23 de mai de 2013

Luvart - Necromantical Invocation (CD)

Hammer of Damnation - Nacional
Nota 10

Por Marcos Garcia

Na década de 90, quando o Black Metal estava restrito ao underground, a segunda geração do Black Metal mundial, como o BLASPHEMY canadense, GRAND BELIAL'S KEY dos EUA, SAMAEL na Suíça, BEHERIT na Finlândia, e as cenas da Noruega, Suécia e Grécia eram reverenciadas em igualdade de condições, uma vez que todos sob esta bandeira tinham contribuições ótimas. Mas após 1996, a cena começou a ser pavimentada, e muito daquele velho feeling acabou sendo deixado de lado, em prol da profissionalização das bandas.

Mas ainda existem por aí bandas que fazem uma sonoridade voltada aquela época, onde o que contava não era a velocidade, técnica musical ou em aparecer na mídia excessivamente, mas em manter a velha chama acesa, sem se importar com vendagens ou em se tornar estrelas. E o LUVART, de Juiz de Fora (MG), é um desses que não abre mão de suas convicções sonoras e filosóficas, e detona um disco gélido e macabro em 'Necromantical Invocation'.

Veteranos da cena Black Metal nacional (este ano, completam 20 anos de atividade, apesar de um hiato), o grupo faz aquele Black Metal soturno e climático, com velocidade contida, muito pesado e capaz de deixar muitos fãs do gênero com saudades dos anos 90, pois o grupo segue a linha de banda como NECROMANTIA, um pouco de OPHTHALAMIA nas guitarras, VARATHRON, BEHERIT e ROTTING CHRIST antigo, mas tendo personalidade própria, sem soar datado ou desgastado pelo tempo. Vocais guturais fortes e bem postados, riffs arrastados e mórbidos o tempo todo, e uma base baixo-bateria bem arrastada, mas com boa técnica, mantendo o peso e os andamentos coesos.

Tendo a mão de Rodrigo Itaboray na produção, mixagem e masterização (além de fazer o solos de guitarra de 'Return of the Legion' e 'Necromagick', e ter no currículo trabalhos com o ELEVARE e o MORPHAYNE), podemos dizer que ele entende bastante de produção em termos de Black Metal, pois o trabalho do LUVART ganhou um brilho especial em termos de sonorização, já que ficou intenso, bruto, cru e soturno, mas limpo e pesado. A arte, trabalhada em tons de preto, branco e cinza, lançando mão de gravuras medievais, o que reforça ainda mais a aura 'Old Way' do trio.

Quando o CD começa a tocar, a viagem no tempo pela escuridão é iniciada, uma vez que somos remetidos diretamente à época em que o Black Metal era temido e visto com certo receio por muitos, mas ao mesmo tempo, o nível de composição é alto, como raramente temos visto por aí. 

Destaques?

TUDO, pois da soturna e pesada 'To the Kingdom of Chaos', com riffs azedos e bateria cadenciada, mas com ótimas levadas nos bumbos; passando pela tétricas 'Return of the Legion' e 'Necromagick', ambas com vocalizações ótimas, muito bem encaixadas e com dicção perfeita; a soturna 'The Darkness Calls...', com riffs de guitarras ganchudos e bateria mostrando mais uma vez sua força e peso; as infernais 'Necromantical Invocation' e 'Darkened Destiny', bem mais arrastada que as outras, com riffs certeiros e lúgubres; a maravilhosamente insana 'Monarchia Demonorum', que começa com um sinistro dedilhado de guitarras limpas, antes de virar uma marcha fúnebre com ótima base baixo-bateria; 'Goddess of the Night' é permeada por alguns dedilhados de guitarras limpas bem aterrorizantes e os vocais roubando a cena mais uma vez, com bases de guitarra se alternando, mas sem sair do andamento lento e impactante; 'The Ancient Ritual'; e a esmagadora e opressiva 'Pestifera Crucis', esta com a presença de teclados soturnos (contrinuição de Marbas, antigo membro da banda, só que antes, era guitarrista), e aqui, todos os instrumentos mostram alto nível, que fecha as portas do Hades musical que o LUVART abre para seus ouvintes cada vez que este CD começa a tocar.

