14 de jul de 2015

Rock in Rio 2015 - Homenagem à Cássia Eller trará banda original da cantora



Dez artistas da música brasileira, entre grandes nomes e novos talentos, participam do show

Rio de Janeiro, 14 de julho de 2015 - A edição que comemora os 30 anos do Rock in Rio traz mais uma surpresa para o público: no dia 18 de setembro — o que abre a 16ª edição do evento — o encerramento do Palco Sunset fará uma homenagem à Cássia Eller. O show, preparado especialmente para o festival, terá a participação de Nando Reis, Arnaldo Antunes, Zélia Duncan, Mart’nália, Emanuelle Araújo, Xis, Julia Vargas, Filipe Catto, Tacy, Fabão e Márcio Mello. Para este momento, Zé Ricardo, diretor artístico do Palco Sunset, contou com a ajuda de Chicão, filho da cantora, que se envolveu na escolha dos músicos e na montagem do roteiro do show, ao lado de Fernando Nunes, baixista da banda original de Cássia. Com este anúncio, a data está completa, com todo o line up do Palco Sunset anunciado. 

"Cássia foi uma artista muito importante para a música brasileira. Se apresentou no Rock in Rio, em 2001, e fez um show que até hoje está na memória das pessoas. Tenho certeza que o público vai curtir esta apresentação inédita, com grandes nomes da música nacional e novos talentos, todos músicos que, de alguma forma, tem uma ligação com a artista homenageada", afirma Zé Ricardo. 

Segundo ele, Nando Reis e Arnaldo Antunes eram os compositores que Cássia mais gravava. Zélia, Mart’nália e Emanuelle eram amigas pessoais da Cássia e parceiras musicais. Já o rapper Xis gravou ‘De esquina’, no DVD da cantora; Fabão e Márcio Mello tocavam com ela; Tacy é a cantora que interpreta a artista no musical ‘Cássia Eller’ e Julia Vargas é uma grande parceira musical de Chicão, filho da artista. 

No repertório do show do Palco Sunset, canções como Segundo Sol, Malandragem e Partido Alto vão embalar a plateia. "Vamos relembrar a diversidade da Cássia, uma artista plural que circulava divinamente, através do seu repertório, em praticamente todos os ritmos: samba, hip hop, rock, balada", explica Zé Ricardo.

Será um show pensado nos mínimos detalhes de forma a relembrar a cantora em toda a sua essência — equipe, amigos, parceiros e família. Além dos músicos convidados, a banda que se apresentará será a da formação original, que tocava com a artista. O show terá ainda os mesmos técnicos de som, mesmos holdings e mesmos produtores de Cássia Eller. "Estamos buscando para esta edição, que celebra os 30 anos do Rock in Rio, momentos especiais e que relembrem a história do festival. Cássia, sem dúvida, é um nome que marcou e que está na memória das pessoas. Queremos que todos aproveitem este momento e celebre junto conosco", afirma Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio. 

No dia 18, primeiro dia do Rock in Rio, se apresentam ainda no Sunset Lenine + Projeto Carbono; Ira! + Rappin Hood e Tony Tornado; e Dônica + Arthur Verocai. No Palco Mundo, as atrações são Queen + Adam Lambert; OneRepublic; The Script; e show de abertura, homenageando os 30 anos do festival.

Sobre o Rock in Rio
Com 30 anos de história, o Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo por uma série de razões. Das quinze edições anteriores, cinco ocorreram no Brasil (1985, 1991, 2001, 2011 e 2013), seis em Portugal (2004, 2006, 2008, 2010, 2012 e 2014), três na Espanha (2008, 2010 e 2012) e uma nos Estados Unidos (2015). Em setembro, a sexta edição no Brasil acontecerá na Cidade do Rock.

Combinando todas as edições já realizadas, mais de 7,7 milhões de pessoas já participaram do evento. Outro número que não para de crescer é o das redes sociais, nas quais o Rock in Rio está quebrando recordes com mais de 11 milhões de seguidores. Em termos de atrações, somando-se as edições brasileiras, portuguesas, espanholas e americana, mais de 1.359 atrações musicais se apresentaram nos palcos do Rock in Rio, com um total de 1.200 horas de música, com transmissão para mais de 1 bilhão de telespectadores em todo o mundo, pela TV e Internet. 

Ao longo dos anos, mais de US$ 530 milhões foram investidos na marca. Além disso, mais de US$ 23,2 milhões foram investidos em projetos sociais e ambientais. Mais do que os índices de audiência e de investimentos significativos, o Rock in Rio tem ajudado na economia dos lugares visitados: mais de 148 mil postos de trabalho foram gerados ao longo dos últimos 29 anos. Na Espanha, o festival é top of mind, superando a concorrência da Fórmula 1. Na edição de 2013, 46% da plateia do Rock in Rio era de fora do estado do Rio de Janeiro. O impacto econômico da edição de 2013 na cidade, publicado pela Riotur, foi de R$ 1 bilhão, e as taxas de ocupação de hotéis eram de cerca de 90% no período.



Informações para a Imprensa
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):