat-wreck-chords/cj-ramone-understand-me.

Como já era de se prever, a produtora CP Management acaba de confirmar que está agendando mais uma nova série de apresentações para CJ Ramone. Os shows devem acontecer entre 12 de outubro e 2 de novembro. Este é o quinto ano consecutivo que o artista vem ao país. O objetivo é sempre levar a elogiada performance para novas cidades brasileiras e também abranger outros países da América do Sul.

São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Goiânia (GO), Brasília (DF), Curitiba (PR), Santos (SP), Goiânia (GO), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Palmas (TO), Novo Hamburgo (RS), Caxias (RS), Taguatinga (DF), Maringá (PR), Bragança Paulista (SP), Estância Velha (RS), Uberlândia (MG), Betim (MG) e Nova Odessa (SP) já receberam o ilustre músico.

Nesta nova passagem pelo Brasil, o músico deve vir acompanhado de Steve Soto (guitarra – Adolescents), Dan Root (guitarra – Adolescents) e Bam Bam Mclurgh (bateria). O setlist que novamente deve emocionar os fãs brasileiros, será composto pelas excelentes composições dos álbuns "Reconquista" e “Last Chance to Dance”, além de diversos clássicos dos Ramones.

Christopher Joseph Ward foi escolhido para substituir Dee Dee, o lendário baixista dos Ramones, em 1989, e ficou até o fim da banda em 1996. Com o grupo, e já usando nome de CJ Ramone, lançou os álbuns Loco Live (1991), Mondo Bizarro (1992), Acid Eaters (1994) e Adios Amigos (1995). Depois disso, o artista montou outros projetos como o Los Gusanos e Bad Chopper, e inclusive chegou a receber um convite para tocar no Metallica, mas recusou a oferta para cuidar do filho, que havia sido diagnosticado com autismo.

Promotores interessados em contratar o espetáculo devem entrar contato através dos e-mails contato@cacapratesmanagement.com.br,runawayrec@hotmail.com, cacaprates@live.com ou pelos telefones ID 55*11*43758, (55 11) 98149.9987 e (55 11) 99557.8358.

Links relacionados:

Artistas Nacionais:



A/C Costábile Salzano Jr.

Eluveitie: Meet & Greet no show de São Paulo dia 11 e mudança de local em Curitiba



Print feito a partir da página oficial do Eluveitie no Facebook. Próxima parada: São Paulo!

A segunda informação versa sobre mudança no local onde a banda irá apresentar-se em Curitiba no dia 14 de abril, derradeira data no Brasil promovida pela Dark Dimensions, completando a 'Origins Brazilian Tour'.

Devido alguns problemas no MUSIC HALL, a produção viu-se obrigada a transferir o concerto para o JOHN BULL, também bastante conhecida na capital paranaense. NÃO será necessária a troca de ingressos, os quais continuam perfeitamente válidos. Mais detalhes na área de 'serviços', mais abaixo.

A 'Origins Brazilian Tour' terá início na capital paulista e irá percorrer ainda mais três outras grandes cidades. Clique em cada uma delas para outras informações:


A Dark Dimensions, produtora responsável pelos shows em território nacional, informa que as vendas dos ingressos para todos os shows encontram-se ainda disponíveis para compras pela internet, porém algumas categorias encontram-se esgotadas. Observe clicando nos links a seguir:

São Paulo* - http://bit.ly/1Csphmx
Rio de Janeiro - http://bit.ly/1AXOJUy
Porto Alegre - http://bit.ly/17zuDnt

*Se preferir, compre pessoalmente nas lojas Hellion ou Lady Snake, na Galeria do Rock, mas em ambas a compra poderá ser feita apenas em dinheiro.

Observação: O fã deverá levar sua máquina fotográfica e caneta para facilitar que a banda atenda a todos de modo igual, autografando os itens e posando para as fotos. Lembrando ainda que o 'Meet & Greet' do ELUVEITIE em São Paulo terá duração máxima de 30 minutos, iniciando às 16h30 e finalizando às 17h.