Excelente banda, sem sombra de dúvidas, e que esperamos que retornem em breve com mais discos, pois não podem passar mais 20 anos sem lançar nada, e realmente, enriquecem o Black Metal mundial.


Tracklist:

01. To the Kingdom of Chaos
02. Return of the Legion
03. Necromagick
04. The Darkness Calls...
05. Necromantical Invocation
06. Darkened Destiny
07. Monarchia Demonorum
08. Goddess of the Night
09. The Ancient Ritual
10. Pestifera Crucis


Formação:

Luggal Merodach - Vocais e baixo
Brucolaques - Guitarrass e guitarras acústicas
Blood Devastator - Bateria



Contatos:

Sinaya: revelada capa e título de seu EP de estréia



========


A banda paulista de Thrash/Death metal SINAYA divulgou recentemente a capa de “Obscure Raids” que será o EP de estréia da banda.

Formada apenas por mulheres, a banda ativa desde 2010 vem criando grande expectativa a cerca deste lançamento, devido a shows e vídeos carregados de blast beats, vocais poderosos e riffs certeiros mostrando a qualidade que pode se esperar neste vindouro trabalho.


Alguns vídeos das músicas durante o processo de composição podem ser vistos abaixo:




SINAYA é composto por

Taty Kanazawa – Vocais
Mylena Monaco – Guitarras e backing vocals
Yasmin Amaral – Guitarras
Tamyris Leopoldo – Baixo
Isabela Moraes – Bateria


Acompanhe a banda nos canais oficiais e fique por dentro das atualizações:



========

Assessoria de Imprensa
(11)8514-6996

S Blood Runs Black faz matinê no Inferno Club neste Domingo




========



Os norte americanos do AS BLOOD RUNS BLACK fazem show em SP neste final de semana. O show acontece no Inferno Club no dia 26/05 (domingo), à partir das 18h.

A abertura fica por conta da banda SHARKS AT ABYSS, de São Paulo

AS BLOOD RUNS BLACK vem ao Brasil divulgar seu mais recente álbum, “Instinct”, lançado há alguns dias.

A banda foi formada em Los Angeles em 2004 e atualmente é formada por Chris Bartholomew (vocais) Greg (guitarra), Dan (guitarra), Nick (baixo) e Leche (bateria)

Confira o serviço do show de SP:


26/05 (domingo) Abertura da casa:18h00
AS BLOOD RUNS BLACK (Estados Unidos)
SHARKS AT ABYSS (São Paulo)


LOCAL: INFERNO CLUB
Rua Augusta, 501
São Paulo - SP
0xx11 3120-4140

Ingressos (à venda a partir de 01/04):

R$60 (pista - primeiro lote - estudante/meia entrada e promocional - APENAS NA LOJA 255)
R$70 (pista - segundo lote - estudante/meia entrada e promocional)
R$80 (pista - terceiro lote - estudante/meia entrada e promocional)

Local da venda antecipada:

LOJA 255 (Galeria do Rock, Rua 24 de Maio, 62, primeiro andar, loja 255, São Paulo-SP,fone: 0xx11 3361-6951).

Venda de ingressos pela internet, com taxa de serviços de R$15:


Realização: Liberation Tour Booking
Informações gerais: info@liberationmc.com  
Faixa etária: menores de 14 anos somente acompanhados de responsável.


Sites relacionados:



========

Jack/Yattaï - Unsheathe and Grind (Split CD)

 Kasamata Records - Nacional
Nota 8,5

Por Marcos Garcia

Existem discos que realmente são capazes de surpreender, tamanha força que seus trabalhos transmitem, sejam no Metal mais trabalhado ou no mais extremado, e mesmo em estilos que não estão dentro dele. Uma bela amostra é este split CD das bandas JACK (da Hungria) e YATTAÏ (da França), esbanjando Crust/Grindcore esporrento para todos os lados, sem dó ou piedade dos ouvidos menos acostumados, que chega até nós em sua versão brazuca via Kasamata Records.

