26 de ago de 2013

Sombrios além do comodismo – Entrevista com o OCULTAN



Por Marcos Garcia


Poucas bandas do Black Metal no Brasil são tão respeitadas pelos fãs quanto o OCULTAN, de SP.

Praticantes de um Black Metal cru e bem feito, e após três anos desde o ótimo ‘Atombe Unkuluntu’, retornam com o sombrio ‘Shadows from Beyond’, que tem um forte toque de “volta às raízes”.

Aproveitando este momento, fomos bater um papo com Count Imperium, baterista e vocalista do grupo, e saber mais sobre o atual momento do trio, bem como um pouco de seu passado e de seus planos futuros.


Metal Samsara: Em primeiro lugar, queremos agradecer por nos conceder esta entrevista. A primeira pergunta é: o que houve nesses três anos entre ‘Atombe Unkuluntu’ e ‘Shadows from Beyond’? É um hiato de tempo bem grande...

C.Imperium: Procuramos aproveitar ao máximo esse intervalo entre um disco e outro. Posso dizer que passarmos concentrados durante a maior parte desse tempo compondo as músicas que fizeram parte do cast de 'Shadows from Beyond'.

Não adianta compor um disco as pressas, só para dizer que mais um álbum está sendo lançado. Estamos sempre procurando melhorar nossas composições. Queremos a cada novo lançamento pode atingir um nível superior a seu antecessor.


Count Imperium
Metal Samsara: Uma das coisas que saltam os olhos em relação a esses dois discos é que em ‘Atombe Unkuluntu’ se notavam alguns elementos de Death Metal em sua música, ao mesmo tempo em que a sonoridade do disco estava um pouco mais limpa, e ‘Shadows from Beyond’ mostra uma espécie de “volta às raízes” da banda, com a gravação mais crua, sem nenhum toque de Death Metal, mas ainda assim, a banda mostra-se renovada. O que mudou na banda entre os dois discos? E poderíamos dizer que foi algo mais intencional, ou o processo de composição da banda foi bem espontâneo, sem nenhum tipo de pressão ou cobrança de vocês com vocês mesmos?

C.Imperium: Sempre que acaba de ser lançado um determinado álbum procuramos fazer uma análise do material .Procuramos analisar tanto a parte positiva quanto a negativa. Após o lançamento do álbum 'Profanation', optamos em fazer algumas mudanças em nossa musica, que passou a ter influencias do Death metal. Com essas mudanças, nossas composições passaram a ganhar mais agressividade e velocidade, porém veio perdendo um pouco daquela essência obscura que a banda possuía nós primórdios. Foi então que começamos a trabalhar nas músicas que fizeram parte do 'Atombe Unkuluntu'. Nesse álbum, conseguimos resgatar a velha essência que pode ser conferida nas músicas 'Tata Caveira', 'O Triunfo da Escuridão' e 'Unguia Unketa Muki Azan Akodi'. Ficamos satisfeito com esse lançamento, e partimos para as novas composições que fizeram parte de 'Shadows from Beyond'. Durante todo o processo de composição desse álbum, procuramos explorar elementos sombrios e mórbidos que foram unidos a momentos de agressividade. Essa junção obteve um excelente resultado.

Até o presente momento, 'Shadows From Beyond' vem recebendo excelentes críticas tanto por parte do público e mídia.


Lady of Blood
Metal Samsara: Outro ponto que chama a atenção no novo disco é justamente o fato de estar mais sombrio, e embora existam momentos mais velozes, a banda usa bastante de cadência. Como foi compor mais nessa linha, já que a banda sempre teve bem mais composições rápidas no passado?

C. Imperium: As mudanças ocorreram conforme nossas necessidades. Essas variações em nossa música ocorreram  após o lançamento do 'Regnum Infernalis'. Foi uma mudança que necessitou de um certo tempo para se concretizar totalmente. Algumas mudanças não ocorrem do dia para noite, necessitam de certo tempo para que possa vir a ser executada com perfeição.


