5 de out de 2012

Infektion Magazine 17 disponível



Está online a edição #17 da INFEKTION MAGAZINE. 
Este número é dedicado às novas edições discográficas da Infektion Records, tendo assim como destaque as bandas SCAR FOR LIFE, INKILINA SAZABRA e THE9THCELL. Contém ainda entrevistas com NACHTMYSTIUM, DERKETA, CRYPTOPSY, KHORS, INQUISITOR, KING OF ASGARD, TERTÚLIA DOS ASSASSINOS, EVOKEN, NATE HALL, DRIFT OF GENES e MASTER.


Poderão ainda encontrar as secções habituais, como é o caso de “HORRORSCOPE”, onde desta vez visitamos o álbum “Effigy Of The Forgotten” dos SUFFOCATION.
No que respeita a concertos nesta edição podem ler as análises ao SonicBlast 2012 e ao concerto de apresentação do novo álbum dos Urban War no Hard Club.


Notícias: Metal Media Management (05/10/2012)


- - -


Encéfalo: Banda anuncia endorsement com a Succubus Store

  
Com sua turnê ‘Slave Of Pain Tour’ de vento em popa, o ENCÉFALO agora procura parceiros para agregar valores a sua música. Um desses parceiros é a Succubus Store, empresa de vestuário especializada em peças únicas e personalizadas.


A parceria com o ENCÉFALO levará a fabricação de camisetas oficiais femininas personalizadas. “Temos um público feminino até considerável e que odeia usar aquelas camisetas masculinas (risos)” comenta Alex Maramaldo, bem humorado e feliz com a parceria finaliza: “Com esta parceria com a Succubus, poderemos oferecer um merchandise oficial diferenciado para as meninas que curtem nosso trabalho”.


Para conhecer mais sobre a Succubus Store, visite:

Ouça uma música de ‘Slave Of Pain’ pelo link:

O álbum ‘Slave Of Pain’ está disponível para venda diretamente com a banda pelo e-mail: alexmaramaldo@gmail.com e nos shows da banda.

Sites Relacionados:

- - -

Red Front: Confirmado no Zoombie Ritual 2012, Rio Negrinho/SC

Foto: Rafael Bruner

Já nos finais da ‘Third War Tour’ o RED FRONT confirma mais um importante show em sua carreira: o festival ‘Zoombie Ritual’ em sua edição 2012.


Como já é tradição do evento, o festival está lotado de grandes nomes da cena nacional e internacional, entre eles Hirax, Malevolent Creation, Vital Remains, Ratos de Porão, Violator, Blackmass, Necropsya, NervoChaos, entre outras grandes bandas do underground.
Para mais informações sobre o evento, visite:

Recentemente a banda anunciou estar a procura de baterista.
“Precisamos de sangue novo para banda, alguém que venha com vontade de trabalhar e boas ideias, afinal estamos no meio da composição do nosso segundo álbum e queremos alguém que aguente essa responsa”, comenta o vocalista Léo.
A banda busca músicos comprometidos com a proposta diferenciada da banda, que tenham interesse, criatividade e disponibilidade para viagens. Novos candidatos devem entrar em contato com a banda via Facebook ou pelos e-mails: leo_redfront@yahoo.com e contato@redfront.com.br.
“Bateras vigorosos de Sampa e região esta é a sua chance de fazer parte dessa zona chamada RED FRONT! Contamos com vocês!” Completa o guitarrista Oscar.
Daniel cumprirá a agenda de shows da banda até o final do ano, confira as datas:

15/09/2012 – Campo Grande/RJ – RED FRONT + Matanza WRZ fest
12/10/2012 – Bueno Brandão/SP
20/10/2012 – Mococa/SP – Oktober Thrash
27/10/2012 – Guarulhos/SP
16, 17 e 18/11/2012 – Tour com a banda Radical do Uruguai/Brasil
07, 08 e 09/12/12 – Tour com a banda Radical do Uruguai/Uruguai
14/12/12 Rio Negrinho/SC – Zoombie Ritual com Ratos de Porão

Contato para shows: contato@redfront.com.br

Sites Relacionados:

- - -

Rhestus: Parte final do ‘making of’ do novo trabalho

Foto:  Mákila Crowley
   
Já em fase final de produção do novo EP, sucessor do aclamado álbum ‘Games Of Joy… Games Of War!’, o RHESTUS apresenta a parte final dos vídeos do ‘making of’ das gravações. O EP ainda não está intitulado.
Apesar de mostrar imagens das gravações dos vocais, este vídeo se difere dos outros dois, pois mostra um pouco dos bastidores, erros e cenas engraçadas que aconteceram no estúdio durante as gravações. Não deixe de conferir:


Se ainda não assistiu os vídeos anteriores, aproveite e faça:




O material contará com cinco músicas: duas novas, ‘Noxious Agent’ e ‘Bastards’, uma regravação de ‘Insane War’ (do álbum ‘Embryo of the Endless Sands’) e duas ao vivo, do show realizado em 2010 no River Rock Festival, a ser anunciada.

Contato para shows e merchandise: rhestus@yahoo.com.br

Sites Relacionados:


- - -

Uma Apologia Histórica - United We Are Strong



Por Marcos Garcia

Há alguns dias nós, da imprensa dedicada ao Metal, temos observados artigos lançados na internet que criticam o trabalho de revistas, sites, público, enfim, de todos que estão relacionados ao Metal de alguma forma, então, o METAL SAMSARA, na condição de um veículo realmente esclarecedor, deseja pôr algumas cartas na mesa, e como este que vos escreve costuma dizer, se idade é posto, acreditamos que 30 anos ouvindo Metal possam nos credenciar para tanto.


Um dos atacados, de forma irônica, é a ROCK BRIGADE, revista especializada em Metal e que se encontra na ativa desde 1982 (antes como fanzine, depois como revista), ou seja, 30 anos de muita luta (Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rock_Brigade_(revista)), sendo que um de seus fundadores, o Sr. Antonio D. Pirani, é um dos alicerces da cena Metal.
Expondo as críticas feitas e revelando a verdade:

1 – Criticam a linguagem usada na época, que realmente não era algo profissional, mas quem imaginava na época, em plena década de 80, em cena de Metal profissional?
Muitas das conquistas daqueles tempos foram feitas de forma amadora, pois não havia ainda know-how da coisa por aqui. Copiar o modelo europeu era inviável, pois a economia do Brasil, caótica e feita sobre planos econômicos que nada resolviam não tornava a aquisição das mesmas simples, isso sem mencionar a barreira do idioma. Conseguir discos importados era tarefa árdua, e pior ainda se falando em revistas. Além do mais, o know-how nacional surgiu dentro da própria BRIGADE, e isso em 1988; 

2 - Houve erros e injustiças? Sim, existiram, e cito o exemplo do CELTIC FROST, que levou uma nota baixa para o ‘Morbid Tales’ na época. Mas na época do lançamento do ‘To Mega Therion’, houve uma retração. Uma atitude que poucos que tecem críticas por aqui possuem;

3 – A Brigade é a revista que abriu as portas do underground mundial para os Headbangers brasileiros, pois foi a primeira a falar sobre discos e fazer entrevistas com bandas como EXCITER, ANVIL, METALLICA, SLAYER, MEGADETH, SAVATAGE, KREATOR, DESTRUCTION, SODOM, HELOWEEN, POSSESSED, DEATH, bem como ajudou a divulgar o trabalho de bandas nacionais que ralavam no underground, e ali, bandas como SEPULTURA, OVERDOSE, SARCÓFAGO, CENTÚRIAS, VIPER, VODU, SALÁRIO MÍNIMO, MX, AVALON, DORSAL ATLÂNTICA, VULCANO, KORZUS e outras tiveram espaço;