Ambas as bandas possuem estilos similares de fazer música, ou seja, brutalidade desmedida na linha do NAPALM DEATH, ambas diferindo apenas pelas vocalizações (o JACK usa mais de vocalizações urradas e guturais, e o YATTAÏ prefere algo mais rasgado), e pela qualidade de gravação. O restante é aquele abuso excessivo de riffs agressivos e de baixa afinação, bateria e baixo firmes na marcação e velocidade alternada em faixas bem curtas.

Em termos de produção, o JACK tem uma produção um pouco melhor, fazendo algo muito pesado e explosivo. Já o YATTAÏ prefere fazer uma gravação mais tosca e bruta, mas sem que isso descaracterize sua música. Se bem que que conhece o Grindcore e o Crust, sbe que gravações extremamente limpas não são características dos estilos, logo, está valendo.

O JACK senta o porrete firme, realmente evocando o NAPALM DEATH da época do 'From Enslavement to Obliteration', inclusive com alguns riffs de guitarra remetendo diretamente aos monstro do estilo, sem no entanto copiá-los. Destaque para a brutal 'Orveny (Whirl)',um holocausto de podreira e velocidade alternada, além da explosiva 'Hol a Hatar?', com belo trabalho de bateria e guitarras em meio às mudanças de andamento, e a ótima 'Nyisd ki a Pofad', a faixa mais longa do grupo (2 minutos e 27 segundos). O YATTAÏ já vai fundo nas influências do 'Scum' e desce a marreta em quem estiver pela frente, usando de uma agressividade sonora muto extremada, se destacando em 'There's a Whale Under the Rock', com a bateria mostrando serviço em meio a riffs insanos e berros extremos; a grind/Punk 'On the Road Again', com sua adrenalina mais tradicional; e a longa e alternada 'The Common People Lifetime', que começa cadenciada e pesada, mostrando ótimo trabalho de baixo e bateria, para então ganhar um pouco mais de velocidade de seu meio em diante.

A Kasamata Records está de parabéns por lançar ambas as bandas aqui, em um mercado ainda tão carente de bandas novas em ambos os estilos.



JACK - Nyisd ki a Pofad


YATTAÏ - There's a Whale Under the Rock


Tracklist:

JACK

01. Intro
02. Orveny (Whirl)
03. Hol a Hatar?
04. Nyisd ki a Pofad
05. Miert Vadolsz
06. Igeretek
07. Tepd el a Lancokat


YATTAÏ

08. The Hard One
09. There's a Whale Under the Rock
10. Good Medecine
11. On the Road Again
12. The Common People Lifetime
13. Sweet Stefany Is the Queen of Roller Derby
14. Back from the Grave


Formação:

JACK:

Levi - Vocais
Muntyán - Guitarras
Kristóf - Baixo
Bakellit - Bateria



YATTAÏ

Goat - Vocais
Will  - Guitarras
Vian - Baixo
Krok - Bateria



Contatos:

JACK:



YATTAÏ:

Woslom - Evolustruction (Websingle)


Independente - Nacional
Nota 9,5

Por Marcos Garcia

Parem tudo o que estão fazendo agora!

O quarteto Thrasher WOSLOM, de SP acaba de soltar seu novo Websingle, 'Evolustruction', e mais uma vez, estão dispostos a mostrarem o quanto são capazes de fazer a parede de nossas casa vibrarem com sua música forte e vigorosa.

Em relação a 'Time to Rise', seu primeiro CD, a banda mostra sensível evolução musical, mas ao mesmo tempo, estão mais polidos e com técnica e brutalidade instrumental absurdas, sem abrir nunca mão de melodias intrincadas e arranjos ganchudos. Ótimos e fortes vocais, com bons backings, riffs de guitarra fortes e que grudam no ouvinte, solos inspirados, base baixo-bateria técnica e bem entrosada, e tudo isso mostra que o quarteto realmente tem muito a oferecer ao Metal nacional, pois sua música é cheia de energia e vida própria.

A produção sonora melhorou bastante se tomarmos 'Time to Rise' como referência, mais seca e agressiva, com cada instrumento em seu devido lugar, sem se embolarem e com um brilho próprio. A arte ficou simples, mas eficaz, mostrando que a banda quer dar o próprio sangue por seu trabalho.

