7 de abr de 2014

Entrevista promocional com Donald Tardy (baterista) do Obituary




Os criadores do OBITUARY Metal 

Por Erick Tedesco (Rock Brigade Concerts/BlackOut Discos)

A lenda viva de Tampa, Flórida (Estados Unidos), está prestes a desembarcar pela quinta vez no Brasil. A turnê, uma realização da BlackOut Discos e Rock Brigade Concerts, começa dia 24 deste mês no Rio de Janeiro, passa por Salvador (Bahia) no dia 25, Olinda (Pernambuco) dia 26 e termina na capital São Paulo no dia 27 e é ao mesmo tempo um tributo ao passado e o prenúncio do futuro. Isso porque o set-list dos shows terá músicas dos três primeiros álbuns, Slowly We Rot (1989), Cause of Death (1990) e The End Complete (1992) e mais algumas inéditas do próximo registro de estúdio do OBITUARY, previsto para ser lançado em meados deste ano. Donald Tardy, membro fundador da banda ao lado do irmão John, fala nesta entrevista exclusiva sobre os ânimos dos músicos para disseminar no País, mais uma vez, o Death Metal encorpado e mórbido tão característico deles. De acordo com o baterista, a Classic Set-List Take Over Tour 2014 será a comunhão do OBITUARY com os fãs brasileiros em ode aos 28 anos de carreira em prol da música extrema. 

Desde que a nova turnê brasileira do OBITUARY foi anunciada na imprensa, os fãs querem saber o que de fato é a Classic Set-List Take Over Tour. O que pode nos adiantar sobre este set-list especialmente montado para os quatro shows no Brasil em abril? 

DONALD TARDY – Claro! A resposta é simples: vamos tocar apenas músicas dos três primeiros álbuns – Slowly We Rot (1989), Cause of Death (1990) e The End Complete (1992). Tocaremos os clássicos! 


E quanto às novas composições, aquelas ainda sem título definitivo que tocaram recentemente em shows nos Estados Unidos? 

DONALD – Sim, também tocaremos algumas destas inéditas! 


A atual formação do OBITUARY se apresentará pela primeira vez no Brasil. Fale-nos sobre o rendimento da banda com estes músicos.  

DONALD – Esta formação está junta há algum tempo.  Terry Butler é nosso amigo há mais de 25 anos, o considero um dos caras mais bacanas e generosos que se pode conhecer no meio musical.  Sem contar que ele é uma lenda viva e traz ao OBITUARY um grau enorme de profissionalismo, nos fez atingir um novo patamar. Ken Andrews também é um amigo de longa data, um Metalhead da Flórida que encara seu trabalho seriamente e estuda nossos álbuns para compreender, analisar como pode se encaixar no contexto do OBITUARY, contribuir e honrar o que Allan West e James Murphy fizeram pela banda. Estamos confiantes e felizes em tê-lo como a peça final da formação. Kenny é um cara alto astral, sempre contente, sempre de bom humor e pronto para destilar o Metal! 


A banda celebra os 25 anos de lançamento do debut Slowly We Rot, quando cravaram um estilo único de fazer Death Metal. Aquele esforço em soar autêntico perdura? 

DONALD – A filosofia para compor nossos álbuns ainda é a mesma desde o debut: não nos preocuparmos com o que acontece ao redor, precisamos simplesmente compor músicas que amamos. Nunca tentamos ‘reinventar a roda’ com nosso modo de compor, deixamos esta fissura para bandas que estudam a arte do Metal técnico. Entendemos que nossos fãs têm o mesmo amor pelo estilo de música do OBITUARY como nós temos, então, enquanto compormos canções que queremos ouvir, acreditamos que os fãs estarão felizes e dando suportes à estes caipiras da Flórida!  


Em janeiro deste ano o OBITUARY se apresentou no já conceituado cruzeiro do Metal 70.000 Tons Of Metal. Como foi a experiência de tocar a bordo de um navio? 