4 – A fundação do selo Rock Brigade Records, em 1986 (seu primeiro lançamento foi o segundo disco do VULCANO, ‘Bloody Vengeance’) ajudou bandas novatas a terem como lançar seus discos, e isso não era barato. Com um computador e softwares, hoje em dia, qualquer um pode fazer um CD e pôr na net. Na época, era incrivelmente difícil, e isso sem falar na barreira da falta de experiência dos técnicos de estúdio em gravar discos de Metal. Se as notas para os discos eram altas, o que muitos alegam ser protecionismo, por outro lado nos dá direito a lançar uma pergunta: os discos em si não mereciam avaliações altas? VULCANO, ENTOMBED, VODU, DISMEMBER, MORBID ANGEL, BENEDICTION, ANGRA, VIPER... Há alguém em sã consciência que possa dizer que estas bandas não mereciam boas avaliações, com os discos que foram lançados pela gravadora? Falar em ‘distanciamento profissional’ não é desculpa, pois se uma pessoa se diz fã de Metal e não é envolvido pela música, há algo errado, pois a música, como qualquer outra forma de arte, afeta os sentimentos humanos que carregamos. 

5 – Se for falar em ANGRA, que fique bem claro que a dissidência que levou André Mattos, reconhecido na época como um dos melhores vocalistas do Metal Nacional em eleições anuais que ocorriam na própria Rock Brigade e outros veículos (zines em especial), a sair do VIPER eram de ordem profissional, pois André desejava continuar uma linha mais melódica, com arranjos complexos, ao passo que o restante da banda queria fazer algo mais seco e pesado, o que se confirma no disco ‘Evolution’, de 1992. Além do mais, André e Rafael Bittencourt fundaram o ANGRA em 1991, quando se conheceram na Faculdade Santa Marcelina (aqui está a fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Angra_(banda)). E mesmo que o ANGRA tenha sido empresariado por seja lá quem for (não se fala em nomes sem provas) e lançado pela Rock Brigade Records, teve apoio maciço da imprensa na época do lançamento do ‘Angels Cry’ por méritos de um bom trabalho feito, ou alguém quer discordar da qualidade da banda? Isso sem falar que eles criaram algo novo (a fusão de músicas regionais brasileiras com o Metal técnico da banda) no ‘Holy Land’. Discordar de tais fatores não é ser correto, mas tacanho e cego às provas, pois a História não é interpretativa e feita em cima de suposições, mas em fatos reais documentados;


A outra a entrar na dança foi a ROADIE CREW, outra conhecida e respeitada revista de Metal brasileira, que está com 15 anos de muita luta nas costas.
Vamos nós:

1 – O questionamento sobre a índole de seus representantes é algo falacioso, pois como citado acima, especular algo sem mostrar provas daquilo que advoga (art. 156 do Código de Processo Penal deixa claro que ‘A prova da alegação incumbirá a quem a fizer (...)’ ), e  é leviano, algo cabível de processo judicial, por danos morais, calúnia, difamação. Juntando tudo isso, dá um bom tempo de cadeia.

2 – No quesito notas, questiona-se por aí os critérios usados nas resenhas. A opinião pessoal de um indivíduo não deveria ser critério para a contestação pública, uma vez que opiniões diferentes são comuns no meio. Vejam que alguns clássicos do Metal até hoje sofreram críticas severas na época de seus lançamentos, especialmente o BLACK SABBATH em seus três primeiros discos (vejam por si mesmos: http://www.rollingstone.com/music/albumreviews/black-sabbath-19700917 (‘Black Sabbath’), http://www.rollingstone.com/music/albumreviews/master-of-reality-19711125 (‘Master of Reality’), e sobre o ‘Paranoid’, pedimos que olhem o verbete deles em inglês na Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Black_Sabbath). Além disso, distância não é um bom critério para uma avaliação, muito pelo contrário, pois se a música não é capaz de comover o ouvinte, crítico ou não, ela não tem sentido de existência. Não é música...

3 – Sobre a qualidade da revista e de seus textos, dizer que o padrão caiu é ser leviano. A qualidade está lá, a linguagem pode ter se alterado em função de mudanças que a equipe de colaboradores teve, pois o background de cada pessoa difere do de outras, algo bem simples de ser compreendido. Opiniões são importantes, mas nenhuma pode ser maior que outra, e se discorda de alguém, por que não fala diretamente com esta pessoa? Mesmo porque tanto a ROADIE CREW quanto a ROCK BRIGADE quanto o WHIPLASH, como qualquer outro veículo, sabe dar ouvidos;

4 – Existe na ROADIE CREW um padrão, que lhe rendeu vários prêmios (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Roadie_Crew), que ela própria criou, assim como a ROCK BRIGADE possui o dela, e o WHIPLASH tem o seu. E por falar no WHIPLASH, ele mostrou um modelo de sucesso, mas nem por isso as revistas perderam sua importância, mesmo porque são elas que possuem contatos com artistas que nós, do baixo underground, não temos como ter o devido acesso. Elas ainda possuem muita lenha para queimar, ainda bem.

