20 de jun de 2017

ROCK GODDESS - It’s More Than Rock and Roll (EP)


2017
Nacional

Nota: 10,0/10,0


Tracklist:

1. It’s More Than Rock and Roll  
2. Back Off  
3. We're All Metal


Banda:


Jody Turner - Vocais, guitarras
Tracey Lamb - Baixo
Julie Turner - Bateria


Contatos:

Site Oficial: 
Twitter: 
Instagram: 
Bandcamp: 
Assessoria: 

E-mail: 

Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


O final dos anos 70 e o início dos anos 80 trouxeram, junto com a NWOBHM e o renascimento do Metal (dado como morto), várias revoluções locais (como o surgimento de cenas undergrounds em vários países pelo mundo), e globais. Entre elas, a valorização das mulheres no Metal deu seu primeiro passo com o surgimento de várias bandas que eram exclusivamente de mulheres ou que tinham uma integrante. 

Particularmente, em 1985, este que vos escreve teve contato por meio de uma coletânea com o trio inglês ROCK GODDESS, e foi amor à primeira ouvida. E de lá para cá, muitas coisas mudaram, o trio deu um tempo em suas atividades, mas eis que agora, em pleno 2017, elas retornam com sua formação clássica, e tenho o prazer de resenhar “It’s More Than Rock and Roll”, EP que marca essa volta em grande estilo.

A banda faz o bom e velho Heavy’n’Roll característico daqueles dias, com uma sonoridade crua, cada refrão feito para grudar nos ouvidos, e cada canção é movida à uma energia crua e bruta, com adrenalina aos montes, mas muitas melodias muito bem feitas. E a técnica do trio é sóbria, sem exagerar, atendendo apenas ao que as músicas pedem. E por isso é tão bom!

Na qualidade musical “It’s More Than Rock and Roll” mostra que o grupo soube atualizar-se em termos de gravação, mas que não abre mão da sua sonoridade orgânica e crua característica. Está soando claro e bem feito, com o frescor de algo novo, mas ainda assim, artesanal e com a crueza que o trio sempre ostentou em sua música. Na capa, uma foto da banda, mostrando que elas estão mais que dispostas a encarar novos desafios.

Pesado e adornado com arranjos simples (mas bem feitos), com melodias cativantes e a dose certa de agressividade, o trabalho dessas minas é de primeira, jogando em igualdade com qualquer banda que possam pensar. E isso nos faz bem, pois o trio merece o status de “cult” que tem. E, diga-se de passagem, elas estão aqui para mostrar do que são capazes, fora ensinar a muitos clones o que é fazer Hard’n’Heavy de qualidade.

“It’s More Than Rock and Roll” – Uma canção com a sonoridade típica do grupo, mixando peso azedo e melodias muito bem feitas, for a um refrão empolgante e um trabalho ótimo de baixo e bateria.

“Back Off” – Aqui o trio já mostra uma sonoridade mais encorpada, com o andamento mais pesado e em velocidade mediana, e onde o refrão mais uma vez rouba cena, fora esses vocais ótimos (que timbres!) e os ótimos backing vocals.

“We’re All Metal” – Só o título já deveria ser o dever de casa de muitos que insistem em fragmentar o Metal apenas para satisfazer seus egos. Aqui, o andamento fica mais lento e sombrio, esbanjando azedume e peso em doses cavalares, com refrão e backing vocals de primeira. E sem falar no ótimo trabalho das guitarras!

E assim, essas musas e divas do Metal e do Rock and Roll voltam de maneira triunfal, estão vindo detonando e só nos resta agradecer. Só que mais músicas seriam muito bem vindas!

Sim, obrigado por retornarem, ROCK GODDESS, pois o mundo precisa de vocês!

Comentário(s):