28 de out de 2014

Belphegor: líderes do Black Metal austríaco no Rio de Janeiro





No dia 06/12, sábado, a banda austríaca BELPHEGOR dará sequência em sua nova turnê pelo Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, a partir das 17h no Espaço Acústica (Praça Tiradentes, nº 2 – Centro). A “Conjuring the Dead World Tour” divulga o disco “Conjuring the Dead”, lançado em agosto deste ano pela Nuclear Blast Records, mantendo sua sonoridade Death/Black Metal intacta, garantindo o posto de líderes do estilo em seu país. Com a produção da Territory Productions, em parceria com a Dark Dimensions, o evento contará ainda com as bandas TELLUS TERROR e DEMOLISHMENT, ambas divulgando seus mais recentes lançamentos, o elogiado CD “EZ Life DV8”, e o EP “Our Fury Is Unleashed”, respectivamente.

Tellus Terror

Demolishment

BELPHEGOR – Novo disco comprova a excelente fase

Quem conhece a fundo a carreira do BELPHEGOR provavelmente sabe um pouco da história de seu líder, o guitarrista e vocalista Hel “Helmuth” Lehner, e sua passagem pela banda de Heavy Metal Speed Limit, onde gravou o EP “Prophecy” em 1988 e apareceu em alguns vídeo clipes, dentre eles, para a música “Lady” (http://youtu.be/JA0nV6QsbHI). Anos depois, integrou a banda de Thrash/Death Metal Betrayer, gravando uma única demo, em 1991, intitulada “Kruzifixion”. Estava plantada aí a semente da extremidade, que viria com o surgimento do BELPHEGOR, em 1993. Após o lançamento do debut“The Last Supper”, em 1995, a banda se viu diante de várias mudanças de formação, culminando com a presença fixa de Helmuth ao lado de Serpenth (baixo) desde o álbum “Bondage Goat Zombie”, de 2008. Com a alternância de membros contratados durante as gravações e shows, hoje o BELPHEGOR conta com a presença provisória de Marthyn (bateria) e Schoft (guitarra).


Seu décimo álbum, “Conjuring the Dead”, tem sido elogiado pela imprensa especializada em todo o mundo, ganhando notas altas e excelentes comentários. Frank Malerba, do site Cryptic Rock, dos Estados Unidos, diz que o BELPHEGOR “É uma força ameaçadora na cena do Metal extremo, lançando um dos mais pesados e brutais álbuns dos últimos vinte anos”. O time responsável pelo resultado final é com certeza um dos fatores para tal registro ser considerado tão intimidador. Gravado por Erik Rutan (ex-Morbid Angel, Hate Eternal) no Mana Recording Studios nos EUA, “Conjuring the Dead” teve ainda a colaboração do artista gráfico Seth Siro Anton (baixista do Septic Flesh) na confecção da belíssima capa e a direção de Walter Fanninger no clipe para a faixa-título do CD.

Assista aqui: 



Evento no Facebook com todas as informações:



Contatos:

Territory Productions:





Assessoria de Imprensa
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):