Sobre as críticas às lojas e gravadoras, novamente fica uma verdade: diante do que já foi no passado, a coisa está muito melhor, pois quantos dos mais velhos esperaram anos (ou economizaram cada centavo que ganhavam) para ter suas versões nacionais de alguns discos?

Creio que poucos fãs de hoje saibam que os três primeiros discos de bandas do underground que tiveram sua versão nacional foram o ‘The Warrior’ do CHARIOT, ‘Witch Hunter’ do GRAVE DIGGER e ‘Endless Pain’, do KREATOR, e isso graças à finada Woodstock discos, do irmão Walcir, e isso somente em 1985, que só tomou forma porque a ROCK BRIGADE estava lá, ajudando a dar este ponta-pé inicial. Outro que saiu aqui, em 1986, foi a versão nacional do ‘Show No Mercy’ do SLAYER, um dos primeiros discos do underground a serem lançados por uma major.

Ainda sobre notas, será que os altos conceitos obtidos por discos não reflete que a coisa anda bem das pernas? Aliás, será que as pessoas que criticam tanto as notas dadas assim REALMENTE se deram o trabalho de ouvi-los como se deve, ou seja, com o carinho e atenção devidos, coisa que o ‘distanciamento profissional’ não permite? Não acreditamos...

Sobre o público, acreditamos que aqueles que não andam no nosso meio, não vão aos shows, não interagem conosco, nada deveriam dizer, pois existem problemas e ideias erradas na cena, óbvio, mas apenas olhar pela internet dá uma visão errada sobre o assunto, pois o Headbanger sabe ser civilizado, e mesmo com a parca educação que temos em nosso país, raramente tem-se um tratamento ruim. O Headbanger é solidário, vide as manifestações que ocorreram nos dias 03, 04 e 05 no Facebook, que revelaram que um dos cabeças do Metal Open Air estava organizando uma excursão do DESTRUCTION no Brasil, e sabendo disso, a banda desistiu, bem como farão a excursão em 2013, com um novo parceiro (leia-se uma nova agência), como se pode observar no cartaz abaixo, compartilhado por todo o dia de ontem.

Aqui, ainda cabe um texto bíblico que, apesar do METAL SAMSARA ser um veículo laico, cabe esta citação: aquele que não tiver pecados, que atire a primeira pedra, e garantimos que todos nós temos erros suficientes que nos proíbem de apedrejar-nos mutuamente.

E como dito em matéria anterior, o METAL SAMSARA apoia a ROCK BRIGADE, a ROADIE CREW, o WHIPLASH, além de revistas, blogs, zines, assessorias de imprensa, fã-clubes, bandas, promoters de shows, casas, fãs e todos aqueles que, honestamente, ajudam a cena de uma forma ou de outra, pois unidos, somos fortes e podemos fazer a diferença.

(Se somos fortes, nossa força falará por si mesma. Se somos fracos, palavras não serão de ajuda alguma).
Finalizando, uma dica a cada um dos que fazem isso: por favor, se a cena Metal, com tudo que ela envolve, os estressa, basta apenas que saiam dela, e vão ouvir outros estilos...

O Metal agradece.