DONALD – O 70.000 Tons Of Metal é sempre divertido. E como não seria, junto a 40 bandas e mais de dois mil fãs, com muita coisa para comer e beber? O último foi ainda mais legal para os músicos, embora uma punição para nossos fígados porque virou mais uma competição de bebedeira do que um festival de musica! É uma experiência incrível e gostaríamos muito de participar mais vezes. 


Esta será a quinta turnê do OBITUARY no Brasil, provavelmente vocês têm ideia do que é excursionar pelo País. Do que mais gostam nas turnês brasileiras? 

DONALD – Gostamos de tudo por poder excursionar pelo Brasil, exceto a agenda de viagens porque estamos em um avião todas as manhãs, sem dormir, mas amamos os brasileiros, a comida típica, a cultura local, e claro, os shows! Desta vez a viagem é apenas para o Brasil, mas quando o novo álbum for lançado com certeza voltaremos para uma turnê completa pela América do Sul. Estou ansioso! 


O Death Metal, enquanto um estilo de música extrema consolidado, mudou muito desde que o OBITUARY apareceu nos idos da década de 1980. Algumas bandas o tocam rápido, outras preferem andamentos lentos e compensar no peso, e há ainda formações que adicionam efeitos modernos. Em sua opinião, qual é o sentido do Death Metal? 

DONALD – Death Metal é apenas uma palavra e um estilo genérico que cataloga bandas. Estamos na ativa há tanto tempo que acredito termos nosso próprio estilo, o chamo de OBITUARY Metal. Você pode achar que é mesmo Death Metal, e ficaremos orgulhosos disso porque tenho certeza que temos personalidade, e os fãs adoram o que fazemos. Groovie, Flórida, mid-tempo, southern Metal, é como gosto de caracterizar o OBITUARY. 


Mas até mesmo o OBITUARY incrementou a sonoridade praticada. Como explica as mudanças e aperfeiçoamentos ao longo dos anos? 

DONALD – Tentamos manter o mesmo estilo desde que o criamos, mas é óbvio que cada integrante se tornou melhor no seu instrumento com o passar do tempo e, juntos, nossas técnicas de composição foram aprimoradas e fluímos melhor agora, após 28 anos de carreira. Isto não é ciência de foguete, não somos cientistas de foguete, então ralamos bastante. 


E nestes quase 30 anos de carreira, quais foram os melhores momentos do OBITUARY?

DONALD – Toda noite e cada show é sempre o melhor momento com o OBITUARY. Pergunte a qualquer fã ou banda que já saiu com a gente e saberá que nosso compromisso com esta rotina é aproveitá-la! Somos caras comuns, que não se encaram a vida tão a sério, mas estamos sempre prontos para nos jogarmos no palco e beber cervejas no backstage. 


A banda está gravando o nono álbum de estúdio. Pode nos adiantar algo sobre este futuro lançamento? 

DONALD – Notícia de última hora: o novo álbum do OBITUARY é tão pesado quanto às bolas do saco de uma besta! Pois é, é realmente pesado assim! 


O álbum já tem nome? 

DONALD – Sim, tem, mas se te contar eu terei que matar você depois, então, aguente mais um pouco para saber! 


Depois de oito álbuns lançados e tantos anos dedicados à música, você provavelmente tem suas músicas favoritas do OBITUARY, não tem? 

DONALD – Com tantas músicas que compusemos nestes anos eu realmente não tenho uma favorita. Minha resposta mais honesta, com muitos músicos, é que as minhas favoritas são as novas, que ainda não possuem nomes.  