Metal Samsara: Ainda falando do disco, vemos a presença de bastante temas em português, algo que vocês desde ‘Profanation’ não usavam tanto, com 3 músicas em português entre 7 músicas, quase 50% do disco. Poderia nos dizer o que houve para esta volta às letras em português, ao invés do inglês? E não há certo receio de vocês em relação a aceitação do disco por fãs do exterior?

C. Imperium: Essa variação entre o português e inglês deve-se a necessidade de cada composição. Sempre que finalizamos a parte instrumental de uma determinada música passamos a estudar sua parte lírica. Durante essa etapa, é decidido o idioma que uma determinada música será cantada. Isso depende muito do clima da faixa, procuramos dar preferência em  utilizar o inglês em faixas como 'Shadows From Beyond' e 'Divine Condenation', que possuem riffs agressivos e técnicos. O português é utilizado nas faixas 'Morto e Enterrado', 'O símbolo da Decadência' e 'Fúnebre', que possuem uma atmosfera sombria unidas a riffs contínuos e ríspidos.

Procuramos não se preocupar com essa questão da aceitação do material em outros países. Afinal, são apenas 3 faixas do disco cantadas em português, as outras 4 faixas são cantadas em inglês.


Magnus Hellcaller
Metal Samsara: Falando um pouco do passado, e dando direito de resposta a vocês: há uns 10 anos atrás, o OCULTAN era visto como uma banda muito polêmica, sempre envolta em problemas e mesmo confusões, ao ponto que ninguém deu a vocês o direito de se expressar, sempre tomando a pior interpretação a tudo, e de certa forma, fechando as portas ao seu trabalho. Uma injustiça, e que deixamos o espaço para que possam expressar o seu lado, o seu direito de resposta.

C. Imperium: Realmente algumas atitudes que tomamos no passado fizeram que algumas pessoas criassem certa antipatia em relação a nosso trabalho. Sempre fomos uma banda polêmica, sei que por algumas vezes chegamos a passar dos limites e acabamos tomando algumas atitudes desnecessárias. Porém, muitas coisas que chegamos a falar no passado nada mais são do que verdades que a maioria das bandas já conhecem, e assim como nós, discordam. Só que nunca tiveram a coragem para se expressar de forma publica. Conheço várias bandas que são contra muitas coisas que se passam dentro do cenário brasileiro, só que quando tem a oportunidade de se expressar publicamente e dizer o que realmente acham de certas gravadoras, produtores de shows e outros veículos de divulgação simplesmente se calam.

Mudamos muito a nossa postura em relação ao passado. Hoje me dia, não perdemos nosso precioso tempo discutindo com moleques que se acham os donos da verdade. Não estamos nem um pouco preocupados com o que algumas pessoas acham a nosso respeito. Para nós, o que importa é saber que estamos realmente fazendo o que gostamos e julgamos ser o certo.

Lady of Blood, Count Imperium, Magnus Hellcaller
Metal Samsara: Outro ponto polêmico: quando se fala no nome do OCULTAN, muitos já olham a banda com certo ar de estranheza pelas letras, que focam a Quimbanda. É estranho vermos muitos bangers que fazem parte do povo que herdou esta cultura rica fazendo troça sobre o assunto sem ter o mínimo de conhecimento. Então, abrimos o espaço para que comente um pouco sobre a Quimbanda, de onde ela vem, e em que se baseia. Fale um pouco sobre Exu, esta entidade que tantos, sejam cristãos quanto “malvadistas” da cena Metal, desconhecem por completo. Ah, sim: sua explicação sobre a ligação entre espíritos ancestrais (os Tatas) e os Exus em uma entrevista que pudemos ler em 2010 foi soberba. E aproveitando a explicação, qual seria uma boa forma das pessoas conhecerem um pouco melhor a Quimbanda em si? E não acredita que estas críticas muitas vezes não é baseada em preconceitos que, no fundo, guardam resquícios de sentimentos cristãos dos colonizadores nas pessoas?

Count Imperium ao vivo
C. Imperium: Para uma determinada pessoa criticar algo, a mesma tem que possuir base para que suas criticas possam ter fundamentos.