Notícias - The Ultimate Music-Press (05/10/2012)



- - -

Paradise Lost confirma única apresentação no Brasil


Após confirmar o retorno dos renomados portugueses do MOONSPELL, a Dark Dimensions, produtora responsável pela vinda de nomes como SEBASTIAN BACH, ROB HALFORD, SKID ROW, APOCALYPTICA, entre outros, orgulhosamente confirmou a vinda de outra grande banda. O lendário PARADISE LOST, um dos grupos mais respeitados no cenário do Heavy Metal mundial, está de volta após quatro anos longe dos fãs brasileiros.
Nick Holmes (vocal), Greg Mackintosh (guitarra), Aaron Aedy (guitarra), Steve Edmondson (baixo) e Adrian Erlandsson (bateria) agendaram única apresentação no país para o próximo dia 8 de dezembro, no Carioca Club, em São Paulo. Os ingressos já estão à venda no site http://darkdimensions.com.br, na Galeria do Rock (lojas Profecias e Hellion) e nas bilheterias da casa de espetáculo. Os bilhetes custam R$ 45,00 (estudante à venda somente no Carioca Club) e R$ 90,00 (inteira).
Com o prestigio de figurar na capa das principais revistas especializadas e presença confirmada em praticamente todos os grandes festivais da Europa, os ingleses estão em plena turnê promocional do aclamado novo álbum 'Tragic Idol'.
Até o momento, as datas do Paradise Lost pela América do Sul são as seguintes:

Dec 08 - Carioca Club - São Paulo, Brasil
Dec 09 - Teatro Flores - Buenos Aires, Argentina
Dec 11 - Teatro La Cupula - Santiago, Chile
Dec 13 - Salon Las Vegas - Bogotá, Colômbia

Recentemente, eles lançaram videoclipe para 'Fear of Impending Hell', um das principais musicas do novo disco. Assista o vídeo:


Além disso, a banda recentemente tocou no Bloodstock Open Air. Confira a performance na íntegra:


Links relacionados:

Serviço São Paulo

Dark Dimensions apresenta Paradise Lost no Brasil
Data: 8 de dezembro - sábado
Local: Carioca Club
End: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 - Pinheiros (próximo a estação Faria Lima do Metrô) 
Hora: 19h
Preços: 
Pista: R$ 90,00 / Estudante R$ 45,00
Camarote: R$ 200,00 / Estudante R$ 100,00 
Pontos de venda: Galeria do Rock: lojas Hellion e Profecias
Imprensa: press@theultimatemusic.com - (13) 9161.6267













- - - 


13 9161.6267


Próximas divulgações e suporte The Ultimate Music - Press:
06/10 - Sepultura – SESC - Campinas/SP
21/10 - Behemoth – Carioca Club - SP/SP
27/10 - PESTE Fest - Claustrofobia, Oitão e Project46 – Cine Jóia - SP/SP
10/11 - Trail of Tears + Lacrimas Profundere - Blackmore Rock Bar - SP/SP
11/11 - Death Angel – Hangar 110 - SP/SP
02/12 - Emilie Autumn – Inferno Club - SP/SP
02/12 - Hugin Munin (Thorhammerfest) – Manifesto Rock Bar - SP/SP
08/12 - Paradise Lost – Carioca Club - SP/SP
12/12 - Nightwish – Credicard Hall - SP/SP
15/12 - Krisiun + Malevolent Creation + Vital Remais - Carioca Club - SP/SP
16/12 - Moonspell – Inferno Club - SP/SP
Jan/13 - Suicidal Angels
Fev/13 - Vader

Além dos shows, a The Ultimate Music - Press assessora as bandas Sepultura, Krisiun, Shadowside, Confronto e Hugin Munin. Para mais informações, acesse http://theultimatepress.blogspot.com.


Notícias: MS Metal Press (05/10/2012)



- - -                            

JOEL MONCORVO: lançado primeiro livro do artista no Brasil


O baixista JOEL MONCORVO confirmou recentemente o lançamento do seu primeiro livro, intitulado “Super Slap Progressivo”.
O material didático conta ainda com dois CDs voltados para a técnica do Slap, que auxiliam o leitor no aprendizado dentro de uma metodologia prática, indicado tanto para novatos quanto para veteranos no instrumento.
O livro “Super Slap Progressivo” poderá ser encontrado em breve nas principais livrarias do país, ou através do e-mail contato@msmetalpress.com.

Links Relacionados:


- - -

LACERATED AND CARBONIZED: lançado o EP “Third World Slavery”


O novo trabalho de estúdio da banda LACERATED AND CARBONIZED, o EP “Third World Slavery”, teve a sua versão física lançada no último dia 25 de agosto através da Eternal Hatred Records
O material, que precede o lançamento do álbum “The Core of Disruption”, teve a sua tiragem voltada para a comercialização na Europa, onde o grupo carioca já se encontra em extensa turnê ao lado dos americanos do Vile.

