14 de dez de 2016

ATTRACTHA: será atração no evento solidário Over Metal Party II


O ATTRACTHA será uma das atrações do Over Metal Web TV Party II. O evento será realizado no próximo dia 23/12 (sexta-feira) no Stage Bar, em São Paulo/SP, com início às 22h.

A banda está divulgando o álbum de estreia “No Fear to Face what’s Buried Inside You”, produzido por Edu Falaschi e mixado por Damien Rainaud no Mix Unlimited Studios, em Los Angeles/EUA.

Data: 23/12 (sexta-feira)
Local: Stage Bar
Horário: 22h (abertura da casa)
_ Ingressos
1º Lote Promocional do início das vendas R$ 10,00
2º Lote Promocional do início das vendas R$ 15,00
3º Lote (Antecipado) R$20,00
_ Na porta
Mulheres: R$25,00
Homens: R$30,00
Mais informações: https://goo.gl/i9cUw8

Over Metal Party é uma festa realizada pelo Over Metal Web TV onde são reunidos músicos, profissionais de imprensa, amigos, parceiros e o público para comemorar momentos especiais. Na primeira a Web TV comemorou 1 ano de existência. Nesta festa a Over Metal Web TV fará uma festa de despedida de 2016, uma ano marcante para o canal. O último evento de Rock e Metal do ano, uma festa pra fechar 2016 em alto nível e cercado de amigos e parceiros.

Através do evento Solidário contribuiremos para uma instituição e com isso tornar o evento mais que uma festa, um show, uma ação de suporte a quem precisa, brinquedos serão arrecadados para entregar a crianças neste 25 de Dezembro.

Mais informações: https://goo.gl/wOfDkQ

Acompanhe ATTRACTHA: www.facebook.com/AttracthA

Fonte: Dunna Records

BAD BEBOP: novo álbum indo para a Absolute Master para a masterização



Enfim o aguardado disco de estreia do BAD BEBOP seguirá para o passo final: masterização. O grupo não brincou e escolheu um dos principais nomes da América Latina, a empresa paulista Absolute Master.

A masterização está agendada para a próxima semana e depois disso não há volta, poderemos finalmente escutar a música de um trio formado por alguns dos músicos mais experientes e queridos no Paraná: Celso Costa na bateria, Henrique Bertol na guitarra e Juliano Ribeiro no baixo e vocais.

Uma data de lançamento, título e capa do álbum serão anunciadas logo. Para não perder nada, curta e siga a fanpage do BAD BEBOP: www.facebook.com/badbebopband

O álbum foi gravado no estúdio OffBeat com produção do guitarrista Henrique Bertol e assistência de produção está a cargo de Felipe Debiasio.

Para ter uma ideia do que vem por ai, confira o single ‘Trouble’:



Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

METALMORPHOSE: grupo estará na TV duas vezes neste mês!




Para quem reclama da programação da TV, seja ela aberta ou paga, que nunca dá espaço para bandas de Rock e Metal nacional, tem um motivo para celebrar. Um não, dois!

O METALMORPHOSE estará na grade de programação de dois canais este mês:

O show do METALMORPHOSE, ‘Máquina Ao Vivo’, lançado em DVD em 2013, será reexibido na PlayTV neste domingo, dia 18, a partir das 21h30.

– PlayTV passa na NET 122, VIVO 255, CLARO 122, OI 143, SKY 181, GVT 86

Teremos também a estreia do videoclipe ‘Máscara’ no canal Music Box Brazil. Será na próxima quarta-feira, dia 21, às 20h, no programa Babilônia.
– Music Box Brazil passa na NET 123, VIVO 66, CLARO 123, entre outros

O METALMORPHOSE segue dando os toques finais de ‘Ação & Reação’ para enfim lançar o já aguardado petardo. Mais uma vez a banda está trabalhando com o produtor Gustavo Andriewiski.

Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

SKINLEPSY: novo álbum em processo de finalização


Após um tempo focado totalmente na produção do novo disco, o SKINLEPSY vem a público contar um pouco como está o álbum ‘Dissolved’.

O disco já está gravado e mixado e agora segue para a masterização. Tudo foi feito no Estúdio 44 junto ao produtor Roberto Toledo, mesmo profissional responsável pelo fenomenal debut do grupo, ‘Condemning The Empty Souls’, de 2013.

‘Dissolved’ será lançado no início do próximo ano pela gravadora Shinigami Records e a data será anunciada em breve.


O lançamento contará com dez músicas e a arte da capa desenvolvida pelo designer Jean Michel, que também já havia trabalhado com o Skinlepsy no álbum anterior.

A banda está à procura de baixista. Músicos da capital paulista e grande São Paulo interessados, podem entrar em contato através do e-mail: skinlepsy@hotmail.com ou na página da banda no Facebook.

Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

WESTFIELD MASSACRE: baterista Dio Britto conta um pouco de sua carreira internacional



O gaúcho Dio Britto é mais uma prova que sonhos podem ser realizados. O músico deixou o país para trás para buscar seu espaço nos EUA e vem conseguindo, com muito trabalho, o sucessor almejado.

Resumindo bem a história, Dio, um dos mais talentosos bateristas do Brasil, responsável pelas baquetas do Distraught e In Torment se lançou em um sonho: morar nos EUA e viver de música.


Hoje ele integra a banda WESTFIELD MASSACRE, um dos nomes que mais cresce na América e que, pelo “andar da carruagem”, vai muito mais longe. Mas deixemos Dio Britto falar sobre 2016:

“2016 foi um ano um tanto quanto surreal. Depois de muita batalha as coisas começaram a acontecer de maneira inesperada e muito legal pra mim. Lancei um álbum, três clipes, fiz duas turnês pelos EUA ao lado de bandas como Sevendust e Trivium, e dividi o palco com muita gente talentosa e inspiradora.

“Toquei em um dos shows mais legais da minha vida, no Knotfest. Ver o nome da minha banda no mesmo pôster que o Slipknot e Slayer não tem preço. Isso tudo e muito mais me inspirou a ir adiante na música e continuar buscando cada vez mais conquistas e evolução. Provamos pra nós mesmos que é possível formar uma banda e “fazer acontecer”, se todos estiverem em sintonia e trabalhando duro pra isso.

“Estamos mais do que prontos para 2017, e é por isso que agora, mais do que nunca, precisamos do apoio dos fãs/amigos. Assistam os clipes, compartilhem, curtam a página, siga no Instagram, comprem merch e confiram nossa campanha que está no ar até o fim de Dezembro, pelo kickstarter. Nós temos muitas coisas legais e exclusivas pra quem apoiar a banda nessa causa. Seja parte da nossa história! Vamos colocar o Metal no mapa mais uma vez! “Let’s make the world METAL again!”

Uma curiosidade: o vídeo abaixo foi o “divisor de águas” do músico. Com ele que teve a oportunidade de integrar o WESTFIELD MASSACRE:


Falando ainda em WESTFIELD MASSACRE, o grupo acaba de lançar mais um videoclipe, assista:


O grupo já começou a pré-produção no seu segundo álbum, programado para ser lançado no primeiro semestre de 2017 e anunciou uma campanha baseada nos fãs e arrecadar fundos para a gravação e produção do segundo álbum. Para conferir a campanha de financiamento e as opções de ajuda, visite:



Sites Relacionados:

MAVERICK: prometendo novo disco para 2017!


Uma das maiores revelações do Metal nacional nos últimos anos, o MAVERICK de São José do Rio Pardo, interior de São Paulo, anunciou ótimas notícias.

O grupo já está preparando o sucessor de ‘The Motor Becomes My Voice’, debut que colocou os jovem grupo entre os mais queridos da nova geração.

“Os resultados de nosso debut não poderiam ser melhores e estamos cientes que teremos que fazer ainda melhor no segundo disco. Estamos dando nosso máximo para que isso aconteça e, pelas prévias acreditamos que os fãs de Metal vão gostar!”

Lançado em 2015 pela gigante Shinigami Records, ‘The Motor Becomes My Voice’ foi indicado como um dos melhores lançamentos do ano elo redator do site Arena Metal Léo Quipapá (http://goo.gl/7JWAfg) e pelo site Mundo Metal (https://goo.gl/vZmmMx).