SERVIÇO


OBITUARY no Rio de Janeiro, RJ (24 de abril de 2014)
Local: Teatro Odisseia
Endereço: Avenida Mem de Sá, 66 - Lapa
Horário: 20 horas (abertura da casa)
Ingressos: 
1º lote: R$ 60,00 (meia-entrada)
1º lote: R$ 80,00 (inteira antecipada promocional) 
2º lote: R$ 70,00 (meia-entrada)
2º lote: R$ 90,00 (inteira antecipada promocional)
3º lote: R$ 80,00 (meia-entrada)
3º lote: R$ 100,00 (inteira antecipada promocional)
Portas: R$ 90,00 (meia-entrada)
Portas: R$ 180,00 (inteira)
Pontos de venda de ingresso físico: 
Hard n' Heavy (Rua Marquês de Abrantes, 177, loja 106, próximo ao metrô Flamengo. Informações: 2552-2449)
Scheherazade (Rua Conde de Bonfim, 346, loja 209, próximo ao metrô Saens Peña. Informações: 2569-1250 - somente em dinheiro).
Rock For You (Shopping Estação Fashio: avenida Presidente Kennedy, 1910 loja D. Informações: 9 9420-8796 - dinheiro ou cartão em até 12 vezes sem juros).
Dark Age (Rua da Conceição, 101 S.L 47 – Centro, próximo às barcas. Informações: 2620-7888 - somente em dinheiro)
Censura: 18 anos



OBITUARY em Salvador, Bahia (25 de abril de 2014)
Bandas de abertura: Headhunter D.C. e Malefactor
Local: Bali Beach Club
Endereço: Avenida Otávio Mangabeira, 11988 - Piatã
Horário: 21 horas (show principal).
Ingressos antecipados:
R$ 70,00 (1º lote), R$ 80,00 (2º lote) e R$ 90,00 (portaria)
Venda online: https://ticketbrasil.com.br/show/OBITUARY-ba/ em até 12 vezes no cartão de crédito (site cobra taxa de serviço).
Pontos de venda de ingresso físico:
Lojas Foxtrot (Loja Piedade: Rua Direita da Piedade, Centro); e Loja Shopping Bela Vista (rua dos Rodoviários, L1, Horto Bela Vista).
Capacidade da casa: 2000 pessoas
Censura: 18 anos
Informações: http://www.balibeachclub.com.br / Tel: (71) 3367-1234


OBITUARY no Abril Pro Rock - Olinda, Pernambuco (26 de abril de 2014)
Local: Chevrolet Hall
Endereço: Avenida Agamenon Magalhães, s/n – Complexo do Salgadinho
Informações: (081) 3207-7500 e www.facebook.com/festivalabrilprorock
Valor dos ingressos, início e pontos de venda serão anunciados na próxima semana.



OBITUARY em São Paulo, SP (27 de abril de 2014)
Bandas de abertura: a confirmar.
Local: Clash Club
Endereço: Rua Barra Funda, 969 - Barra Funda
Horário: 20 horas (show principal). A casa abre às 17 horas.
Ingressos Antecipados: 1º Lote
Pista: R$ 70 (meia entrada) e R$ 80 (promocional)
Camarote: R$ 140 (meia entrada) e R$ 160 (promocional)
Pontos de venda de ingresso físico:
Lojas Mutilation (2º Andar - Loja 370. Tel: 11 - 3222-8253) e Moshi Moshi (2º Andar – Loja 354. Tel: 11 - 3331-1073) na Galeria do Rock, Rua 24 de Maio, 62 - São Paulo/SP.
Rock'n'Roll Burger - Rua Augusta, 538 - São Paulo/SP - Telefone (11) 3255-0351
Loja Ratus - Rua Dona Elisa Flaquer, 286 - Santo André/SP - Telefone (11) 4990-5163
Pontos de venda online: Paranoid, Hole e Lady Snake (Galeria do Rock), Shopping Oriente, Cadaqual e Twister Games (São Paulo), Metal Music (Santo André) e Age of Dreams (São Bernardo do Campo).
Venda online: https://ticketbrasil.com.br/show/OBITUARY-sp/ em até 12 vezes no cartão de crédito (site cobra taxa de serviço).
Capacidade da casa: 500 pessoas
Censura: 16 anos
Estacionamento: R$20
Informações: http://www.clashclub.com.br / Tel: (11) 3661-1500

Informações para a imprensa com Erick Tedesco: erick@rockbrigade.com.br


Fonte: Rock Brigade
A/C Erick Tedesco
Redator-chefe/Assessor de imprensa
Rock Brigade/Rock Brigade Concerts
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):