16 de nov de 2013

Coldblood - Chronology of Satanic Events (CD)

Nota 9,5/10

Por Marcos Garcia


E o COLDBLOOD volta à carga mais uma vez, e estes veteranos resolveram mostrar que ainda tem muito a ensinar às novas gerações com  "Chronology of Satanic Events", seu mais novo trabalho, que acaba de sair pela Distro Rock.

Sem abrir mão de sua identidade Death Metal de muitos anos, a banda resolveu dar uma ousada e ganhou contornos de Black Metal em vários aspectos de sua sonoridade, além de estarem um pouco mais técnicos  que antes (especialmente no tocante às guitarras) e de terem ganho mais peso e algumas doses de melodias. Mas não se alarmem: é o mesmo COLDBLOOD de sempre, fiel às suas raízes. 

Vocais urrados naquela linha "from the depths" com alguns rasgados bem altos, os riffs estão mais secos e com um pouco mais de técnica (Arthur e Arawn estão realmente muito bem entrosados), os solos deram uma melhorada boa (não estão apenas aquela velha estratégia de "alavanca-nota-alavanca"), o baixo está em seu devido lugar, e a bateria de MKult está com uma boa pegada, técnica sóbria e conduzindo bem os andamentos. Ou seja, a brutalidade ainda é a mesma de sempre, mas com uma roupagem Death/Black muito boa, e um pouco mais de técnica, seja nos momentos mais velozes, seja naqueles mais arrastados.

As gravações ocorreram em dois estúdios: as guitarras e baixo no Hell Transcendental Studios, enquanto os vocais e bateria no HR Estudio, enquanto a mixagem e masterização foram feitas por Chris "Mersus" Menning (que já fez trabalhos com GRÄFENSTEIN e KETZER, entre outros) no The Underworld Studio, em Solingen, Alemanha, e podemos dizer que a sonoridade de banda está bem coesa, deixando todos os instrumentos na medida certa, em seu devido lugar, sem sobreposições. Já a arte do CD é perfeita, uma imagem de Jesus de Nazaré amarrado e apodrecendo, feita em cima de uma foto tirada em um antigo templo no Peru. Ótima mesmo, e um prenúncio do apocalipse sonoro que irá acometer nossos ouvidos.

A banda se esforçou e criou um CD bem homogêneo em termos de composição, que nem mesmo as mudanças de formação chegaram a atrapalhar, e os rapazes mostram o quanto se doaram para criar um ótimo disco. E conseguiram, diga-se de passagem!

Destaques: a agressiva e técnica "Anti-Christian Neo-Sectarianism" (com um andamento alternando entre velocidade e cadência durante a música, com ótimo trabalho da bateria), a mais tradicional em termos de Death Metal "Cross Inversion" (mas reparem na força dos riffs de guitarra e no solo bem trabalhado), a veloz e também técnica "Kristophobia" (que guitarras azedas e bem encaixadas!), a opressiva "Insignia of Abba" (mais uma vez com a bateria dando um show pessoal, e com ótimos vocais), a surpreendente "Metastasis (Christ)" (com um andamento lento e ganchudo, que vez por outra ganha velocidade e agressividade), a esporrenta "Evil Icon", e "Chronology of Satanic Events" (muito trabalhada e bem feita, com boas variações de ritmo e com riffs alucinantes).

Eles continuam firmes e fortes na estrada, e nós quem ganha com isso somos nós, os fãs de música pesada!



Tracklist:

01. Anti-Christian Neo-Sectarianism
02. Cross Inversion 
03. Anthropomorphic Idolatry
04. Kristophobia
05. Insignia of Abba
06. Hell Transcendental
07. Metastasis (Christ)
08. Avoid Jehovah
09. Evil Icon
10. Chronology of Satanic Events


Banda: 

D. Arawn - Guitarra, Vocais
Artur Círio - Guitarra solo
M. Kult - Bateria


Contatos: