4 de mai de 2015

Feartone – Vícios (EP)

Independente
8,5/10,0


Por Marcos "Big Daddy" Garcia


A cena brasileira vai bem, obrigado.

A afirmativa vem de uma visão que, em termos de banda, o Brasil anda muito bem. Sim, muito bem, já que há não só qualidade (poucas bandas hoje fazem trabalhos ruins, ou apenas mais do mesmo), mas pela diversidade de gêneros. Sim, pois apesar da vocação brasileira para o lado extremo, muitas vertentes (extremas ou não) estão dando frutos, bandas ótimas e novas. E para dar uma limpeza total no ar e expulsar o cheiro de mofo que alguns insistem em arrastar, temos o quinteto FEARTONE, vindo de Cerquilho (SP), rasgando tudo e todos em sua frente com “Vícios”, seu novo EP.

Groove/Thrash Metal rasgado, agressivo e ríspido de uma forma bem difícil de ver por aí. E sim, tem personalidade própria, embora tenha uma influência acentuada e maravilhosa de bandas como PANTERA. Vocais urrados na melhor linha de Phil Anselmo, riffs abrasivos e bem sólidos (com solos melodiosos), base rítmica mostrando boa técnica e peso absurdo. Sim, o quinteto acerta a mão em equilibrar peso, melodia e brutalidade, mas sem deixar de fora uma técnica muito boa e também sem deixar de ser espontâneo.

Feartone
Mais uma vez, Adair Daufembach garante a qualidade sonora de um bom trabalho. A produção foi acertada, com mixagem e masterização bem feitas, deixando a banda soando claro, mas bruta e pesada como deve ser. 

Arranjos dinâmicos, mudanças de andamento nos lugares, e tudo isso torna o trabalho do grupo um momento de puro prazer. 

Duas faixas presentes (o que é uma pena, pois merecem mais): o caos abrasivo cheio de variações de ritmo de “Anônimo” (onde baixo e bateria, aliados aos vocais se destacam bastante), e a golfada brutal de “Sermão” (que apresenta o mesmo dinamismo e agressão da canção anterior, mas com um trabalho de guitarras de dar gosto de ouvir). Além disso, as letras em português ressaltam ainda mais o lado azedo do trabalho.

São garotos de aço esses do FEARTONE, e “Vícios” os credencia para vôos mais altos. E futuro eles têm, e muito!



Músicas:

01. Anônimo
02. Sermão


Banda

Roberto Soldera – Vocais 
Fernando Roma – Guitarras 
Pedro Corrêa – Guitarras 
Renan Roma – Baixo 
Lucas Salvador – Bateria 


Contatos:

Metal Media Management (Assessoria de Imprensa)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):