23 de mar de 2014

Sodom - Lords of Depravity Part II (Duplo DVD)

Shinigami Records
Nota 10/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


Falar do trio alemão SODOM é desnecessário. É uma das poucas bandas de Metal dos anos 80 que sempre manteve a autenticidade e dignidade, mesmo em tempos extremamente difíceis, acima de tudo. Nunca abriram mão de sua música e convicções, fosse pelo motivo que fosse, ou as dificuldades que tiveram que encarar. E "Lords of Depravity Part II", DVD duplo que a Shinigami Records lançou no Brasil, é um testemunho disso.

Assim como "Lords of Depravity", temos um DVD com um show ao vivo e outro para um documentário sobre a história da banda de 1995 até 2009. 

Falemos primeiro do documentário.

Se em "Lords of Depravity I" vimos a origem, crescimento e o auge da banda nos anos 80, a chegada ao sucesso com os discos "Persecution Mania" e "Agent Orange", neste segundo volume vemos o grupo tendo que lidar com as dificuldades inerentes da primeira metade dos anos 90 para bandas de Metal, o surgimento de influências Punk em seu som, além das mudanças de formação (o guitarrista Strahli é preso por assunto relativos à drogas, assim como o batera "Atomic" Steif também sai) que perduram até o derradeiro CD, "Masquerade in Blood". E esta foi uma época devastadora para o Metal, com bandas acabando ou buscando novas fórmulas musicais para poderem sobreviver. Tudo isso afeta de certa forma Tom Angelripper, que não se sente mais com forças de levar o trio adiante com tantos problemas, mas ao mesmo tempo, começa a dar os primeiro passos em direção à uma nova empreitada (o ONKEL TOM ANGELRIPPER), o que acaba ajudando a encontrar Bernemann e Bobby Schottkowski.  E isso injeta forças em Tom, que torna a levantar o SODOM com uma formação que perdurou por mais de 15 anos. A história é feita por comentários de Tom, Bobby, Bernemann, além de Harris Johns (produtor dos discos da banda por muitos anos), Josef Dominik (Grave Violator, um dos primeiros guitarristas da banda), Ulli Pösselt (produtor musical que deu início ao que seria o ONKEL TOM ANGELRIPPER), Götz Kühnemund (Sir Pommes, do RANDALICA), Gerre (do TANKARD), Derrick Green (do SEPULTURA), Warrel Dane (SANCTUARY e NEVERMORE), entre tantos outros, participações em festivais e shows (as filmagens de shows na Alemanha dão a dimensão do nome do trio em sua terra natal), a primeira tour pela América do Sul, produção de álbuns. Nenhum detalhe ficou de fora, e tudo contado com extremo bom humor por parte de todos (existem momentos hilários, acreditem), bem como é sensível a tristeza ao lidar com momentos difíceis (como a gravação de "The Final Sign of Evil", pelo estado de saúde de Christ Witchhunter e sua posterior morte). E um dos pontos mais altos é, sem sombra de dúvidas, quando se fala da reunião de quase todos os músicos que passaram pelo SODOM no Wacken Open Air de 2007.

Sodom
Já o segundo DVD, temos cenas deletadas do documentário e os vídeos oficiais de "Fuck the Police" (do "'Til Death Do Us Unite") e "City of God" (do album "Sodom"), mas o filé mesmo é "Live of Depravity", o show de aniversário de 25 anos do SODOM, com a participação dos ex-guitarristas Grave Violator, Frank Blackfire, Michael Hoffmann, Andy Brings e o ex-batera Atomic Steif. Só faltaram mesmo Chris Witchhunter, Strahlin (que estava preso), Agressor e Rainer Focke (um dos primeiros bateristas da banda), fora o falecido guitarrista Michael Wulf. E meus caros, quem já teve a oportunidade de ver o trio ao vivo, sabe o quão intensa é sua energia. Mas o melhor é ver mesmo que o setlist é composto por muitas músicas que a banda não tocava ao vivo há anos, e não tem preço ver os antigos membros no palco levando clássicos como "Blasphemer" (com Grave Violator nas guitarras e Tom usando seu velho colete de couro durante a música), "Proselytism Real", "Christ Passion" e "Magic Dragon" (todas as três com Frank Blackfire mais uma vez nas guitarras), "Tarred and Feathered" (e o velho Mike Hoffman tocando as seis cordas como um menino), "One Step Over the Line", "Get What You Deserve" e "Abuse" (e eis que o vovô-garoto Andy Brings dá uma bela aparecidano show nessas três, com "Atomic" Steif aparecendo nas duas últimas), "Sodomy and Lust" (Bernemann e Frank nas guitarras ao mesmo tempo é demais para qualquer coração!), "Ausgebombt" (agora Andy, Bernemann e Frank se juntam nas seis cordas, e Tom enfim empunha o velho Ibanez Destroyer vermelho), "The Saw is the Law" (Bernemman com Mike nas guitarras), "Outbreak of Evil" (com Grave Violator, Frank e Bernemann no palco), e fecham com " Bombenhagel" com todo mundo no palco de uma vez só (exceto por "Atomic" Steif)! É algo insano, sem precedentes, e vemos claramente que não há ciúmes ou ressentimentos entre os músicos, que tudo é uma festa. É realmente uma bela comemoração de aniversário, onde o presente é dos fãs. E ainda bem que esse show foi gravado, pois é testemunho de um dos melhores shows da história do festival.

