6 de out de 2016

MAVERICK: ouça o álbum faixa-a-faixa e veja os comentários da banda


Recentemente o MAVERICK lançou seu debut ‘The Motor Becomes My Voice’ no YouTube para audição gratuita de todas as faixas e agora divide conosco um pouco do que cada música representa para a banda:

1. “V8” – É uma faixa de introdução, onde a partida e o ronco do motor V8 dão início ao álbum.



2. “Upsidown” (Letra: Gabriel Sernaglia) – Upsidown (Upside + Down), como o próprio título diz, fala sobre a indignação de ver o mundo sendo virado de “Ponta cabeça”, de alguém com aversão ao egocentrismo e manipulação em um lugar onde a corrupção faz parte do dia a dia e decide não compartilhar disso, prefere percorrer um caminho diferente, embora não seja nada fácil escrever certo por linhas totalmente tortas.



3. “Motor Becomes My Voice” (Letra: Gabriel Sernaglia, Lucas Silva) – Essa letra na verdade, foi inicialmente esboçada pelo Lucas, e, apesar de ser a última a ser composta, acabou sendo a faixa título. Foi nossa maneira de expressarmos determinação, se você tem uma causa pela qual vale a pena lutar, você deve fazer isso com tudo o que tem, procurar seu ponto de equilíbrio e partir pra cima do seu objetivo. Nós relacionamos com a nossa causa e o nosso tema o motor se tornando a nossa voz, seria expressar através da banda o que muitos de nós não temos coragem de dizer, não aceitar condições miseráveis que muitas vezes nos são impostas diariamente, mesmo que pra isso tenhamos que incitar uma revolução.



4. “Shadows Inc.” (Letra: Gabriel Sernaglia) – Shadows foi a nossa primeira composição e ela trata de um conflito interno onde a pessoa em questão deixa de gostar de sí própria, deixa de crer em um futuro, se sente morta por dentro e tudo o que a faz lembrar o que é “Sentir”, é estar na presença da morte.



5. “Disorder” (Letra: Gabriel Sernaglia) – A letra da Disorder é simples e direta. Fala sobre as pessoas que vão deixando de sentir, viver e vão tornando-se frias, a ponto de ser comparadas com maquinas: existem, mas são sentem… Assim como a maioria das letras de “The Motor Becomes My Voice”, Disorder também é uma crítica direta à maneira de como as coisas são feitas, tão desordenadas que dominam inclusive as “Pessoas-máquinas” levando-as à perda de controle e ocasionando desordem.



6. “Karma Extinction” (Letra: Gabriel Sernaglia) – É, de longe, a letra mais “Sangue no olho” do play… Condena com radicalismo pessoas que acham que podem comprar tudo na vida, inclusive sentimento, sem se dar ao trabalho de merecê-lo ou conquista-lo, pessoas arrogantes que tratam as outras como lixo, que se limitam ao poder aquisitivo e muitas delas acabam chegando ao poder e governando de modo decadente e corrupto, levando em conta apenas os próprios interesses… Karma extinction prega a intolerância com esse tipo de atitude e anseia que toda a maldade retorne proporcionalmente, até que sejam extintos.



7. “Dehumanized” (Letra: Gabriel Sernaglia) – Descreve a crescente perda de sensibilidade que a humanidade vem sofrendo, tornando as pessoas frias por dentro, toda a inversão de valores onde se sentem amedrontadas em serem verdadeiras, e tudo vem perdendo o sentido, pois, com isso, estamos nos tornando cada vez menos humanos.



8. “Scarecrow” (Letra: Gabriel Sernaglia) – Scarecrow fala sobre como nossos valores são cada vez diminuídos, tratados como meros objetos cuja função é simplesmente existir.
Utilizei de um garoto que era constantemente ridicularizado para representar uma sociedade que está tão cansada de ser explorada, que perde o que tem dentro de si, como se fôssemos manequins cheios de ódio, presos, tendo que carregar uma cruz que não escolhemos.

A letra trata, por fim, a vontade de existir e, ao mesmo tempo, desaparecer, é a minha preferida.


‘The Motor Becomes My Voice’ foi lançado pela Shinigami Records e que foi decisivo no crescimento e reconhecimento do jovem grupo. O álbum e todo o merch do grupo estão à venda diretamente com o MAVERICK através do link http://metalmaverick.com.br/merchmvk


Também é possível encontrar o álbum em formato digital nas principais distribuidoras do mundo:

Google Play – https://goo.gl/Xlt8Vs
SoundCloud – https://goo.gl/PxHPQM


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

Comentário(s):