Serviços:

São Paulo

Data: 11 de abril de 2015 [sábado]
Horário: 19h [abertura da casa às 17h]
Local: Carioca Club - R. Cardeal Arcoverde, 2899 - Pinheiros [Estação Faria Lima do metrô]
Censura: 15 anos

Camarote Promocional - R$ 250.00
Camarote Estudante - R$ 160.00
Pista Estudante - R$ 80.00
Pista Promocional - R$ 100.00


Vendas físicas nas lojas LADY SNAKE e HELLION [Galeria do Rock]

Página do evento no Facebook: http://on.fb.me/13hkppC


Rio de Janeiro

Data: 12 de abril de 2015 [domingo]
Horário: 18h
Local: Teatro Odisséia - Avenida Mem de Sá 66
Censura: 18 anos


Demais pontos de venda:


Página do evento no Facebook: http://on.fb.me/1AM5YVB


Porto Alegre

Data: 13 de abril de 2015 [segunda-feira]
Horário: 19:30h [abertura da casa]. Show previsto para às 21h
Local: Teatro CIEE - Rua Dom Pedro II, 861 - Bairro Higienópolis


Página do evento no Facebook: http://on.fb.me/1yLSlU3


Curitiba

Data: 14 de abril de 2015 [terça-feira]
Eluveitie em Curitiba - Terça feira 14 de abril
Horário: 19:30h [abertura da casa]
Local: John Bull - Rua Mateus Leme, 2204 - Centro Cívico, Curitiba - PR 
Censura: 16 anos

Ingressos a venda nas lojas:

Let'ss Rock - Praça Tiradentes, 505 
Microcamp - Rua Visconde de Nácar, 1467 
Túnel do Rock - Rua XV de Novembro, 74


Página do evento no Facebook: http://on.fb.me/1r3QHjk

Página da casa JOHN BULL no Facebook: http://on.fb.me/1IDHli0



Sites Relacionados

https://www.facebook.com/durvall4one [assessoria de imprensa oficial da produtora]



Assessoria de Imprensa Oficial da Dark Dimensions Produtora
A/C Durval "Durr" Campos

Márcio Sanches – Márcio Sanches (CD)

Independente
Nota 9,5/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


O final dos anos 80 trouxe para o Metal e para o Rock como um todo um novo movimento que veio e foi ficando, e hoje, é um gênero muito bem consolidado: os discos instrumentais, no caso, orientados para guitarra. O gênero só tem uma peculiaridade: ou se ama ou se odeia, ou o disco virá algo excelente ou fraco, não existem meio termos. Só digamos de passagem: existem discos que mais parecem um tutorial de como atingir a paciência de Jó do que realmente algo para ser divertido. Mais ainda bem que o guitarrista brasileiro Márcio Sanches conseguiu fazer um trabalho ótimo em seu primeiro CD, que leva seu nome. 

Estudioso das seis cordas desde a mais tenra idade, professor, autor de dois DVDs voltados para o ensino de guitarra (“Aprenda a Tocar - Curso de Guitarra Vol.1” e o “Vol.2”), o trabalho de Márcio realmente nos seduz desde a primeira audição, justamente por ter uma forma semelhante a de Joe Satriani de se expressar musicalmente: nada de firulas ou exibições de técnica quando a música em si não pede isso. Para Márcio, a técnica é uma conseqüência do trabalho, não sua motivação. O ecleticismo musical, o feeling, a técnica, tudo está muito bem equilibrado, sem exageros. E Márcio tem a companhia de bons instrumentistas no baixo e na bateria. Sim, é um power trio, lembrando os primeiros discos do gênero, quando o feeling ainda era a tônica da coisa.

A produção de Andreas Kisser (sim, o próprio), mais a mixagem de Nandu Valverde ajudaram a dar uma clareza sonora muito boa, embora quando o disco transita entre alguns momentos mais pesados, o faz sem perder a qualidade. 

Márcio Sanches
O interessante é que Márcio não se posta como patrão mão de ferro, já que Sandro de Lunna (baixo) e Jonatha Prisco (bateria) recebem os devidos créditos por suas contribuições nos arranjos, e ambos também possuem seus momentos de brilho individual.

O CD é ótimo como um todo, mas existem momentos onde o bom gosto é tão elevado que merece citação especial, como em “Chances of On Life” (técnica, mas uma faixa pesada e esbanjando feeling, com belo trabalho nos solos e no baixo), a belíssima “Emotion” (é incrível o nível de ecleticismo musical aqui, e o mesmo contribui para a música ser perfeita), a pesada e forte “Carnaval” (uma faixa que nos envolve, com belíssimos solos, fora momentos excelentes do baixo), a Jazz Rock “Abuse” (onde existem elementos regionais brasileiros, dando aquela diferenciada necessária, fora um espetáculo da bateria), a quase progressiva “Roots”, e a intimista “The Feelin’” (uma balada instrumental brilhante, com toques de Pop Rock, Blues e Fusion). Mas torno a dizer que o trabalho é ótimo como um todo, se sobressaindo entre tantos CDs instrumentais.

E em um momento em que muitos contestam a habilidade dos músicos brasileiros, basta citar que Márcio já trabalhou com profissionais do nível de Andreas Kisser (SEPULTURA, DE LA TIERRA), Edinho Santa Cruz (ESC44), QUEEN REAL TRIBUTE (Sérvia), Jeff Scott Soto (Yngwie J. Malmsteen, TALISMAN, JOURNEY), e já foi elogiado por Brian May (do QUEEN).

Talvez “Márcio Sanches” seja o CD mais certo para calar de uma vez o complexo de vira-latas de muitos, mas se mesmo assim eles insistirem, não ligue: é preciso ter uma sensibilidade e um bom gosto absurdos para poder compreender e degustar esse trabalho como ele merece.

Parabéns, Márcio, e obrigado por este trabalho tão bom.






Músicas:

01. The Great Beginning
02. Chances of One Life
03. Emotion
04. Carnaval
05. Radio Feedback
06. Abuse
07. Roots
08. The Feelin
09. Brothers I
10. No Words (Only Sounds of the Heart)


Banda:

Márcio Sanches – Guitarras 
Sandro Lunna – Baixo 
Jhonata Prisco – Bateria


Contatos

Paul Di’Anno e Korzus se apresentam, neste domingo, em SP



Primeiro vocalista do Iron Maiden promete super show em SP – foto: Flavio Hopp
Lendária banda brasileira está promovendo o aclamado novo álbum “Legion” – foto: Pati Patah

São Paulo vai tremer neste domingo (12/04)! A festa é de 30 anos de atividade da Rádio Corsário, mas quem ganhar o presente são os fãs do bom heavy metal! O evento, que contará com a apresentação de Paul Di´Anno, primeiro vocalista do Iron Maiden, e a lendária banda brasileira Korzus, se apresentam, no Carioca Club, em São Paulo.

Os ingressos continuam à venda, no site da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br/show/2721-pauldianno-sp/), Clube do Ingresso (clubedoingresso.com) e pontos autorizados. Os bilhetes custam R$ 70,00 (pista meia – 1° lote) e R$ 140,00 (camarote promo – 1° lote). Mais informações no serviço abaixo.

Responsável pelas vozes nos dois primeiros álbuns da Donzela de Ferro, Paul Di’Anno é considerado um dos vocalistas mais queridos e carismáticos da história do metal pesado. Ele gravou os álbuns "Iron Maiden" e "Killers" e pertenceu à formação original do grupo registrando estes dois full-length que impulsionaram a carreira desta que é tida por muitos, como a maior banda de heavy metal da história.

Desta vez, o frontman traz especialmente na bagagem a turnê que celebra o lançamento do debut álbum “Iron Maiden”, que será executado na íntegra. Além disso, existe a possibilidade das principais composições do álbum “Killers” também figurarem no repertório. Após anunciar sua aposentadoria em 2013, o inglês não conseguiu ficar longe dos palcos e segue na estrada perpetuando sua respeitada carreira. Confira a mensagem do artista aos fãs brasileiros em https://www.youtube.com/watch?v=tjVCh31ebJ0.

Já o Korzus é uma verdadeira instituição e um dos principais nomes da história da música pesada nacional. Marcello Pompeu (vocal), Heros Trench (guitarra), Dick Siebert (baixo), Antônio Araújo (guitarra) e Rodrigo Oliveira (bateria) devem executar o setlist da turnê que está na estrada promovendo o aclamado “Legion”, considerado um dos melhores lançamentos de 2014, segundo a imprensa especializada. Composições como “Truth”, “Discipline of Hate”, “Raise your Soul”, “Guerreiros do Metal”, “Correria” também devem ditar o ritmo da exibição.

Confira o lyric video de “Bleeding Pride” em https://www.youtube.com/watch?v=LKqEqL-JsHU.

