4 de jul de 2017

DEMONS INSIDE: clipe da música “Fuck Your System, Fuck Your Power” apresenta crítica pesada à política brasileira



O álbum de estreia da banda paulista DEMONS INSIDE, começa a ganhar forma, e aos poucos a banda vai divulgando novidades sobre seu trabalho. O disco, que se chamará “The Shadows of The Soul”, já possui um clipe oficial divulgado e agora a banda libera o novo clipe, dessa vez a música escolhida para levar o conceito visual do grupo, foi a faixa “Fuck Your System, Fuck Your Power”.



Inspirando-se em temas livres e variados, as letras retratam, entre eles, o julgamento alheio sobre a sua conduta no dia-a-dia, loucura, obstáculos impostos no cotidiano, o desperdício do tempo com coisas supérfluas, e vários outros que se somam e acrescenta ainda mais qualidade nas composições do grupo, além de levar críticas pesadas a escória política brasileira.

“Fuck Your System, Fuck Your Power” é justamente uma crítica ao sistema política nacional, a banda faz uma alusão a toda alienação que a grande massa sofre, enquanto as viseiras são colocadas no povo, a ganância e impunidade continuam desenfreadas no sistema político do país.

As características principais do DEMONS INSIDE são suas harmonias pesadas e agressivas, com riffs rápidos que vão de encontro às maiores influências do conjunto: os estilos que fizeram história nos anos 80 e 90, ou seja, um Heavy Metal com altas dosagens de Thrash Metal e Speed Metal.

No que diz respeito à arte visual e produção do clipe, ela ficou a cargo de Lucas Siqueira, da 20age Produções. Já os cuidados na engenharia de som e produção de áudio ficaram a cargo do produtor Lucas Sousa.


Veja a lista de faixas de “The Shadows of The Soul”:

1 – Alcohol
2 – Fuck Your System, Fuck Your Power
3 – I’m My Own Hero
4 – Psychotic City
5 – Remorse, Infected of Traumas… Remains
6 – Smooth Death
7 – Across The Gates of Hell (Instrumental)
8 – Darksound (The Otherside) (Instrumental Guitar Solo)
9 – Pulse
10 – Diabolic Blues
11 – Screams In The Dark
12 – Drugs?

Comentário(s):