Mas o grande reconhecimento foi internacional. O portal Headbangers Latinoamerica colocou o grupo na vigésima quinta posição de 250 discos citados como os principais lançamentos da América Latina em 2015.

O álbum foi gravado e produzido no Studio Atthena’s em Poços de Caldas /MG e apresenta oito músicas.

A versão física está à venda diretamente com a banda através do link http://metalmaverick.com.br/merchmvk ou com a Shinigami Records: http://goo.gl/kmyJLp


O álbum também é encontrado em formato digital nas principais distribuidoras do mundo.

Google Play – https://goo.gl/Xlt8Vs
SoundCloud – https://goo.gl/PxHPQM


Sites relacionados:

Fonte: Metal Media

NERVOCHAOS: celebrando mais um ano de muitas vitórias e muitos shows!


Mais um ano vai terminando e mais uma vez o NERVOCHAOS seguiu à risca sua meta: estar na estrada, não importa onde. Apenas este ano foram cerca de 100 shows!

Shows estes que passaram pelos quatro cantos do mundo, literalmente. O Tanque de Guerra Death Metal se apresentou pelas Américas, Ásia, África e pela Europa em três oportunidades – apenas esse ano –, dividindo os palcos com nomes lendários e muitos, muitos amigos.

2016 também celebrou outra importante marca na carreira do grupo: 20 anos de história. História que está sendo celebrada com o relançamento de seus primeiros álbuns e de um gigantesco, e deveras limitado, Box set, ‘XX Yeas Of Chaos’, que está sendo lançado agora em dezembro e contará com:

Lançamento em vinil dos 4 primeiros álbuns;
Picture disc do show ‘Alive XVII Years’ gravado em 2013 com toda a formação desde o primeiro álbum;
Os DVDs:
* ‘Warriors On The Road’;
* ‘17 Years Of Chaos’;
* ‘Alive XVII Years’;
O CD ‘ALIVE XVII Years’;
Souvenires como patches e buttons.

Tudo isso vem fazendo com que o NERVOCHAOS firme cada vez mais seu nome entre o maiores e mais importantes grupos de Música Pesada vindos deste país.

Mas o grupo não vive, nem procura por “glórias do passado” e está sempre olhando para frente, sempre buscando oferecer seu Death Metal à todos os fãs interessados nessa experiência extrema e única que o NERVOCHAOS oferece.

Fato corroborado por mais um vindouro lançamento: o novo disco de inéditas, sétimo da carreira, ‘Nyctophilia’. O trabalho foi gravado durante o mês de agosto na Itália no Alpha & Omega Studio, junto com o produtor Alex Azzali, que também é o responsável pela mixagem e masterização do trabalho.

O lançamento está previsto para o início de 2017 e novamente sairá no Brasil pela lendário Cogumelo Records. Mais detalhes em breve.

Claro que a maior paixão do grupo não ficará de fora, muitos e muitos shows estão sendo agendados e o NERVOCHAOS irá nos atualizando conforme forem confirmados. Pazuzu is Here.


Sites Relacionados:

Fonte: Metal Media

WOSLOM: Fechando parceria com a LEX palhetas



Mal chegou da turnê sul-americana e o WOSLOM seguiu firme no trabalho, desta fez fechando pareria com a empresa LEX Palhetas.

A empresa se caracteriza pela confecção de palhetas personalizadas e com a qualidade que os músicos exigem: http://lexpalhetas.loja2.com.br.


A banda segue nas divulgações do mais recente álbum, ‘A Near Life Experience’, e possui um videoclipe recém lançado para a faixa ‘Underworld Of Aggression’. O clipe foi gravado durante a última tour na Europa e as cenas foram registradas na Alemanha, Rússia e Suíça. Algumas cenas do Maximus Fest também entraram. A direção e edição ficou nas mãos de Diogo Alvino. Assista:


‘A Near Life Experience’ foi gravado no Acustica Studios e masterizado na Absolute Master. A capa ficou por conta do artista Mario Lopez. O disco foi lançado pela Shinigami Records e no resto do mundo pela gravadora italiana Punishment 18.