Links relacionados:


Serviço São Paulo
Rádio Corsário apresenta Paul Di’Anno e Korzus


Data: 12 de abril de 2015
Local: Carioca Club
End: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros
Hora: 18h (abertura da casa) | 19h (show time)
Ingressos 1º lote: R$ 70,00 (pista meia) e R$ 140,00 (camarote promo)
Informações: www.radiocorsario.com.br
Imprensa: (11) 964.197.206 – press@theultimatemusic.com


Próximas divulgações THE ULTIMATE MUSIC – PR:
12/04 – Paul Di’Anno + Korzus – Carioca Club – SP/SP
18/04 – Marduk – Clash Club – SP/SP
03/05 – Grave Digger – Carioca Club – SP/SP
03/05 – Krisiun + Confronto + Projetct 46 – C.E. Pedro Bortolosso – Osasco/SP
30/05 – Vader – Clash Club – SP/SP
07/06 – Machine Head – Via Marquês – SP/SP
19/07 – Opeth – Carioca Club – SP/SP
13/09 – At the Gates – Clash Club – SP/SP
12/10 – Blind Guadian + Circle II Circle – HSBC Brasil – SP/SP
12/10 – NOFX – Via Marquês – SP/SP
Mais infos sobre os shows acima, acesse http://theultimatemusic.com.



A/C Costábile Salzano Jr.

Tailgunners – The Gloomy Night (CD)

Independente
Nota 9,0/10,0

Por Marcos "Big Daddy" Garcia






Os discos conceituais não são raros no Metal, embora também não sejam comuns. Este tipo de obra pode ser feito de duas maneiras distintas: ou a banda usa as músicas de forma a contar uma estória única e que se desenvolve por todas as músicas (como KING DIAMOND costuma fazer), ou então, a banda pega a idéia de um conceito central e busca usá-lo em todas as letras, mas sem se prender a uma estória única. E sempre os resultados são sempre ótimos, como o TAILGUNNERS, quinteto de São Paulo, nos mostra em “The Gloomy Night”, seu terceiro álbum.

Musicalmente, o quinteto mostra um trabalho calcado no Metal tradicional, ou seja, com peso, melodia e certa dose de agressividade. É claro que a maior referência é a NWOBHM, mas eles não se restringem apenas ao IRON MAIDEN, mas pegam bastante de outros nomes fortes da época, até alguns toques à lá JUDAS PRIEST são sensíveis. Mas não se prendam a isso, e perceberam que o grupo tem uma personalidade forte, soando vivo e moderno. Os vocais são ótimos, sabendo usar bastante de timbres diferentes (embora a influência de Bruce Dickinson seja bem evidente), guitarras com riffs excelentes e solos com muita melodia, baixo com técnica e peso absurdos, e uma bateria com boa presença, conduzindo bem os andamentos e com boas viradas. É uma música extremamente agradável aos ouvidos, mas vibrante, envolvente e cheia de energia.

Tailgunners
A produção de Raphael Gazal foi muito boa. Tudo que se espera em termos de clareza está presente, tudo audível e com boa timbragem dos instrumentos, mas sem perder o peso elegante bem característico do quinteto. E a arte, feita por Daniel Dantas, ficou muito boa, usando de uma arte interessante na capa, e mais simples para o layout (o que não quer dizer que não tem seu charme e requinte). 

É preciso que qualquer banda que se aventura a fazer um disco conceitual saiba: esse formato exige demais do músico, já que cada uma das canções exigirá muito refinamento para que o ouvinte consiga captar a atmosfera da obra, e nisso, o TAILGUNNERS foi muito feliz: como a dinâmica de suas canções ajuda bastante, sendo elas movidas por arranjos bem feitos.