Tracklist:

01 – L.A.C.
02 – Third World Slavery
03 – Awake The Thirst

Os brasileiros do LACERATED AND CARBONIZED já se encontram em plena turnê na Europa como banda de abertura dos veteranos norte-americanos do Vile, onde passarão por países como Alemanha, Holanda, Inglaterra, França, Itália, Dinamarca, República Tcheca, Bélgica, Escócia, País de Gales, Áustria e Suíça; nos próximos meses de setembro e outubro de 2012.

Links Relacionados:


- - -

DANCING FLAME: Mark Boals participará do novo álbum do grupo


O vocalista estadunidense Mark Boals, mundialmente conhecido pelo seu trabalho ao lado do guitarrista Yngwie Malmsteen, é uma das participações especiais confirmadas no segundo álbum da banda carioca de Hard Rock DANCING FLAME.
Mark Boals já registrou sua participação na música “Follow the Sun”, que fará parte do álbum “Carnival of Flames”. O material tem seu lançamento confirmado no Brasil através da Alternative Music Records, no primeiro semestre de 2013.

Links Relacionados:


- - - 

DEVON: confira importante entrevista do grupo para blog brasileiro


A banda mineira DEVON concedeu recentemente uma importante entrevista para o blog brasileiro With Every Tear a Dream, elucidando vários aspectos de sua recente carreira no underground nacional, tendo como foco o lançamento do Debut álbum “Unreal”.

Blog: Vocês acabam de lançar seu primeiro disco “Unreal”. Como foi a gravação do mesmo? Rolou tudo como esperavam?

Rafael - Acho que a gravação foi um marco decisivo em nossas vidas. Embora já soubesse que é um processo bastante complexo, não podia imaginar o quão grande seria esse desafio.

Aprender a lidar com os imprevistos desse processo, com as diferenças de ideias entre os membros, que foi algo que nos uniu muito, nos fez sentir como parte de uma família, e nos amadureceu bastante também.

Blog: Em seu site, vocês dizem que o álbum “Unreal” e suas composições são focados em estabelecer uma relação entre o irreal, o imaginário, à realidade e aos acontecimentos pelos quais todos passam. Conte-nos um pouco mais sobre isso.

Rafael - As composições do álbum têm uma certa sequência “temporal”. Tento estabelecer de forma metafórica a forma como uma pessoa age quando a sua realidade se despedaça.

Vivemos num mundo de constante mudança, e em algum momento, uma dessas mudanças é intensa o bastante pra nos fazer mudar completamente. A partir daí, as canções tratam da forma como as pessoas vão lidar e refletir sobre como superar esse momento de caos.


Links Relacionados:


- - -

ACHT: confirmado line up do projeto do guitarrista Marco Tornnelly


O projeto paralelo do guitarrista MARCO TORNNELLY, que carrega o título de ACHT, recentemente confirmou a line up que se encontra em estúdio registrando o seu primeiro trabalho, o single “Engel”.
Além da experiência de MARCO TORNNELLY conduzindo as seis cordas, o projeto conta com a vocalista Kelly Hipólito, o baixista Guilherme Lúcio, Matheus Botelho nos teclados e Leo Spagnol na bateria.
O single “Engel” será lançado no final do segundo semestre de 2012 para download gratuito, através da Alternative Music Records.

Links Relacionados:


- - -

ODHEKATON: disponibilizada prévia do trabalho com Robert Rodriguez


A banda paulista ODHEKATON disponibilizou para audição, em seu canal oficial no YouTube, um trecho de uma das faixas do EP “Reborn”, já contando com o seu novo vocalista Robert Rodriguez.



O material está sendo registrado no Norcal Studios em São Paulo, contando com a produção de Beto Lins e Brendan Duffey.
“Reborn” será lançado para download gratuito através da MS Metal Records, e terá tiragem limitada na versão física em 500 cópias numeradas.