Todos os materiais oficiais do WOSLOM estão disponíveis em sua loja virtual: CDs, camisetas, DVDs… Além de promoções exclusivas. Tudo com um preço justo, várias formas de pagamento, segurança total e diretamente com os membros da banda. Confira no link:



Sites Relacionados:

AXECUTER: banda é destaque no site The Metal World



O AXECUTER concedeu uma entrevista muito interessante ao portal gaúcho The Metal World. Depois de um ano extremamente corrido, com diversos shows em várias cidades do Brasil, e também o novo split CD com o Flageladör, “Headbangers Aferlife”, a banda, natural de Curitiba/PR falou pela última vez no ano de 2016.

Na entrevista conduzida por Aline Pavan, o AXECUTER falou um pouco sobre o seu início, atual formação, métodos de composição, influências e também sobre seus projetos futuros. Confira agora a entrevista completa: https://mwmetalworld.wordpress.com/2016/12/13/entrevista-axecuter-heavy-metal-curitibapr/

Entre outras notícias, a banda direciona suas atenções e também as atenções da sua atual turnê para divulgar o atual álbum, “Headbangers Afterlife, que já ganhou dois vídeos no YouTube, confira:

"In For The Kill" (Lyric Video):


"Attack" (Tenda):


Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:


AFFRONT – Angry Voices (Álbum)


2016
Nacional

Tracklist:

1. Scum of the World
2. Angry Voices
3. Affront
4. Conflicts
5. Terra Sem Males (Guerra Guaranítica)
6. Mestre Barro
7. Religions Cancer
8. Under Siege
9. Carved in Stone
10. WarTime Conspiracy
11. Echoes of the Insanity
12. Under Siege (Participação especial: Marcelo Pompeu)


Banda:

M. Mictian – Baixo, vocais
R. Rassan – Guitarras 
Jedy Najay – Bateria 


Contatos:



Nota:

Originalidade: 9
Composição: 10
Produção: 10

10/10


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


Um dos acontecimentos mais tristes dentro do Metal é quando uma banda que está na ativa e cheia de fôlego encerra atividades ou mesmo entra em um hiato. A impressão que temos que falta algo. Mas ao mesmo tempo, esse tipo de situação acaba gerando novas bandas, pois uma vez músico de Metal, sempre o será. É um vício que se adquire com os anos, e digamos de passagem, “Angry Voices”, do trio carioca AFFRONT, reflete tal vício e é um disco que vicia, e que nos chega quase que aos 45 minutos do segundo tempo de 2016.

O que o trio nos oferece é algo que o rótulo Death/Thrash Metal não consegue traduzir em sua plenitude. Mas ao mesmo tempo, não se pode deixar de falar que a experiência individual de seus integrantes torna “Angry Voices” musicalmente diversificado, com muito peso, pegada moderna (pois a banda desobedece completamente o padrão Death/Thrash Old School comum que vemos no Brasil), ótimas melodias evidenciadas em algumas partes, e um impacto sonoro absurdo. E em termos de diversidade, vemos isso especialmente em “Mestres do Barro” (onde algumas percussões e toques de Baião estão bem claros aos ouvidos).

Esse assassinato sonoro foi produzido por M. Mictian e R. Rassan, e percebe-se que houve uma preocupação estética em soar agressivo e pesado, mas com timbres fortes, mas sempre mantendo a música clara. Sim, é bruto e ríspido, mas com muita qualidade.

Mestre Vitalino
Na arte da capa, vemos mais um trabalho ótimo de Marcelo Vasco (da PR2 Design), conhecido por seus trabalhos para capas de bandas como SLAYER, HATEBREED, BORKNAGAR, SOULFLY, DARK FUNERAL, entre outros. Óbvio que o conceito do mórbido e a dualidade bem e mal de cada ser humano são apresentados de uma forma elegante e sinistra.

