Páginas

15 de fev de 2014

Zênite - Following the Funeral (CD)

Nota 8,0/10

Por Marcos "Big Daddy" Garcia

O Norte e Nordeste do Brasil, para quem não sabe, fervilha com boas bandas de Metal, em todas as suas vertentes. E mais um bom nome que nos chega é o do experiente ZÊNITE, de Belém (PA), um quinteto que trilha os caminhos do Death Metal com pitadas de Thrash em uma veia bem Old School. E "Following the Funeral", terceiro disco da banda  e que a Distro Rock Records botou nas lojas, é um bom lançamento.

Death Metal de fato é a linha que eles, bem bruto e sem frescuras, mas com ótimas melodias surgindo do trabalho de guitarras, especialmente nos solos. E apesar de fazerem um trabalho bem homogêneo em termos de instrumental, a casa de força da banda é justamente sua ótima dupla de guitarristas. Não que os vocais, baixo e bateria fiquem longe, não é isso, mas os riffs e solos fazem a diferença, já que são eles que puxam a energia Thrasher do grupo.

Produzido pela própria banda e por Ciero, a sonoridade do grupo soa bem crua e azeda, mas ao mesmo tempo, isso não deixa a banda sem qualidade sonora ou sem "punch". Poderia ser melhor, mas ao mesmo tempo, não chega a ser tão danoso ao trabalho. Já a arte foi bem feita, um bom trabalho de Fernando L. Farias da The Most Destructive Art, e que apesar de não ser exagerado, mostra bom gosto.

Zênite
O quinteto mostra um bom trabalho, e a experiência deles torna a audição do disco bem agradável para os fãs de Metal extremo em geral, com um bom nível de composições, com boas variações rítmicas.

Há músicas ótimas, como "Blood" (que começa cadenciada e azeda, até virar uma paulada veloz, com destaque para o ótimo trabalho de baixo e bateria), a trabalhada "Worms of the Hate" (ótimos riffs de guitarra), "Following the Funeral" (mais cadenciada no início, e com um andamento empolgante, com bons vocais e solos de guitarra), a trabalhada "Last Home", e a longa e pesada "Cursed Cemetary", com um ótimo trabalho da dupla de guitarras, belos andamentos variados e vocais insanos.

Que venham logo fazer alguns shows nos grandes centros como Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e outros, pois a banda é muito boa.



Tracklist:

01. Blood
02. Worms of the Hate
03. Following the Funeral
04. Last Drink of Blood
05. Tears of Horror
06. Last Home
07. Smile Christian
08. Brother of Lucifer
09. Death to the Dawn
10. Return of the Devil
11. Cursed Cemetary


Banda:

Marcelo Histeria - Vocais
Wellington Maia - Guitarras
Paulo Cruz - Guitarras
Luiz Lobato - Baixo
Sandro Maués - Bateria


Contatos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário.
Liberaremos assim que for analisado.

OM SHANTI!