24 de jun de 2017

BRUTAL DESIRE – Dominance (Single)


2017
Independente
Nacional


Tracklist:

1. Dominance


Banda:


Enrico Salvatore - Vocais Principais
Haony Duarte - Guitarras, backing vocal
Álvaro Faria - Guitarras, backing vocal
Wandeson Franklin - Baixo
Oman Oado - Bateria


Contatos:

Site Oficial:
Twitter:
Instagram:
Bandcamp:
Assessoria: http://www.blacklegionprod.com/ (Black Legion Productions)

E-mail:

Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


O Brasil possui uma escola de Death Metal muito forte, variada e diferente. Apesar das influências das escolas europeia e americana, o Brasil consegue mostrar uma personalidade muito bem definida. Nisso, bandas como KRISIUN, REBAELLIUN e NERVOCHAOS são mestres e já estão com uma longa história. Mas bandas mais novas estão começando a sair dos porões do underground e a mostrar trabalho sublimes. E um nome bem jovem, mas que começa a despontar como promessa e disposto não só a angariar fãs, mas a virar um forte expoente do gênero é o quinteto carioca BRUTAL DESIRE, do Rio de Janeiro. O Single “Dominance” mostra isso claramente.

Antes de tudo, o rótulo Death Metal serve meramente como uma referência. O trabalho do grupo é brutal e opressivo, com partes rápidas e intensas, onde a agressividade flui cheia de energia pelos falantes. Mas ao mesmo tempo, a riqueza de detalhes é extremamente minimalista, muitos arranjos preenchem espaços que muitas vezes o ouvinte não consegue perceber.

Ou seja, “Dominance” mostra uma revelação do cenário, e é excelente.

A produção é da banda com o produtor Fernando Campos. Este último fez a mixagem, e a masterização foi feita pelo produtor grego George Bokos (o mesmo que trabalhou com MELECHESH e ROTTING CHRIST, além de ter feito trabalhos para outras bandas brasileiras). O resultado é simples: uma sonoridade bem feita e de alto nível, tão bem cuidada que não se pode deixar de perceber o mínimo detalhe que seja, mas o nível de peso é absurdo, assim com a energia e agressividade da música do grupo são muito bem evidenciadas.

Vocais que usam de timbres urrados bem diferentes, uma dupla de guitarras muito trabalhada e com riffs, temas e solos bem trabalhados e agressivos (e com muita noção melódica), além de baixo e bateria estarem mostrando não só um peso absurdo, mas muita técnica. Ou seja, o BRUTAL DESIRE não é uma banda convencional, não faz nada em fórmulas pré-estabelecidas. Tudo é agressivo, intenso, mas criativo.

Essa canção, como a resenha já deixa claro, é um Single, que serve para que os fãs venham a conhecer seu trabalho. “Dominance” tem um andamento pesado, mas com muita técnica e mudanças de tempo, enquanto os vocais vão mostrando suas mudanças de timbres, ao passo que as guitarras exibem toda sua técnica. Nada é simplório, mas mesmo assim, a técnica do quinteto serve para moldar uma canção forte, de impacto e que nos envolve em seus momentos mais melodiosos. Na temática, a banda aborda temas sobre BDSM (basta que olhem o nome: dominação), mas não de uma forma xula. E a música estará disponível a partir de Julho próximo.

No mais, o BRUTAL DESIRE veio para ficar, para conquistar. Ouça e terão a mesma conclusão.