29 de set de 2015

VÁLVERA: banda lança videoclipe de 'Pra baixo dos pneus'





Após divulgar a faixa "Extinção", que conta com um lyric vídeo em seu canal do YouTube, o VÁLVERA segue a promoção de seu álbum de estreia, "Cidade em Caos", e lança o videoclipe de "Pra Baixo dos Pneus", produzido pela Rock Phoenix Era, com imagens de George Gargiulo e direção de Anderson Ilmar. "A música escolhida para o clipe foi 'Pra baixo dos Pneus' por ser um dos nossos sons mais animados e rápidos. Ela é uma música energizante, de letra simples e divertida", explica o guitarrista Rodrigo Torres. "Fizemos a escolha com nosso produtor e diretor de tocarmos no clipe para transmitir a energia do nosso som, da forma mais direta possível, como fazemos nos nossos shows", acrescenta.


A faixa, que abre o álbum, vem mais direta e na cara, com letra polemizando sobre os ateus. "A inspiração para a letra tivemos por causa de um amigo nosso que se dizia ateu e que na primeira dificuldade que tinha ou susto clamava por Deus. Não tratamos ou destratamos de religião, na verdade respeitamos muito a convicção religiosa de cada um e sua crença ou descrença. Não fazemos música para tratar sobre isso", destaca Glauber Barreto. "Nessa música falamos em metáfora sobre superar os problemas que aparecerem e seguir em frente, contra tudo e contra todos. Tem mais haver com meter o foda-se e levar o Metal para nosso público", conclui o baixista Jesiel Lagoin.

Para ver o clipe, acesse:


Glauber Barreto (vocal e guitarras), Rodrigo Torres (guitarras e backing vocals), Jesiel Lagoin (baixo) e Vini Rossignolo (bateria) gravaram "Cidade em Caos" no estúdio Mr. Som, com produção a cargo de Heros Trench e Marcello Pompeu. O álbum foi lançado oficialmente no dia 1º de agosto através de uma parceria entre a Muqueta Records e a Voice Music.

Sites relacionados:

Contato para shows: bandavalvera@gmail.com



Fonte: ASE Music
A/C Ricardo Batalha
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):