11 de jul de 2012

Oprich / Piarevaracien / Chur – Triunity (Split CD)



Casus Belli Productions – Importado 
Nota 8,5
Por Marcos Garcia

Para fãs do chamado Folk Metal em geral, entre a música e as letras de um grupo deve existir a coerência, pois não basta apenas tocar, mas também lidar com temas ligados ao paganismo ou às culturas antigas de países, quase sempre europeus. É uma exigência, e que pode ser satisfeita neste Split CD entre três bandas de nacionalidades diferentes, Oprich (da Rússia, onde o estilo anda crescendo cada vez mais), Piarevaracien (da Bielorrússia) e Chur (da Ucrânia), sendo que as três desfilam um trabalho conceitual em Triunity.
O intuito deste CD é expressar solidariedade histórica das três nações eslavas de onde as bandas vieram, bem como expressar suas raízes culturais e exaltar mesmo tempo, as características originais do patrimônio de cada nação.
As produções sonora e visual estão no mais alto nível, logo, não há muito que ser detalhado em ambas, só ressaltando que a sonoridade flui de forma tranquila e pesada na medida certa, mesmo nos momentos mais Folk de cada uma delas.
São três faixas para cada banda.
O Oprich sabe mesclar riffs mais pesados com flautas e elementos Folk sem constrangimentos e sem se perder, especialmente pelos vocais, em uma música não muito ríspida e cheia de melodias bem fortes e empolgantes, como no caso de Up the Rivers of the North, uma faixa um pouco mais acelerada, e The Volga, esta um pouquinho mais lenta, mas ainda mantendo a empolgação da primeira. Já o Piarevaracien é bem menos pesado, focado mais na climática Folk e em estruturas musicais mais bonitas e bem compostas, com flautas constantes e bem postadas, além de guitarras acústicas, sendo que suas três faixas, My Autumn, Morning e Ashes tem forte emotividade presente. O Chur é a banda onde a mistura Folk-Metal é mais bem equilibrada e homogênea, pois apesar dos instrumentos Folk, a banda não abre mão de guitarras distorcidas, como fica claro na forte e pesada Over the River, Through the Woods (A Swallow Flew), bem pesada e que leva ao banging com facilidade, com ótimas guitarras.
Um bom disco, sem sombra de dúvidas, mostrando que nem mesmo a ditadura socialista de Stálin conseguiu matar a cultura nos três países (no qual a Ucrânia sendo o que mais sofreu), e muito menos a força do Metal.
E aproveitem, porque são somente 1000 cópias!


Triunity (Oprich / Piarevaracien / Chur) - Album Preview


Triunity

Oprich

1. Up the Rivers of the North
2. The Volga
3. North the Boundless

Formação:

Pustosvyat – Baixo 
MournGrimm - Bateria 
Kolyada – Guitarras 
Yaromir – Guitarras e vocais 
Rada – Flauta 
Pan – Vocais 


Piarevaracien

1. My Autumn
2. Morning
3. Ashes

Chur

1. O There on the Mountain
2. Over the River, Through the Woods (A Swallow Flew)
3. O the Spring is in a Field       


Formação:

Chur – Todos os instrumentos


Contatos:

Notícias - Metal Media Management (11/07/2012)



========================================================================


NervoChaos - Death Metal com pornografia



O site Xplastic, além de ser um dos principais endereços da web para Alt Porn no mundo, é também um grande apoiador do underground brasileiro, sempre dando espaço para que bandas divulguem seu trabalho por lá.

Desta vez o Xplastic abre espaço para uma das principais bandas de Death Metal da atualidade o NervoChaos. A banda já iniciou o processo de divulgação de seu novo álbum To the Death a ser lançado em breve pela Cogumelo Records.
O grupo foi entrevistado pela dançarina burlesca e blogueira Sweetie Bird, que conversou com o baterista Edu Lane, e o vocalista/guitarrista Guiller que nos contam sobre a banda, de seu início até os tempos atuais, inclusive com algumas histórias proibidas do backstage.


Não deixe de conferir também o site oficial da Xplastic: http://xplastic.com.br/


To the Death é o quinto álbum de estúdio do NervoChaos e promete surpreender a todos os fãs de música extrema com uma grandiosa produção, participações especiais e uma banda mais afiada do que nunca!


Contato para shows e merchandise: nervo666@hotmail.com


Sites Relacionados:
www.myspace.com/nervochaos
www.metalmedia.com.br/nervochaos
https://www.facebook.com/NervoChaos


========================================================================



Coletânea ‘Vida Longa ao Rock’n’Roll Nacional’ está disponível




Está disponível para download gratuito a coletânea Vida Longa ao Rock’n’Roll Nacional Volume 1. Compilação que reúne alguns dos principais nomes do Rock brasileiro cantado em português.
Esta iniciativa foi tomada pela banda paulista Makinária Rock, que em um ato heróico reuniu dez nomes do Rock nacional para esta coletânea que marca um ‘revival’ do Rock cantado em português.
“Nos anos 80 era muito comum as bandas de Rock, Heavy e Hard cantarem em nossa língua nativa, mas com o tempo o costume foi abandonado ou substituído por letras em inglês. Nada contra, mas nós admiramos muito as bandas em português e queremos que essa coletânea quebre qualquer preconceito que possa existir com o Rock em português, afinal de contas, no fundo é tudo Rock’n’Roll!” comenta Carlos Digger, idealizador da coletânea.

