30 de mar de 2014

Andralls - 15 Years Breaknecking - Live in Belem (DVD)

Nota 10/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia


As bandas brasileiras andam investindo bastante no formato DVD para divulgar seus trabalhos nos últimos anos. E isso representa um avanço em vários sentidos, em especial para mostrar que as condições precárias para se fazer um show e mesmo para se gravar em vídeo uma apresentação está virando apenas um passado negro na história do Metal nacional. E a maior prova disso é o DVD "15 Years Breaknecking - Live in Belem" do ANDRALLS, trio de Thrash Metal moderno do Brasil, que além de estarem comemorando 15 anos de muito pescoço doído e hematomas causados pelos stagedives e moshpits de seus shows, mostram a força do público do Nordeste em termos de Metal. Um ótimo lançamento da Distro Rock Records.

Para o Nordeste, diz o Pai Marcão!

Gravado no dia 23 de Junho de 2013, em uma apresentação do trio no Teatro Experimental Waldemar Henrique, em Belém (PA), com produção da Leprosys Produções, do próprio grupo e pela On Fire Booking Agency (https://www.facebook.com/onfireagency), são 123 minutos do mais puro e duro "FasThrash" possível.

A qualidade de imagens é ótima (com o uso de várias câmeras, e edição e produção de Di Lallo e Fábio C. Lins, da AV Works Audiovisual), e a de som está perfeita (e pelo que conhecemos desses três, não tem overdub nenhum, apenas o tratamento de mixagem e masterização que foi feito por Jander Antunes, do Blue House Studio), conseguindo aliar esses fatores à captação da intensidade e energia de um show do grupo. E cada música tem a legenda com seu nome (o que ajuda bastante os fãs mais novos a começarem a aprender sobre o trabalho do grupo), bem como tem legendas em português disponíveis. E o menu interativo e feito com ilustrações de Laurindo Rodrigues (a imagem é hilária, com o desenho do Eddie soltando um urro, bem no espírito do ANDRALLS).

E ao vivo, o ANDRALLS é uma máquina Thrasher sem dó de pescoço algum!!

Andralls
O setlist do show foi escolhido muito bem, com composições que abrangem toda sua carreira, os 15 anos de pura vontade de ferro e selvageria, de investir em um estilo que era considera "fora de moda" e "morto" quando eles começaram. 

É interessante notar não só a solidez da formação (que infelizmente está desfeita, já que Alexandre Brito, batera da banda por anos, saiu do grupo), mas a interação de cada um deles com o público. Cléber se comunica muito bem entre as músicas, sabendo incendiar o público presente, mas sempre se mostrando educado (agradece sempre a presença de todos no evento), vocifera as canções com vontade enquanto toca riffs insanos e pesados, ao passo que o veterano Eddie no baixo não só se movimenta bem como interage bem com o público. E Alexandre, o querido e mano Xandão, ou como conhecemos, "Xandralls", mesmo por trás de seu kit de bateria (e é animal demais em sua técnica e pegada pesada) sabe se comunicar. E tome pérolas como "Under the Insanity", "Rotten Money", "Thrash Blood's Mine", "Cocaine", "In the Eyes of the Killer", e a clássica e incendiária "Andralls on Fire". Um show delirante, e que faz justiça à história do grupo, e que fique o testemunho: os bangers do Norte e Nordeste dão uma aula no quesito presença (pois haviam muitas pessoas na casa) e energia (pogo, slamdancing, satgedives, e tudo mais. O público estava insano!). E ver os três dando stagedives ao final do show e  cumprimentando o público é algo mágico, já que a interação público-banda é extremamente importante.

Na sessão "On the Road", temos um diário da banda, mostrando cenas da "Breakneck Tour", tocando em shows em várias cidades (Europa e Brasil), e chega a ser cômica a maneira que a banda posta em vários momentos, piadas aos montes, participação no programa de TV "Ritual Sonoro", então, deixaremos aos fãs como dever de casa a apreciação e descoberta de cada um deles. E este Tour Report vale a pena ser visto várias vezes.

E como se já não fosse muito, ainda temos na sessão "extras" um mini documentário, onde eles contam a história do ANDRALLS, com a presença de vários ex-membros, Alex Coelho, Gustavo Pinheiro, Júnior, Fabiano Penna (sim, ele mesmo, o ex-REBAELLIUN e ex-THE ORDHER, e produtor musical), Dewidson e Di Lallo. E tudo isso em ordem cronológica, seguindo os anos e os discos do grupo. Mas ver Cléber, Eddie e Alexandre em um bar e comendo tira-gostos enquanto contam a história do grupo é pura irreverência.

E para cravar o último prego no caixão, ainda temos os vídeos oficiais para "Subhuman Worms" e "Under the Insanity".

UM DVD que vale por cada um dos aspectos mostrados acima, como testemunhoi histórico dos 15 anos de vida do grupo. E pelo que vimos, ainda virão mais outros 15 ou 30 anos nessa vida insana!

Recomendadíssimo!




Tracklist:

- Live in Belem
01. Under the Insanity  
02. Enemy Within  
03. Rotten Money  
04. Unexpected / Fear is my Ally  
05. Thrash Blood's Mine  
06. The Age of Rage  
07. Cocaine  
08. Mercy Mass / Land of Disgrace  
09. In the Eyes of the Killer  
10. Two Sides  
11. Crosses Shall Burn  
12. Beyond the Chaos  
13. Andralls on Fire

- Documentário
- Vídeo de "Under the Insanity"
- Vídeo de "Subhuman Worms"


Banda:

Cléber Orsioli - Vocais, guitarras
Eddie C. - Baixo
Alexandre Brito - Bateria


Contatos:

Comentário(s):