As onze faixas que compõem “The Gloomy Night” são todas ótimas, tornando o CD bem homogêneo. Mas ousamos, apenas para referência, destacar a excelente “Gloomy Nights” (uma faixa pesada e envolvente, com ótima presença de baixo e bateria, mas com belos vocais e um refrão cativante), a vibrante “The Vampire is Me” (com o andamento mais em meio tempo, ótimos vocais mais uma vez e guitarras perfeitas), a pesada e mais agressiva “Living in My World”, “My Reign” (sete minutos recheados de uma música bem variada, ótimos vocais, andamento um pouco mais lento, fora excelentes melodias e backing vocals muito bons), feroz e rápida “The Hunt” (guitarras perfeitas em riffs melodiosos e duetos, além do baixo pulsando com técnica e peso), e a gigantesca e muito diversificada “Vlad Tepes: The Impaler”, com seus mais dez minutos de prazer para o ouvinte na mais pura essência (e mais uma vez, baixo e bateria mostram entrosamento e boa técnica). E tudo isso usando como tema principal a questão de vampiros, mas fiquem tranquilos: a abordagem da banda, embora um pouco subjetiva, é madura, e excluí totalmente qualquer pensamento sobre vampiros adolescentes chatos.

Após um disco tão bom e prazeroso de ser ouvido, fica a clara impressão que o TAILGUNNERS merece bem mais destaque, pois é uma banda ótima.





Músicas:

01. Gloomy Night
02. The Vampire is Me 
03. In My Eyes 
04. Kill the Beast 
05. Living in My World 
06. My Reign 
07. At the Same Side 
08. The Hunt 
09. One of Them 
10. Fallen Tears 
11. Vlad Tepes: The Impaler


Banda:

Daniel Rock – Vocais 
Lely Biscasse – Guitarras 
Rafael Gazal – Guitarras 
Lennon Biscasse – Baixo 
Gustavo Franceschet – Bateria 


Contatos:

Banda Viociety anuncia novo line-up e disco de estreia para 2015




A banda de Thrash Metal VIOCIETY tem orgulho em confirmar que seu novo line-up contará com duas guitarras e as músicas agora serão ainda mais pesadas. Os músicos que hoje fazem parte do VIOCIETY são: Gustavo Cunha (vocal), Pedro Ximenes e William Jesus (guitarras), Rafael Garcia (baixo) e Leonardo Schmidt (bateria).

Para Gustavo, a mudança no line-up ocorreu de forma natural. “Já pensávamos na mudança do line-up acrescentando um segundo guitarrista. Com a saída do Aloisio essa procura se intensificou. Com a entrada do Pedro e do Will acredito que chegamos ao equilíbrio desejado e a coesão com nossa proposta”, diz o vocalista.

As novidades da VIOCIETY não param por aí. O grupo está em processo de composição do álbum de estreia (sem título definido) e deve se apresentar ao vivo em breve com a nova formação.

“As composições estão mudando bastante de cara”, comenta o baterista Leonardo. “O Pedro e o Will entenderam muito bem o que a gente queria como proposta pra banda, e pro álbum a gente espera atingir a sonoridade de Thrash Metal que a banda vinha buscando, um som consistente, bem produzido, e sem esquecer das influências”, adiciona.

Escute a faixa “Genocide”: https://soundcloud.com/viociety/genocide


HISTÓRIA

A banda VIOCIETY foi fundada em 2013, em São Paulo, por Gustavo Cunha (vocal), Aloísio Mello (guitarras) e Leonardo Schmidt (bateria). Em um primeiro momento, a banda, que ainda não possuía um baixista fixo, direcionou então todas as suas forças para a composição de seu primeiro trabalho, o EP intitulado “Instinct”. Contaram com a produção de Paulo Soza (Tempestt), que participou da composição também criando as linhas de baixo. Já em 2014, após todo o processo de gravação e ainda durante a edição final do EP, o baixista Rafael Garcia une-se à VIOCIETY, que faz o lançamento do “Instinct” no Manifesto Bar.

No decorrer do ano, a banda promoveu seu EP com diversos shows, incluindo como seu maior momento a abertura de show para o Torture Squad, um dos maiores expoentes brasileiros do Thrash/Death Metal. Ao final de 2014, ocorre a saída de Aloisio Mello e a banda entra em um pequeno intervalo de suas atividades. No primeiro trimestre de 2015 são integrados ao time os guitarristas Pedro Ximenes e William Jesus, tornando a Viociety um quinteto. A mudança se mostrou necessária para firmar a posição da banda no estilo Thrash, acrescentando peso e definição em suas novas composições.

Line-Up:
Gustavo Cunha – vocal
Pedro Ximenes – guitarra
William Jesus – guitarra
Rafael Garcia – baixo
Leonardo Schmidt – bateria


Informações:




Fonte: TRM Press