A maioria das pessoas que criticam a Quimbanda não possuem o mínimo conhecimento sobre esse assunto. Confundem a todo momento a Quimbanda com outros cultos afro-brasileiros. Afirmam erroneamente que a Quimbanda e uma ramificação da umbanda ou candomblé. É claro que também podemos citar aqueles que são preconceituosos, são contra o culto pelo simples fato do mesmo ter origens africanas e indígenas.

A Quimbanda é um culto Necromântico, ela é uma síntese entre cultos africanos, bruxaria européia e elementos indígenas. 

A palavra Quimbanda é similar a palavra Nganga (palavra Bantu) que significa “curandeiro/ feiticeiro”. Suas raízes africanas vêm dos Bantos, dos povos de Angola-Congo. Na Quimbanda, cultuam-se os Exus primordiais e Catiços. Podemos consideramos os Exus primordiais como o poder exterior acausal. Exus primordiais são as divindades que nasceram em primeiro lugar. Exus Catiços são aqueles que já tiveram encarnação nesse mundo e conseguiram posição de destaque no mundo espiritual, se tornando Exus. São espíritos de antigos bruxos, sacerdotes, feiticeiros, assassinos, dentre outros que se encaixam na vibração energética do culto.

Esse é um culto independente de qualquer outro. Ao contrario do que alguns afirmam, na Quimbanda não existe duas linhas paralelas denominadas esquerda e direita. Existe apenas uma linha que sempre segue o Caminho da Mão Esquerda. Caminho este que é oposto ao criador.

Na Quimbanda, os Exus são tratados como divindades (Superiores) que agem por contra própria, ao contrário do que ocorre em outros cultos que o tratam como um simples mensageiro subordinador por terceiros.

Para possuir maior conhecimento sobre um determinado Culto ou Religião, é preciso primeiramente buscarmos o conhecimento histórico sobre suas origens. Esse é o começo para que a pessoa futuramente possa se aprofundar na parte espiritual de um determinado Culto!


Metal Samsara: Voltando a falar de ‘Shadows from Beyond’, ele é o segundo CD onde a formação da banda se encontra consolidada. Acha que esta estabilidade contribuiu muito para as músicas soarem tão fortes?

C. Imperium: Sim! Esse fator acabou sendo crucial para o resultado final desse álbum. Após o lançamento do 'The Coffin', a cada álbum lançado ocorreram baixas em nossa formação, fato esse que acabou atrapalhando um pouco. Sempre que ocorre uma baixa, acaba-se perdendo mais tempo com o processo de adaptação do novo integrante.
Lady of Blood ao vivo

Metal Samsara: Outro ponto: as músicas mostram uma técnica muito boa de todos vocês, com destaque para Lady of Blood, que mostra-se uma ótima guitarrista, uma das melhores do Metal extremo nacional. Essa evolução musical seria fruto justamente da estabilidade da formação ou é algo mesmo de cada um de vocês?

C. Imperium: Acho que essa evolução ocorre naturalmente.Todos nós temos a consciência das funções que exercemos dentro da banda. Por esse motivo, estamos sempre a procura de evoluir individualmente, para que possamos obter melhor desempenho em conjunto.


Metal Samsara: Fora do OCULTAN, vocês possuem vários trabalhos paralelos, como o KHAOTIC, o WARHEAD666, fora terem o selo Pazuzu Records, entre outras atividades. Isso não chega a comprometer o trabalho do OCULTAN de alguma forma? E por falar nisso, quando teremos algo novo do WARHEAD666?

C. Imperium: Damos total prioridade ao OCULTAN. Procuramos trabalhar com nossos projetos pessoais em dias diferentes e quando não estamos e fase de composição.

No momento as atividades do WARHEAD666 estão paradas. Em breve, darei maiores informações sobre um novo projeto que esta por vir.


Magnus Hellcaller ao vivo
Metal Samsara: Outro ponto: vocês vivem mudando bastante de selo, pois já foram da Evil Horde Records, da própria Pazuzu Records, da Free Mind, e agora, retornam à Mutilation Records. Existe algum motivo para tantas mudanças? E como estão as coisas com a Mutilation? Por falar nisso, como tem sido a recepção de ‘Shadows from Beyond’ pelos público? Há algum feeback do exterior?