Abrindo, temos 'Evolustruction', faixa-título do Single e de seu novo CD, que sairá dia 03 de junho vindouro, uma música com andamento moderado, mas que transpira agressividade e peso, e que mostra o quanto o WOSLOM evoluiu musicalmente, mas sem perder sua identidade, já que os vocais deram um "boost" em termos de agressividade e melodia, as guitarras estão ainda mais coesas em termos de base, o solo bem construído, e a base rítmica baixo-bateria mostra em algumas quebradas o quanto é coesa e forte. E tudo isso sem malabarismos ou mostras de técnica exacerbada. O forte do quarteto é o conjunto e seu objetivo, claro aos nossos ouvidos, é fazer música, e não dar mostras de auto-indulgência fúteis. E ainda temos as versões ao vivo de 'Time to Rise' (gravada em Passos de Ferreira, Portugal), 'Souless' (gravada em Emmem, na Holanda) e 'The Deep Null' (gravada em Gotemburgo, na Suécia), em sua tour pela Europa em 2012, mostrando o quanto esses sujeitos esbanjam energia ao vivo, e apesar da qualidade não ser a melhor possível, vemos que são honestas, sem os famosos overdubs. É ouvir e bater cabeça, ou seja, um remédio altamente indicado para chefes chatos, vizinhos patetas e estresses do dia a dia.

Em suma: este Websingle nos deixa babando ansiosos pelo CD, e que venha logo!!!!



Tracklist:

01. Evolustruction
02. Time to Rise
03. Souless
04. The Deep Null


Formação:

Silvano Aguilera - Vocais e guitarra base
Rafa Iak - Guitarra solo
Francisco Stanich Jr. - Baixo
Fernando Oster - Bateria


Contatos:


MS METAL (23/05/2013): WARCURSED, MATRICIDIUM, BLUE BARREL, OPTICAL FAZE, DESECRATED SPHERE, STILL ALIVE, EMPÜRIOS, SOUND ‘N’ RAGE




========

WARCURSED: grupo fecha parceria com o estúdio 1404


A banda paraibana WARCURSED confirmou recentemente a parceria com o 1404 Studio, que tem como produtor musical Victor Hugo Targino.

O 1404 Studio e a WARCURSED trabalharam juntos na produção e gravação do debut álbum “Escape from Nightmare” e, em muito breve, vão iniciar os trabalhos para o segundo full lenght da banda, intitulado “The Last March”.

Para obter mais informações sobre o 1404 Studio, que já trabalhou com bandas Thyresis, Soturnus, Akribi (Suécia), Unlit Face (Suécia) e Sodoma, basta acessar o link ao lado: Link

O novo álbum da WARCURSED, intitulado “The Last March”, será lançado pela Eternal Hatred Records no segundo semestre do corrente ano, em paralelo também ao relançamento do primeiro registro “Escape from Nightmare”, em uma edição especial com bonus track.


Links Relacionados:



===

MATRICIDIUM: confira vídeos da apresentação no programa Radar


A banda MATRICIDIUM disponibilizou no seu canal no YouTube, dois vídeos da sua apresentação no programa Radar, que faz parte da grade de programação da TV E do Rio Grande do Sul, ocorrida no último dia 12 de abril.

Na oportunidade, a MATRICIDIUM foi protagonista de uma entrevista que englobou os principais pontos de sua carreira, além de terem executado ao vivo algumas faixas do seu debut álbum, intitulado “Rise the Army”.



Para adquirir o álbum “Rise the Army” por um preço especial de lançamento,  basta enviar um e-mail para matricidium@gmail.com.


Links Relacionados:



===

BLÜE BARREL: grupo disponibiliza outra música para audição


A banda paulista BLÜE BARREL acabou de lançar para audição em seu canal oficial no YouTube, o terceiro single extraído do seu debut álbum “The Oversize Load”, intitulado “Until Horizon Runs Dry”.



A produção, mixagem e masterização de “The Oversize Load” contou com a assinatura do renomado produtor Ricardo Piccoli, que hoje encontra-se radicado na Itália e trabalhando na área.

Em paralelo, o grupo está preparando o seu segundo álbum e está prestes a confirmar sua primeira turnê na Europa, que deverá acontecer no final do segundo semestre de 2013, juntamente com outra banda do cast da MS Metal Press.


Links Relacionados:



===

DESECRATED SPHERE: confira vídeo das gravações das vozes do novo álbum


A banda paulista DESECRATED SPHERE, que retornou ao Brasil depois de uma bem sucedida turnê na Europa, disponibilizou no YouTube um vídeo contendo trechos das gravações das vozes do seu novo álbum, intitulado “Emancipate”.


“Emancipate” tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2013, novamente através da parceria dos selos Eternal Hatred Records e Rapture Records.


Links Relacionados:



===

OPTICAL FAZE: grupo fecha parceria para venda de merchandise


A banda brasiliense OPTICAL FAZE fechou uma importante parceria com a empresa Shock Review Store, que ficará responsável pela venda de todos os produtos que compõem o novo merchandise do grupo.

Para mais informações sobre como adquirir os novos modelos de camisetas e CDs da OPTICAL FAZE, basta entrar em contato através do e-mail contato@shockreviewstore.com.


Links Relacionados:



===

SOUND ‘N’ RAGE: confira releitura de clássico de Malmsteen


O produtor e guitarrista Fabrício Moraes, membro fundador e líder da SOUND ‘N’ RAGE, disponibilizou em seu canal no YouTube, um vídeo para a música “I am a Viking”, extraída do álbum “Marching Out”, do guitarrista sueco Yngwie Malmsteen.



O material foi registrado no BroadBand Studio e serve como demonstrativo da técnica apurada do artista, que se encontra ministrando aulas em Brasília, na escola GTR, Instituto de Guitarra, filial Asa Sul, e no Jams Estúdio,714 norte.

Para se tornar um aluno de Fabrício Moraes, basta contactá-lo através do e-mail fabriciomoraes1@gmail.com ou pelo telefone (61) 9644-2779.

Em paralelo, Fabrício Moraes continua registrando o álbum “Rise Again”, debut da banda SOUND ‘N’ RAGE, no Ricardo Ponte’s Studio, contando com a sua produção em parceria com Ricardo Ponte. O material, que contará com nove faixas, será lançado no primeiro semestre de 2013 através da MS Metal Records no Brasil, com distribuição da Voice Music para as principais lojas especializadas e MegaStores do país.


Links Relacionados:



===

STILL ALIVE: grupo confirma importante show na capital carioca


A banda carioca STILL ALIVE confirmou sua primeira apresentação no Rio de Janeiro, para o dia 01 de junho, dando prosseguimento aos shows em suporte ao seu debut álbum, intitulado “Kyo” e que foi produzido pelo renomado vocalista Edu Falaschi (Almah, ex-Angra).

O evento acontecerá no Angel Live Rock, às 20h00, e contará com as participações das bandas Paradigma, Melyra e Adverita.

Serviço:

Still Alive - Kyo Tour 2013

Data: 01 de junho (sábado)
Local: Angel Live Rock
Endereço: Av. Henrique Duque, Est. Mayer 350, Posse
Horário: 20h00
Cidade: Nova Iguaçu/RJ
Valor: R$ 10,00 e R$ 20,00
Informações: contato@msmetalpress.com


Links Relacionados:



===

EMPÜRIOS: debut álbum já se encontra disponível no iTunes  


O primeiro álbum da banda carioca EMPÜRIOS, intitulado “Cyclings”, se encontra disponível para compra, na sua versão digital, nos sites brasileiro e americano do iTunes.

O iTunes é um reprodutor de áudio desenvolvido pela Apple, para reproduzir e organizar música digital, arquivos de vídeo e para a compra de arquivos de mídia digital no formato gestão de gestor de direitos digitais FairPlay.

A iTunes Store é o componente do iTunes pelo qual os usuários podem comprar arquivos de mídia digital dentro do próprio programa. O iTunes é compatível com computadores rodando os sistemas operacionais Mac OS X e Windows (2000, XP, 2003, Vista e 7), iPhones e iPads.


Links Relacionados:



========





Para mais informações sobre as atividades das bandas acima e dos demais clientes da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalpress.com.