Um belíssimo lançamento, e um agradecimento à Shinigami Records por lançar um item indispensável às prateleiras de todo bom headbanger. E não se esqueçam: downloads ilegais são coisa de frutinha.



Tracklist: 

DVD 1: 

- Cenas deletadas do documentário
- Fuck the Police (vídeo)
- City of God (vídeo)
- Live of Depravity: 25th Anniversary Show (Live at Wacken Open Air 2007)

01. Intro
02. Blood on Your Lips
03. Wanted Dead
04. City of God
05. Axis of Evil
06. Blasphemer
07. Proselytism Real
08. Christ Passion
09. Magic Dragon
10. Tarred and Feathered
11. One Step Over the Line
12. Get What You Deserve
13. Abuse
14. Frozen Screams
15. The Vice of Killing
16. Napalm in the Morning
17. Sodomy and Lust
18. Ausgebombt
19. The Saw is the Law
20. Outbreak of Evil
21. Bombenhagel
22. Outro


DVD 2: 

The Complete History 1995-2009 (documentário da história da banda)


Formação:

Tom Angelripper - Baixo, vocais
Bernemann - Guitarras
"Bobby" Schottkowski - Bateria
Grave Violator - Guitarras
Frank Blackfire - Guitarras
Michael Hoffmann - Guitarras
Andy Brings - Guitarras
Atomic Steif - Bateria


Contatos:

Skylark - Divine Gates Part IV: The Live Gate (Live DVD)

Shinigami Records
Nota 8,0/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


A chegada dos aparelhos de DVD trouxeram algumas facilidades para o mercado fonográfico, já que as bandas de Metal passaram a gravar mais e mais shows ao vivo em vídeo para os fãs, que nem sempre possuem recursos para verem as bandas que gostam. Não é algo que substitua uma apresentação, mas já é algo ótimo. E a Shinigami Records nos prestou um ótimo serviço disponibilizando a versão nacional de "Divine Gates Part IV: The Live Gate", do SKYLARK, grupo italiano de Metal Sinfônico melódico.

O CD é a gravação de um show da banda em Phoenix, Arizona, nos EUA, de quando a banda havia ido ao país em uma excursão pela primeira vez e ainda contava com a vocalista Kiara Laetitia em sua formação. Ou seja, podemos dizer que é um testemunho ao vivo da fase de Kiara com o grupo, que ao vivo se mostra bem solto e perfeccionista na execução de suas canções, sempre mantendo uma música vibrante, pesada, coesa, técnica e elegante. O que diferencia bastante o que se ouve nos CDs para o ao vivo é que as músicas ganham mais energia e vibração, faltando apenas ao grupo uma segunda guitarra para fazer as bases (sim, não existe o recurso de uma base pré-gravada. Aqui, a coisa é ao vivo mesmo).

Skylark
Dirigido por Shawn Hutchinson, tendo a mixagem da parte sonora feita por Sean Cooney e masterização sonora de George Marino, em termos de qualidade de som não se pode reclamar de nada, pois está tudo em seus lugares certos, soando pesado e limpo, mas sem obliterar o "feeling" de um disco ao vivo. Em termos de imagem, realmente há um capricho na captação do show por várias câmeras, com ângulos muito bem escolhidos e a edição perfeita. E se existem overdubs (as famosas correções em estúdio) em termos sonoros e visuais, eles estão extremamente imperceptíveis aos ouvidos menos treinados, pois vemos Kiara tendo alguns excessos vez por outra.

O único "porém" realmente é a presença de apenas 10 canções no DVD. Poderiam ser bem mais, e realmente, fica aquele gostinho de "quero mais" ao final do DVD. Mas mesmo assim, o repertório está muito bom, mesmo que a excursão tenha sido para promover "Divine Gates Part 3 - The Last Gate", de 2007, já que buscaram abranger uma boa parte de seu trabalho até a época., com ótimas canções como "Welcome", "The Triumph Devine", a bela "Creature of the Devil" (uma belíssima interpretação de Kiara, diga-se de passagem), "Twilight" (faixa de uma coletânea da banda), fora duas versões bem particularizadas pelo grupo para "A Tale That Wasn't Right" do HELLOWEEN e "The Final Countdown", do EUROPE (mais uma vez, Kiara arrasa nos vocais). E é por estas e outras que se entende o motivo de serem tão respeitados no Japão e outros países.

Um ótimo lançamento, que todo bom fã de Metal deveria dar uma conferida.



Tracklist:

01. Welcome
02. The Princess' Day
03. A Rose in Her Hand
04. A Tale That Wasn't Right
05. The Triumph
06. Dying Inside
07. Creature of the Devil
08. Twilight
09. The Final Countdown
10. Fear of the Moon/Belzebú


Banda:

Kiara Laetitia - Vocais
Roberto "Brodo" Potenti - Baixo
Eddy Antonini - Teclados, piano
Fabrizio "Pota" Romani - Guitarras (ao vivo)


Contatos: