6 de fev de 2013

Fates Prophecy - The Cradle of Life (CD)



Independente - Nacional
Nota 9

Por Marcos Garcia

É muito legal ver boas bandas nacionais que, após um hiato, retomam as atividades, já que a experiência e a vontade de fazer um bom trabalho as une novamente. O FATES PROPHECY é bem conhecido há dez anos por um trabalho calcado no Metal Tradicional, e que angariou um bom número de fãs, mas que deu uma parada em 2005, mas que está de volta às atividades e acaba de soltar o ótimo 'The Cradle of Life', seu quarto trabalho de estúdio.

O quinteto, justamente por fazer Metal Tradicional, não chega a apresentar nada de novo, mas quem pensa que isso é um problema, deveria rever seus conceitos, pois o quinteto tem um vigor, uma personalidade e energia todo deles, mostrando um trabalho forte, coeso e ótimo, com ótimos vocais que não exageram em agudos, guitarras fortes e bem trabalhadas sejam nas bases pesadas ou nos solos cheios de melodia e feeling, e a base rítmica baixo/bateria esbanja garra e energia, e uma boa técnica.

A produção, assinada por Paulo Almeida e Fernando Poles (guitarristas da banda) ficou de primeira, pois o som está polido e pesado na medida certinha, sendo que cada instrumento está na medidda e audibilidade perfeitos. A arte, muito bela, transborda o conceito usado pela banda para escrever, ou seja, que pode existir uma terceira opção para a origem da vida, sem que recaia no Evolucionismo ou no Criacionismo.

Musicalmente, a banda mostra toda experiência dos longos anos nas nove músicas que compõem o CD, e como é de praxe, o nível de composições é bem alto e inspirado, mas há destaques bem óbvios como '24-7 To Death', uma música forte e bem baseada na NWOBHM, com guitarras bem 'maidenianas' e um refrão bem agressivo; a não tão rápida, mas empolgante 'New Degeneration', com ótimos vocais roucos e um refrão bem ganchudo; a melodiosa e cativante 'Resurrection', com um andamento bem vibrante, e que todo mundo vai cantar nos shows; a maravilhosa 'The Cradle Of Life', uma semi-balada pesada e cheia de emoção, onde a bateria e o baixo mostram um trabalho ótimo; e a mais trabalhada e pesadona 'Devil is my Name'. 

E um grande incentivo para que todos possam apreciar este ótimo álbum é que ele se encontra disponível para a audição e download no site da banda. Mas acreditamos que todos irão querer a cópia física do CD, pois é daqueles itens obrigatórios em qualquer coleção.

Só resta uma coisa a ser dita após ouvir este disco: sejam bem vindos de volta, e por favor, fiquem!

New Degeneration


Tracklist:

01. 24-7 To Death
02. New Degeneration
03. Resurrection
04. A Prayer To The Sun
05. The Cradle Of Life
06. The Unbeliever
07. Primitive Man
08. Devil is My Name
09. One Life


Formação:

Ricardo Peres - Vocais
Paulo Almeida - Guitarras
Fernando Poles - Guitarras
Alexandre Ferreira - Baixo
Sandro Muniz - Bateria



Contatos:

https://twitter.com/fatesprophecy

Comentário(s):