16 de jun de 2014

Symphony Draconis: músicas do novo CD são utilizadas em vídeo de dança tribal




A banda gaúcha de Black Metal SYMPHONY DRACONIS está presente em um vídeo em que as bailarinas de dança tribal Holle Carogne e Michele Loeffler apresentam, de forma independente à banda, um projeto experimental que une dança ao Metal, utilizando um medley das músicas do debut “Supreme Art of Renunciation”. 

Lançado no final de maio no canal MTVisual Agression, os trechos foram mesclados em uma única música, a qual foi totalmente coreografada pelas próprias bailarinas, que uniram elementos da dança tribal com conceitos do ocultismo, satanismo e sigilos mágickos, temas estes abordados pela SYMPHONY DRACONIS em suas letras. 

Holle Carogne comenta: “A ideia de unir elementos do Metal e do ocultismo a dança sempre me pareceu interessante, pois todos compartilham de uma energia muito próxima. Não somos profissionais da dança, não vivemos disso, o projeto é apenas a experimentação da arte no conceito hedonista, ligado ao prazer de dançar e a identificação pessoal com o tema”.

Assista:


Contando com um time de respeito na confecção do CD, o SYMPHONY DRACONIS atingiu excelentes resultados com a produção de Sebastian Carsin, do Estúdio Hurricane, que aliado à arte gráfica elaborada por Marcelo Vasco e o logotipo criado por Christophe Szpajdel, acabou recebendo inúmeros elogios da critica especializada. Ao todo são nove faixas que transbordam intensa musicalidade, onde o Black Metal à la Rotting Christ encontra-se com elementos vindos do Heavy Metal tradicional, como Iron Maiden. “Supreme Art of Renunciation” foi lançado em parceria pelas gravadoras Corvo Records, Misantropic Records e Eternal Hatred Rec. em dezembro do ano passado.


Ouça:

“Itzpapalotl”: http://migre.me/jReNn
“Transcending the Ways of Slavery”: http://migre.me/jReOM
“Eris Aeon”: http://migre.me/jReRg
“Supreme Act of Renunciation”: http://migre.me/jReSx


Contatos:




Assessoria e Shows
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):