C. Imperium: Quando estamos prestes a lançar um determinado álbum procuramos analisar com calma  as proposta, então decidimos qual será o selo responsável por esse lançamento.
A Mutilation esta trabalhando muito bem na divulgação do álbum que vem recebendo excelentes críticas, tanto aqui no Brasil quanto no exterior.


Metal Samsara: Sobre shows: como tem sido desde o lançamento do CD? Existem planos para uma excursão pelo Brasil de divulgação de ‘Shadows from Beyond’? E mesmo convites para tocarem fora daqui, na América do Sul, já que várias bandas estão excursionando por Chile, Peru, Bolívia e outros? E não se esqueçam do RJ, por favor! 

Ocultan ao vivo
C. Imperium: Após o lançamento do 'Shadows', só fizemos apenas um show. Nunca fomos uma banda que sempre está tocando ao vivo. Ao contrario da maioria das bandas que dão a preferência para tocar ao vivo, nos preferimos nos dedicar aos ensaios e ficar trabalhando em novas composições. Sem contar que a maioria dos shows que somos convidados a participar não possuem as mínimas condições de se fazer uma boa apresentação. Além das péssimas condições que são oferecidas, os produtores se negam a pagar as passagem aéreas e ajuda de custo. Querem que a banda toque de graça, e ainda por cima fique dentro de um ônibus por 20 horas ou mais.

Quanto a excursionar por outros países, não concordamos em ter que pagar nossas passagens até outro continente. Achamos uma puta de uma injustiça com nossas bandas. Sempre que bandas de outros países vem tocar aqui no Brasil, os produtores arcam com todas as despesas, as coisas funcionam assim tanto para bandas grandes, medianas ou pequenas. Por esse motivo, jamais aceitaremos tirar dinheiro do nosso próprio bolso para poder tocar em outros países. Não temos que nos inferiorizar, as bandas aqui do Brasil não ficam devendo em nada para bandas internacionais. Já esta mais do que na hora das bandas daqui começar a se valorizar.

Metal Samsara: Agradecemos demais pela entrevista, e deixamos o espaço para sua mensagem final aos fãs.

C. Imperium: Gostaria de agradecer a toda equipe do Metal Samsara pelo apoio ao nosso trabalho, e a todos aqueles guerreiros que vem nos acompanhando ao longo dessa longa jornada.


Hibria: Tudo pronto para mais uma visita à segunda casa: o Japão







Chega a ser comovente ver a ligação criada entre o HIBRIA e o JAPÃO, algo que, ao longo dos anos, transcendeu a relação de artista e fã, para algo que pode ser realmente visto como uma segunda casa.

Mesmo com o crescimento massivo que vem acontecendo mundialmente, não há como negar que esta relação com o país do Sol Nascente continua cada vez mais forte. É a quinta turnê da banda em cinco anos e o quinto lançamento que chega ao topo das vendas por lá.


Em conversa com Patricia D’Andrea, residente no Japão e colaboradora do site Metal Brasil (http://goo.gl/6vzXr3), pudemos sentir um pouco mais deste respeito e admiração entre o público nipônico e a banda:

“Duas semanas atrás fui num festival de Rock aqui no Japão, em Osaka, chamado Summer Sonic. Lá me encontrei com várias pessoas de várias nacionalidades , em conversa com vários deles comentei sobre a passagem que o Hibria iria fazer aqui. Todos comentaram super empolgados sobre esta turnê e, por saberem que sou brasileira, ficaram me perguntando várias coisas sobre a banda, dizendo que curtiam muito e que eram fãs! Eles admiram muito o Hibria, MUITO MESMO, e, pelo que pude perceber, o Hibria é uma das bandas mais conhecidas, famosas e respeitadas por aqui”.

E assim, novamente o HIBRIA retorna para o Japão na primeira semana de setembro. Confira as datas:

SEP 01 – Osaka/JP @ Umeda Club Quattro
SEP 03 – Nagoya/JP @ Bottom line
SEP 04 – Tokyo/JP @ Shibuya O-EAST
SEP 05 – Tokyo/JP @ Tower Records (pocket show (Unplugged) + autographs)

Vale lembrar que no show de Osaka, a banda contará com a ilustre presença do guitarrista do Loudness, Akira Takasaki. Ainda na Ásia, o HIBRIA se apresenta no Orange Isle Music Festival, na China.