“Angry Voices” nasceu em berço de ouro, escorado na experiência de seus membros devido à passagens por bandas como UNEARTHLY, IMAGO MORTIS, AINUR, entre outros. Sua sonoridade vem revolucionar o conceito Death/Thrash Metal de nosso país, e mesmo do mundo. As canções são bem arranjadas, a técnica musical está em ótimo nível, e o disco se torna indispensável aos fãs de Metal extremo. E em termos líricos, temos os temas que versam contra corrupção política (como em “Sum of the World” e “Affront”), o ódio alimentado por políticos e religiosos (reparem bem na letra de “Angry Voices”), o destrato contra os menos favorecidos (tema de “Under Siege”), mas há espaço para conscientização cultural, como a idéia por trás da instrumental “Terra Sem Males (Guerra Guaranítica)” ou em “Mestre do Barro”, que é uma homenagem ao belo trabalho de Vitalino Pereira dos Santos, conhecido como Mestre Vitalino, cuja arte nas esculturas de barro é conhecida em todo mundo (menos pela maioria do povo do nosso país, infelizmente), e exposta em museus daqui e do exterior.

Embora seja um disco de estréia, “Angry Voices” é um disco perfeito, com todas as faixas niveladas por alto. É um disco feito com a intenção de destruir pescoços e causar danos aos tímpanos dos menos acostumados, ou seja, o melhor tipo de música possível.

“Scum of the World” – Uma golfada brutal e agressiva, mas ao mesmo tempo, com um bom gosto refinado em termos de arranjos. Reparem como as mudanças de ritmo são ótimas, mostrando a coesão de baixo e bateria na criação de uma base rítmica firme e bruta.

“Angry Voices” – Aqui, o ritmo continua rápido, mas ao mesmo tempo, é mais simples e direta. O que a banda cria em termos de riffs sonoros de primeira é algo abusivo.

“Affront” – Segue a mesma linha de “Angry Voices”, sendo mais abrasiva devido ao trabalho ótimo dos bumbos e a rispidez das guitarras. Mas reparem como o ritmo que aparentemente é simples nos mostra arranjos de primeira.

“Conflicts” – O foco é em um ritmo mais cadenciado e azedo no início, mas que logo a velocidade aparece, sem ser algo extremado. Muito boa a técnica da bateria mais uma vez, e as guitarras mostram alguns toques nada convencionais, basta reparar nas melodias dos solos.

“Terra Sem Males (Guerra Guaranítica)” – É uma instrumental que é bem focada no baixo, e cuja idéia é uma reflexão sobre as Guerras Guaraníticas, ou seja, a oposição armada dos índios Guaranis aos conquistadores espanhóis e portugueses no século 16.

“Mestre do Barro” – É onde a diversidade musical do AFFRONT está mais evidenciada. Reparem nos toques regionais que surgem no meio da brutalidade da música. É nela também que vemos surgir muita influência do Death/Black Metal à lá DISSECTION em muitas partes, mas alguns toques de Hardcore surgem aqui e ali. Chega a ser uma exibição de gala os riffs da guitarra e os solos, bem como a técnica da bateria. E interessante é que o timbre dos vocais, esse meio termos entre rasgado e esganiçado nos permite compreender a letra claramente.

“Religions Cancer” – Adornada com algumas partes mais intensas e azedas, é a mais tradicional em termos de Thrash/Death Metal, embora o lado moderno da personalidade da banda possa brincar com os sentidos do ouvinte.

“Under Siege” – É uma das primeiras faixas do disco a ser exibida aos fãs, justamente a que possui vídeo clipe oficial. Os arranjos de guitarra são excelentes mais uma vez, mas ao mesmo tempo, o trabalho de baixo e bateria é sólido em todos os momentos da canção.

“Carved in Stone” – É a faixa mais cadenciada e arrastada de todo disco, com alguns momentos pontuais onde a velocidade cresce. Reparem como baixo e bateria mais uma vez estão excelentes, bem como os vocais são ótimos.

“WarTime Conspiracy” – Outra que é bem rápida, com uma simplicidade técnica muito interessante. E como a guitarra mostra algumas partes melódicas que quase não são percebidas pelos mais apressados.

“Echoes of the Insanity” – Mais uma instrumental, agora de baixo e violão, onde a técnica das seis cordas é impressionante devido aos toques de Flamenco que são perceptíveis.

