13 de jul de 2015

CURARE – Revive Esperanza (CD)


2014 – Independente – Importado 
Nota 10,0/10,0


Músicas:

01. Fuerza del Alma
02. Ayllu Poder
03. Revive Esperanza
04. Corazón de Jaguar
05. Todo Imerio Cayó
06. Tinku
07. Asi Se Goza
08. Yaku
09. Raiz


Banda:

Juan Pablo Rosales – Guitarras, vocais 
Alejandro Pineda – Baixo 
Eduardo Cando – Flautas 
David Rosales – Bateria, vocais

Curare

Contatos:


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


A ignorância do povo brasileiro de sua ampla herança cultural parece despertar severa ojeriza entre os fãs de Metal, em especial aos mais conservadores. Sim, pois temos em toda a América do Sul bandas que rebuscam elementos regionais para poder criar algo único. Algo que bandas como ARANDU ARAKUAA, do Brasil, conseguem resgatar. E é maravilhoso conhecer o trabalho do excelente quarteto equatoriano CURARE, de Quito, pois “Revive Esperanza”, lançado no ano passado, é algo único, maravilhoso, e incrível.

Antes de tudo, podemos dizer que a banda, por trás do rótulo “Longo Metal”, está uma banda que consegue fundir tanta coisa em termos de Metal que fica difícil de fazer descrições mais definitivas. Técnica muitas vezes à lá DREAM THEATER (sem ser tão exagerado quanto este), peso com elementos de Stoner Metal, melodias do Metal tradicional, além de elementos regionais indígenas. Sim, nossos hermanos do Equador rebuscam essa forte influência étnica, sem destoar ou deixar de soar pesado. Nunca, pelo contrário, a mistura de vocais que misturam vozes fortes em timbres normais e outras mais agressivas, excelentes riffs de guitarra e solos eficientes (com muita melodia), baixo e bateria com técnica e peso absurdos, mais a adição das flautas andinas é algo de maravilhoso. E tudo isso soa com vida, peso e originalidade, além de tocar profundamente aqueles que fazem questão de lembrar-se de sua herança cultural. 

A qualidade sonora de “Revive Esperanza” é ótima, com belos timbres para cada um dos instrumentos. Óbvio que poderia ser melhor, mas está em um nível bem melhor que muitas bandas que vemos pelo mundo. E a capa, apesar de ser simples, evoca o espírito de resistência e coragem, uma esperança em sobreviver às duras penas de nascer na América do Sul.

Não é possível fazer comparativos: o CURARE possui personalidade única, firme e forte, pulsando com energia por suas músicas, fazendo que a audição de “Revive Esperanza” algo maravilhoso. Arranjos brilhantes, músicas dinâmicas, tudo nas medidas mais certas possíveis.

“Fuerza del Alma” é bem técnica, mas pesada e que nos agarra pelos ouvidos, graças à melodias bem sacadas, e é interessante ver como os vocais fazem um trabalho ótimo e espontâneo. Em seguida, “Ayllu Poder” faz alusão à figura mitológica indígena local do Equador (Mama Tungurahua, que é o nome de um vulcão ativo no país), que possui um peso avassalador e passagens empolgantes vindas do Hardcore, com riffs de guitarra excelentes. Mais ganchuda e com menos técnica, temos “Revive Esperanza”,com passagens excelentes de baixo e bateria, além de vocais declamados. “Corazón de Jaguar” é quase que um hino de guerra, pesada e mais azeda, com riffs excelentes e vocais muito bons (e a letra fala da busca da Alma Mater do povo Sul Americano, simbolizado pelo jaguar), além de um refrão excelente e que nos agarra com força. “Todo Imerio Cayó” é introduzida por flautas andinas (o som é inconfundível), mas logo surgem guitarras pesadas e um andamento bem variado, mas sempre coerente. A linda e cheia de feeling “Tinku” é onde a banda mais usa de elementos regionais, mesmo não abrindo mão do som pesado e intenso do Metal, alternando vocais ferozes e outros mais limpos, além de belas quebradas de ritmo e um solo ótimo (e Tinku é uma forma de dança e combate comum na Bolívia, ligada à mãe Pachamama). Com leve toque de música tradicional equatoriana, temos “Asi Se Goza”, mais uma com destaque para as flautas e vocais. Em “Yaku”, mais uma vez a força da herança cultural de todos nós, que nascemos na América Latina, nos chama pelo sangue, fora ser empolgante e cheia de um trabalho ótimo de bateria e flautas. E “Raiz”, que fecha o disco, tem uma sonoridade um mais intimista em seu início, focando no contraste entre vocais mais urrados e outros normais, mais outra em que a música tradicional do Equador dita as regras, mas sem que se perca a noção de peso.

Impossível não gostar, amar e exaltar um trabalho tão bom. E uma pena que a economia do continente não nos permite um maior intercâmbio de bandas. Seria ótimo ver estes hermanos entre nós.

Uma excelente banda, que merece aplausos de pé e todo respeito.



HELLSAKURA: disponibilizada prévia de novo álbum





Já com o álbum ‘Venömrizer’ disponível para vendo no Brasil via Shinigami Records, o HELLSAKURA também apresenta uma prévia de todas as dez músicas presentes no disco.

O vídeo foi editado pela produtora Video Dayz:


‘Venömrizer’ foi gravado no Loud Factory e conta com vários convidados especiais: os músicos do NERVOCHAOS estão presentes no disco, assim como o João Test, da banda TEST.


Nos convidados internacionais está o guitarrista norte-americano do lendário grupo de Death Metal IMMOLATION, Bob Vigna. Completando, Serpenth, músico da banda austríaca BELPHEGOR, que não apenas participa do disco, mas também criou o novo logo do HELLSAKURA e a arte da capa de ‘Venömrizer’.

O álbum já se encontra disponível diretamente com o HELLSAKURA ou na loja virtual da Shinigami pelo link: http://bit.ly/1HzlgVd


Sites Relacionados:



Fonte: Metal Media

VETOR: primeiras impressões do vindouro álbum impressionam!





Recentemente o grupo paulista VETOR anunciou que o lançamento de seu aguardado debut ‘Chaos Before The End’ será feito em breve pela renomada Shinigami Records.

Fora anunciado também que ninguém menos que o lendário produtor sueco Fredrik Nordström (Opeth, Arch Enemy) finalizou o trabalho do quinteto proveniente do Litoral Paulista. O que gerou ainda mais expectativa pelo trabalho que mescla como poucos Heavy e Thrash Metal.


O já tradicional editor do site Metal Samsara teve acesso antecipado ao material e simplesmente declarou: “o sucesso é certo.”

Entre tantas palavras positivas, o redator ressaltou a habilidade do grupo em mesclar peso e melodia de forma suave e inteligente:

“O que diferencia a banda de muitas de seu gênero é sua queda acentuada para o lado mais agressivo de seu trabalho. Mas óbvio que isso de forma alguma oblitera as melodias. Longe disso, elas são claras e sensíveis, ajudadas pela técnica de seus músicos.”

O trabalho recebeu nota máxima e a resenha pode ser conferida aqui:


O álbum foi gravado no estúdio O Beco, em Santos, e produzido por Anibal Pontes no Pontes Studios no Reino Unido. A arte de capa foi feita por Jean Michel da Designations Artwors quem tem no seu currículos as artes dos recentes trabalhos de Skinlepsy e NoWrong, entre outros.

Em breve mais informações e uma data oficial de lançamento. Confira no seguinte link uma prévia do disco:



Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

STAUROS: participação em DVD anunciada




Com os preparativos para o seu primeiro DVD oficial a todo o vapor, a banda STAUROS acaba de confirmar a presença de JT, vocalista da banda Metal Nobre (Brasília) em 02 faixas.

"Vale das Sombras - Ao Vivo" é o primeiro registro oficial da banda e comemorará os seus 20 anos de existência. O show será gravado no dia 25 de setembro no Teatro Municipal de Itajaí/SC e terá em seu repertório canções do EP "Marcas de um Tempo" (lançado em 2002) e do álbum "Vale das Sombras" (de 2014).

Venda de ingresso:

Pré-venda do DVD:





Fonte: Lex Metalis

IMPERATIVE MUSIC: apoiando a cena Metal brasileira




A Imperative Music vai ter uma loja virtual com CDs das bandas Brasileiras em nosso Website oficial. Gostariamos de ter a sua banda em nossa loja!!!

Você poderia nos informar o preço de atacado (preço para lojistas) de seu lançamento? Podemos comprar 10 CDs ou mais.

Esperamos apoiar vossa banda ainda mais com essa parceria.

Aos interessados, entrar em contato:

Imperative Music
A/C Gilson Imperative Music. 



13/07/2015: News Heavy and Hell Press



Animal House: Entrevista nesta terça na Tropical Radio Rock


Seguindo a passos largos a divulgação de seu mais recente trabalho, o EP “Limbo”, o ANIMAL HOUSE se prepara para mais uma entrevista, desta vez na Tropical Radio Rock, onde o vocalista Mutle¥ Animal falará sobre o novo lançamento, a nova formação e muito mais.

A entrevista será nesta terça-feira (14/07) começando as 19h30min, e você pode acompanhar no link a seguir:



Links Relacionados:

Twitter: @animal_house1



Sky In Flames: Participando da 14° edição da coletânea “Upcoming Hell”


Com o lançamento do EP “In Cailleach Winter Veil”, a SKY IN FLAMES vai colhendo os frutos de todo seu empenho e dedicação nesses mais de 10 anos fazendo Metal extremo. E com a ótima repercussão do lançamento, a banda está figurando em uma das coletâneas mais respeitadas do Brasil, a “Upcoming Hell” da revista Hell Divine, que chega a sua 14° edição.


A música escolhida para coletânea foi “Subliminal Neurological Destruction”, que além de figurar no EP também se tornou o primeiro lyric vídeo do grupo (assista o mesmo aqui: http://bit.ly/1IVWLkO). Aproveite e conheça todas as bandas que compõem a nova edição:


1. Anthares - Pesadelo Sul-Americano
2. Bloodwork - Defecating Broken Glass
3. CxFxCx - Seja a Cena
4. Dark Slumber - Sorrowful Winter Breeze
5. Decreptor - Black Visions of My Death
6. Destruction of Bodies - In Course of Killing
7.  
8. Frade Negro - First to D.I.E
9. Grimriot - Heart Of Darkness
10. Losna - Back To The Grotto
11. Necromancer - Plundered Society
12. Nox Spiritus - Kuthullu Surgira
13. Overdose Nuclear - Ritual
14. Patria - Symmetry of Imperfection
15. Sacrario - Time of Pestilence
16. Seeds of Destiny - Seeds Of Destiny
17. Sky in Flames - Subliminal Neurological Destruction
18. Spartacus - Na Rota Da Colisão
19. Syren - My Shadow, My Dear Friend
20. Warshipper - Absence of Colors - The Obsolete

A compilação é gratuita e você pode baixar no link a seguir: http://migre.me/qGrKJ


Links Relacionados:




CxFxCx: Tocando no “Queen Rock Festival” neste sábado


E os mestres do Crossover gaúcho estão prontos para invadir o litoral! O CxFxCx se prepara para tocar pela primeira vez no “Queen Rock Fest” no litoral gaúcho, mais precisamente em Atlântida.

Além do CxFxCx o evento reunirá mais 11 bandas, totalizando mais de 5 horas de muito som pesado em dois palcos.

O festival será neste sábado (18/07) na Av. CENTRAL 2060, com ingresso custando a partir de R$15,00.

Para mais informações acesse o link a seguir:


Aproveite e confira novo videoclipe do CxFxCx:



Links Relacionados:




AZORRAGUE: 08 anos de Metal + Capa de "Bringer Of Terror" revelada





Há exatos 08 anos a banda curitibana AZORRAGUE dava os seus primeiros passos e fazia o seu primeiro ensaio e que, segundo o agora baixista/vocalista Fernando Frogel "não tinha nem música para ser ensaiada. Só começamos a juntar umas ideais do que viria a ser a faixa 'With His Blood', presente no nosso primeiro CD".

Muitas coisas já aconteceram na história da banda e muitas outras ainda estão para acontecer, como o esperado lançamento do álbum "Bringer Of Terror", que deve ser por volta do final do 3º trimestre desse ano.

E enquanto esse lançamento não chega, a banda libera a capa deste trabalho, que assim como todo o projeto gráfico, ficou a cargo do baterista/vocalista Macarrão.


"Bringer Of Terror" foi gravado no Silent Music Studios em Curitiba/PR e teve a produção capitaneada por Karim Serri. O álbum trará 10 faixas de um furioso Death/Thrash onde a banda mostra uma considerável evolução em relação ao álbum anterior, "Die With Us", lançado em 2012.