01 – Baranga – Céu É O Hell | Álbum: Céu É O Hell
02 – Carro Bomba – Mondo Plástico | Álbum: Carcaça
03 – Centúrias – Guerra E Paz | Álbum: Ninja
04 – Golpe De Estado – Nem Polícia, Nem Bandido | Álbum: Nem Polícia, Nem Bandido
05 – Harppia – Salém | Álbum: A Ferro E Fogo
06 – Motorocker – Rock Na Veia | Álbum: Rock Na Veia
07 – Makinária Rock – Cansado | Álbum: Makinária Rock
08 – Nacionarquia – Prece Para O Diabo | Álbum: América Latrina
09 – Salário Mínimo – Eu Não Quero Querer Mais | Álbum: Simplesmente Rock
10 – Tomada – Quero Ter Uma Música Forte | Álbum: O Inevitável

Para baixar a coletânea é fácil, clique aqui.

Contato para shows e merchandise: contato@makinariarock.com.br

Sites Relacionados:




========================================================================



Abiosi: Banda disponibiliza primeiro álbum para download






Os ribeirão-pretanos do Abiosi acabam de disponibilizar para download gratuito seu primeiro álbum Carnificina… Verdadeira Guerra Civil de 2002.
O download vem junto com a comemoração aos 11 anos de banda. “É o nosso jeito de comemorar esta nova fase, que vem junto com o lançamento de nosso novo EP Quando Rezar Não Adiantar Mais estamos com mais experiência e queremos levar nosso som pra todos os lados!” comenta o vocalista Carlos.
O Abiosi, formado em 2001, tem seu nome originado da palavra abiose, “ausência de vida”, inspirado na falta de amor que as pessoas têm pela vida, matando por motivos banais.
O som é definido como Thrashcore/Metalcore, pesado e agressivo, com letras em português, em protesto contra a desigualdade social, política, racial, pregando a paz, trazendo uma cultura periférica e retratando as dificuldades encontradas nas ruas.
Para baixar o álbum clique aqui

Contatos para shows e merchandise: abiosicontatos@hotmail.com

Sites relacionados:




========================================================================

Hammurabi: Coluna ‘Distortion Addicted’ falando mais sobre o trítono


Foto: Roque Viana

Na coluna desta semana, o guitarrista Lucas Antonucci continua sua matéria exclusiva sobre trítonos e o uso deles na música extrema.
Confira trecho da matéria desta semana:
“Em termos de teoria mais erudita, vamos encontrar o estilo mais usado pelas bandas mais virtuosas como citei, dessa visão mais estruturada em termos de estudo que partiremos primeiro, a partir das escalas Maior e Menor naturais apenas. Creio que a partir daí as outras escalas diatônicas, modais e exóticas também serão compreendidas, em relação ao trítono. Se ainda não sabem o que são essas outras escalas não se preocupe ainda, se concentre no estudo proposto.
Basicamente, nas escalas naturais o trítono ocorre entre os intervalos de 4J (Quarta Justa) e 7M (Sétima Maior) nas escalas maiores, e entre a 2M (Segunda Maior) e a 6m (Sexta Menor) nas escalas menores. Perceba nos exemplos, na escala maior de dó o trítono entre fá (4J) e sí (7M). E dando exemplo com a escala menor de mi, o trítono entre fá# (2M) e dó (6m). Procure encontrar o intervalo em outros tons maiores e menores. Então o trítono funciona se você passar por ele no fraseado saltando diretamente da 4J para 7M nas escalas maiores, ou saltando da 2M para 6m nos tons menores. Como estamos falando do trítono dentro do próprio campo harmônico, não têm de se preocupar em sair do tom da música, apenas tome o cuidado de que não surge nas escalas diatônicas naturais nem em terças nem em quintas, que são as notas que caracterizam melhor a tônica e são mais fáceis de usar nos pontos fortes do fraseado.”
Para ler a coluna Distortion Addicted por completo, visite o link:

Recentemente a banda também lançou o bootleg oficial Burning In Cuiabá, gravado na apresentação realizada no Caverna’s Bar, na capital do Mato Grosso. O material conta com material gráfico completo e está disponível gratuitamente para download. Para fazer o download do material e obter mais informações acesse:

Contato para shows e merchandise: hammurabi@hammurabi.com.br

Sites Relacionados:


========================================================================


Fonte: Metal Media