“Under Siege” – Esta versão tem um impacto sonoro ainda mais absurdo que a normal em alguns momentos, mas temos a participação especial de Marcelo Pompeu, vocalista do KORZUS, que deu um toque pessoal à canção devido aos timbres rasgados que lhe são tão peculiares.

“Angry Voices” é um disco para ser assimilado bem lentamente devido aos toques musicais diferenciados. Mas alguém aí está com pressa?

Outro que vai para a lista dos melhores do ano, sem sombra de dúvidas!




GUILHERME COSTA: bela homenagem em vídeo ao mestre Paulo Schroeber



Em homenagem ao eterno mestre Paulo Schroeber, o jovem guitarrista mineiro GUILHERME COSTA gravou um vídeo para “Meaningless World”, faixa que integra o segundo álbum do Almah, “Fragile Equality” (2008).

Guilherme fez um breve comentário: “Gravar essa homenagem pro Paulão foi uma sensação incrível! Sinto que estou homenageando um dos melhores guitarristas que o Brasil já teve e que nos deixou um grande legado. Torço pra que seu nome seja sempre lembrado na história do metal nacional. Esse cara faz muita falta pra todos nós”.


Acompanhe GUILHERME COSTA: www.facebook.com/guilhermecostaguitar

Fonte: Dunna Records

RHAPSODY: Top link music confirma datas na América Latina


O RHAPSODY, fará alguns shows da turnê de despedida na América Latina no primeiro semestre de 2017.

Fabio Lione, Luca Turilli, Dominique Leurquin, Patrice Guers e Alex Holzwarth apresentarão seu álbum "Symphony Of Enchanted Lands", na íntegra assim como outros clássicos da banda e algumas músicas raramente tocadas no palco.

Luca Turilli não consegue esconder seu entusiasmo pela próxima turnê de reunião: "A do ano que vem será seguramente a turnê mais importante da minha vida na América Latina. Tenho arrepios quando penso que será a uma última vez que Fabio, eu e meus outros amigos, iremos tocar alguns velhos gloriosos clássicos como 'Emerald Sword' no palco juntos. Façam parte de um novo passeio épico até os vales das terras encantadas e prepare-se para viver um evento emocionante como nenhum outro!"

Fabio Lione acrescenta: "Os futuros shows na América Latina permaneceram esculpidos em nossos corações e alma para sempre. A magia do RHAPSODY se espalhará pelo ar de uma maneira especial quando as primeiras notas de "Epicus Furor" começarem a ecoar entre as paredes de cada salão e as palavras de Christopher Lee anunciarão nossa última entrada no palco juntos. 

Esteja pronto para compartilhar tal magia com todos nós. 


"This Spring we will tour Latin America as part of our 20th Anniversary Farewell Tour. We can't wait to perform our first shows!Dates:
30th April Circo Volador - Mexico City, Mexico
5th May Teatro Caupolican - Santiago, Chile
7th May Tom Brasil - Sao Paulo, Brazil
10th May Opinião Bar - Porto Alegre, Brazil
13th May Music Hall - Belo Horizonte, Brazil
14th May El Teatro Flores - Buenos Aires, Argentina

More dates will be announced!"

outras informações: www.toplinkmusic.com

Marketing Artístico/Entretenimento
A/C Damaris Hoffman

Lendário David Vincent confirma show histórico no Brasil em 2017


2017 ainda nem começou, mas os fãs da música pesada já podem comemorar. Um verdadeiro dream team do metal mundial acaba de confirmar passagem pelo Brasil logo no primeiro trimestre.

Após polêmica saída do Morbid Angel, o lendário David Vincent não perdeu tempo e recrutou três grandes estrelas da música pesada internacional para o seu novo projeto denominado “I Am Morbid”, que promete estremecer os quatro cantos do Planeta. 

Acompanhado de Tim Yeung (bateria – Morbid Angel, Divine Heresy, Nile, Hate Eternal, All That Remains), Bill Hudson (guitarra – Vital Remais, Circle II Circle, Transiberian Orchestra) e Ira Black (guitarra – Metal Church, Lizzy Borden), o frontman se apresenta, no dia 25 de março, no palco da Clash Club, em São Paulo.