Claro que nossos guerreiros do HIBRIA não viraram e nunca vão virar as costas para o querido Brasil, e como estamos vendo, parece que nosso país enfim também está abrindo os braços. Prova disso é a apresentação do grupo no maior festival de rock do mundo: Rock In Rio. O show será no dia 19 de setembro junto com o Almah.

Também já está confirmado o show de lançamento do álbum “Silent Revenge” na terra natal dos músicos, Porto Alegre, no dia 11 de outubro. O show acontecerá no Teatro CIEE e os ingressos já estão à venda em quantidade extremamente limitada. Confira os pontos de venda:

Lojas A Place
Rua Voluntários da Pátria,294 lj 150 CENTRO SHOPPING

Loja Back in Black
Shopping Total Lj. 2119

Lojas Zeppelin
Rua Mal Floriano Peixoto, 185  Galeria Luza – Loja 209

Mais datas pelo Brasil estão sendo confirmadas. Caso seja um produtor e se interesse em contratar o HIBRIA, entre em contato: shows@hibria.com

Assista o videoclipe de “Silent Revenge”:


Contato para shows: hibria@hibria.com

Sites relacionados:

High Quality Brazilian Extreme Music
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Telefone: 55 19 8207-4254

Panzer: Novo disco está finalizado!






O PANZER está com seu novo disco, terceiro da carreira, gravado, mixado e masterizado. Agora a banda se concentra nos preparativos finais de produção do material.

A previsão de lançamento permanece a mesma: segundo semestre de 2013,e nos próximos dias a banda divulgará mais detalhes do novo disco.

Aos interessados em saber como a banda está desde o seu retorno, o PANZER liberou o single “Rising” e o EP “Brazilian Threat”, e ambos podem ser baixados no site oficial:


Confira o videoclipe oficial de ‘Rising’ aqui: 


Contato para shows e merchandise: info@panzermetal.com.br

Sites Relacionados:




High Quality Brazilian Extreme Music
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Telefone:

55 19 8207-4254

Torrencial: Segundo vídeo das gravações do novo EP está disponível






O TORRENCIAL disponibiliza mais um vídeo das gravações de seu primeiro EP oficial. Este vídeo é focado no baixo de Thiago Freitas e na guitarra de Carlos Ferreira.


O grupo está gravando quatro músicas para o trabalho, ainda sem título, no estúdio Conspiração Records com a produção de Lau Andrade. Confira as músicas:

Suicídio
Nação em Fogo
Busque e Confronte
Clonação

O EP tem previsão de lançamento para este ano.  O TORRENCIAL promete para breve mais informações sobre o trabalho.

Ouça uma música da Demo Torrencial:


Contatos para shows e merchandise:

Sites relacionados:




High Quality Brazilian Extreme Music
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Telefone:
55 19 8207-4254

Ancesttral: Assista vídeos da pré-produção







Já em estúdio registrando todas as ideias, riffs, letras e o que mais vier, o ANCESTTRAL disponibiliza conosco algumas imagens do que está acontecendo com seu segundo álbum.





Um trecho de uma música (ainda sem vocal e mixagem) também foi disponibilizado:


O novo álbum ainda não tem previsão de lançamento e mais informações serão anunciadas em breve.

Para amenizar a espera o grupo liberou para download o EP “Bloodshed and Violence”, lançado em 2012, e o álbum “The Famous Unknown”, debut lançado em 2007.

Para baixar gratuitamente o álbum, visite o link:


Para baixar o EP:


Contato para shows e merchandise: press@ancesttral.com

Sites Relacionados:




High Quality Brazilian Extreme Music
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Telefone: 55 19 8207-4254

Distraught: Confirmada como abertura para o SOULFLY em Porto Alegre






O DISTRAUGHT foi confirmado como banda de abertura para o Soulfly na capital gaúcha nesta quarta-feira.

