30 de mai de 2013

Unearthly - Baptizing the East in Blood (CD ao vivo)

Blizzard Records - Nacional
Nota 10/10

Por Marcos Garcia


E mais uma vez, um dos mais fortes nomes do Metal extremo brasileiro mostra o quanto está refinando seu som, e se preparando para vôos cada vez mais altos e profissionais, pois o UNEARTHLY, quarteto carioca de Death/Black Metal, volta e surpreende com este ótimo disco ao vivo, 'Baptizing the East in Blood', que a Blizzard Records acaba de disponibilizar no mercado.

Gravado na cidade de Voronezh, na Rússia, durante a tour que o grupo realizou por vários países do Leste europeu, sempre acolhidos calorosamente pelos fãs de Metal daquelas bandas, mostrando sua música intensa, técnica, agressiva e com toques musicais bem particulares que um bom ouvinte poderá perceber na hora. Mas é preciso ter ouvido treinado para perceber.

A produção é de Felipe Eregion, sendo que a mixagem e pós-produção sonora é de Luiz Freitag e Fernando Campos (feita no Estúdio AM, no RJ), e podemos garantir uma coisa: é coisa de alto nível, com os instrumentos claros e bem audíveis, especialmente a bateria (reparem como as sonoridades de pratos e bumbos estão ótimas), isso sem obliterar o climão "live" do trabalho. O trabalho gráfico, feito em partes por Felipe Eregion, M. Mictian e Marcelo Vasco ficou muito bem trabalhado e belo, antenado com a proposta sonora do trabalho, e no encarte, encontramos toda a ficha técnica e fotos dos shows, um recurso que anda meio que em desuso no Metal, mas que aqui foi resgatado dignamente.

Em termos musicais, o CD arrasa!

O repertório foi muito bem escolhido, dando ênfase óbvia a 'Flagellum Dei', seu último trabalho de estúdio (que estava sendo divulgado na tour onde este CD foi gravado), com as ótimas '7.62' (matadora e veloz, com ótimos vocais e trabalho de guitarras), 'Baptizing in Blood', a mais cadenciada e bruta 'My Fault' (com ótimos solos, usando bastante o pedal "whah-wah"), 'Flagellum', 'Osmotic Haeresis', 'Insurgency' e 'Black Sun' (reparem bem em alguns elementos de música regional brasileira aqui), mais três faixas do 'Age of Chaos', que são 'Revelations of the Holy Lies', 'Murder the Messiah' e a arrasadora 'Age of Chaos', além de uma versão personalizada de 'Orgy of Flies', do SARCÓFAGO, com a devida dedicatória: "Fathers of Black Metal". A ausência de músicas de seus dois primeiros discos ('Infernum - Prelude to a New Reign' e 'Black Metal Commando') é evidente, mas isso não tira o brilho e méritos do CD (que poderia ser duplo, triplo, etc).

Enfim, um ótimo disco, um aperitivo para o DVD que sai em breve, e que vai deixando claro que, a cada passo dado pelos 'Brazilian Devils', o sucesso e reconhecimento são apenas questão de tempo, e pelo que podemos ver, a contagem regressiva para tanto está chegando ao fim...



Tracklist:

01. 7.62
02. Baptizing in Blood
03. Murder The Messiah
04. My Fault
05. Flagellum
06. Osmotic Haeresis
07. Revelations Of Holy Lies
08. Orgy Of Flies
09. Insurgency
10. Black Sun
11. Age Of Chaos


Formação:

F. Eregion – Vocal/Guitarra
Vinnie Tyr – Guitarra
M. Mictian – Baixo
B. Drummond – Bateria


Contatos:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!

Comentário(s):