No repertório, nada mais do que as principais composições de “Altars of Madness” (1989), pioneiro e seminal debut álbum do Morbid Angel, que recentemente foi eleito o “Melhor Disco de Death Metal de todos os tempos” pelas revistas Decibel e Terrorizer, “Blessed are the Sick” (1991), “Covenant” (1993) e “Domination” (1995).

“Por um bom tempo, esperava fazer algo especial desta maneira na América do Sul e no mundo. Porém, precisava montar um time de peso e com músicos que realmente representassem a força e a importância para executar um setlist tão representativo. Estou muito empolgado com esta tour, principalmente por termos o brilhante artista brasileiro Bill Hudosn conosco e também porque ele adora tocar na América do Sul. Se preparem, pois teremos muitas surpresas e ainda podemos ter algumas participações especiais ainda a serem anunciadas”, declarou Vincent.

Os ingressos já estão à venda pelo site do Clube do Ingresso (www.clubedoingresso.com) e pontos autorizados pela empresa na capital paulista, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, São José do Rio Preto, além de Curitiba e Rio de Janeiro (http://www.clubedoingresso.com/ondecomprar). Mais informações no serviço abaixo.

Com mais de 30 anos de carreira, o norte-americano David Justin Vincent é uma das personalidades mais importantes e respeitadas da música extrema mundial por todo legado frente ao Morbid Angel, de 1984 a 1995, e de 2004 a 2015. 

Vocalista e baixista fundador de um dos grupos mais formidáveis do death metal, o músico também gravou discos com Terrorizer, Soulfly e Nuclear Chaos, e, recentemente, surpreendeu ao anunciar que havia montado uma banda de country music e estrelar como personagem principal do filme “Realm of the Damned”.

Apesar de toda a invejável discografia do Morbid Angel, nenhum outro trabalho consegue superar “Altars of Madness”, um dos principais causadores da disseminação do Death Metal no mundo, e “Covenant” é um dos discos mais vendidos de toda música extrema até hoje!

Links relacionados:



Serviço São Paulo


Agência Sob Controle orgulhosamente apresenta I Am Morbid com David Vincent (ex-Morbid Angel)
Data: 25 de março de 2017
Local: Clash Club
End: Rua Barra Funda, 969 (próximo ao Metrô Palmeiras – Barra Funda)
Abertura casa: 18h
Banda de abertura: 19h
Showtime: 20h
Informações: showsbcontrole@gmail.com

Setores/valores (1º lote)
Pista: R$ 100,00 (estudante/promocional)
Camarote: R$ 150,00 (estudante/promocional)

Ingresso online: www.clubedoingresso.com
Pontos de venda: Galeria do Rock (loja 255), Santo André (Metal CDs)

A/C Costábile Salzano Jr.

RUNNING WILD - Rapid Foray (Álbum)


2016
Nacional


Tracklist:

1. Black Skies, Red Flag
2. Warmongers
3. Stick to Your Guns
4. Rapid Foray
5. By the Blood in Your Heart
6. The Depth of the Sea (Nautilus) instrumental
7. Black Bart
8. Hellectrified
9. Blood Moon Rising
10. Into the West
11. Last of the Mohicans


Banda:


Rock ‘n’ Rolf - Vocais, guitarras, baixo
Peter Jordan - Guitarras


Contatos:



Nota:

Originalidade: 8
Composição: 10
Produção: 9

9/10

Embora a evolução seja uma força dominante no Metal, existem aquelas bandas que, após a consolidação do próprio estilo, nunca se permitem mudar. Algumas naufragam na própria repetição infindável, mas outros encontram o Santo Graal de sua música, que ouça quantas vezes quiser, sempre vai ser muito bom. E este é o caso do veterano RUNNING WILD, que mesmo após quase 40 anos de muita luta e discos excelentes, ainda se mostra relevante e ótimo em “Rapid Foray”, seu mais recente disco, que ganhou versão brasileira pela Shinigami Records.

O Heavy/Power Metal do grupo continua o mesmo. Usando de algumas faixas rápidas, outras mais cadenciadas, mas sempre de alto nível e muito bem feito, com ótimas doses de melodias simples, o grupo nos presenteia mais uma vez com um disco de alto nível. Aliás, “Rapid Foray” é mais um disco ótimo desses corsários a serviço do Metal, mostrando energia e virilidade como alguns novatos ainda não conseguiram (especialmente aqueles que os clonam sem dó). 