A escolha foi feita através de uma votação organizada pela produtora Pisca na página oficial do evento no Facebook. O vocalista André Meyer manda uma mensagem de agradecimento ao imenso suporte:

"Gostaria muito de agradecer a todas as pessoas que ajudaram compartilhando esse mais de um mês de correria pra chegar a esse resultado, eu realmente me surpreendi com o quanto muitos realmente nos apoiaram, é bom saber que temos tantas pessoas que acompanham nossa batalha de fazer Metal no Brasil pelo amor à camiseta. Nós, do Distraught, estamos na estrada há 23 anos sempre aprendendo um pouco mais, essa foi mais uma trajetória vencida com humildade e respeito de nossa parte. Vamos dar o nosso máximo pra agradecer por tudo. WELCOME TO THE WALL OF DEATH!"


A apresentação ocorre neste dia 28 de agosto, quarta-feira no Bar Opinião (Rua José do Patrocínio, 834). A abertura da casa é as 21h00. Ingressos e mais informações pelo link:


Ouça uma música:


Contatos para shows e Merchandise: distraughtcontact@gmail.com

Sites relacionados:




High Quality Brazilian Extreme Music
R. Eugênio Xavier de Souza
Jardim Santa Maria
Mococa, SP 13730-160
Telefone55 19 8207-4254

Odum: banda divulga teaser do novo Single, "New Earth"


A banda ODUM, originalmente formada em Los Angeles (Califórnia, nos Estados Unidos) em 2005, acaba de divulgar em seu website oficial o teaser do vídeo promo de "New Earth", o próximo single do grupo, previsto para sair em outubro. A música, que fará parte do terceiro EP do ODUM (ainda sem título nem data de lançamento definidos), apresenta a nova formação brasileira da banda, que será anunciada oficialmente em algumas semanas junto com a nova turnê.

Confira o teaser neste link: 


Links relacionados:


Imprensa/Booking: z1press@hotmail.com




Fonte: z1PRESS 
Comunicação – Assessoria de Imprensa especializada em Música & Entretenimento

News Rivendell Radio Press






Prad'Ma, Rygel, Dieriza, Lecher, Valveline - 21.09.13 - Clube América - Sorocaba - SP


Atrações/Bandas: Prad'Ma, Rygel, Dieriza, Lecher, Valveline
Data do evento: 21.09.13
Início: 21:00
Local do evento: Clube América
Endereço: Rua Carlos André Isse, S/N - Pinheiros - Sorocaba - SP

Ingressos/valores: R$ 20,00

Postos de vendas
Portaria Clube América

Realização/informações
Telefone: (15)-9148-1103

Serviço/informações adicionais
Referência de como chegar ao Clube América: entrando na Campos Salles pela ponte Pinheiros e virando a primeira a direita.

Links relacionados

Prad'Ma - contato para shows/entrevistas/merchandise: rivendellradio@live.com




Prad'Ma - 18.09.13 - Asteroid - Sorocaba - SP


Atrações/Bandas: Prad'Ma
Data do evento: 18.09.13
Início: 20:00
Local do evento: Asteroid
Endereço: Rua Aparecida, 737, Sorocaba - SP 

Ingressos/valores: R$ 10,00 (antecipado)

Postos de vendas
Asteroid e com as atrações participantes

Realização/informações
Asteroid 

Links relacionados

Prad'Ma - contato para shows/entrevistas/merchandise: rivendellradio@live.com





Lethal Storm: banda lança seu segundo videoclipe "Words of Mankind"


A banda LETHAL STORM lança seu segundo videoclipe oficial intitulado "Words of Mankind", que faz parte do EP "We Are" lançado este ano.

O videoclipe foi gravado em um casarão abandonado na cidade de Campinas/SP, as filmagens ficaram a cargo de Juliano Marthos, sendo que a produção e direção ficou por conta do próprio baterista da banda, Fabio Luiz.

Assista o videoclipe oficial "Words of Mankind":


Ficha Técnica:
Banda: Lethal Storm
Musica: Words Of Mankind
Album: We Are 2013 (EP)
Filmagens: Juliano Marthos
Localidade: Campinas (SP)
Edição: Fabio Luiz
Arte design: Fabio Luiz

Integrantes:
Douglas Mota: Vocal
Hudson: Guitarra
Luciano: Guitarra
Haroldo Sanchez: Baixo
Fabio Luiz: Bateria

Formada em 2007 em Campinas/SP, a banda LETHAL STORM traz a cena nacional um Death/Thrash Metal com guitarras poderosas, bateria esmagadora e uma voz agressiva, sem deixar de lado melodia e técnica em suas composições.

