14 de mar de 2014

Worst - Cada Vez Pior (CD)

Nota 10/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia

E eis que um dos nomes mais fortes do HC Beatdown brasileiro retorna à carga: o quarteto paulista WORST acaba de lançar seu segundo disco, "Cada Vez Pior", sucessor de "Te Desejo Todo Ódio do Mundo". E está ainda melhor.

O grupo prefere uma velocidade mais moderada, sempre cadenciado, denso e extremamente pesado. E isso prioriza o lado bruto e agressivo do grupo. Os vocais de Thiago Monstrinho deram uma melhorada, ainda gritados e azedos como antes, mas se percebe um amadurecimento; os riffs de Douglas Melchiades estão mais espontâneos, fluindo mais pesados e densos; Ricardo Brigas está fazendo um ótimo trabalho, com o baixo segurando o peso da base rítmica, mas aparecendo mais técnico em vários momentos, e falar em Fernando Schaefer (bateria) é chover no molhado: ele realmente arrasa com uma pegada pesada e uma técnica incomum ao HC e ao Metal, e é, assim, um dos melhores bateristas do Brasil em ambos os gêneros. E isso resulta em uma música que possui boa técnica, mas cuja a prioridade é soar coesa, azeda e cheia de energia. E é bom tomar cuidado com os ouvidos...

A produção sonora, muito bem feita, é assinada pelo próprio Fernando Schaefer, que  teve Thiago Hóspede fazendo a gravação, mixagem e masterização do trabalho (e ainda gravou a guitarra solo do disco), tudo feito no Estúdio Lamparina (em SP). Óbvio que em termos de qualidade, está extremamente limpa e seca, com cada instrumento soando em seu devido lugar com o devido brilho. Mas sem deixar aquela intensidade e peso característicos da banda de fora, ou seja, a opressão ficou ainda maior que no disco anterior. A arte gráfica, toda feita em tons de preto, branco e cinza, deu um ar bem pesado ao trabalho, esboçando o que a banda faz musicalmente e suas letras, um ótimo trabalho idealizado por Fernando e executado por Giovanni César. Ah, sim: ainda temos a participação de Nicholas Heilborn, Alex Palaia, Fab Gonzales, Juliano Juliani, Adriano Vilela, Paulo Dmutti, Rodrigo Moretti, Eduardo Verderame e Paulo Ribas Bixo, todos formando a Gang Vocals, o pessoal que fez os backing vocals.

Da esquerda para a direita: Fernando, Thiago, Douglas e Ricardo
Falar do lado musical do disco chega a ser covardia... 

Novamente: o grupo deu uma bela evoluída em relação ao disco anterior, soando mais entrosados que antes, e isso rendeu um disco mais homogêneo e bruto. E as letras continuam com aquelas mensagens ácidas, cheias de um linguajar sujo e intenso, mas aqui é Hardcore Ogro Sem Dó de Porra Nenhuma, logo, encaixam muito bem no clima gerado por suas músicas.

Os pontos altos do disco: "Transbordando Ódio" (faixa que abre o disco, boas variações rítmicas e riffs bem intensos), "Só Depende de Você" (que bateria fantástica! Os bumbos estão absurdos, e com boas viradas e conduções), a azeda "Andar na Linha", "Honra Dilacerada" (baixo se sobressaindo bastante, e ótimos vocais, com Thiago mostrando que não é apenas um urrador de letras, pois mostra boa dicção e sabendo encaixar as letras sob os andamentos), a paulada "Acreditar" (música do vídeo de divulgação mais recente, mais uma vez a bateria mostra uma técnica soberba), e "Sem Dó" (outra que foi usada para vídeo de divulgação do disco, bem empolgante e convidativa ao pogo, belos backing vocals, e nos envolve de tal forma que logo estamos querendo agitar onde quer que seja).

Essencial aos fãs de Hardcore, Metal, Crossover... Para todos com bom gosto. E não esqueçam: MP3 é coisa de frutinhas, logo, arrumem suas cópias, pois o CD merece.





Tracklist:

01. Transbordando Ódio
02. Só Depende de Você
03. Pesadelo
04. Andar na Linha
05. Honra Dilacerada
06. Ninguém Vai Te Ajudar
07. Acreditar
08. Nunca Fez Nada
09. Cada Vez Pior
10. Sem Dó 


Banda:

Thiago Monstrinho - Vocais
Douglas Melchiades - Guitarras
Ricardo Brigas - Baixo
Fernando Schaefer - Bateria


Contatos:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):