30 de mar de 2014

Apoteom - Alienation (CD)

Nota 8,5/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


A cena do RS é muito fértil, gerando sempre novas bandas que são capazes de surpreender aos fãs brasileiros de Metal. É das terras que vieram KRISIUN, REBALLIUN, LEVIAETHAN, THE ORDHER, PATRIA, THORNS OF EVIL e outros nomes de peso, logo, é de se esperar de bandas que venham do estado tenham algo de ótimo para mostrar. E o quarteto APOTEOM, de Santa Maria, cidade na região central do RS (e que todos conhecem devido ao triste evento do incêndio na boate Kiss, em Janeiro de 2013) mostra que tem peito e som para sustentar a tradição, pois "Alienation", seu primeiro álbum, é uma aula de Metal moderno e agressivo. Uma aposta da MS Metal Records, que se mostra ótima!

Seguindo tendências sonoras mais modernas de Metal, com muito da energia e força do Thrash Metal, mas sem perder as melodias e toques agressivos, o quarteto mostra que tem plenas condições de alcançar voos mais altos com sua música. 

Ótimo vocais, trabalho excelente de guitarras, baixo e bateria firmes em uma base rítmica bem pesada e sem abrir mão da técnica, essa combinação é ótima aos ouvidos. É como se tivéssemos um mix bem personalizado do melhor que TRIVIUM e METALLICA podem fazer.

Apoteom
Tendo a produção do próprio quarteto, mais mixagem e masterização de Ricardo Gehling, a sonoridade que flui do CD é limpa e bem cuidada, buscando colocar cada instrumento em seu lugar com o devido brilho e destaque, mas sem deixar de ter peso opressivo e bons timbres pesados. E ainda surge as participações especiais de Maykel Rodrigues (bombo) e Johnatan Garcia no violão, ambos na faixa "Alienation".

Já a arte visual realmente choca, pois a banda foge do padrão de tons escuros, com uma apresentação feita com a capa com predominância da cor branca e imagens em tons de preto e cinza, enquanto o encarte usa fotos de uma planície sob um céu azul. Um trabalho diferente, mas ótimo, de Sandro Chaves.

Apesar de ser um disco bem homogêneo em termos de composição, as melhores faixas são "Dead Alive" (uma energética e empolgante faixa de abertura, com ótimo trabalho das guitarras), a ganchuda e com andamento moderado "Social Contract", a modernosa e abrasiva "Alienation" (a bateria e o baixo estão perfeitos aqui, já que a diversidade de andamentos contribuiu bastante), a ótima "Rise" (que belas guitarras em momentos melodiosos imprescindíveis), e a bruta "Extinction".

Que bela revelação das terras do RS. Conheçam, comprem e se divirtam!



Tracklist:

01. Dead Alive
02. Social Contract
03. Alienation
04. Welcome to Insanity
05. Rise
06. Fake Preacher
07. Extinction
08. Old School


Banda:

Pedro Ferreira - Vocais, guitarras
André Gonçalves - Guitarras, backing vocals
Mauricio Dorneles - Baixo, backing vocals
Pablo de Castro - Bateria


Contatos:

MS Metal Press (Imprensa)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):