Links Relacionados




Centúrias: programa Dark 666 fará especial com a banda






O programa DARK 666, da rádio online Dark Radio (www.darkradio.com.br), fará um especial com a banda paulistana de Heavy Metal CENTÚRIAS nesta sexta (30). O programa, produzido e apresentado por Marcelo Stefanoni, trará uma entrevista com o vocalista Nilton "Cachorrão" Zanelli, que vai contar um pouco sobre a história da banda, o trabalho da nova formação, o novo disco e muito mais! 

Nilton "Cachorrão" Zanelli (vocal), Ricardo Ravache (baixo), Roger Vilaplana (guitarra) e Júlio Principe (bateria) atualmente encontram-se em estúdio produzindo um novo Single, que contará com duas composições inéditas e será lançado em outubro. O grupo volta aos palcos dia 26 de outubro, quando se apresentará no Aldeia Bar - Jundiaí (SP), com a banda Dharma 101. O CENTÚRIAS também é uma das atrações do festival "Super Peso Brasil", ao lado do Stress, Salário Mínimo, Taurus e Metalmorphose, que será realizado no dia 9 de novembro no Carioca Club, em São Paulo (SP). 

Centúrias no Dark 666: sexta-feira (30) às 18h, com reprise no domingo (01/09) às 13h. DARK 666 é só na DARK RADIO, a "Casa do Underground na Internet". Para ouvir, acesse: http://www.darkradio.com.br

Sites relacionados: 
Contatos para shows: contato@centurias.com.br




Eterna: banda lança seu primeiro vídeo clip






A banda de Metal católico ETERNA lançou no último dia 24 de Agosto seu primeiro videoclipe para a música "Só Quero Você", que faz parte do novo álbum a ser lançando.

O vídeo foi gravado no Mosteiro da Esperança com a direção de Rafael Agostino e foi gravado, mixado e masterizado no NF-Estúdio em São Paulo/SP.


O novo álbum ainda sem nome definido já está gravado, faltando alguns detalhes e está sendo gravado, editado, mixado e masterizado por Neno Fernando (voz) no NF-Estúdio e será lançado em Dezembro deste ano de forma independente. A arte gráfica ficará ao cargo de Paulo Frade (guitarrista).

A atual formação é:

Neno Fernando - Voz
Paulo Frade - Guitarra
Jason Freitas - Contra-Baixo
José Cardillo - Teclados
Gerson Reyes - Bateria

Site Oficial: www.eterna.com.br

Imperium Infernale: mudança na formação



O guitarrista Morbius não faz mais parte da banda IMPERIUM INFERNALE. O vocalista Áscaris comentou a saída do músico: "Ele não estava mais conseguindo conciliar vida pessoal/profissional com a banda e decidiu sair para que possamos procurar um novo integrante pronto a se dedicar mais às atividades que temos como meta. Mas foi tudo amigável, pois Rafael (Morbius) foi meu parceiro na música por 13 anos, assim como foi, e seguirá sendo, meu amigo. Suas recentes contribuições ao som do IMPERIUM INFERNALE ainda serão ouvidas em nosso próximo álbum, com sua total aprovação. Desejo-lhe sorte e sucesso em seu trabalho, assim como em atividades musicais que venha a realizar daqui pra frente".

Com a saída de Morbius, o single "Nightstorm", programado para ser lançado em meados de julho, sofreu um atraso e só deve ser lançado entre setembro e outubro, com suas guitarras gravadas pelo produtor da banda, Rafael Augusto Lopes (Fanttasma). Já os shows, agendados para outubro, serão reagendados em datas futuras. Quanto ao substituto de Morbius, a banda garante já estar em contato com um novo guitarrista, ainda não revelado.




Fonte: Lux Press
Assessoria de Imprensa
11 9-8738 6604