11 de ago de 2016

RETALIATE: banda conta mais sobre suas influências


O jovem grupo catarinense RETALIATE vem chamando a atenção por seu estilo diferenciado ao mesclar o Death Metal mais atual com lendas doas anos 90.

Para quem já ouviu a Demo do grupo, ‘Death Does Not Heal’, que está disponível para audição gratuita, já deve ter uma ideia do talento do grupo em unir o novo e o velho com tamanha maestria, mas o grupo nos conta mais sobre como usam as suas influências:

“Sempre bati lata desde pequeno. Quando escutei Sepultura pela primeira vez, queria fazer o mesmo. E assim foi com o Carcass, Napalm Death e Morbid Angel, passando por todo o rock clássico da década de 80” – Claudio.

“Em relação aos graves, tenho influencias de alguns nomes como Stevie Digiorgio, Cliff Burton, Stevie Harris e David Ellefson. São os que, entre outros, se destacaram saindo da linha dos baixistas tradicionais no metal” – Andrei.

“Minhas influências variam desde Jeff Hanneman ao Slash. O Dark Angel e o Sadus são grandes influencias para as composições da Retaliate, mas tentamos fugir dos clichês nas composições em geral. Nos entendemos bem tanto dentro do estúdio quanto fora, acho que isso é o motivo para as coisas estarem fluindo bem até então” – Edson.


A Demo ‘Death Does Not Heal’ foi gravada no Norbah Studio, produzida, mixada e masterizada pela própria banda. A capa foi feita por Rafael Maia Nicolazzi. O material está disponível para download GRATUITO no Bandcamp do grupo:


Apesar do nome ainda novo – a banda foi formada em 2015 – o RETALIATE tem em sua formação dois músicos que também emprestam seu talento para uma das bandas mais queridas da atual geração do Metal nacional: ZOMBIE COOKBOOK. São eles: Edson “Ed The Dead” Souza e Claudio Ivan “Dr. Freudstein” Wurfel. Completa o lineup o não menos talentoso baixista e vocalista Andrei Ruan de Souza.


Sites relacionados:


Fonte: Metal Media

Comentário(s):