Links Relacionados:


- - - 

ROTTEN FILTHY: confira tatuagem feita por um fã em homenagem ao grupo


A banda gaúcha ROTTEN FILTHY continua conquistando cada dia mais destaque no cenário extremo brasileiro, após a ótima receptividade que o seu material de estreia, o EP “Empires Will Fall”, vem obtendo.
Um exemplo claro da afirmativa acima foi enviada, recentemente, para a assessoria do grupo. O fã gaúcho, Tarcisio dos Santos, prestou uma homenagem à banda, tatuando a logomarca do artista em sua pele e, registrou em e-mail, que a ROTTEN FILTHY é hoje um dos principais nomes do Metal extremo nacional. 


Em paralelo, a ROTTEN FILTHY continua os preparativos para sua mini turnê com a banda Claustrofobia, que acontecerá nos próximo mês de outubro.

Claustrofobia – Peste Brazilian Tour + Rotten Filthy:

11 de outubro – Caxias do Sul – Rio Grande do Sul
12 de outubro – Santa Maria – Rio Grande do Sul
13 de outubro – São Leopoldo – Rio Grande do Sul

Links Relacionados:


- - - 

SUPERSONIC BREWER: iniciadas gravações das baterias do novo álbum


A banda gaúcha SUPERSONIC BREWER já iniciou o processo de gravação do seu segundo álbum de inéditas, intitulado “Overthrow The Bastard”.
O baterista Evandro “Piki” já finalizou seis músicas, restando registrar as outras cinco em suas sessões, contabilizando as onze faixas que estarão presentes no produto final do trabalho. "Seis bateras prontas, faltam apenas cinco!”, afirmou o baixista e vocalista Vinicius Durli. “O Ernani esta fazendo um trabalho espetacular com o som da bateria. Já conhecíamos o trabalho do cara através dos resultados positivos obtidos por ele com outras bandas. Estamos no caminho certo para superar com sobras a produção do primeiro álbum”, finaliza.
“Overthrow the Bastard”  será lançado no início do primeiro semestre de 2013, através da MS Metal Records para todo o mercado brasileiro. 

Links Relacionados:


- - -


Para mais informações sobre as atividades das bandas acima e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalpress.com.





Notícias: Som do Darma (05/10/2012)



- - -

Gravações do novo álbum do KAPPA CRUCIS estão quase concluídas 


O KAPPA CRUCIS, veterano grupo de Heavy Rock da cidade de Apiaí/SP, está em fase final de gravações de seu novo álbum.
Ainda sem título definido, esse será o segundo disco da carreira da banda e vai reunir as faixas "Flags And Lies", "Strange Soul", "Invisible Man", "What Comes Down", "Nobody Knows", "Mecathronic", "Between Night And Day", "When The Legs Are Wheels", "The Braves And The Fools" e "School Of Life".
O álbum está sendo produzido no Ger Som Estúdio na cidade de Itapeva/SP, mesmo local onde gravaram o elogiado Jewel Box de 2009. De acordo com o grupo, todas as sessões de guitarra, bateria e teclado já foram finalizadas, faltando apenas algumas gravações de baixo e vozes.
"O novo álbum trará temas variados, porém sempre com a identidade do Kappa Crucis", revela o baterista Fábio Dória. "O disco representa uma evolução natural em comparação ao Jewel Box, que é um orgulho para nós. Deixamos a criatividade nos levar, de forma a não forçar qualquer direcionamento musical, sem preocupação se está mais parecido com isso ou aquilo."
O KAPPA CRUCIS já apresentou ao vivo algumas das novas músicas durante o show realizado em Julho na cidade de Votorantim/SP na abertura para o CIRCA:, banda de Billy Sherwood e Tony Kaye, ex-integrantes do YES. 
"Nesse show com o CIRCA: tocamos quatro novas, "Invisible Man", "What Comes Down", "Flags And Lies" e "Strange Soul". A resposta foi muito positiva, o que nos deixa ainda mais otimistas com relação ao novo álbum. Não vemos a hora de lança-lo!", concluiu o baterista.

Mais informações:
www.kappacrucisband.com (Site Oficial)

- - -

Fonte: Som do Darma
Informações para Imprensa:
Eliton Tomasi - SOM DO DARMA
(15) 3211-1621