Links relacionados:



Fonte: Lex Metalis

Alírio Netto: veja entrevista em vídeo para Daniel Piquê





O músico, ator e cantor Alírio Netto foi entrevistado por Daniel Piquê em seu programa no YouTube, LiFeStream, que já é um sucesso nas redes sociais. Alírio concedeu entrevista no carro de Daniel, em São Paulo, durante uma carona em alguns dos encontros destes grandes amigos. O vocalista falou sobre sua carreira com o Age of Artemis, trabalho no teatro, o musical Jesus Cristo Superstar, além dos preparativos para o primeiro álbum solo.

PIQUÊ – LiFeStream #14 feat. Alirio Netto; veja vídeo: 


O primeiro trabalho solo de Alírio Netto não será calcado no heavy metal. O álbum terá influências do Pop, música brasileira e será cantado em português. “Quando resolvi gravar um trabalho solo pensei em fazer algo diferente, mas que ao mesmo tempo fosse a minha cara. Não queria lançar um álbum solo com a mesma característica das minhas bandas Age of Artemis e Khallice, por exemplo. Conversando com o Edu Falaschi durante a pré-produção ele me falou o seguinte: faça o que você está sentindo no momento. Resolvi seguir o conselho e apostar nessa vibe”, disse Alírio Netto.


Alírio Bossle Netto começou a carreira musical na cidade de Florianópolis, com 15 anos, cantando em bandas de Rock. Aos 18 anos estudou canto lírico com a Soprano Rute Gebler, participando do grupo Vozes da Primavera, onde obteve grande reconhecimento da crítica e público. Atualmente ministra cursos e workshops de canto, preparando profissionais da voz para ingressarem na carreira de teatral e canto em geral. Muitos dos meus alunos já fazem parte dos profissionais do Teatro Musical, que participaram de produções como: “O Fantasma da Ópera”, “Miss Saigon”, “Aida”, “A Noviça Rebelde”, “A Bela e a Fera”, “Lion King” (Alemanha), entre outros. Interpretou o papel de Jesus na versão oficial mexicana do musical Jesus Cristo Superstar e de Judas Iscariotes na versão brasileira do musical, obtendo grande sucesso de crítica e público. Participou dos principais programas televisivos do país como: “DE FRENTE COM GABI”, “JÔ SOARES”, “ALTAS HORAS”, entre outros. Alirio ainda é vocal coaching e vocalista das bandas Age of Artemis e Khallice. Em 2015 estou com um novo projeto, o HeavyPop, com Felipe Andreoli, Marcelo Barbosa e Bruno Valverde, onde a banda revisita grandes clássicos do pop mundial em versões mais ousadas e pesadas.

Links relacionados: 

El Santo Asesino - República do Caos (EP)


2015 – Independente – Nacional 

Nota 8,5/10,0

Músicas:

01. Interfactor Sancti (Intro)
02. Inferno
03. Evangelho do Ódio
04. Repeaxe, 
05. República do Caos
06. Pacificação


Banda:

Sidney Santos – Voz 
Danilo Gonzalez – Guitarra, vocais 
Van Mike – Baixo

El Santo Asesino

Contatos:


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


A cena extrema brasileira ainda jaz dentro do underground, baseada muito no “do it yourself”. Mas é justamente disso que nasce a força do protesto, da liberdade criativa e da força musical. E quem se embebeda dessa fonte é o ótimo trio EL SANTO ASESINO, de São Paulo, que chega para trucidar os ouvidos dos desavisados com seu EP “República do Caos”.

Aqui, nestas seis faixas, impera a raiva, a fúria e o protesto engajado do HC com uma embalagem de Grindcore/Death Metal extremado. E essa raiva voa para todos os lados que compõem o “estabilishment” nas letras, embaladas por uma musicalidade agressiva e azeda que causa dores atrozes nos ouvidos menos acostumados. Mas não se iludam: a banda possui boa musicalidade por trás de tanta agressividade. Ótimos vocais que se alternam entre timbres guturais e rasgados, guitarras com riffs insanos e pesados, baixo e bateria com uma pegada pesada e bem variada. Sim, existem mentes pensantes aqui.

A produção musical da banda é ríspida, azeda e bruta. Óbvio que podemos compreender o que a banda está tocando, mesmo com timbres instrumentais tão brutos (mas bem escolhidos), e a banda mostra-se sábia nos arranjos.