Como sempre, a produção é do “Boss” Rock ‘n’ Rolf, que recebeu uma ajuda de Niki Nowy, Peter Jordan (guitarrista da banda) e Michael Wolpers (baterista do grupo) nas gravações. Ou seja, em termos de sonoridade, não existe motivos para reclamação, pois o quarteto soa pesado, agressivo e limpo nas medidas certas. E bem dizer, a continuidade do trabalho musical se reflete até nisso, pois em pouca coisa a qualidade sonora da banda dista de discos como “Black Hand Inn” ou “Masquerade”, talvez apenas um pouco mais limpo.

Em termos de arte visual, o trabalho de Jens Reinhold ficou ótimo, dando aquela aclimatação referente aos piratas dos mares, um tema lírico recorrente da banda. E esta apresentação é bem trabalhada em um formato Digipack de três folhas. 

Contando com Ole Hempelmann (baixo, ex-THUNDERHEAD) e Michael Wolpers (baterista do VICTORY) como convidados, podemos aferir que “Rapid Foray” possui o DNA do RUNNING WILD em cada uma de suas composições, sempre primando por uma técnica instrumental que dista de exageros (mesmo porque a música da banda não precisa disso), mas com bons arranjos sempre. E é justamente nisso que a banda ganha pontos e cria música que, embora distante de clássicos do passado (distante ou recente), sempre é de alta qualidade.

E mesmo homogêneo, podemos destacar algumas faixas de “Rapid Foray” para mera referência ao ouvinte: a dobradinha arrasa-quarteirão de “Black Skies, Red Flag” e “Warmongers” (cada uma com refrão ganchudo e belos trabalho de guitarras), o trabalho fabuloso nas melodias de “Rapid Foray” (baixo e bateria estão ótimos, com uma dose carregada de peso, fora alguns backing vocals bem colocados), a cadenciada e climática “By the Blood in Your Heart” (que maravilhoso trabalho de vocais, backing vocals e guitarras, sem falar que temos mais um refrão de primeira), a formatação clássica de “Black Bart” (mais uma com aquela levada irresistível, com baixo e bateria segurando um ritmo firme com velocidade mediana e muito peso), e a longa e épica “Last of the Mohicans” (baseada no trabalho de James Fenimore Cooper, e é bem variada, já que seus 11 minutos de duração permitem que a banda evolua bastante).

Ou seja, é mais um disco nessa saga do RUNNING WILD, e pelo visto, a saga desses Corsários alemães não vai parar tão cedo.

Ainda bem.

ALKYMENIA: banda disponibiliza vídeo para a música “As The Father’s Son”


​A banda Pernambucana ALKYMENIA acaba de lançar seu novo vídeo clip para a música “As The Father’s Son” todas as imagens foram captadas em São Paulo-SP por Andreas Ciero e editadas por Anderson “chino”.  




Siga o ALKYMENIA:

MARIO PASTORE: cantor participa do programa “Bem Que Se Kiss” na Kiss FM nesta quinta-feira


O vocalista Mario Pastore participa nesta quinta-feira (15/12) do programa “Bem Que se Kiss”, na rádio Kiss FM, que é apresentado por Bruno Sutter e Marcelo Andreassa. O programa começa às 11h30 e é transmitido para todo o Brasil através do site da Kiss FM no www.kissfm.com.br e em São Paulo pelo 102.1 MHz.

Mario Pastore será entrevistado para falar sobre o lançamento do álbum “Warrior Soul”, da banda Powerfull, os novos planos da Heaviest e também da banda Pastore. Além disso, Mario vai contar curiosidades sobre a sua carreira no decorrer do programa. No momento, o vocalista segue a turnê do álbum “Nowhere” com a banda Heaviest e está em fase final de gravação do terceiro trabalho de estúdio da banda Pastore. Para contratar o artista para workshops e shows entre em contato pelo trmpress@uol.com.br.

Mais informações:

Fonte: TRM Press