14 de nov de 2016

LEGACY OF KAIN - Greta (EP)



2016
Independente
Nacional


Tracklist:

1. Não Justifica 
2. Tudo a Perder 
3. Epiphania 


Banda:



Jason Ribeiro - Vocais
Angelo Torquetto - Guitarras, backing vocals
Karim Serri - Guitarras
Leandro Paiva - Baixo
Tiago Rodrigues - Bateria


Contatos: 



Nota:

Originalidade: 9
Composição: 9 
Produção: 8

9/10


Texto: Marcos “Big Daddy” Garcia


E após uma espera ansiosa, enfim o quinteto LEGACY OF KAIN chega com seu primeiro trabalho, o EP “Greta”, que já chega como uma voadora nos dentes de tão abrasivo e agressivo.

Na banda, está a dupla Angelo Torquetto e Karim Serri, dois guitarristas bem experientes no Metal nacional, e extremamente conhecidos por seus trabalhos em bandas como CROSSKILL, DEVIL TOURTURER, DESERTOR, MESSIANIC CRY, SEVEN ANGELS e DOOMSDAY HYMN, fora Leandro Paiva (baixista, ex-ÉFRATA). E tudo isso resulta em um misto entre o Thrash Metal agressivo e cheio de groove com uma sonoridade modernizada. É duro, bruto e extremamente cheio de energia, mas bem trabalhado, com um enfoque social ótimo em suas letras azedas que são murros no sistema.

Com tudo feito no estúdio Silent Music, com gravação, mixagem e masterização feitas por Karim Serri, que soube fazer a sonoridade ficar pesada e densa, com aquele reforço dado na escolha dos timbres instrumentais. Mas ao mesmo tempo, a música que flui de “Greta” é compreensível para nossos ouvidos, logo, sabe-se que houve preocupação de soar claro.

A arte gráfica é bem feita, e tem um enfoque mais simples, mas bem antenada com o que o quinteto destila em suas composições no EP.

Se a banda é jovem, podemos dizer que o LEGACY OF KAIN usa e abusa de uma energia crua e absurda, mas sempre bem mostrando arranjos ótimos (como as partes mais limpas em “Não Justifica”), sendo que os instrumentos e os vocais são compatíveis (algo que muitas vezes não acontece). E a técnica é de alto nível, sem que se perca a espontaneidade.

“Não Justifica” é um coice de pura brutalidade, com aquela sonoridade moderna gordurosa, graças aos timbres bem sacados, e o trabalho das guitarras chega a ser abusivo de tão bom (mas nos momentos mais limpos, o baixo mostra sua força e técnica). “Tudo a Perder” já mostra um trabalho em que se percebe boas mudanças de ritmo, e o azedume é intenso, o que nos permite ver como baixo e bateria foram uma base sólida e coesa para a banda. E “Epiphania” tem um dueto de guitarras com excelentes melodias, a bateria mostrando técnica nos bumbos, o baixo bem pesado, mas como as mudanças rítmicas são ótimas, percebe a força dos vocais, e que apesar do uso da língua portuguesa, a métrica vocal não é perdida.

“Greta” veio para dividir opiniões de muitos, mas ao mesmo tempo, veio revelar que o LEGACY OF KAIN é uma banda de primeira.

E o EP pode ser baixado de graça aqui: http://www.insomniamusic.com.br/lok

Comentário(s):