“Interfactor Sancti”é uma introdução climática que antecede o caos de “Inferno”, uma faixa brutal e direta, mas apresentando um trabalho ótimo de baixo e bateria (vejam como os bumbos duplos se mostram bastante, e o baixo segura o ritmo com perfeição), seguida de “Evangelho do Ódio”, essa veloz e reta, mas com riffs intensos e grande influência do Grindcore. “Repeaxe” possui mudanças de ritmo interessantes, mas mantendo o som compactado e com uma exibição ótima dos vocais. Mais destruição sonora intensa é o que ouvimos na abrasiva “República do Caos”, que é azeda e possui um andamento não tão veloz como as outras, mas é de deixar o pescoço doído. E fechando, temos “Pacificação”, outra em que a brutalidade e azedume são maiores que a velocidade (que aqui fica em segundo plano), mostrando ótimos arranjos de guitarra e uma bateria que se mostra bem técnica.

Ou seja, o EL SANTO ASESINO é uma ótima banda, que veio para somar. E este EP (além do Demo “O Inimigo do Meu Inimigo”) podem ser baixados gratuitamente na página oficial do grupo na internet.

E "República do Caos" é um ótimo EP, sem sombra de dúvidas!

“All-metal-stars” Vivaldi Metal Project: iniciando as gravações





Após mais de um ano de trabalho duro nos arranjos e na formação do cast, o Vivaldi Metal Project que conta com a participação de mais de 70 estrelas do rock e metal, tais como Rick Wakeman, Vitalij Kuprij, Chris Caffery, Roni Sauaf, Fabio Lione, Mark Boals, Rob Rock, Dani Loeble entre outros, anounciou, recentemente, o inicio de gravações da obra-prima “As Quatro Estações” do compositor italiano Antonio Vivaldi. 


Esse projeto internacional foi lançado no final de 2013 pelo tecladista, compositor e produtor italiano Mistheria (artista solo que trabalhou também com Bruce Dickinson, Rob Rock, Roy Z, Edu Falaschi, etc.) juntos com o seu co-produtor e baixista Alberto Rigoni (artista solo, TwinSpirits). Era um grande desafio de juntar toda essa equipe para realizar a ideia e também de arranjar a obra-prima clássica, tão amada pelo mundo inteiro, no âmbito do metal. Levou quase 1.5 anos para formar o cast atual de cantores e instrumentistas do primeiro porte. 

O lançamento do material está previsto para o março do ano que vem. Por enquanto, o Vivaldi Metal Project anonciou o programa do crowdfunding no PledgeMusic oferecendo a pré-venda do próximo album no formato físico e digital, além de várias opções como CDs autografados, coleções de CDs, entrevistas, aulas e shows online. A parte de dinheiro recebido será direcionado para fundos de caridade. Saiba mais:




Todo o cast do Vivaldi Metal Project (alguns nomes ainda a ser revelados): Mistheria, Alberto Rigoni, Rick Wakeman, Mark Boals, Michael Lepond, John Macaluso, Dani Loeble, Marco Sfogli, Vitalij Kuprij, Mark Cross, Andreas Passmark, Rolf Munkes, Benjamin Lechuga, Andrea De Paoli, Atma Anur, Csaba Zvekan, Steve Di Giorgio, Armand Melnbardis, Nicolas Quinteros, Mirkko De Maio, Nicolas Waldo, Max Aguzzi, Maria Diese, Simone Mularoni, Dr. Viossy, Basak Ylva, Chris Adler, Tommy Denander, Douglas Docker, Pawel Penksa, Roger Staffelbach, Fabrizio Leo, Chity Somapala, Lars Lehmann, Pier Gonella, Emir Hot, Rick Renstrom, Maurizio Boco, Maria Diese, Giovanni Tomassucci, Dino Fiorenza, Keiko Kumagai, Goran Nystrom, Andy Basiola, Nicolas Quinteros, Ivan Mihaljevic, Gabriels Shiro, Francesco Dall'O', Iliour Griften, Tom Asvold, Neil Zaza, Srdjan Brankovic, Niels Vejlyt, Stefano Sbrignadello, Filippo Lui, Katerina Simeonova, Giorgia Gueglio, Dimitar Belchev, Milan Polak, Rachel Pedri, Leonardo Porcheddu, Tomas Varnagiris, Richard Marks, Tony Liotta, Roberto Scarpa Meylougan.

Trailer oficial: 


Vídeo das gravações da bateria:





Maiores informações: